Tsunamis<br />Índice<br /> TOC o "
1-3"
 h z u Introdução PAGEREF _Toc230429959 h 3<br />Tsunamis PAGEREF _Toc230429960 h ...
Tsunamis
Tsunamis
Tsunamis
Tsunamis
Tsunamis
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tsunamis

6.782 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.782
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
40
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tsunamis

  1. 1. Tsunamis<br />Índice<br /> TOC o " 1-3" h z u Introdução PAGEREF _Toc230429959 h 3<br />Tsunamis PAGEREF _Toc230429960 h Erro! Marcador não definido.<br />Conclusão PAGEREF _Toc230429961 h Erro! Marcador não definido.<br />Bibliografia PAGEREF _Toc230429962 h Erro! Marcador não definido.<br />Introdução<br /> Neste trabalho proponho a dar a conhecer alguns aspectos acerca dos Tsunamis que têm vindo a ocorrer durante estes anos. Espero que este trabalho ajude a alertar as consequências que esta grande catástrofe natural provoca. <br /> <br />Tsunamis<br /> Tsunami significa " onda do porto" em japonês. Embora também ocorram noutros locais, os tsunamis são típicos do oceano Pacífico.Quando ocorre um sismo no mar alto, geram-se ondas sísmicas marinhas, que se propagam em todas as direcções, a partir do epicentro. Em águas profundas e longe da costa, estas ondas passam despercebidas. São pequenas (30-60cm de altura), a distância entre as suas cristas (comprimentos de onda) é excepcionalmente grande (100-200 km) e deslocam-se rapidamente (até 700km/h). <br /> Conforme se aproximam da costa, a sua velocidade diminui e uma vez que a energia se mantém constante, a altura das ondas aumenta até 100 vezes. De facto, ao chegarem à costa, estas podem medir 30 metros de altura e ter efeitos absolutamente catastróficos.O maior tsunami de que há registo seguiu-se à erupção do Krakatoa. A gigantesca onda, que media 35 metros, destruiu povoações inteiras e matou mais de 36.800 pessoas.Durante muito tempo, não era possível detectar um tsunami a tempo de prevenir as populações costeiras. O único método de o antecipar era a regressão da água do mar que o precedia.Na década de 40, foram instaladas estações de monitorização e detecção de fenómenos sísmicos em vários pontos do oceano Pacífico, que permitem prever este fenómeno.Em Portugal, após o terramoto de 1755, em Lisboa, este fenómeno atraiu um grande número de curiosos até às margens do Tejo. A maioria morreu afogada pela gigantesca onda que se seguiu.<br />Conclusão<br /> Com este trabalho eu consegui esclarecer as minhas dúvidas sobre esta catástrofe natural. Fiquei a saber mais sobre este assunto incluindo que este pode ocorrer a qualquer hora e a qualquer momento. Fico bastante conformada ao saber que hoje em dia temos a possibilidade de saber quando estamos sujeitos a viver uma situação destas. Foi um trabalho bastante interessante.<br />Bibliografia<br />http://www.oceanario.pt/cms/1278/<br />http://wapedia.mobi/pt/Tsunamis<br />http://adsl.esb3-fernaomagalhaes.edu.pt/trabalhos/2005-2006/catastrofes%20naturais/tsunamis.htm<br />http://pt.wikipedia.org/wiki/Tsunami<br />

×