Violência Urbana

3.843 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.843
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
55
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Violência Urbana

  1. 1. Violência UrbanaPerspectiva do panorama bíblico e brasileirodomingo, 19 de maio de 13
  2. 2. Essas imagens são familiares avocê?domingo, 19 de maio de 13
  3. 3. domingo, 19 de maio de 13
  4. 4. domingo, 19 de maio de 13
  5. 5. domingo, 19 de maio de 13
  6. 6. domingo, 19 de maio de 13
  7. 7. domingo, 19 de maio de 13
  8. 8. domingo, 19 de maio de 13
  9. 9. Livro BaseOséiasdomingo, 19 de maio de 13
  10. 10. Para se situar - Oséias 4• O livro foi escrito em um período em que Israelvivia um profundo período de depravação política,social e, principalmente, espiritual (Os 4:1-2)• Os políticos buscavam se associar à Assíria e aoEgito (inimigos históricos e adoradores de Baal)em busca de proteção (Oséias 4:18)• Os sacerdotes desviavam o povo do culto a Deusem busca de favor próprio (a saber, para aumentaras ofertas) (Oséias 4:7-8)domingo, 19 de maio de 13
  11. 11. Para se situar - Oséias 4• Não vivemos hoje uma era de profundadepração política, social e espiritual?• Nossos políticos não são corruptos e não fazemos mais variados conchavos?• Pior: não há em nosso país inúmeros sacerdotesque desviam o povo do culto a Deus em favorpróprio (a saber, para aumentar as ofertas)?domingo, 19 de maio de 13
  12. 12. Deus: como um marido traído• Oséias 1• Para mostrar ao povo como se sentia emrelação ao seu pecado, Deus se compara a ummarido traído, cuja esposa se prostituiu comvários amantes• Os amantes, no caso, são outros deusesdomingo, 19 de maio de 13
  13. 13. Deus: como um marido traído• Para que Oséias profetizasse tendo a real noção dosentimento de Deus em relação ao seu povo, Elemanda que o profeta se case com uma prostituta(Gômer)• Filhos de Gômer:• Jezreel: simbolizando o castigo que viria sobre adescendência Jeú• Lo-Ruama: hebraico - não amada• Lo-Ami: hebraico - não meu povodomingo, 19 de maio de 13
  14. 14. Deus: como um marido traído• Deus varia o seu discurso entre ápices de dor,mágoa e outros de amor e compaixão (Oséias1:10)domingo, 19 de maio de 13
  15. 15. O que tudo isso tem a vercom violência urbana?domingo, 19 de maio de 13
  16. 16. As bases da violência• A violência nos grandes centros nada mais é doque um reflexo de ações prévias• Dos poderes públicos, que ao se corromperemcometem violência contra o Estado e oindivíduo• Dos líderes religiosos, que ao desviarem opovo dos caminhos de Deus, violentam a fé• Do povo, que por não ter conhecimento deDeus, se rende aos dois anterioresdomingo, 19 de maio de 13
  17. 17. O que eu posso fazer?domingo, 19 de maio de 13
  18. 18. • Em todos os momentos onde o povo de Israel échamado à transformação, sempre há duascoisas essenciais a fazer:• Se arrepender (consciência dos próprioserros)• Se converter (mudar de direção, tomar outrocaminho - o caminho correto)• Alguém perguntará: “Mas o que a minha mudançaafetará o que ocorre na sociedade, no país?”domingo, 19 de maio de 13
  19. 19. • A Bíblia não diz que somos “o sal da Terra e a luzdo mundo”? Isso quer dizer que temos, comofilhos de Deus e capacitados por Ele, apossibilidade de causar mudanças, de fazer adiferença (ou alguma diferença)domingo, 19 de maio de 13
  20. 20. Como faço isso?domingo, 19 de maio de 13
  21. 21. • Oséias 4:6• Conhecimento de Deus; não apenas teórico, se encherde informações até explodir, mas o conhecimento deviver com Deus, conviver com Ele em todos os instantes• Como se faz isso? Vida devocional:• Oração• Estudo (ESTUDO!) da Palavra• Oséias 6:6: Deus não quer religiosidade (sacrifícios,holocaustos), mas misericórdia, conhecimento dEle (ouseja, um relacionamento real, e não teórico, com Ele)domingo, 19 de maio de 13
  22. 22. ConclusãoOséias 6:1-3domingo, 19 de maio de 13
  23. 23. Talvez nunca vejamos o nosso mundo, país,estado ou cidade transformados, mas podemostransformar aquilo que estiver ao nosso alcance:nossa casa, nossa família e os demais que noscercamdomingo, 19 de maio de 13
  24. 24. Fimdomingo, 19 de maio de 13

×