www.duratex.com.br   Novembro de 2003
Duratex S.A.
   Duratex S.A.

          Sociedade anônima, de capital aberto, negociada em bolsa de
      valores (BOVESPA...
Mercado de Capitais

 Transparência e Equidade

  Tag-along de 80% para as ações preferenciais

  Prêmio ABRASCA Melhor Re...
Desempenho das Ações Preferenciais


      De janeiro a 6 de novembro de 2003, as ações da Duratex
  apresentaram uma valo...
Desempenho das Ações Preferenciais


                         Duratex PN X Índices de Ações
                         Durat...
Áreas de Atuação




       Chapa de Fibra      Metais Sanitários
       Aglomerado          Louças Sanitárias
       MDF ...
PAR – Consolidação dos Investimentos (US$ M)



                    121,1
                                                ...
Endividamento & Cronograma de Amortização em 09/2003 (R$ M)

        BNDES & FINAME          DEBÊNTURES         IFC     AC...
PAR – Objetivos


                      Liderança


      Aumento de       Atualização
                                   ...
PAR – Consolidação dos Investimentos

   MDF / HDF / SDF
    Fábrica: Botucatu/SP
   Total Investido: US$86M
   Capacidade...
PAR – Evolutivo de Capacidades

                           1995    1996    1997       1998    1999     2000     2001     2...
Utilização & Capacidade Industrial (9 meses de 2003)



       Chapas                                                    3...
Concorrência por Segmento de Atuação

     Chapa de Fibra              Metais Sanitários
          Eucatex                ...
Posicionamento Estratégico

Divisão Madeira - Diversidade de produtos
                Chapa de                            ...
Posicionamento Estratégico

Área Florestal
  Área florestal atual: 83.000 ha de pinus e eucalipto
  Operação de exploração...
Posicionamento Estratégico

Divisão Deca - Diversidade de produtos
    Número de itens fabricados em metais sanitários: 6....
Lançamentos Novos Produtos

De Janeiro a Setembro de 2003:
   Divisão Madeira: 66 produtos
   Divisão Deca: 28 produtos


...
Movimento Estratégico

Desativação da Unidade Industrial de Gravataí/RS
    Capacidade: 140.000 m3/ano
    Não haverá perd...
Divisão Madeira – Expedição de Jan a Out/2003 (em m³)


100.000

 95.000

 90.000
                                        ...
Divisão Deca – Expedição de Jan a Out/2003 (Mil Peças)


1.400


1.300


1.200


1.100                                    ...
Dados sobre o Setor da Construção Civil

Notícias veiculadas nos jornais Valor, Gazeta Mercantil e OESP
                  ...
Canal de Distribuição

                                                              Construtoras 4%
                     ...
Receita Liquida por Area de Negócio (Janeiro a Setembro)

              2003                                     2002

   ...
Exportações (Janeiro a Setembro)


                2003
                2003                                      2002
   ...
Exportações - Movimento Estratégico

Exportações de Móveis –

Showroom (Jundiaí/SP):
   Atualmente: 600m2
   Até final de ...
Demonstrativo de Resultado (R$ 1.000)


                                     9m2003        AV%    9m2002        AV%    AH%...
Resumo Financeiro (R$ M)


                                 3T03    2T03    1T03    4T02    3T02
Re ce ita Líquida        ...
Desempenho por Divisão


                       MADEIRA           DECA          CON SOLIDADO
                     (R$M)   ...
Fluxo de Caixa Resumido (R$ 1.000)



                                         9m2003        9m2002

LUCRO LÍQUIDO NO PERÍ...
Divisão Madeira – Custos de Produção


                   Capas de Fibra   Aglomerado   MDF
Matérias-Primas         32%   ...
Divisão Deca – Custos de Produção


                       Louças       Metais
Matérias-Primas          37%         54%
Mã...
Desempenho

Histórico de Expedição


                                                881,2
                               ...
Desempenho

Receita Líquida (R$ M)

                         866,9
            785,3
  744,6                              ...
Desempenho

EBITDA (R$ M) & Margem (%)
     26,8%
                23,9%      24,4%              24,2%
                    ...
Desempenho – Evolutivo Trimestral

EBITDA (R$ M) & Margem (%)
                             30,9%
                         ...
Remuneração ao Acionista por Competência (R$ M)


Pay-Out   28,4%   31,7%     34,6%     34,7%   148,2%   32,3%   45,3%   3...
www.duratex.com.br   Novembro de 2003
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Resultados Do 3º Trimestre De 2003

417 visualizações

Publicada em

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
417
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resultados Do 3º Trimestre De 2003

  1. 1. www.duratex.com.br Novembro de 2003
  2. 2. Duratex S.A. Duratex S.A. Sociedade anônima, de capital aberto, negociada em bolsa de valores (BOVESPA) desde 1951 Total de ações em circulação em 30/09/2003: Ordinárias: 4.412.058.957 Preferenciais: 7.370.658.030 Posição de acionistas preferencialistas em 30 de Setembro: 2003 2003 2002 2002 Itaúsa Itaúsa 24,4% 23,1% Te souraria Te souraria Fdo. Pe nsão Fdo. Pe nsão 2,2% 5,7% 23,5% 23,7% Outros 23,8% Outros 25,1% Inv. Inv. Estrange iro Estrange iro 22,6% 25,9%
  3. 3. Mercado de Capitais Transparência e Equidade Tag-along de 80% para as ações preferenciais Prêmio ABRASCA Melhor Relatório Anual de 2002 Duratex 2º Lugar Divulgação Trimestral dos Resultados com Teleconferência Visita às fábricas, Reuniões one-on-one, Road Show local e internacional - aproximadamente 350 investidores/analistas www.duratex.com.br - Site de Relações com Investidores que recebeu aproximadamente 72.000 acessos durante o ano de 2003, 36 % a mais em relação a igual período de 2002
  4. 4. Desempenho das Ações Preferenciais De janeiro a 6 de novembro de 2003, as ações da Duratex apresentaram uma valorização de 42,3% e estiveram presentes em todos os pregões da Bovespa. Qtde Açõe s Volume Ne gociado Vol. Mé dio por Ne gócios Ne gociadas (mil) (R$ mil) Pre gão (R$ Mil) 3º Trimestre 03 1.454 1.609.800 99.159 1.502,0 2º Trimestre 03 817 690.300 40.577 662,7 1º Trimestre 03 675 614.400 31.947 525,7 4º Trimestre 02 739 806.100 35.442 547,0 3º Trimestre 02 543 756.600 30.051 458,0 Var. 3T03 - 3T02 % 167,8% 112,8% 230,0% 227,9%
  5. 5. Desempenho das Ações Preferenciais Duratex PN X Índices de Ações Duratex PN X Índices de Ações Base 100: 06/Nov/02 aa06/Nov/03 Base 100: 06/Nov/02 06/Nov/03 200 91,8% 180 81,2% 160 68,2% 140 62,9% 120 100 80 2 2 3 3 3 3 3 3 3 3 3 3 3 v -0 z-0 n-0 b-0 r-0 r-0 i-0 n-0 l -0 o-0 t-0 t-0 v-0 a ab a ju a g se ou no de ja fe m m ju no DURATEX IBOVESPA IBX FGV 100
  6. 6. Áreas de Atuação Chapa de Fibra Metais Sanitários Aglomerado Louças Sanitárias MDF Acessórios Piso Laminado Revestimento para teto e parede
  7. 7. PAR – Consolidação dos Investimentos (US$ M) 121,1 113,2 94,5 75,9 63,9 59,3 54,4 44,6 36,0 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003* * Jan a set/2003 Total investido de 1995 a set de 2003: ~ US$660M 2003: expectativa de investimento total em 2003: US$55M
  8. 8. Endividamento & Cronograma de Amortização em 09/2003 (R$ M) BNDES & FINAME DEBÊNTURES IFC ACC/FIN.IMP. TOTAL ME 29,5 - 101,2 45,6 176,3 MN 152,3 75,6 - - 227,9 TOTAL 181,8 75,6 101,2 45,6 404,2 404,2 64,5 108,9 Moeda 176,4 Estrangeira 100% hedge 55,1 60,4 Moeda 115,2 Nacional 227,8 Dívida 2003 2004 2005 2006 2007 e alé m Custo médio da dívida: 81% do CDI
  9. 9. PAR – Objetivos Liderança Aumento de Atualização Competitividade Capacidade Tecnológica Economias de Escala Aumento de Receita Melhora do Mix Ganhos de Com Redução de Venda e Lançamento de Custos de Novos Produtos Produtividade Aumento do Lucro / Valorização das Ações
  10. 10. PAR – Consolidação dos Investimentos MDF / HDF / SDF Fábrica: Botucatu/SP Total Investido: US$86M Capacidade Produtiva: 400.000 m³/ano Aumento de Escala Liderança na fabricação do MDF e HDF Tecnologia diferenciada que permite a fabricação do SDF Localização Estratégica Ramp-up: fev/03 mar/03 abr/03 mai/03 jun/03 jul/03 ago/03 set/03 out/03 nov/03 * 3 PRODUÇÃO (m ) - 5.825 9.218 9.471 11.249 12.122 8.943 17.723 17.789 20.000 * Previsto
  11. 11. PAR – Evolutivo de Capacidades 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 1 Chapa de Fibra 360 360 360 360 360 360 360 360 360 1 Aglomerado 320 320 320 320 320 320 340 360 500 1 MDF/HDF/SDF - - 180 180 180 200 220 240 640 2 Piso Laminado - - - 6.000 6.000 6.000 6.000 6.000 6.000 Metais Sanitários 3 7.800 8.400 9.000 9.600 10.800 12.000 13.200 14.400 14.400 Louças Sanitárias 3 1.860 1.860 2.160 2.340 2.400 2.580 3.300 3.300 3.180 1 em m3 2 em m2 3 em 1.000 peças Capacidade hoje: 3.180 mil peças/ano 2004: 2º Semestre entra novo forno com uma capacidade de 960 mil peças/ano
  12. 12. Utilização & Capacidade Industrial (9 meses de 2003) Chapas 360 mil m3/ano 92,0% 360 mil m3/ano Aglome rado Última fase AGI: 500 mil m3/ano 82,9% 140 mil m3 500 mil m3/ano MDF/HDF: 400 mil m3 640 mil m3/ano MDF 94,7% 640 mil m3/ano 24,8% ocupação no ano 14,4 M Me tais 14,4 M 80,0% peças/ano peças/ano 3,2 M Louças 3,2 M 88,6% peças/ano peças/ano
  13. 13. Concorrência por Segmento de Atuação Chapa de Fibra Metais Sanitários Eucatex Docol Aglomerado Fabrimar Berneck Louças Sanitárias Eucatex Elizabeth Placas do Paraná Icasa Satipel Ideal Standard Tafisa Hervy MDF/HDF Roca (Grupo ICL) Masisa Placas do Paraná Tafisa Piso Laminado Eucatex Tafisa
  14. 14. Posicionamento Estratégico Divisão Madeira - Diversidade de produtos Chapa de Piso Aglomerado MDF/HDF SDF Wall Paneling Fibra Laminado Cru Pintada Cru BP FF Cru BP FF Duratex Berneck Eucatex Masisa Pl. do Paraná Satipel Tafisa
  15. 15. Posicionamento Estratégico Área Florestal Área florestal atual: 83.000 ha de pinus e eucalipto Operação de exploração florestal auto-sustentável, totalmente mecanizada e certificada pela ISO 14.001 e Selo Verde Distância Média das florestas às fábricas: 50 km Grau de auto-suficiência no fornecimento de madeira de 80%, enquanto a média da concorrência é de 48%
  16. 16. Posicionamento Estratégico Divisão Deca - Diversidade de produtos Número de itens fabricados em metais sanitários: 6.000 Número de itens fabricados em louças sanitárias: 260 Amplo mix de venda, abrangendo desde os segmentos de alto luxo até o econômico Ampla linha de produtos economizadores de água
  17. 17. Lançamentos Novos Produtos De Janeiro a Setembro de 2003: Divisão Madeira: 66 produtos Divisão Deca: 28 produtos MDF/Durafloor Chapas Aglome rado Me tais Louças Duraw all 1998 12 2 8 41 19 1999 17 6 1 32 20 2000 8 4 16 17 5 2001 33 18 14 15 30 2002 16 24 41 53 32 set/03 10 14 42 21 7 Total 96 68 122 179 113
  18. 18. Movimento Estratégico Desativação da Unidade Industrial de Gravataí/RS Capacidade: 140.000 m3/ano Não haverá perda de faturamento Objetivos: redução de custos em cerca de R$10M anuais; concentrar a produção próxima aos grandes centros consumidores; Desativação da Unidade Industrial de Cerâmica I de Jundiaí/SP Capacidade: 600.000 peças / ano Não haverá perda de faturamento Objetivos: redução de custos em cerca de R$4,0M anuais; obter ganhos de eficiência na concentração da fabricação de louças em apenas um site - Cerâmica II, também em Jundiaí/SP
  19. 19. Divisão Madeira – Expedição de Jan a Out/2003 (em m³) 100.000 95.000 90.000 Expectativa p/ Novembro 85.000 80.000 75.000 70.000 65.000 60.000 Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out N ov
  20. 20. Divisão Deca – Expedição de Jan a Out/2003 (Mil Peças) 1.400 1.300 1.200 1.100 Expectativa p/ Novembro 1.000 900 800 Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out N ov
  21. 21. Dados sobre o Setor da Construção Civil Notícias veiculadas nos jornais Valor, Gazeta Mercantil e OESP OESP de 3/11/03 - Valor Econômico de 21/10/03 - Gazeta Mercantil de 24/10/03
  22. 22. Canal de Distribuição Construtoras 4% Construtoras 4% Atacadistas Atacadistas 6% 6% B2B + Te le ve nda 6% De mais Demais 4% Re ve nda 4% 80% Revenda 80% Revenda 20% Re ve nda Construção Construção Civil 7% 20% Civil 7% De mais Demais 9% 9% Móveis 64% Móve is 64%
  23. 23. Receita Liquida por Area de Negócio (Janeiro a Setembro) 2003 2002 MDF MDF Flooring Flooring Aglome rado 13% Aglome rado 11% 7% 7% 12% 14% Me tais 25% Me tais 24% Chapas Chapas 34% Louças 33% Louças 10% 10% Divisão Madeira: 66% Divisão Madeira: 65% Divisão Deca: 34% Divisão Deca: 35%
  24. 24. Exportações (Janeiro a Setembro) 2003 2003 2002 2002 Es tados Europa Unidos Es tados 24% 59% Unidos 48% Europa 19% Americ a Sul/Central Americ a Outros 15% Outros Sul/Central 13% 9% 13% US$ 33,6 M + 7,7% + 7,7% US$ 31,2M
  25. 25. Exportações - Movimento Estratégico Exportações de Móveis – Showroom (Jundiaí/SP): Atualmente: 600m2 Até final de Novembro/2003: 2.000m2 Número de clientes ativos: 7 (Holanda, México e África do Sul) Linha de produtos atual: 400 ítens Exportações de Louças Sanitárias Em desenvolvimento 30 produtos para o mercado norte-americano Estabelecimento de armazéns nos EUA para estoque intermediário Participação em feira em 2004 (Kitchen & Bath em Chicago)
  26. 26. Demonstrativo de Resultado (R$ 1.000) 9m2003 AV% 9m2002 AV% AH% RECEITA LÍQUIDA DE VENDAS 710.420 100% 618.679 100% 15% Custo dos Produtos (409.773) 58% (342.658) 55% Depreciação/Amort/Exaustão (41.610) (41.775) LUCRO BRUTO 259.037 36% 234.246 38% 11% Despesas com Vendas (99.334) 14% (78.926) 13% PDD (3.917) (1.863) Despesas Gerais e Adm. (31.748) 4% (29.913) 5% Indenizações Trabalhistas (5.717) (8.643) Outros Resultados Operacionais (2.741) (7.541) LUCRO OP. ANTES DO RES. FINANCEIRO 115.580 16% 107.360 17% 8% Resultado Financeiro (38.234) (20.081) CPMF / IOF / PIS e Cofins (8.595) (8.223) LUCRO OPERACIONAL 68.751 10% 79.056 13% -13% Resultado não Operacional 2.214 4.205 LUCRO ANTES DO IR 70.965 10% 83.261 13% -15% IR e Contribuição Social (23.208) (22.879) Part. Estatutária (6.012) (8.072) Part. Minoritária (181) (436) LUCRO LÍQUIDO 41.564 6% 51.874 8% -20%
  27. 27. Resumo Financeiro (R$ M) 3T03 2T03 1T03 4T02 3T02 Re ce ita Líquida 264,4 225,3 220,8 248,2 236,4 CPV 152,3 134,6 122,8 143,4 130,1 Marge m Bruta s/ De pre ciação 42,4% 40,3% 44,4% 42,2% 45,0% De pre ciação 13,3 14,2 14,1 14,3 14,6 Lucro Bruto 98,8 76,4 83,9 90,6 91,6 Marge m Bruta 37,4% 33,9% 38,0% 36,5% 38,7% Re sultado Ope racional 47,3 28,0 40,3 45,5 42,7 EBITDA 61,3 43,0 55,1 60,5 58,0 Marge m EBITDA 23,2% 19,1% 25,0% 24,4% 24,5% Lucro Líquido 13,4 7,6 20,5 19,8 24,8 ROE (anualizado) 5,9% 3,4% 9,3% 9,0% 11,5%
  28. 28. Desempenho por Divisão MADEIRA DECA CON SOLIDADO (R$M) AV % (R$M) AV % (R$M) AV % Rec eita Líquida 466,7 100% 243,7 100% 710,4 100% CPV (264,5) 57% (145,3) 60% (409,8) 58% Deprec iação (27,3) 6% (14,3) 6% (41,6) 6% Lucro Bruto 174,9 37% 84,1 35% 259,0 36% EBITDA 9m2003 118,9 25% 40,6 17% 159,5 22% EBITDA 9m2002 117,6 29% 32,3 15% 149,9 24%
  29. 29. Fluxo de Caixa Resumido (R$ 1.000) 9m2003 9m2002 LUCRO LÍQUIDO NO PERÍODO 41.564 51.874 Depreciação/Amort/Exaustão 43.923 42.517 Juros/Variação Cambial por Competência 231 109.565 Provisão/Baixa de Ativos 16.523 11.541 SUB-TOTAL 102.241 215.497 Investimento em Capital de Giro (56.762) 14.940 GERAÇÃO OPERACIONAL DE CAIXA 45.479 230.437
  30. 30. Divisão Madeira – Custos de Produção Capas de Fibra Aglomerado MDF Matérias-Primas 32% 59% 62% Mão de Obra 25% 11% 12% Madeira 19% 13% 9% Depreciação 4% 7% 8% Energia Elétrica 11% 5% 7% Combustíveis 9% 5% 2% Total 100% 100% 100%
  31. 31. Divisão Deca – Custos de Produção Louças Metais Matérias-Primas 37% 54% Mão de Obra 40% 35% Energia Elétrica 4% 3% Depreciação 9% 7% Combustíveis 10% 1% Total 100% 100%
  32. 32. Desempenho Histórico de Expedição 881,2 812,1 823,6 651,5 652,6 ( em mil m3 ) 617,8 2000 2001 2002 9m01 9m02 9m03 14,5 ( em milhões de peças ) 13,6 12,3 10,4 10,4 9,8 2000 2001 2002 9m01 9m02 9m03
  33. 33. Desempenho Receita Líquida (R$ M) 866,9 785,3 744,6 710,4 592,6 618,7 2000 2001 2002 9m01 9m02 9m03 CAGR: 7,9 % CAGR: 7,9 % CAGR: 9,5 % CAGR: 9,5 %
  34. 34. Desempenho EBITDA (R$ M) & Margem (%) 26,8% 23,9% 24,4% 24,2% 23,2% 22,4% 210,4 199,4 159,5 187,5 149,9 137,2 2000 2001 2002 9m01 9m02 9m03 CAGR: 2,7 % CAGR: 2,7 % CAGR: 7,8 % CAGR: 7,8 %
  35. 35. Desempenho – Evolutivo Trimestral EBITDA (R$ M) & Margem (%) 30,9% 30,2% 28,9% 30,0% 26,8% 24,7% 46,7 46,8 22,0% 43,9 42,7 35,4 35,5 32,3 1T02 2T02 3T02 4T02 1T03 2T03 3T03 20,1% 15,8% 15,2% 15,9% 15,8% 13,6% 17,5 13,8% 13,7 12,4 10,7 11,3 10,7 10,2 1T02 2T02 3T02 4T02 1T03 2T03 3T03
  36. 36. Remuneração ao Acionista por Competência (R$ M) Pay-Out 28,4% 31,7% 34,6% 34,7% 148,2% 32,3% 45,3% 34,3% 41,2% 12,8 11,8 12,6 7,3 7,5 8,3 5,6 11,8 11,8 11,6 4,1 8,9 7,4 7,5 6,9 5,5 4,2 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003* * 1o. Semestre Dividendo 2o. Semestre Dividendo 1o. Semestre
  37. 37. www.duratex.com.br Novembro de 2003

×