O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

O potencial Mobile [GUDAY 2016]

519 visualizações

Publicada em

O potencial Mobile – Unindo controle, assertividade, automação e inteligência aos negócios.

Ao unir o potencial de coleta e assertividade que uma solução de mobilidade pode gerar, junto com uma solução de business intelligence (BI) para controle, gestão e automação, temos uma solução muito robusta que pode apoiar organizações no dinamismo de tomada de decisões, e nas ações de melhoria contínua.

Palestrantes:
Daniel Wildt - http://umov.me
Douglas Scheibler - http://sol7.com.br

-- Daniel Wildt
http://danielwildt.com

Publicada em: Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

O potencial Mobile [GUDAY 2016]

  1. 1. O potencial Mobile Unindo controle, assertividade, automação e inteligência aos negócios Daniel Wildt Douglas Scheibler dwildt@umov.me douglas@sol7.com.br
  2. 2. Soluções mobile podem suportar controles para a gestão, ou penalização. Os indicadores analíticos/estratégicos também podem funcionar no mesmo estilo.
  3. 3. Detalhes: blog uMov.me Objetivo: Gestão da equipe de hotelaria do hospital. ou Objetivo: Reduzir tempo de liberação de leitos em 50%. A computação positiva começa na definição de objetivos!
  4. 4. Fórmula "mágica" da mobilidade: Coleta + Controles (Regras) + Automação = Velocidade de resposta do negócio (Ação)
  5. 5. Adicione na fórmula: - Gerar qualidade de vida (prevenção). - Melhorar continuamente (menos clicks, mais contexto).
  6. 6. Coleta + Controles (Prevenção) + Automação (Contexto + Autonomia) = Assertividade de resposta do negócio (Ação)
  7. 7. Isso é suficiente? Não. O que se espera após coletar os dados em campo?
  8. 8. Depois da coletar, armazenar dados não é suficiente! Dados => Informações => Insights => Inteligência
  9. 9. Objetivo: Mapeamento de mercado e geração de valor: - Maior volume vendas - Gestão da concorrência - Aumento do market share A computação positiva começa na definição de objetivos! CASE
  10. 10. Controle e MonitoramentoVelocidade e Assertividade Performance e Estratégia Gestão OperacionalColeta e definição Gestão Estratégica ERP
  11. 11. E onde está nosso mercado e clientes? E como estão?
  12. 12. OK, agora temos informação e regras de negócio. Como otimizar?
  13. 13. Automatizando gestão...
  14. 14. Definindo fluxos… gerando ações e alertas. Mensagem - Emails - SMS - Portal Integrações - BPM - Plano de ação - API
  15. 15. Depende dos princípios da organização. Achar culpados ou Melhorar continuamente? Controle => Culpa? Controle => Gestão e Qualidade de vida?
  16. 16. Empresa é um processo vivo e contínuo… é como dirigir um carro Precisamos de: ● Coleta automatizada ● Indicadores de performance ● Indicadores de exceção
  17. 17. Obrigado! Daniel Wildt Douglas Scheibler dwildt@umov.me douglas@sol7.com.br

×