Modular Object Oriented Dynamic Learning Environment
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” ...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
2
@webmarkcompt
facebook.com/...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
3
(a) Organização e planifica...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
4
A classificação é realizada...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
5
O volume e a velocidade de ...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
6
Interesse das Escolas no us...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
7
q  Definição
Uma plataform...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
8
q  Potencialidades
Podem s...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
9
Modelo de ensino não presen...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
10
• Learning Management Syst...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
11
Comunidades de Aprendizage...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
12
Tem de haver alguém que as...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
13
¨  Modular Object-Oriente...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
14
¨  O Moodle, é uma plataf...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
15
1999 0.0 Primeira versão (...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
16
Sites registados 86 291
Pa...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
17
http://moodle.org/stats/
V...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
18
Comunidade de
programadore...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
19
10. INOVAR !
9. Partilhar ...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
20
Para quem Para quê Dinamiz...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
21
Para quem Para quê Dinamiz...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
22
q  Modelos de cartas para...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
23
q  Antes da reunião, pode...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
24
q  Colocar um conjunto de...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
25
q  Começar por disponibil...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
26
Zonas de interação (os fór...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
27
Ø  o nome que lhes é atri...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
28
Com separadores (um dos Re...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
29
Intervir ativamente na con...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
30
q Fomentar um envolviment...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
31
q  Permitir facilitar o d...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
32
q Encorajar os alunos a u...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
33
q  Para um professor que ...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
34
www.webmark.com.pt/moodle
...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
35
BLOCOS
INFORMAÇÕES DO SITE...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
36
BARRA DE NAVEGAÇÃO
CONTEÚD...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
37
¨  São materiais “estátic...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
38
¨  São materiais dinâmico...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
39
¨  FÓRUM
¤  Uma das mais...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
40
¨  CHAT
¤  Disponibiliza...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
41
¨  TRABALHO
¤  Atividade...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
42
¨  MINI-TESTE
¤  Teste q...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
43
Vantagens:
q  Possibilida...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
44
Vantagens:
q  A qualquer ...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
45
¨  SONDAGEM
¤  Permite a...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
46
¨  GLOSSÁRIO
¤  Utilizad...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
47
Administrador
Gestor
Criad...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
48
¨  Atividades
¨  Recurso...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
49
¨  Configuração da discip...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
50
¨  www.moodle.org
¤  Sit...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
51
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
52
Os resultados serão utliza...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
53
Dias, P. (2004). Desenvolv...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
54
@webmarkcompt
facebook.com...
Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
55
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

1ª sessão 1.0 - 2.0 - Plataformas LMS

746 visualizações

Publicada em

Integração educativa de plataformas LMS

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
746
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
33
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1ª sessão 1.0 - 2.0 - Plataformas LMS

  1. 1. Modular Object Oriented Dynamic Learning Environment Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013
  2. 2. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 2 @webmarkcompt facebook.com/webmarkdesigns pt.linkedin.com/in/brunoferreirawebmark webmark.com.pt@gmail.com webmarkbruno http://about.me/webmarkcompt
  3. 3. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 3 (a) Organização e planificação de atividades com uso de plataformas LMS em contexto escolar; (b) Identificação de estratégias que potenciem a utilização pedagógica e organizacional de tais ferramentas; (c) Adoção de práticas que levem ao envolvimento dos alunos em trabalho prático com as TIC; (d) Mudança de práticas, com a integração de ferramentas de comunicação e interação à distância, no processo de ensino e aprendizagem; (e) Desenvolvimento de projetos/atividades que potenciem a utilização das TIC em contextos inter e transdisciplinares; Aprendizagemcolaborativa
  4. 4. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 4 A classificação é realizada na escala de 1 a 10, com a menção qualitativa de: Frequência (2) Assiduidade Pontualidade +1/3 Faltas (8h) 1 1 s/Certificação Participação (5) Produção Envolvimento nas tarefas Intervenção 3 1 1 Reflexão individual (3) Adequação Fundamentação Auto questionamento 1 1 1 Insuficiente Regular Bom Muito Bom Excelente 1 a 4,9 5 a 6,4 6,5 a 7,9 8 a 8,9 9 a 10
  5. 5. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 5 O volume e a velocidade de informação produzida nos dias de hoje torna difícil a sua gestão para fins educativos, pelo que … Obriga: A conceção de mecanismos que permitam a gestão de pessoal docente independentes do espaço e tempo A criação de mecanismos de gestão de aprendizagem A assunção de uma nova cultura de aprendizagem
  6. 6. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 6 Interesse das Escolas no uso de plataformas de aprendizagem, o que … Implica: A dinamização de ações de formação sobre Integração Educativa de plataformas LMS; A disseminação da experiência às disciplinas e cursos, do agrupamento/escola; A promoção de sessões de esclarecimento com os professores para partilha de informações o sobre uso extensivo das plataforma;
  7. 7. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 7 q  Definição Uma plataforma e-learning, é um software acessível através da Internet que disponibiliza um conjunto de funcionalidades essenciais para promover atividades de ensino online (ed-rom. Moodle partner, 2008). i.  Criar disciplinas e organizar as mesmas em categorias; ii.  Definir o papel de cada utilizador (professor, gestor, aluno, administrador); iii.  Disponibilizar aos professores ferramentas de criação de conteúdos e atividades pedagógicas (testes, trabalhos, …); iv.  Registar o desempenho dos alunos (nº de acessos) e permitir uma análise de registos e avaliações q  Principais funcionalidades
  8. 8. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 8 q  Potencialidades Podem ser aproveitadas de forma a: ü  fomentar uma melhor rentabilidade de esforços individuais; ü  permitir uma gestão autónoma pelo conjunto dos professores envolvidos; ü  possibilitar uma adaptação flexível às condições de cada escola/agrupamento ü  espaço de trabalho colaborativo de um conjunto de professores; ü  espaço complementar do trabalho que já é desenvolvido presencialmente.
  9. 9. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 9 Modelo de ensino não presencial suportado por tecnologia. Processo pelo qual o aluno aprende através de conteúdos colocados no computador e/ou Internet e em que o professor, está à distância, utilizando a Internet como meio de comunicação Derivado do E-learning, refere-se a um sistema de formação onde a maior parte dos conteúdos é transmitido em curso à distância, normalmente pela internet mas inclui, também, situações presenciais, Blended, algo misto, combinado. De mobile learning, ou aprendizagem móvel, é uma das modalidades da Educação a distância, ou e-learning. Acontece quando a interação entre os participantes se dá através de dispositivos móveis, tais como telemóveis, i-pods, rádio, tv, telefone, fax, entre outros. e-Learning b-Learning m-Learning
  10. 10. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 10 • Learning Management Systems • TelEduc , Moodle, Solar, Sócrates, Blackboard, ... LMS • Content Management Systems • Sitefinity, WordPress, Joomla, Drupal , OpenSourceCMS, Magento, ... CMS • Learning Content Management Systems • Atutor, ClaraOnline, Chamilo, ... LCMS • Learning Activities Management Systems • Sakai, Blackboard, LRN, WebCT, SharePoint, OLAT, Fedena, ... LAMS • Massive Open Online Course • Edx, Coursera, NovoEd, Udacity, Canvas, OpenLearning, Class2Go, …MOOCS
  11. 11. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 11 Comunidades de Aprendizagem Interações orientadas para o processo de aprendizagem ü  Envolvimento nas atividades e tarefas em curso; ü  Capacidade de aprender a aprender individual e colaborativamente; ü  Modelação de processos dinamizado pelo professor; ü  Perceção social, do nível de literacia informática dos alunos; ü  Utilização de vídeo aprendizagem à distância; ü  Motivação do professor / formador;  
  12. 12. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 12 Tem de haver alguém que assuma o papel de dinamizador ü  Fique responsável pela sua gestão e sustentação; ü  Esteja atento ao que vai acontecendo; ü  Desenvolva ações para manter esse espaço adequado e relevante para a prática dos seus participantes  
  13. 13. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 13 ¨  Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment ¤  Ambiente de aprendizagem ¤  Modular (Composto por módulos) ¤  Orientado por objectos ( programação de sistemas de software baseado na composição e interacção entre objectos - PHP.) ¤  Dinâmico Curiosidades : ¨  “to moodle” verbo que descreve a ação que, com frequência, conduz a resultados criativos. ¨  Quem utiliza o Moodle designa-se por "moodler”
  14. 14. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 14 ¨  O Moodle, é uma plataforma que pode ser usada com ensino e-learning, b-learning e m- learning. ¨  Pode ser instalada nos sistemas operativos , Unix, Linux, FreeBSD, Windows, Mac OS, Net Ware, ou outros, desde que suportem a linguagem PHP. ¨  O Moodle tem uma filosofia modular, o que significa que pode facilmente ser dotado de novas funcionalidades através da criação ou instalação de plugins adicionais (atividades, tipo de questões, tipos de recursos, simuladores, …) ¨  Distribuído livremente na forma de Open Source (sob a licença de Sofware Livre GNU Public License).
  15. 15. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 15 1999 0.0 Primeira versão (protótipo) 11/2001 0.9 Primeira versão web 8/2002 1.0 Fórum, Questionário, Jornal, Recursos, Questionário,… 8/2003 1.1 Backups, Workshop, Chat, Avaliação… 3/2004 1.2 Filtros, Grupos, Glossário, Lição… 5/2004 1.3 Calendário, Blocos, RSS, Média plugins… 8/2008 1.4 Instalador, Recursos, Inscrições, Wiki… 6/2005 1.5 XHTML, Temas, Blocos, Grelhas de Avaliação… 6/2006 1.6 Unicode, Base de dados, Documentos, Blogs, Relatórios…. 11/2006 1.7 Papéis, Admin, Oracle e MSSQL, AJAX… 3/2007 1.8 Acessibilidade, Mnet, Formulários… 3/2008 1.9 Grelhas de Avaliação, Performance, Tags, Notas… 11/2010 2.0 Compatibilidade com diferentes browsers, Layout amigável, Integração com outros sistemas, Rapidez, Plugins, Editor HTML, ... 7/2011 2.1 Motor de questões, Suporte para aplicações móveis 12/2011 2.2 Plugin de subsistema de classificação de métodos, ... 6/2012 2.3 Update da edição em ajax (YUI3), função de drag and drop entre atividades, SCORM, Book, Quiz, Workshop, Glossário, ... 12/2012 2.4 Melhorias na performance, Database information Caching, estatísticas diárias de performance, ... 5/2013 2.5 Ferramenta de instalação de add-ins, Bootstrap based themes, responsive design para todas as resoluções de ecrã, melhorias na usabilidade dos módulos, ... Criado por Martin Dougiamas. Em desenvolvimento constante por uma comunidade virtual que reúne programadores , designers, professores e utilizadores de todo o mundo. http://docs.moodle.org/ dev/Releases
  16. 16. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 16 Sites registados 86 291 Países 237 Disciplinas 7 801 424 Utilizadores 73 032 789 Professores 1 297 030 Inscrições 76 239 873 Mensagens dos fóruns 130 030 520 Recursos 69 506 593 Quiz 196 009 5882 http://moodle.org/stats/ Visitado a 10/08/2013 Registos portugueses: https://moodle.org/sites/
  17. 17. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 17 http://moodle.org/stats/ Visitado a 10/08/2013 País Registos United States 14,316 Spain 7,536 Brazil 6,448 United Kingdom 4,517 Mexico 3,732 Germany 3,334 Colombia 2,715 Portugal 2,350 Australia 2,045 Italy 2,040
  18. 18. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 18 Comunidade de programadores Comunidade ativa de utilizadores http://moodle.com/partners/ Software Desenvolvimento, Documentação, etc Moodle.org Discussão, Suporte, etc Instituições, companhias, e individuais que precisam de serviços comerciais Fundado com doações
  19. 19. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 19 10. INOVAR ! 9. Partilhar ideias, pesquisa ativa, comunidades de aprendizagem 8. Usar módulos de revisão/avaliação como Workshops/Testes 7. Introduzir atividades externas e jogos didáticos 6. Sequenciar as atividades de forma lógica 5. Facilitar ativas discussões temáticas nos fóruns 4. Usar Wiki’s, Glossários… 3. Usar Questionários 2. Ter um fórum ativo 1. Publicar alguns conteúdos (recursos, SCORM’s…)
  20. 20. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 20 Para quem Para quê Dinamizado por Todos os professores Interação e divulgação Orgãos de Gestão Diretores de Turma Interação e trabalho comum; Discussão e clarificação de dúvidas; Divulgação e Partilha de experiências; Repositório de recursos Coordenadores de Diretores de Turma Professores de uma mesma Área Curricular ou Departamento Interação e trabalho conjunto; Divulgação e Partilha de experiências, ideias e conhecimentos; Repositório de recursos por temáticas; Construção de materiais e de recursos em conjunto; Preparação de reuniões e debates Um ou dois elementos do grupo Poderá ser útil a existência de espaços (disciplinas, no caso da plataforma Moodle) de trabalho de professores, tais como:
  21. 21. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 21 Para quem Para quê Dinamizado por Professores que lecionam o 1ºciclo nas várias escolas de um agrupamento - por ano ou por áreas de trabalho (ex. língua materna, ciências…) Interação e trabalho conjunto; Divulgação e Partilha de experiências; Repositório de recursos por temáticas; Construção de materiais e de recursos em conjunto; Preparação de reuniões e debates Um ou dois elementos de cada grupo Professores envolvidos no desenvolvimento de um projeto Interação e trabalho conjunto; Divulgação de informação relevante; Repositório de recursos relevantes; Suporte ao desenrolar do projeto Um ou dois elementos do grupo Professores em geral sobre questões relativas ao apoio a alunos com Necessidades Educativas Especiais Divulgação de informações relevantes; Partilha de dificuldades e experiências; Repositório de recursos por temáticas Equipa de Apoios Educativos
  22. 22. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 22 q  Modelos de cartas para contactos com os encarregados de educação; q  Modelos de atas de reuniões; q  Formulários que necessitem de ser preenchidos; q  Fórum - vocacionado para a discussão de questões, e partilhar soluções para a sua operacionalização q  Disponibilizar a legislação mais relevante para a atividade de Direção de Turma. Pode ser organizado: •  em secções • num Glossário (com as categorias adequadas) • numa Base de dados (atividades disponíveis)
  23. 23. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 23 q  Antes da reunião, podem ser disponibilizados vários elementos: •  ordem de trabalhos, •  as informações a partilhar, •  os documentos que precisam ser analisados q  Depois da reunião •  Wiki para a construção da ata da reunião (poderá estar acessível aos restantes colegas que assim poderão introduzir sugestões de emendas ou alterações) q  Fórum para: •  preparar as reuniões que se tem de realizar periodicamente; • desenvolver trabalho após a realização das mesmas Pode abrir-se um fórum para as reuniões com um tópico por reunião ou até abrir um fórum por reunião.
  24. 24. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 24 q  Colocar um conjunto de ligações para espaços (não escolares) de divulgação de obras literárias, de visitas virtuais a museus ou cidades. q  Atividades ou até de jogos relacionados com as várias áreas curriculares. q  Abrir fóruns de debate que prolonguem no tempo ou que sirvam de sensibilização para atividades que irão acontecer ao vivo na escola (a visita de um escritor ou de um desportista, a leitura de livros ou o visionamento de filmes que sejam agendados periodicamente).
  25. 25. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 25 q  Começar por disponibilizar atividades mais simples, mas que apelem ao diálogo, à interação e ao contributo de todos (os fóruns são importantes). Desta forma, os utilizadores habituam-se gradualmente ao ambiente e a participar nele. q  Iniciar de forma focalizada e organizada para que seja fácil a navegação no espaço. q  Começar por um espaço simples que vai sendo completado a pouco e pouco e à medida que os participantes se movimentam mais à vontade.
  26. 26. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 26 Zonas de interação (os fóruns, chats,...), Assinalar: Espaços de construção conjunta (os wikis, glossários de construção coletiva,...) Espaços de divulgação e partilha de recursos (o Centro de Recursos da disciplina) Locais de recolha de informação/avaliação (referendos, questionários,…);
  27. 27. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 27 Ø  o nome que lhes é atribuído O nome a adotar deve ser claro, curto e simples. Pode ser útil associar as caraterísticas do ficheiro/ligação em causa. “título” + PDF + 130Kb ou “título” + JAVA. Dois aspetos que facilitam essa identificação Ø  o sumário que lhe fica associado O sumário ou descrição de cada ficheiro ou atividade deve ser explicado de forma simples e orientador para o aluno.
  28. 28. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 28 Com separadores (um dos Recursos disponíveis) que separam zonas dentro de um mesmo tópico e as identificam. Assinalar: Com títulos e ilustrações, assim como colocando explicações curtas na Introdução de cada tópico;
  29. 29. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 29 Intervir ativamente na construção do conteúdo do espaço §  Criando wikis para a escrita colaborativa ou para a elaboração de relatórios ou trabalhos de grupo; §  Propor o desenvolvimento colaborativo de um Glossário temático em que os alunos possam colocar itens e comentar os já colocados; Disponibilizar atividades que permitam aos alunos : Ter voz §  abrindo fóruns, por exemplo, de “dúvidas e esclarecimentos”, ou de debates sobre “temas que nos interessam”; §  colocando referendos de vez em quando sobre um tema que pretenda vir a discutir em alguma aula;
  30. 30. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 30 q Fomentar um envolvimento individual e coletivo em atividades de entreajuda e de construção partilhada do conhecimento; q Possibilitar uma adaptação flexível às condições de cada escola/agrupamento; q Manter disponíveis e acessíveis aos alunos (e aos EE) informações e recursos diversos que os ajudem na aprendizagem; q  Ampliar e agilizar a comunicação entre professores e alunos e dos alunos entre si;
  31. 31. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 31 q  Permitir facilitar o dia-a-dia de quem a usa; Deve : q Ampliar as possibilidades de diálogo e apoio aos alunos; q Possibilitar uma maior diversificação de formas de trabalhar e aprender; q Permitir uma melhor adequação às características da diversidade dos alunos;
  32. 32. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 32 q Encorajar os alunos a utilizarem expressões claras e elucidativas nas linhas de resumo das suas intervenções nos fóruns em que participam. q Estar atento ao modo como decorrem as discussões nos fóruns; q Encorajar os alunos a pensarem antes de escreverem os posts nos fóruns; q Cultivar um modo positivo de debater as questões, mesmo as mais polémicas; q Dar atenção aos aspetos de cortesia e de ética;
  33. 33. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 33 q  Para um professor que decida e assuma ficar responsável por dinamizar um espaço de trabalho com alunos é recomendável que tenha em conta a sua própria disponibilidade e capacidade de resposta a interações.
  34. 34. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 34 www.webmark.com.pt/moodle ü  Utilizar o browser http://goo.gl/08GFTE ü  Criar conta de utilizador com informações reais; ü  Editar perfil de utilizador (foto, email, interesses, etc…)
  35. 35. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 35 BLOCOS INFORMAÇÕES DO SITE BARRA DE NAVEGAÇÃO
  36. 36. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 36 BARRA DE NAVEGAÇÃO CONTEÚDODADISCIPLINA ADMINISTRAÇÃODADISCIPLINA
  37. 37. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 37 ¨  São materiais “estáticos“ disponibilizados pelo professor. ¨  Por norma, são os preferidos pelos utilizadores numa fase inicial.
  38. 38. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 38 ¨  São materiais dinâmicos disponibilizados pelo professor. ¨  Permitem a interação entre os alunos e o professor. ¨  Constituem a grande mais-valia do Moodle.
  39. 39. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 39 ¨  FÓRUM ¤  Uma das mais atividades mais importantes. ¤  É nesta atividade que tem lugar o debate, a partilha de ideias e o esclarecimento de dúvidas.
  40. 40. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 40 ¨  CHAT ¤  Disponibiliza aos utilizadores da disciplina uma “sala de conversação”. ¤  Pode ser utilizada por alunos e professores numa conversação em tempo real.
  41. 41. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 41 ¨  TRABALHO ¤  Atividade em que o professor propõe ao aluno uma tarefa. ¤  Aluno pode enviar um trabalho a partir da própria atividade. ¤  Professor tem acesso a trabalhos enviado pelos alunos, pode avaliá- los e comentá-los.
  42. 42. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 42 ¨  MINI-TESTE ¤  Teste que pode ser feito on-line pelos alunos. ¤  Pode conter perguntas de vários tipos: n  Escolha múltipla n  Verdadeiro ou falso n  Resposta curta n  Comparação n  Etc… ¤  Após terminarem o teste, os alunos podem ter a possibilidade de ver qual a sua classificação.
  43. 43. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 43 Vantagens: q  Possibilidade de comentar a atividade instantaneamente q  Permite avaliar a atividade ficando os alunos a saber que nota obtiveram q  Permite extrair os resultados obtidos (testes, fichas, etc) para um documento Excell externo
  44. 44. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 44 Vantagens: q  A qualquer momento sabemos a avaliação do aluno às atividades realizadas. q  Por sua vez, o aluno tem igualmente acesso às notas atribuídas e ao total acumulado q  Podemos exportar os resultados em diferentes formatos.
  45. 45. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 45 ¨  SONDAGEM ¤  Permite ao professor colocar uma questão de escolha múltipla aos alunos (normalmente de opinião). ¤  Permite mostrar resultados de várias formas.
  46. 46. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 46 ¨  GLOSSÁRIO ¤  Utilizado para escrever alguns termos (e a sua definição) relacionados com a disciplina. ¤  Pode ser atualizado por alunos e professores. ¤  Possibilita realçar termos que apareçam num recurso ou atividade da disciplina, existentes no glossário.
  47. 47. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 47 Administrador Gestor Criador de disciplinas Professor Aluno Utilizador Autenticado Visitante
  48. 48. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 48 ¨  Atividades ¨  Recursos ¨  Avaliação
  49. 49. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 49 ¨  Configuração da disciplina ¨  Gestão de alunos ¨  Gestão de relatórios ¨  Análise de resultados ¨  Gestão cópias de segurança ¨  Base de dados de perguntas
  50. 50. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 50 ¨  www.moodle.org ¤  Site “mãe” do projeto Moodle. ¤  Inclui espaços para a discussão do Moodle para vários países (incluindo Portugal). ¨  http://moodle.educom.pt/ ¤  Site da comunidade Moodle portuguesa. ¤  Inclui materiais de apoio ao Moodle destinados a professores e administradores.
  51. 51. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 51
  52. 52. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 52 Os resultados serão utlizados apenas para estruturar a formação prática Obrigado pela atenção !
  53. 53. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 53 Dias, P. (2004). Desenvolvimento de objectos de aprendizagem para plataformas colaborativas. In Actas do VII Congresso Iberoamericano de Informática Educativa Lacerda, T. (2007). As plataformas de aprendizagem numa perspectiva de b-learning: uma experiência na Biologia e Geologia de 10º ano. Actas da V Conferência Internacional de Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação – Challenges’07, Braga: Centro de Competência da Universidade do Minho pp 314-325 ISBN 978-972-8746-52-0[CD-ROM] Universidade do Minho, pp. 314 325, ISBN 978 972 8746 52 0 [CD ROM]. Lopes, A. M. e Gomes, M. J. (2007). Ambientes virtuais de aprendizagem no contexto do ensino presencial: uma abordagem reflexiva. In Paulo Dias e Varela de Freitas (orgs), Actas da IV Conferência Internacional de Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação. ED-ROM. Moodle partner. (2008). Moodle 1.9: manual do administrador. Acedido aos 18.11.2009, disponível em http://www.ed-rom.com/downloads/Demo%20Manual%20e-Formando%20Moodle.pdf
  54. 54. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 54 @webmarkcompt facebook.com/webmarkdesigns pt.linkedin.com/in/brunoferreirawebmark webmark.com.pt@gmail.com webmarkbruno
  55. 55. Ação de Formação “ Integração Educativa de Plataformas LMS – MOODLE” | Bruno Ferreira © 2013 55

×