O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Passaporte da leitura / 2º Período (2011/12)

906 visualizações

Publicada em

Passaporte da leitura / 2º Período (Projeto "Ler, lazer e aprender") 2011/12

Autora: Leonor Ferreira, 8ºA

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Passaporte da leitura / 2º Período (2011/12)

  1. 1. “Ler, Lazer e Aprender”“A leitura de um bom livro é um diálogo incessante: o livro fala e a alma responde.” – André Maurois “A leitura torna o homemLeonor Ferreira completo; a conversação torna-o ágil; e o escrever dá-Nº 15 lhe precisão.” – Francis Bacon8ºA
  2. 2. de Nuno Markl Com 221 páginas da Editora Objectiva “Eu não canto por qualquer produto.Portanto, para eu me ter humilhadopublicamente no horário nobre da rádio – epara vos arrastar a vós, leitores, nesta Comecei a ler a 20/10/2011humilhação – é porque isto me diz muito eporque, tal como eu, milhões de portuguesesanseiam por quê? Por paz? Por amor? Pordinheiro? Por saúde? Claro que sim, mastambém pelo Fizz Limão.” - página 33. Terminei a leitura a 25/11/2011
  3. 3. de Rosamunde Pilcher “No entanto uma tragédia da Editora DIFEL dessas proporções não se achava fora dos limites do concebível. E explicaria muitas coisas a seu respeito – a expressão algo tensa do rosto, a boca aparentemente pouco com 397 páginas habituada a sorrir, os olhos brilhantes que nunca pestanejavam.... Havia algo aí, encoberto pela desconfiança. Comecei a ler a 26/11/2011 Algum mistério. Não obstante, simpatizava com ele. Sim, agradava-lhe muito.” – Página Terminei a leitura a 21/12/2011 115
  4. 4. de Elizabeth H. Winthrop com 275 páginas “A mãe está em casa, mas Isabelle não se importa. Precisaria de muita energia para se importar, para se impedir de tocar sem ter uma boa razão para isso. Pergunta-se se alguma vez terá havido uma boa razão para o que quer que fosse. Ouvi-la rocar deixará ada Editora Berthrand Editora mãe feliz, quer fazê-lo. E Maggie também gosta de a ouvir tocar, costumava vir deitar-se junto ao banco, e, se isso é tudo o que pode fazer por Maggie agora, então é o que fará. O pai explicou-lhe que a cadela tem um hipótese em cinco, e embora Isabelle não veja utilidadeComecei a ler a 25/12/2011 nas probabilidades, consegue retirar conforto desses números e do facto de nada ter que ver com eles. Olha as teclas, imaginando por onde irão os seus dedos e como a peça irá soar. Ergue osTerminei a leitura a 11/01/2012 dedos mesmo acima das teclas” - página 269.
  5. 5. de Dorothy Koomson com 448 páginas“Começou como uma pequena noz de dor bemno meu íntimo, mas esta foi crescendo cada vezmais até se transformar numa sufocante bola desofrimento. Ela tinha morrido. Nunca maisvoltaria a vê-la. Nunca mais voltaria a falar comela. Nunca mais iria pegar-lhe na mão. Nemchamar-lhe preguiçosa pateta. Nem senti-la a Comecei a ler a 12/01/2012puxar-me os cabelos e ouvi-la dizer-me paraparar de ser uma chata com cara de poucosamigos. Nem ficar apenas sentada com ela a vertelevisão. Terminei a leitura a 28/01/2012Derramei a primeira impetuosa vaga delágrimas. Ela tinha-me abandonado. Eu tinha-adeixado, mas ela tinha-me abandonado a mim.Para sempre. A minha melhor amiga tinha da Editora Porto Editoramorrido.” – página 94.
  6. 6. de Jostein Gaarder “- Esse é o grande mistério?da Editora Editorial Presença -Mas é uma coisa que nos diz respeito, porque nós também somos feitos dessa matéria. Somos uma centelha da grande fogueira que já foi ateada há com 461 páginas milhões de anos. -Já tinhas dito isso. - Mas não devemos exagerar a importância dos grandes números. Comecei a ler a Basta agarrar numa pedra. Mesmo que fosse constituído apenas por esta 28/01/2012 pedra, das dimensões de uma laranja, o universo seria igualmente incompreensível. A perguntaTerminei a leitura a 17/02/2012 continuaria a ser: de onde vem esta pedra?” – página 452.
  7. 7. de Nicholas Sparks “E ele falou, a recitar passagens antigas,da Editora Editorial Presença celebrando a noite. Whitman e Dylan Thomas, porque gostava muito das imagens. Tennyson e Browning, porque os temas lhe pareciam tão familiares. Ela descansou a cabeça de encontro às costas com 158 páginas da cadeira, fechando os olhos, ficando apenas um pouco mais emocionada na altura em que ele acabava. Não eram apenas os poemas, ou a voz dele que a emocionavam. Era tudo aquilo, a totalidade maior que a soma das partes. Nem tentava interpretá-los, não queria, porque nãoComecei a ler a 18/02/2012 tinham sido feitos para serem ouvidos daquela maneira. A poesia, pensou ela, não fora escrita para ser analisada – fora feita Terminei a leitura a 19/02/2012 para inspirar sem entendimento.” – página 61.
  8. 8. de Daniel Oliveira da Editora Clube do Livro Comecei a ler a com 235 páginas 23/02/2012 Terminei a leitura a 4/03/2012“DO: No início, quando estavas em Los Angeles, perguntavam-te o que é que fazias e tu dizias“atriz” e as pessoas olhavam-te com algum desdém, tipo… “Mais uma”. E tu pensavas: “Vocêsvão ver, vocês vão ver!”. Vão ver o quê?DR: Nunca foi uma coisa de orgulho “vão ver, vão ver”, foi tipo: “Está bem.”. Porque é que aspessoas haviam de acreditar? Há realmente tantas atrizes a tentar carreiras. Ok, é uma ideiarealista pensar que não vou conseguir. Mas consegui (risos).”– página ---.
  9. 9. de Maria Teresa Maia Gonzalez “Suspirei fundo, tão fundo que fechei os olhos e, quando os abri, pareceu-me nitidamente ver o rosto da minha Mãe a pairar sobre aqueles campos cobertos de flores da Editora babel silvestres… Como ela estava bonita e sorridente! Trazia aquele chapéu que, ultimamente, era Clara quem usava, na quinta. Fiquei uns momentos sustendo a respiração, com receio de que, ao mais pequeno movimento, a magnífica visão desaparecesse irremediavelmente. Que vontade de esticar com 155 páginas a mão para tocar na cara dela! Então, quando finalmente consegui respirar, uma borboleta amarela, vinda do lugar onde eu via a cara que me era mais querida, veio pousar sobre a cabeça daComecei a ler a 5/03/2012 Jacinta e, por um instante, distraí-me a vê-la. No momento seguinte, ao olhar para cima, já não vi a minha Mãe, e a vontade de chorar tornou-se verdadeiramente insuportável.” – Páginas 115 e 116. Terminei a leitura a 06/03/2012
  10. 10. de Luísa Ducla Soares da Editora Civilização com 157 páginas Comecei a ler a 13/03/2012 Terminei a leitura a …/…/2012

×