A mudança estética da venda de cosméticos       Demos uma olhada nas novidades que vem se desenvolvendo neste mercado     ...
Um exemplo de como uma marca de                                                    cosméticos alcançou um senso natural de...
Aesop é uma boutique high-end deprodutos de beleza naturais que sedesenvolveu como marca por oferecermais a seus consumido...
Os produtos da Aesop são feitos de plantas da estação, e como o vinho, os resultados variam a cadaano. Esta é considerada ...
Já a loja de Doncaster na Austrália é um contraste dramático em relação as lojas já comentadas. Odisplay linear e clínico ...
Malin & Goetz é umaempresa de produtos debeleza de Nova York queoferece produtos com pHbalanceado para rosto,corpo e cabel...
Esta nova loja, também desenhada por Craig Konyk, em Nova York tem um look modernosemelhante ao da loja anterior com alvos...
Fica evidente a tendência refletida nessas lojas, que o foco está no senso de diversão. A criação deambientes que interagem...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A mudança estética da venda de cosméticos

1.446 visualizações

Publicada em

Publicada em: Estilo de vida
  • Seja o primeiro a comentar

A mudança estética da venda de cosméticos

  1. 1. A mudança estética da venda de cosméticos Demos uma olhada nas novidades que vem se desenvolvendo neste mercado Tem se observado uma transformação da natureza nas vendas de cosméticos. Lojas de produtos de beleza estão criando ambientes que traduzem tanto a marca quanto o estilo de vida que ela representa. Os consumidores que procuram as marcas de cosméticos high- end em busca de produtos de alta qualidade estão agora procurando algo a mais. Agora os clientes podem mergulhar numa marca e no que ela representa através da integração da experiência no ambiente da loja e da suavização da abordagem sobre o que uma marca de cosméticos é. As empresas vem criando um serviço holístico que reforça tanto a experiência de pré como a de pós compra.Loja Aesop Mayfair em Londres. Imagem cortesia de Aesop e Studio Ilse
  2. 2. Um exemplo de como uma marca de cosméticos alcançou um senso natural de informalidade permanecendo premium é a Cowshed.Seu novo spa na Shoreditch House (Clube Privado de Londres) é um bom exemplo de como amarca utiliza seus materiais e de como o interior do spa traduz os valores da marca. O uso demateriais naturais com luz natural criam um ambiente acolhedor de ‘retiro rural na cidade’, o queproporciona o ambiente perfeito para encontrar com amigos, comer, beber e fazer compras. O spatem um ambiente confortável e acolhedor, elegantemente decorado com grandes cadeiras reclináveise um display simples dos produtos. O uso de tecidos claros contra a madeira natural aumenta asensação de frescor e fino acabamento. www.cowshedonline.com
  3. 3. Aesop é uma boutique high-end deprodutos de beleza naturais que sedesenvolveu como marca por oferecermais a seus consumidores e por se tornarmais acessível. A venda dos produtos foisuavizada por oferecer uma experiênciadentro e além da loja, criando espaçospara inspirar e fornecer experiências queexemplificam a marca e o que elarepresenta. O interior de cada loja édiferente, mas cada uma mantém a suacrença de que um bom design podemelhorar sua vida. Aesop é original daAutrália mas tem lojas na Nova Zelândia,Estados Unidos, Europa e Ásia.O design inovador das lojas da Aesop éparticularmente inspirador na loja deAdelaide, Austrália. O teto é feito degarrafas recicladas esculpidas em forma deondas, por onde passa a luz. O resultado éuma meia luz deslumbrante criada pelovidro marrom das tradicionais garrafasusadas como embalagem, bastantecontrastante com a iluminação brilhantede outras lojas da marca que passam umasensação de se estar numa clínica.
  4. 4. Os produtos da Aesop são feitos de plantas da estação, e como o vinho, os resultados variam a cadaano. Esta é considerada uma característica inerente da marca que fabrica produtos premium queproporcionam um prazer sensorial. A empresa pretende atingir estes objetivos com ciência sólida,embalagens simples e senso de humor.A loja de Flinders Lane na Austrália é um exemplo da filosofia da marca, de ter um design divertidoe criativo em suas lojas. Nesta loja pilhas de papelão ondulado e de caixas são utilizadas comodisplay para os produtos. As formas lineares criam prateleiras inovadoras que complementam aforma simples das embalagens. O uso criativo de materiais pela Aesop no interior de suas lojascontrasta com a maioria das lojas de cosméticos, as quais utilizam seu espaço para promover seusprodutos. Este conceito de criar lojas inspiradoras suaviza a abordagem da venda e esta mudando aforma como os consumidores compram, pois incentiva as pessoas a interagir.
  5. 5. Já a loja de Doncaster na Austrália é um contraste dramático em relação as lojas já comentadas. Odisplay linear e clínico dos produtos e o uso de uma paleta de cores suaves cria um espaço calmo. Ouso de materiais simples como azulejos, madeira e aço estimulam e envolvem o cliente. A colocaçãodos azulejos com diferente layout nas paredes e a iluminação fluorescente criam uma sensação detranquilidade.A filosofia da Aesop vai além de seus produtos, incorporando interiores inspiradores com estilo devida e experiência sensorial. Os consumidores são envolvidos pelo estilo de vida que a marcarepresenta e pelo comportamento de seus clientes. A Aesop fornece guias A-Z das maiores cidadesaonde possui lojas e mensalmente uma newsletter online com dicas de restaurantes, bares, cinemas,teatros, shows, etc. Os consumidores não estão apenas entrando nas lojas e olhando o website parainformações sobre os produtos, eles estão olhando para a Aesop como um guia social para as suasvidas. www.aesop.net.au
  6. 6. Malin & Goetz é umaempresa de produtos debeleza de Nova York queoferece produtos com pHbalanceado para rosto,corpo e cabelo. A loja éuma combinação entreprodutos naturais de altaqualidade e interior bemdecorado. A decoraçãoserve de cenário para aslinhas unisex de produtospara cabelo e para pele. O contraste na loja da marca desenhada por Craig Konyk é um ótimo exemplo da mudança estética que as lojas de cosméticos estão adotando. A utilização de paredes de tijolos a vista e painéis de cor preta criam uma audacioso mix de materiais que contrastam com as embalagens brancas e coloridas dos produtos o que atrai os clientes.
  7. 7. Esta nova loja, também desenhada por Craig Konyk, em Nova York tem um look modernosemelhante ao da loja anterior com alvos painéis brancos em torno da madeira de demolição comdisplays para os produtos em formas circulares. Localizada em uma loja que antigamente abrigavauma barbearia o espaço é um ambiente refrescante e divertido que cria uma abordagem suave einterativa para a cobiçada linha dos produtos Malin & Goetz. www.malinandgoetz.com
  8. 8. Fica evidente a tendência refletida nessas lojas, que o foco está no senso de diversão. A criação deambientes que interagem com o espaço, a marca, os produtos e o uso criativo de materiais, comatenção ao detalhe agrega valor a venda de cosméticos. Estas lojas oferecem os fundamentos demarcas reconhecidas, que oferecem uma experiência completa e que envolvem seus consumidoresna beleza da experiência de compra, bem como uma experiência de estilo vida. Esta é a mudançaestética na venda de cosméticos. Embalagens. Destaque para a transformação também na natureza das embalagens dos produtos dessas marcas de cosméticos, com linhas retas e simples. Principalmente as embalagens da Aesop que me fazem lembrar os frascos das farmácia homeopáticas aonde minha avó comprava seus cremes e remédios. Esses frascos de vidro escuro protegem o produto dos raios solares que podem alterar sua composição, principal motivo da marca para utilizá-los. Interessante esse resgate do passado, principalmente por serem frascos de vidro que podem ser reciclados e não agridem tanto o meio ambiente quanto o plástico. dcontent.tumblr.com twitter.com/dcontent_style

×