O dízimo como expressão de generosidade

1.425 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
2 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.425
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
66
Comentários
2
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O dízimo como expressão de generosidade

  1. 1. Dízimo:Expressão de GenerosidadeContribuição x Pagamento
  2. 2. Programa• Introdução• Dízimo x Generosidade• A generosidade como indicador da fé• Missões• Conclusão
  3. 3. Introdução
  4. 4. Introdução1Coríntios 16:1-3
  5. 5. Introdução• “...cada um de vocês separe uma quantia, deacordo com a sua renda...” - NVI• “...cada um de vós ponha de parte o que puderajuntar, conforme a sua properidade...” - ARC
  6. 6. Introdução• Conceitos:• “...cada um...”: a contribuição é individual,todos devem participar;• “...uma quantia...”: não é especificado umvalor (veremos mais adiante sobre isso);
  7. 7. Introdução• Conceitos:• “...o que puder...”: não é a sobra, não é omínimo; há uma ideia de esforço;• “...de acordo com a sua renda...”:contribuição proporcional aosrendimentos, conforme aquilo com queDeus o tem abençoado.
  8. 8. Dízimo x Generosidade
  9. 9. Dízimo x GenerosidadeMateus 23:23
  10. 10. Dízimo x Generosidade• Jesus traz uma nova interpretação a respeitodo dízimo: ao invés de “pagar”, deve-se“contribuir”;• Os fariseus eram absolutamente fiéis emdizimar, mas falhavam na justiça, namisericórdia e na fidelidade;• Eles não haviam entendido o “espírito dacoisa”;
  11. 11. Dízimo x Generosidade• O maior erro que podemos cometer com odízimo não é não entregá-lo, mas fazê-lo paracumprir tabela, para barganhar com Deus, oupior, para aliviar a nossa consciência;• Nada disso vai nos levar a dar com alegria,que é o que Deus espera;
  12. 12. Dízimo x Generosidade• Lembre-se: Deus não é dono de 10% de tudoo que ganhamos; ele é dono de TUDO o quetemos! (1 Crônicas 29:14)
  13. 13. A generosidade comoindicador da fé
  14. 14. A generosidade como indicador da fé2 Crônicas31:5-11Atos 4:32-37
  15. 15. A generosidade como indicador da fé• Em geral, os avivamentos bíblicos sempregeravam no povo a generosidade em suascontribuições• N e m t o d a g e n e ro s i d a d e ve m d aespiritualidade, mas não há espiritualidadegenuína que não resulte em generosidade aocontribuir
  16. 16. A generosidade como indicador da fé• Quando a Igreja não contribui, não é a suavida financeira que corre risco, mas a suavida espiritual, pois a falta de generosidadedenota falta de fé, apego ao dinheiro edescaso com os necessitados
  17. 17. Missões
  18. 18. MissõesRomanos10:14-15
  19. 19. Missões• Para que a obra missionária prospere, sãonecessários:• Nossas vidas• Nossos talentos• Nossos joelhos• Nossos recursos
  20. 20. Missões• Áreas de missões que precisam de recursos:• Treinamento• Sustento para missionários e suas famílias(eles também precisam viver dignamente)• Material de evangelismo• Mídias (TV, rádio, internet, etc)
  21. 21. Missões• Tudo isso precisa de investimento... degenerosidade• Os recursos existem! Muitas vezes faltaapenas um pouco de (boa) vontade em nós• Um dos papéis dos que ficam é enviarrecursos aos que vão
  22. 22. Conclusão
  23. 23. Conclusão• Deixe de lado a visão religiosa do dízimo ese atente ao ato de adoração ao Senhor emcontribuir• Um coração grato a Ele e confiante em Suaprovisão é aquele que dá com alegria
  24. 24. Conclusão• À medida que a Igreja avança na intimidadecom o Senhor, tende a ser mais generosa emsuas contribuições• Lembre-se que a propagação do Evangelhopelo mundo precisa de recursos. Em quevocê tem investido?
  25. 25. Fim

×