SlideShare uma empresa Scribd logo

SIEM

E
e.ferreira
1 de 10
Primeiros Socorros
Enfermeiro
Bruno Mateus
OBJETIVO GERAL
Adquirir noções básicas de primeiros socorros
para atuar antes da chegada do socorro pré-
hospitalar com o objetivo de minimizar os
danos.
SIEM
Sistema Integrado de Emergência Médica é o conjunto de
entidades, pessoas e meios vocacionados para fazer face a
situações anómalas que envolvam vítimas de sinistro ou
doença súbita. Envolve desde o socorrista até às equipas
médicas hospitalares.
INEM
Instituto Nacional de Emergência Médica
CODU - Centro de Orientação de Doentes Urgentes
112
CIAV - Centro de Informação Anti venenos
808 250 143
CODU-MAR - Centro de Orientação de Doentes Urgentes-Mar
RECÉM- NASCIDOS - Transporte de Recém-Nascidos de Alto Risco
Sistema Integrado de
Emergência Médica
Fig. 1 Instalações e meios do INEM Fig. 2 Unidade de saúde
Pode concluir-se que «Sistema Integrado de Emergência Médica» SIEM)
é um conjunto de meios e ações pré-hospitalares e intra-hospitalares
As fases do SIEM
Conjunto de meios e ações que visa uma
resposta atempada a qualquer ocorrência
em que exista risco de vida

Recomendados

Controlo de riscos profissionais
Controlo de riscos profissionaisControlo de riscos profissionais
Controlo de riscos profissionaisFilipa Andrade
 
TREINAMENTO PRIMEIROS SOCORROS
TREINAMENTO PRIMEIROS SOCORROSTREINAMENTO PRIMEIROS SOCORROS
TREINAMENTO PRIMEIROS SOCORROSJulio Jayme
 
M10 Suporte Basico de Vida.pptx
M10 Suporte Basico de Vida.pptxM10 Suporte Basico de Vida.pptx
M10 Suporte Basico de Vida.pptxsoniaalmeida38
 
Heimlich: Manobra Que Salva Vidas
Heimlich: Manobra Que Salva VidasHeimlich: Manobra Que Salva Vidas
Heimlich: Manobra Que Salva Vidascarlos ars
 
Planos de sessão
Planos de sessãoPlanos de sessão
Planos de sessãoAna Narciso
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Manual de segurança da carpintaria
Manual de segurança da carpintariaManual de segurança da carpintaria
Manual de segurança da carpintariaEder Ribeiro
 
Slides Primeiros Socorros
Slides Primeiros SocorrosSlides Primeiros Socorros
Slides Primeiros SocorrosOberlania Alves
 
Administração aplicada na Segurança do Trabalho
Administração aplicada na Segurança do TrabalhoAdministração aplicada na Segurança do Trabalho
Administração aplicada na Segurança do TrabalhoJeane Santos
 
Primeiros Socorros Modulo III
Primeiros Socorros Modulo IIIPrimeiros Socorros Modulo III
Primeiros Socorros Modulo IIIemanueltstegeon
 
Higiene e Segurança no Trabalho
Higiene e Segurança no TrabalhoHigiene e Segurança no Trabalho
Higiene e Segurança no TrabalhoJoão Costa
 
Manobra Heimlich
Manobra HeimlichManobra Heimlich
Manobra HeimlichLF Martins
 
Proposta de intervenção pedagógica - PIP - Cristiano Lage
Proposta de intervenção pedagógica - PIP - Cristiano LageProposta de intervenção pedagógica - PIP - Cristiano Lage
Proposta de intervenção pedagógica - PIP - Cristiano LageCristiano Esperto Lage
 
Primeiros socorros
Primeiros socorrosPrimeiros socorros
Primeiros socorrosmmcoelho
 
Metodos e tecnicas_pedagogicos
Metodos e tecnicas_pedagogicosMetodos e tecnicas_pedagogicos
Metodos e tecnicas_pedagogicosVeronica Gur Be
 
Suporte Básico de Vida
Suporte Básico de VidaSuporte Básico de Vida
Suporte Básico de VidaPedro Alves
 
3 principios gerais do socorrismo
3   principios gerais do socorrismo3   principios gerais do socorrismo
3 principios gerais do socorrismojospa1960
 
Armazenagem
ArmazenagemArmazenagem
ArmazenagemUEMA
 
Primeiros Socorros - manobra_de_heimlich_num_adulto_consciente[1]
Primeiros Socorros - manobra_de_heimlich_num_adulto_consciente[1]Primeiros Socorros - manobra_de_heimlich_num_adulto_consciente[1]
Primeiros Socorros - manobra_de_heimlich_num_adulto_consciente[1]João Pedro
 

Mais procurados (20)

Manual de segurança da carpintaria
Manual de segurança da carpintariaManual de segurança da carpintaria
Manual de segurança da carpintaria
 
Slides Primeiros Socorros
Slides Primeiros SocorrosSlides Primeiros Socorros
Slides Primeiros Socorros
 
Engasgamento
EngasgamentoEngasgamento
Engasgamento
 
Administração aplicada na Segurança do Trabalho
Administração aplicada na Segurança do TrabalhoAdministração aplicada na Segurança do Trabalho
Administração aplicada na Segurança do Trabalho
 
Manual primeiros socorros
Manual  primeiros socorrosManual  primeiros socorros
Manual primeiros socorros
 
Siem
SiemSiem
Siem
 
Primeiros Socorros Modulo III
Primeiros Socorros Modulo IIIPrimeiros Socorros Modulo III
Primeiros Socorros Modulo III
 
Higiene e Segurança no Trabalho
Higiene e Segurança no TrabalhoHigiene e Segurança no Trabalho
Higiene e Segurança no Trabalho
 
Manobra Heimlich
Manobra HeimlichManobra Heimlich
Manobra Heimlich
 
Proposta de intervenção pedagógica - PIP - Cristiano Lage
Proposta de intervenção pedagógica - PIP - Cristiano LageProposta de intervenção pedagógica - PIP - Cristiano Lage
Proposta de intervenção pedagógica - PIP - Cristiano Lage
 
Primeiros socorros
Primeiros socorrosPrimeiros socorros
Primeiros socorros
 
Metodos e tecnicas_pedagogicos
Metodos e tecnicas_pedagogicosMetodos e tecnicas_pedagogicos
Metodos e tecnicas_pedagogicos
 
EQUIPAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES 2
EQUIPAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES 2EQUIPAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES 2
EQUIPAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES 2
 
Transporte de vítimas
Transporte de vítimasTransporte de vítimas
Transporte de vítimas
 
PRIMEIROS SOCORROS CHOQUE ELETRICO
PRIMEIROS SOCORROS  CHOQUE ELETRICOPRIMEIROS SOCORROS  CHOQUE ELETRICO
PRIMEIROS SOCORROS CHOQUE ELETRICO
 
Suporte Básico de Vida
Suporte Básico de VidaSuporte Básico de Vida
Suporte Básico de Vida
 
3 principios gerais do socorrismo
3   principios gerais do socorrismo3   principios gerais do socorrismo
3 principios gerais do socorrismo
 
Armazenagem
ArmazenagemArmazenagem
Armazenagem
 
Primeiros Socorros - manobra_de_heimlich_num_adulto_consciente[1]
Primeiros Socorros - manobra_de_heimlich_num_adulto_consciente[1]Primeiros Socorros - manobra_de_heimlich_num_adulto_consciente[1]
Primeiros Socorros - manobra_de_heimlich_num_adulto_consciente[1]
 
Planos de Formação
Planos de FormaçãoPlanos de Formação
Planos de Formação
 

Destaque

Nocoesdeanatomia
NocoesdeanatomiaNocoesdeanatomia
NocoesdeanatomiaPelo Siro
 
Tomagrafia Computadorizada
Tomagrafia ComputadorizadaTomagrafia Computadorizada
Tomagrafia ComputadorizadaAlex Leal
 
MISTI Infosec 2010- SIEM Implementation
MISTI Infosec 2010- SIEM ImplementationMISTI Infosec 2010- SIEM Implementation
MISTI Infosec 2010- SIEM ImplementationMichael Nickle
 
Paragem Cárdio-respiratória no adulto
Paragem Cárdio-respiratória no adultoParagem Cárdio-respiratória no adulto
Paragem Cárdio-respiratória no adultoJosé Pinheiro Neta
 
Information Security: Advanced SIEM Techniques
Information Security: Advanced SIEM TechniquesInformation Security: Advanced SIEM Techniques
Information Security: Advanced SIEM TechniquesReliaQuest
 
McAfee SIEM solution
McAfee SIEM solution McAfee SIEM solution
McAfee SIEM solution hashnees
 
9207796 1201081241primeirossocorros
9207796 1201081241primeirossocorros9207796 1201081241primeirossocorros
9207796 1201081241primeirossocorrosPelo Siro
 
PPT-Splunk-LegacySIEM-101_FINAL
PPT-Splunk-LegacySIEM-101_FINALPPT-Splunk-LegacySIEM-101_FINAL
PPT-Splunk-LegacySIEM-101_FINALRisi Avila
 
1238687 cuidados de_manutencao_da_sonda_vesical
1238687 cuidados de_manutencao_da_sonda_vesical1238687 cuidados de_manutencao_da_sonda_vesical
1238687 cuidados de_manutencao_da_sonda_vesicalPelo Siro
 
125399933 primeiros socorros
125399933 primeiros socorros125399933 primeiros socorros
125399933 primeiros socorrosPelo Siro
 
Gelcampo sessão - sbv
Gelcampo   sessão - sbvGelcampo   sessão - sbv
Gelcampo sessão - sbvsininhu
 
Guitarrist finger nails - As unhas do Guitarrista
Guitarrist finger nails - As unhas do GuitarristaGuitarrist finger nails - As unhas do Guitarrista
Guitarrist finger nails - As unhas do GuitarristaGil Ferreira
 
125838312 sbv
125838312 sbv125838312 sbv
125838312 sbvPelo Siro
 
Segurança do trabalho primeiros socorros
Segurança do trabalho primeiros socorrosSegurança do trabalho primeiros socorros
Segurança do trabalho primeiros socorrosFabiana Chaves
 

Destaque (20)

Apresenta Siem
Apresenta SiemApresenta Siem
Apresenta Siem
 
Siem
SiemSiem
Siem
 
SIEM
SIEMSIEM
SIEM
 
Nocoesdeanatomia
NocoesdeanatomiaNocoesdeanatomia
Nocoesdeanatomia
 
Tomagrafia Computadorizada
Tomagrafia ComputadorizadaTomagrafia Computadorizada
Tomagrafia Computadorizada
 
MISTI Infosec 2010- SIEM Implementation
MISTI Infosec 2010- SIEM ImplementationMISTI Infosec 2010- SIEM Implementation
MISTI Infosec 2010- SIEM Implementation
 
Paragem Cárdio-respiratória no adulto
Paragem Cárdio-respiratória no adultoParagem Cárdio-respiratória no adulto
Paragem Cárdio-respiratória no adulto
 
Information Security: Advanced SIEM Techniques
Information Security: Advanced SIEM TechniquesInformation Security: Advanced SIEM Techniques
Information Security: Advanced SIEM Techniques
 
SIEM Primer:
SIEM Primer:SIEM Primer:
SIEM Primer:
 
McAfee SIEM solution
McAfee SIEM solution McAfee SIEM solution
McAfee SIEM solution
 
Ex.crianca escola
Ex.crianca escolaEx.crianca escola
Ex.crianca escola
 
9207796 1201081241primeirossocorros
9207796 1201081241primeirossocorros9207796 1201081241primeirossocorros
9207796 1201081241primeirossocorros
 
Security Information Event Management - nullhyd
Security Information Event Management - nullhydSecurity Information Event Management - nullhyd
Security Information Event Management - nullhyd
 
PPT-Splunk-LegacySIEM-101_FINAL
PPT-Splunk-LegacySIEM-101_FINALPPT-Splunk-LegacySIEM-101_FINAL
PPT-Splunk-LegacySIEM-101_FINAL
 
1238687 cuidados de_manutencao_da_sonda_vesical
1238687 cuidados de_manutencao_da_sonda_vesical1238687 cuidados de_manutencao_da_sonda_vesical
1238687 cuidados de_manutencao_da_sonda_vesical
 
125399933 primeiros socorros
125399933 primeiros socorros125399933 primeiros socorros
125399933 primeiros socorros
 
Gelcampo sessão - sbv
Gelcampo   sessão - sbvGelcampo   sessão - sbv
Gelcampo sessão - sbv
 
Guitarrist finger nails - As unhas do Guitarrista
Guitarrist finger nails - As unhas do GuitarristaGuitarrist finger nails - As unhas do Guitarrista
Guitarrist finger nails - As unhas do Guitarrista
 
125838312 sbv
125838312 sbv125838312 sbv
125838312 sbv
 
Segurança do trabalho primeiros socorros
Segurança do trabalho primeiros socorrosSegurança do trabalho primeiros socorros
Segurança do trabalho primeiros socorros
 

Semelhante a SIEM

Sistema integrado-de-emergência-médica
Sistema integrado-de-emergência-médicaSistema integrado-de-emergência-médica
Sistema integrado-de-emergência-médicaMiguelAlmeida502577
 
UFCD-6570 Abordagem Geral de Noções Básicas de Primeiros.pptx
UFCD-6570 Abordagem Geral de Noções Básicas de Primeiros.pptxUFCD-6570 Abordagem Geral de Noções Básicas de Primeiros.pptx
UFCD-6570 Abordagem Geral de Noções Básicas de Primeiros.pptxNome Sobrenome
 
Primeiros socorros TAS.pptx
Primeiros socorros TAS.pptxPrimeiros socorros TAS.pptx
Primeiros socorros TAS.pptxAldaPinto6
 
Molulo 1 - Socorrismo , Técnicas de Socorrismo
Molulo 1 - Socorrismo , Técnicas de Socorrismo Molulo 1 - Socorrismo , Técnicas de Socorrismo
Molulo 1 - Socorrismo , Técnicas de Socorrismo AnaMateus58
 
Metodostart 091108191229-phpapp01
Metodostart 091108191229-phpapp01Metodostart 091108191229-phpapp01
Metodostart 091108191229-phpapp01Placido Bombeiro
 
S.T.A.R.T Triagem de vítimas
S.T.A.R.T Triagem de vítimasS.T.A.R.T Triagem de vítimas
S.T.A.R.T Triagem de vítimasDeise
 
Manual INEM - Suporte Básico de Vida (Leigos)
Manual INEM - Suporte Básico de Vida (Leigos)Manual INEM - Suporte Básico de Vida (Leigos)
Manual INEM - Suporte Básico de Vida (Leigos)Rodrigo Avidago
 
Suporte básico-de-vida (adulto)
Suporte básico-de-vida (adulto)Suporte básico-de-vida (adulto)
Suporte básico-de-vida (adulto)MiguelAlmeida502577
 
AULA 08-10-22 - PAPEL DO TECNICO DE ENFERMEIRO NA URGÊNCIA E EMERGÊNCIA CERTO...
AULA 08-10-22 - PAPEL DO TECNICO DE ENFERMEIRO NA URGÊNCIA E EMERGÊNCIA CERTO...AULA 08-10-22 - PAPEL DO TECNICO DE ENFERMEIRO NA URGÊNCIA E EMERGÊNCIA CERTO...
AULA 08-10-22 - PAPEL DO TECNICO DE ENFERMEIRO NA URGÊNCIA E EMERGÊNCIA CERTO...VivianePereira485260
 
AULA 08-10-22 - PAPEL DO TECNICO DE ENFERMEIRO NA URGÊNCIA E EMERGÊNCIA CERTO...
AULA 08-10-22 - PAPEL DO TECNICO DE ENFERMEIRO NA URGÊNCIA E EMERGÊNCIA CERTO...AULA 08-10-22 - PAPEL DO TECNICO DE ENFERMEIRO NA URGÊNCIA E EMERGÊNCIA CERTO...
AULA 08-10-22 - PAPEL DO TECNICO DE ENFERMEIRO NA URGÊNCIA E EMERGÊNCIA CERTO...VivianePereira485260
 
09 00-11-slidesemergenciadia02 (1)
09 00-11-slidesemergenciadia02 (1)09 00-11-slidesemergenciadia02 (1)
09 00-11-slidesemergenciadia02 (1)Vanessa Barreto
 
Suporte Básico de Vida
Suporte Básico de VidaSuporte Básico de Vida
Suporte Básico de VidaLuis Caetano
 
Gelcampo sesso1siem-101108062953-phpapp01
Gelcampo sesso1siem-101108062953-phpapp01Gelcampo sesso1siem-101108062953-phpapp01
Gelcampo sesso1siem-101108062953-phpapp01Hugo Esteves
 
Gelcampo sessão 1 siem
Gelcampo   sessão 1 siemGelcampo   sessão 1 siem
Gelcampo sessão 1 siemsininhu
 
01-APH-ATENDIMENTO-PRE-HOSPITALAR-PRIMEIROS-SOCORROS-1.pdf
01-APH-ATENDIMENTO-PRE-HOSPITALAR-PRIMEIROS-SOCORROS-1.pdf01-APH-ATENDIMENTO-PRE-HOSPITALAR-PRIMEIROS-SOCORROS-1.pdf
01-APH-ATENDIMENTO-PRE-HOSPITALAR-PRIMEIROS-SOCORROS-1.pdfLeandroMartins706860
 
01-APH-ATENDIMENTO-PRE-HOSPITALAR-PRIMEIROS-SOCORROS-1.pdf
01-APH-ATENDIMENTO-PRE-HOSPITALAR-PRIMEIROS-SOCORROS-1.pdf01-APH-ATENDIMENTO-PRE-HOSPITALAR-PRIMEIROS-SOCORROS-1.pdf
01-APH-ATENDIMENTO-PRE-HOSPITALAR-PRIMEIROS-SOCORROS-1.pdfevanil2
 

Semelhante a SIEM (20)

Sistema integrado-de-emergência-médica
Sistema integrado-de-emergência-médicaSistema integrado-de-emergência-médica
Sistema integrado-de-emergência-médica
 
UFCD-6570 Abordagem Geral de Noções Básicas de Primeiros.pptx
UFCD-6570 Abordagem Geral de Noções Básicas de Primeiros.pptxUFCD-6570 Abordagem Geral de Noções Básicas de Primeiros.pptx
UFCD-6570 Abordagem Geral de Noções Básicas de Primeiros.pptx
 
13 -s_basico_de_vida
13  -s_basico_de_vida13  -s_basico_de_vida
13 -s_basico_de_vida
 
Primeiros socorros TAS.pptx
Primeiros socorros TAS.pptxPrimeiros socorros TAS.pptx
Primeiros socorros TAS.pptx
 
Molulo 1 - Socorrismo , Técnicas de Socorrismo
Molulo 1 - Socorrismo , Técnicas de Socorrismo Molulo 1 - Socorrismo , Técnicas de Socorrismo
Molulo 1 - Socorrismo , Técnicas de Socorrismo
 
Metodostart 091108191229-phpapp01
Metodostart 091108191229-phpapp01Metodostart 091108191229-phpapp01
Metodostart 091108191229-phpapp01
 
S.T.A.R.T Triagem de vítimas
S.T.A.R.T Triagem de vítimasS.T.A.R.T Triagem de vítimas
S.T.A.R.T Triagem de vítimas
 
Manual INEM - Suporte Básico de Vida (Leigos)
Manual INEM - Suporte Básico de Vida (Leigos)Manual INEM - Suporte Básico de Vida (Leigos)
Manual INEM - Suporte Básico de Vida (Leigos)
 
Suporte básico-de-vida (adulto)
Suporte básico-de-vida (adulto)Suporte básico-de-vida (adulto)
Suporte básico-de-vida (adulto)
 
AULA 08-10-22 - PAPEL DO TECNICO DE ENFERMEIRO NA URGÊNCIA E EMERGÊNCIA CERTO...
AULA 08-10-22 - PAPEL DO TECNICO DE ENFERMEIRO NA URGÊNCIA E EMERGÊNCIA CERTO...AULA 08-10-22 - PAPEL DO TECNICO DE ENFERMEIRO NA URGÊNCIA E EMERGÊNCIA CERTO...
AULA 08-10-22 - PAPEL DO TECNICO DE ENFERMEIRO NA URGÊNCIA E EMERGÊNCIA CERTO...
 
AULA 08-10-22 - PAPEL DO TECNICO DE ENFERMEIRO NA URGÊNCIA E EMERGÊNCIA CERTO...
AULA 08-10-22 - PAPEL DO TECNICO DE ENFERMEIRO NA URGÊNCIA E EMERGÊNCIA CERTO...AULA 08-10-22 - PAPEL DO TECNICO DE ENFERMEIRO NA URGÊNCIA E EMERGÊNCIA CERTO...
AULA 08-10-22 - PAPEL DO TECNICO DE ENFERMEIRO NA URGÊNCIA E EMERGÊNCIA CERTO...
 
09 00-11-slidesemergenciadia02 (1)
09 00-11-slidesemergenciadia02 (1)09 00-11-slidesemergenciadia02 (1)
09 00-11-slidesemergenciadia02 (1)
 
Emergência
EmergênciaEmergência
Emergência
 
Suporte Básico de Vida
Suporte Básico de VidaSuporte Básico de Vida
Suporte Básico de Vida
 
Urgencia-e-Emergencia.pptx
Urgencia-e-Emergencia.pptxUrgencia-e-Emergencia.pptx
Urgencia-e-Emergencia.pptx
 
Gelcampo sesso1siem-101108062953-phpapp01
Gelcampo sesso1siem-101108062953-phpapp01Gelcampo sesso1siem-101108062953-phpapp01
Gelcampo sesso1siem-101108062953-phpapp01
 
Gelcampo sessão 1 siem
Gelcampo   sessão 1 siemGelcampo   sessão 1 siem
Gelcampo sessão 1 siem
 
01-APH-ATENDIMENTO-PRE-HOSPITALAR-PRIMEIROS-SOCORROS-1.pdf
01-APH-ATENDIMENTO-PRE-HOSPITALAR-PRIMEIROS-SOCORROS-1.pdf01-APH-ATENDIMENTO-PRE-HOSPITALAR-PRIMEIROS-SOCORROS-1.pdf
01-APH-ATENDIMENTO-PRE-HOSPITALAR-PRIMEIROS-SOCORROS-1.pdf
 
01-APH-ATENDIMENTO-PRE-HOSPITALAR-PRIMEIROS-SOCORROS-1.pdf
01-APH-ATENDIMENTO-PRE-HOSPITALAR-PRIMEIROS-SOCORROS-1.pdf01-APH-ATENDIMENTO-PRE-HOSPITALAR-PRIMEIROS-SOCORROS-1.pdf
01-APH-ATENDIMENTO-PRE-HOSPITALAR-PRIMEIROS-SOCORROS-1.pdf
 
Emergencia 1
Emergencia 1Emergencia 1
Emergencia 1
 

Mais de e.ferreira

Acompanhamento, Monitorização e avaliação do PADDE.pptx
Acompanhamento, Monitorização e avaliação do PADDE.pptxAcompanhamento, Monitorização e avaliação do PADDE.pptx
Acompanhamento, Monitorização e avaliação do PADDE.pptxe.ferreira
 
Papel do eformador
Papel do eformadorPapel do eformador
Papel do eformadore.ferreira
 
Vantagens e desvantagens
Vantagens e desvantagensVantagens e desvantagens
Vantagens e desvantagense.ferreira
 
EU Kids Online
EU Kids Online EU Kids Online
EU Kids Online e.ferreira
 
Collaborative webmapping
Collaborative webmappingCollaborative webmapping
Collaborative webmappinge.ferreira
 
Espaço escolar
Espaço escolarEspaço escolar
Espaço escolare.ferreira
 
Nutrição e estética corporal
Nutrição e estética corporalNutrição e estética corporal
Nutrição e estética corporale.ferreira
 
Avaliação do estado nutricional
Avaliação do estado nutricionalAvaliação do estado nutricional
Avaliação do estado nutricionale.ferreira
 
Nutrição e actividade física
Nutrição e actividade físicaNutrição e actividade física
Nutrição e actividade físicae.ferreira
 
Patologias e nutrição
Patologias e nutriçãoPatologias e nutrição
Patologias e nutriçãoe.ferreira
 
Doenças de comportamento alimentar
Doenças de comportamento alimentarDoenças de comportamento alimentar
Doenças de comportamento alimentare.ferreira
 
Nutrição ii e-learning
Nutrição ii   e-learningNutrição ii   e-learning
Nutrição ii e-learninge.ferreira
 
Nutrição ii e-learning
Nutrição ii   e-learningNutrição ii   e-learning
Nutrição ii e-learninge.ferreira
 
Nutrição i e-learning
Nutrição i   e-learningNutrição i   e-learning
Nutrição i e-learninge.ferreira
 
Fitonutrientes alimentos funcionais e nutrição e estética corporal
Fitonutrientes alimentos funcionais e nutrição e estética corporalFitonutrientes alimentos funcionais e nutrição e estética corporal
Fitonutrientes alimentos funcionais e nutrição e estética corporale.ferreira
 
Avaliação do estado nutricional
Avaliação do estado nutricionalAvaliação do estado nutricional
Avaliação do estado nutricionale.ferreira
 
Nutrição e actividade física
Nutrição e actividade físicaNutrição e actividade física
Nutrição e actividade físicae.ferreira
 

Mais de e.ferreira (20)

Acompanhamento, Monitorização e avaliação do PADDE.pptx
Acompanhamento, Monitorização e avaliação do PADDE.pptxAcompanhamento, Monitorização e avaliação do PADDE.pptx
Acompanhamento, Monitorização e avaliação do PADDE.pptx
 
9 ano e agora
9 ano e agora9 ano e agora
9 ano e agora
 
Papel do eformador
Papel do eformadorPapel do eformador
Papel do eformador
 
Vantagens e desvantagens
Vantagens e desvantagensVantagens e desvantagens
Vantagens e desvantagens
 
EU Kids Online
EU Kids Online EU Kids Online
EU Kids Online
 
Collaborative webmapping
Collaborative webmappingCollaborative webmapping
Collaborative webmapping
 
Espaço escolar
Espaço escolarEspaço escolar
Espaço escolar
 
Dietas
DietasDietas
Dietas
 
Nutrição e estética corporal
Nutrição e estética corporalNutrição e estética corporal
Nutrição e estética corporal
 
Avaliação do estado nutricional
Avaliação do estado nutricionalAvaliação do estado nutricional
Avaliação do estado nutricional
 
Nutrição e actividade física
Nutrição e actividade físicaNutrição e actividade física
Nutrição e actividade física
 
Patologias e nutrição
Patologias e nutriçãoPatologias e nutrição
Patologias e nutrição
 
Doenças de comportamento alimentar
Doenças de comportamento alimentarDoenças de comportamento alimentar
Doenças de comportamento alimentar
 
Nutrição ii e-learning
Nutrição ii   e-learningNutrição ii   e-learning
Nutrição ii e-learning
 
Nutrição ii e-learning
Nutrição ii   e-learningNutrição ii   e-learning
Nutrição ii e-learning
 
Nutrição i e-learning
Nutrição i   e-learningNutrição i   e-learning
Nutrição i e-learning
 
Fitonutrientes alimentos funcionais e nutrição e estética corporal
Fitonutrientes alimentos funcionais e nutrição e estética corporalFitonutrientes alimentos funcionais e nutrição e estética corporal
Fitonutrientes alimentos funcionais e nutrição e estética corporal
 
Dietas
DietasDietas
Dietas
 
Avaliação do estado nutricional
Avaliação do estado nutricionalAvaliação do estado nutricional
Avaliação do estado nutricional
 
Nutrição e actividade física
Nutrição e actividade físicaNutrição e actividade física
Nutrição e actividade física
 

Último

Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfddddddddddddddddddddddddddddddddddddRenandantas16
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...AaAssessoriadll
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docxPROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docxssuser86fd77
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOLUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOxogilo3990
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfCosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfalexandrerodriguespk
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfalexandrerodriguespk
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...azulassessoriaacadem3
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docxPROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOLUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfCosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
 

SIEM

  • 2. OBJETIVO GERAL Adquirir noções básicas de primeiros socorros para atuar antes da chegada do socorro pré- hospitalar com o objetivo de minimizar os danos.
  • 3. SIEM Sistema Integrado de Emergência Médica é o conjunto de entidades, pessoas e meios vocacionados para fazer face a situações anómalas que envolvam vítimas de sinistro ou doença súbita. Envolve desde o socorrista até às equipas médicas hospitalares.
  • 4. INEM Instituto Nacional de Emergência Médica CODU - Centro de Orientação de Doentes Urgentes 112 CIAV - Centro de Informação Anti venenos 808 250 143 CODU-MAR - Centro de Orientação de Doentes Urgentes-Mar RECÉM- NASCIDOS - Transporte de Recém-Nascidos de Alto Risco
  • 5. Sistema Integrado de Emergência Médica Fig. 1 Instalações e meios do INEM Fig. 2 Unidade de saúde Pode concluir-se que «Sistema Integrado de Emergência Médica» SIEM) é um conjunto de meios e ações pré-hospitalares e intra-hospitalares
  • 6. As fases do SIEM Conjunto de meios e ações que visa uma resposta atempada a qualquer ocorrência em que exista risco de vida
  • 7. As fases do SIEM • Deteção – Corresponde ao momento em que alguém se apercebe da existência de uma situação em que é necessário socorro, desenvolvendo acções que têm como objetivo evitar o agravamento da situação; • Alerta – É a fase em que se contactam os meios de socorro; • Pré-socorro – É um conjunto de gestos simples que podem ser concretizados até à chegada do socorro; • Socorro no local do acidente – Corresponde ao início do tratamento efetuado às vítimas, com o objetivo de melhorar o seu estado ou evitar que este se agrave;
  • 8. As fases do SIEM • Cuidados durante o transporte – Consiste no transporte do doente desde o local da ocorrência até à unidade de saúde adequada, garantindo à vítima a continuação dos cuidados de emergência necessários; • Transferência e tratamento definitivo – Corresponde à entrega do doente na unidade de saúde adequada e à continuação do tratamento iniciado no local de ocorrência.
  • 9. Intervenientes no Sistema • Público em geral; • Operadores das centrais de emergência; • Agentes da autoridade; • Bombeiros; • Socorristas de ambulância; • Médicos; • Enfermeiros; • Pessoal técnico dos hospitais; • Etc..
  • 10. 112- CODU Pedir socorro ligando 112 e respeitar as indicações transmitidas