Como escolher os meios de pagamento  mais adequados para cada negócio                           Fernando Monteiro         ...
Cobre Bem Tecnologia✔   Experiência e know-how acumulado por 17 anos na automatização    de sistemas de pagamento✔   Escri...
Os principais meios de pagamento em âmbito nacional✔   Facilitadores / e-Wallets✔   Cartões de crédito✔   Cartões de débit...
Meios de pagamento em âmbito nacional:                   Facilitadores / e-Wallets✔   Centralizam a afiliação com as insti...
Meios de pagamento em âmbito nacional:                      Afiliação Direta✔   Vínculo direto com instituições financeira...
Principais meios de pagamento locais:                        Cartão de Crédito✔   Emitidos no país em que são contratados✔...
Principais meios de pagamento locais:               Cartões de débito e pré pagos✔   Cartões de débitoVínculo com conta co...
Principais meios de pagamento locais:Débito em conta corrente, transferência e financiamento on-line✔   Débito em conta co...
Principais meios de pagamento locais:                       Boleto BancárioBoleto bancárioRecebimento em D+3, em médiaPerm...
Boleto Bancário na Cobre Bem    Cobre Bem✔   Software próprio de alta confiabilidade e segurança✔   Desenvolvido segundo o...
Meios de pagamento em âmbito internacionalPrimeiro cenário✔   Vender localmente e exportar produtos/serviços✔   Necessidad...
Meios de pagamento em âmbito internacionalSegundo cenário✔   Vender globalmente sem a abertura de escritórios próprios, ma...
Meios de pagamento em âmbito internacionalTerceiro cenário✔   Vender globalmente com a abertura de escritórios próprios, n...
Gateway de Pagamentos       Um Gateway deve atender a todos os cenários!Primeiro Cenário                      Segundo Cená...
SLA                                       (Service Level Agreement)✔   Atente para o SLA de seu parceiro tecnológico!     ...
SLA                      (Service Level Agreement)✔Conexões do sistema de captura podem não estar estáveis em determinadom...
Ponto de atenção Case ✔    Um dos grandes adquirentes do mercado ficou 4 horas fora do ar em 24 de julho de 2012.     Dura...
O barato que sai caro ✔   Fidelize-se não por preço, mas por competência e qualidade ✔   Mercado muito novo para estabelec...
Tendências ✔   Transações Autenticadas (Provedores MPI - novos entrantes) ✔   Maior número de adquirentes e fornecedores d...
Obrigado!            Fernando Monteiro            comercial@cobrebem.com                  São Paulo              +55 (11) ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cobre bem (1)Como escolher o meio de pagamento mais adequado para cada negócio, incluindo internacionais. Fernando Monteiro

833 visualizações

Publicada em

Cobre bem (1)Como escolher o meio de pagamento mais adequado para cada negócio, incluindo internacionais. Fernando Monteiro

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
833
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cobre bem (1)Como escolher o meio de pagamento mais adequado para cada negócio, incluindo internacionais. Fernando Monteiro

  1. 1. Como escolher os meios de pagamento mais adequados para cada negócio Fernando Monteiro Agosto - 2012 www.cobrebem.com
  2. 2. Cobre Bem Tecnologia✔ Experiência e know-how acumulado por 17 anos na automatização de sistemas de pagamento✔ Escritórios próprios no Rio, São Paulo, Buenos Aires e Dallas✔ Atuação no Brasil, México, Chile e Colômbia✔ Mais de 12 mil clientes, destacando:
  3. 3. Os principais meios de pagamento em âmbito nacional✔ Facilitadores / e-Wallets✔ Cartões de crédito✔ Cartões de débito✔ Cartões pré-pagos✔ Débito em conta corrente✔ Transferência on-line✔ Financiamento on-line✔ Boleto bancários
  4. 4. Meios de pagamento em âmbito nacional: Facilitadores / e-Wallets✔ Centralizam a afiliação com as instituições financeiras e os adquirentes✔ Histórico do relacionamento bancário pertence ao facilitador✔ Recebem o pagamento pelo lojista✔ Assumem o risco (fraude/chargeback/reembolso)✔ Set up da loja facilitado✔ Afiliação não é garantida✔ Modelo comercial: taxa de desconto %, prazo de pagamento em até 14 dias e condições de parcelamento diferenciadas✔ Não há gestão do lojista sobre as vendas negadas✔ Total dependência tecnológico-comercial NA HORA DE ESCOLHER, LEVE EM CONTA A BASE DE CONSUMIDORES QUE SÃO USUÁRIOS DO FACILITADOR
  5. 5. Meios de pagamento em âmbito nacional: Afiliação Direta✔ Vínculo direto com instituições financeiras/adquirentes✔ Histórico do relacionamento bancário pertence ao lojista✔ Modelo comercial: taxa de desconto %, prazo de pagamento em D + 30✔ Gestão de risco feita pelo próprio lojista✔ Cartões de crédito✔ Cartões de débito✔ Cartões pré-pagos✔ Transferência on-line✔ Financiamento on-line✔ Boleto bancário
  6. 6. Principais meios de pagamento locais: Cartão de Crédito✔ Emitidos no país em que são contratados✔ VOB*: 60% das transações do mercado nacional✔ No Brasil, permite recorrência e parcelamento (recebimento em D + 30)✔ Para cartões emitidos em outro país, o adquirente tem de habilitar o lojista para receber✔ Sensação de segurança – substitui a necessidade de andar com dinheiro✔ Grande rede de aceitação✔ Segmentação do produto✔ Resposta imediataDesvantagens: anuidade, descontrole de gastos,altas taxas de juros.*Valid only in Brazil
  7. 7. Principais meios de pagamento locais: Cartões de débito e pré pagos✔ Cartões de débitoVínculo com conta correnteRecebimento em média D+1Resposta imediata✔ Cartões pré-pagos Sem vínculo com conta (atendem a população não bancarizada)
  8. 8. Principais meios de pagamento locais:Débito em conta corrente, transferência e financiamento on-line✔ Débito em conta corrente Permite recorrência Lojista e cliente precisam ter conta no mesmo banco Não é recomendado para e-commerce✔ Transferência on-lineLojista e cliente precisam ter conta no mesmo banco✔ Financiamento on-lineLojista habilitado junto ao banco e depende de créditopré-aprovado para o correntista ou consumidor
  9. 9. Principais meios de pagamento locais: Boleto BancárioBoleto bancárioRecebimento em D+3, em médiaPermite recorrênciaAtende população não bancarizadaAlguns bancos disponibilizam soluções de geração de boletos, no entanto não hápadronização das ferramentas, criando processos distintos para a gestão do lojista
  10. 10. Boleto Bancário na Cobre Bem Cobre Bem✔ Software próprio de alta confiabilidade e segurança✔ Desenvolvido segundo os padrões da FEBRABAN e de qualidade superior aos softwaresdos bancos✔ Padroniza a comunicação para emissão de boletos bancários e flexibiliza a mudança✔ 58 bancos suportados pelo Gateway dentro da própria estrutura, permitindo liberdade deescolha para o lojista INDEPENDÊNCIA: O GATEWAY É O ÚNICO CONECTOR TECNOLÓGICO ENTRE O LOJISTA E AS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS
  11. 11. Meios de pagamento em âmbito internacionalPrimeiro cenário✔ Vender localmente e exportar produtos/serviços✔ Necessidade de aceitar cartões emitidos fora do Brasil e outros meios de pagamento quetenham usuários fora do Brasil✔ Cartões de crédito emitidos em outro país (o adquirente nacional deve realizar a habilitaçãopara que o lojista possa receber o pagamento com cartão de crédito emitido fora do Brasil)✔ Cartões pré-pagos✔ E-Wallets versus regulamentações do Banco Central
  12. 12. Meios de pagamento em âmbito internacionalSegundo cenário✔ Vender globalmente sem a abertura de escritórios próprios, mas já permitindo a aceitaçãode meios de pagamento de presença local em cada país✔ O lojista contrata um collector✔ O collector, agindo com o PSP (provedor de serviços de pagamento), está conectado a umarede local e internacional de meios de pagamento, o que permite a entrada no lojista nomercado desejado. Os recebíveis são transferidos entre fronteiras, sob responsabilidade docollector
  13. 13. Meios de pagamento em âmbito internacionalTerceiro cenário✔ Vender globalmente com a abertura de escritórios próprios, negociando diretamente aaceitação de meios de pagamento de presença local em cada país, utilizando os sistemas decash management globais das instituições bancárias✔ Integração do gateway com o qual o lojista já trabalha às instituições financeiras locais✔ Integração com gateways internacionais: um gateway pode se conectar a outros gateways de pagamento no exterior* e permitir o acesso aos meios de pagamento daquela localidade O GATEWAY OFERECE TODOS OS MEIOS DE PAGAMENTO NECESSÁRIOS AO NEGÓCIO DO LOJISTA EM UMA ÚNICA INTEGRAÇÃO * PCI DSS
  14. 14. Gateway de Pagamentos Um Gateway deve atender a todos os cenários!Primeiro Cenário Segundo Cenário Cobre Bem Terceiro Cenário
  15. 15. SLA (Service Level Agreement)✔ Atente para o SLA de seu parceiro tecnológico! A IMPORTÂNCIA DO GATEWAY COBRE BEM TECNOLOGIA São Paulo ✔ Nível Mínimo de Serviço (SLA): 99,9%, garantido contratualmente ✔ O que significa isso? Significa que a indisponibilidade máxima mensal é de 43 minutos Rio de Janeiro Rio de Janeiro (1) (2) ✔ A Cobre Bem teve DISPONIBILIDADE de 99,9863% no primeiro semestre de 2012, o que significou apenas 32 minutos de interrupção do serviço em 6 meses ✔ Monitoramento: 24 x 7 ✔ Infraestrutura em 3 data centers ✔ Múltiplas conexões de internet ✔ Múltiplas conexões X.25 com adquirentes
  16. 16. SLA (Service Level Agreement)✔Conexões do sistema de captura podem não estar estáveis em determinadomomento. ✔ O Gateway pode mitigar esta indisponibilidade, fazendo com que as vendas sejam temporariamente direcionadas para um outro adquirente. Multi-adquirência e multi-bandeira caminham lado a lado Fatores Impeditivos:✔ Afiliação exclusiva ✔ Fidelização como meio de redução das taxas de desconto e antecipação ✔ Adquirentes vinculados à empresas que atuam no ramo de automação de transações em meios de pagamento ✔ Dependência tecnológica => prejuízo comercial
  17. 17. Ponto de atenção Case ✔ Um dos grandes adquirentes do mercado ficou 4 horas fora do ar em 24 de julho de 2012. Durante este período, empresas afiliadas a este adquirente e que também usam a Cobre Bem só puderam realizar transações porque a Cobre Bem suporta vários adquirentes e várias bandeiras, podendo, inclusive, fazer uso de mais de uma tecnologia de conexão. Isso só é possível porque a Cobre Bem é totalmente independente e não está vinculada a qualquer adquirente ✔ Em 25 de julho de 2012, o mesmo adquirente esteve novamente fora do ar. Consultado o seu suporte técnico, nada foi esclarecido, tendo a interrupção alcançado 2h40min na modalidade de TEF – Transferência Eletrônica de Fundos. Desta vez, todas as grandes lojas físicas e também supermercados ficaram inoperantes sem poder vender com a bandeira Visa. Mais uma vez, a Cobre Bem redirecionou as transações dos seus clientes que possuem multi-adquirência de forma a que a perda de vendas para estes fosse mínima.
  18. 18. O barato que sai caro ✔ Fidelize-se não por preço, mas por competência e qualidade ✔ Mercado muito novo para estabelecer fidelidade ✔ Preserve a liberdade de escolha O contrato da Cobre Bem Tecnologia não possui multa rescisória
  19. 19. Tendências ✔ Transações Autenticadas (Provedores MPI - novos entrantes) ✔ Maior número de adquirentes e fornecedores de meios de pagamento
  20. 20. Obrigado! Fernando Monteiro comercial@cobrebem.com São Paulo +55 (11) 5041 2228 Rio de Janeiro +55 (21) 2288 5990 Buenos Aires +54 (11) 6841 9067 Dallas +1 (469) 298 8901 www.cobrebem.com

×