Investors day - O que é Venture Capital?

526 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre o que é Venture Capital para o evento investors day em Recife.

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
526
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Investors day - O que é Venture Capital?

  1. 1. www.triaxiscapital.com 1 Investors Day O que é Capital de Risco? Eduardo Rocha 11/08/2015
  2. 2. Triaxis Capital 22 • Eduardo Rocha • Associate Partner na Triaxis Capital • Ex-Aceleradora CESAR.LABS • Facilitador Global Startup Weekend • Curador de Empreendedorismo da Campus Party Recife. 2
  3. 3. Triaxis Capital 33 Triaxis Capital
  4. 4. Triaxis Capital 44 Histórico Triaxis Capital  Estrutura descentralizada: sede em Belo Horizonte e escritórios regionais em Florianópolis e Recife;  Experiência de investimentos em PMEs (Start-ups) multi- setorial;  Gestores Regionais no Fundo Criatec I: 18 empresas investidas entre mais de 700 negócios analisados ao longo dos últimos 7 anos;  Co-gestores do Fundo Criatec II em parceria com a Bozano Investimentos: fundo com patrimônio de R$186 milhões focado em empresas de todo o Brasil com faturamento abaixo de R$10 milhões. 4 Presença nacional e atuação regional
  5. 5. Triaxis Capital 55 Equipe 5 Equipe Criatec IIEquipe Criatec I Diretoria Executiva Eric Ribeiro Diretor Executivo • Responsável Triaxis CVM • Adm. / Financeiro • Desenvolvimento Humano • Ferramentas e Metodologias Reinaldo Coelho Diretor de Investimento • Novos Negócios • Gestão/CVM Fundo Early- Stage Haim Mesel Diretor de RI • Relacionamento c/ Quotistas • Processos Internos • Compliance Conselho Estratégico José Luiz Nobre Ribeiro Rodrigo Gregory Vinícius Magalhães Fernando Lumiar Cesar Dell’Antonio Raphael Moreira Eduardo Rocha Dan M. Kraft • Mestre pela Queen Mary University of London • Prof. de Direito Internacional na Université de Montréal • Ex. VP do Grupo Nansen • Ex. VP da ABINEE
  6. 6. Triaxis Capital 66 Triaxis Capital: Venture Capital Equipes com expertise setoriais+ Novos Materias e Farmo-Químicos Biotecnologia e Agronegócio Software & Hardware Portfólio com faturamento bruto de R$ 94 milhões em 2014 e CARG (2008-2015) de mais de 50% Venture Capital Novos Materias e Farmo-Químicos Biotecnologia e Agronegócio Software & Hardware R$ 186 Mi em co-gestão com a Bozano Investimentos 2 empresas em processo de investimento 6 empresas em processo de investimento 2 empresas em processo de investimento
  7. 7. Triaxis Capital 77 Triaxis Capital no Criatec II 7 Números 5 verticais em 6 regiões do BrasilData de Início Nov-2013 Capital Comprometido R$ 186 Milhões Período de Investimento 4 anos Período de Desinvestimento 6 anos Meta de Investimento 40 empresas Gestão Compartilhada Quotistas
  8. 8. Triaxis Capital 88 O Fundo Criatec 2 Estrutura de Gestão com grande capilaridade 8 Gestor Nacional Cogestor - Assessor Operacional Gestores Regionais  Mais de R$ 3 bilhões sob gestão  Time de gestão com experiência com investimentos em inovação & tecnologia  Sede em Belo Horizonte com filiais em Recife e Florianópolis  Experiência em Venture Capital - 18 investimentos no portfólio do fundo Criatec 1  Seis gestores regionais com equipe em seis regiões diferentes  Experiência com investimentos em empresas nascentes e emergentes
  9. 9. Triaxis Capital 99 Equipe do Criatec 2 9 Gestor Nacional Cogestor - Assessor Operacional Gestores Regionais Fernando Silva (Head do Fundo) Guilherme de Carlos Jonas Gomes Gestor Haim Mesel Eric Ribeiro Reinaldo Almeida Rafael Moraes Robertta Mota Leandro Teixeira Luciano Pantuso Rodrigo Comazzetto Ricardo Resende “Uma equipe senior de 15 pessoas com expertise em inovação & tecnologia, com grande capilaridade de originação e muita experiência em investimentos e na gestão de empresas nascentes e emergentes inovadoras”. Raphael Moreira Eduardo Rocha Cesar Dell’ Antonio Jr
  10. 10. Triaxis Capital 1010 Portfólio do Fundo Criatec 2 10 Setores da Economia Área do Conhecimento Agronegócio Saneamento Comércio & Serviço Comunicação Defesa & Segurança Educação Energia Transporte Saúde Outros TI Biotecnologia Logística Química Software Hardware Plataforma HW e SW Nano tecnologia Big Data & Analytics Novos Materiais Empresas aprovadas e em processo de efetivação do investimento RJ DF DF SP SP RS SP RS NE RJ
  11. 11. O QUE É CAPITAL DE RISCO?
  12. 12. Triaxis Capital 1414 O Que é Capital de Risco?  O termo capital de risco ou, em inglês, venture capital, é utilizado para definir os investimentos realizados em empresas que apresentem grande potencial de retorno, associado a altos níveis de risco.  Estes investimentos são realizados, sem a exigência de garantias, na forma de aquisição de participação acionária destas companhias;  Tem como objetivo a valorização das ações da companhia para posterior saída da operação;
  13. 13. Triaxis Capital 1515 O Que é Fundo de Investimento de Capital de Risco?  As operações de investimento de Capital de Risco são, normalmente, operacionalizadas por Fundos de Investimento;  Os Fundos de Investimento são condomínios fechados, administrados por Gestoras cadastradas na CVM;  As organizações Gestoras captam dinheiro de Cotistas e investem em algumas empresas selecionadas (Investidas);  Tempo determinado de duração (Tradicionalmente entre 8 e 10 anos).
  14. 14. Triaxis Capital 1616 Diferença entre Financiamento e Capital de Risco Capital de Risco Financiamento Concessão de Participação Acionária Pagamento de Juros Necessidade Viabilidade Economica. Necessidade de Garantias e Avalistas O risco de prejuizo é do Investidor. Risco assumido totalmente pelo tomador Contratação de Dívida
  15. 15. Triaxis Capital 1717 Capital de Risco - Vantagens • Baixo risco para o empreendedor. • O empreendedor não contrai dívida e não paga juros. • O dinheiro pode ser direcionado para qualquer necessidade da empresa. • O aporte vai além do capital: • Networking • Estratégia • Governança • Comercial
  16. 16. Triaxis Capital 1818 Capital de Risco - Desvantagens • Empreendedor cede participação acionária. • Empreendedor perde a autonomia na empresa. • Aumenta a pressão por resultados e desempenho. • Investidor pode ter expectativas desalinhadas com o Empreendedor.
  17. 17. Triaxis Capital 1919 Perfil Típico de Empresa Investida 19  Micro e Pequenas Empresas Inovadoras de Base Tecnológica.  Principais Ativos são Intangíveis.  Equipes Técnicas com conhecimento em gestão ainda em formação.  Marca e produtos pouco conhecidos no mercado.  Estruturas de Marketing e Vendas pouco desenvolvidas.  Pouco acesso à crédito.  Recursos físicos e financeiros escassos.  Governança desestruturada.
  18. 18. Triaxis Capital 2020 Ciclo do Financiamento Empreendedor 20
  19. 19. Triaxis Capital 2121 Estágio Inicial 21  Anjos, FFF, Aceleradoras:  Investimento de pessoas físicas.  Aporte varia entre R$ 50 Mil a R$ 500 Mil.  As vezes são realizados em condomínio.  Mais arriscado, porém com a maior possibilidade de Retorno.  Series A:  Primeiro investimento após investimento Anjo.  Algumas empresas chegam aqui somente com capital próprio.  Realizado por empresas de Participação ou Gestoras de Venture Capital
  20. 20. Triaxis Capital 2222 Estágio de Expansão 22  Series B, C, etc  Investimento em empresas que já receberam uma primeira rodada de investmento.  Servem para crescimento e expansão. Com foco em operações de M&A (Fusão e Aquisição).  Fundos de Private Equity  Compram empresas em mercados em busca de consolidação.  Muitas vezes assumem o controle da empresa.  Preparam a empresa para um IPO.
  21. 21. Triaxis Capital 2323 O que estas empresas tem em comum?
  22. 22. Triaxis Capital 2424 Para transformar idéias...
  23. 23. Triaxis Capital 2525 ...em grandes Companhias!
  24. 24. FUNDO DE INVESTIMENTO
  25. 25. Triaxis Capital 2727 Gestora não é um fundo • Uma Gestora pode ter vários fundos. • Um fundo (normalmente) é gerido por uma gestora. • Existem outros atores no circuito. Fundos Criatec
  26. 26. Triaxis Capital 2828 Estrutura Padrão de Governança Estrutura de Gestão-Administração FUNDO GESTOR Comitê de Investimentos Quotistas Administrador Custodiante Auditor
  27. 27. Triaxis Capital 2929 Estrutura Padrão de Governança Estrutura de Gestão-Administração FUNDO GESTOR Comitê de Investimentos Quotistas Administrador Custodiante Auditor
  28. 28. Triaxis Capital 3030 Gestor • Empresa autorizada pela CVM a operar um fundo. • Tem equipe especializada e dedicada a operação. • Normalmente é formada por especialistas do Setor e Ex-Empreendedores. • Empresas pequenas com operação simples. • Pode ser exclusivo de Venture Capital ou ter outros negócios (Consultoria, Advisory, M&A, etc). • Tem dois grandes objetivos: Buscar boas empresas e Levantar Novos Fundos. • Agregam valor as empresas através de monitoramento e Conselho de Administração. Gestoras no Mundo
  29. 29. Triaxis Capital 3131 Estrutura Padrão de Governança Estrutura de Gestão-Administração FUNDO GESTOR Comitê de Investimentos Quotistas Administrador Custodiante Auditor
  30. 30. Triaxis Capital 3232 Fundo • Fundos de Investimento em Participação, regulados pela instrução CVM 391. • Devem ter um tempo pré-determinado de duração, com período de investimento e de desinvestimento estabelecido. • Dividido em Quotas. • Quotistas são Investidores Qualificados. • Quotistas devem ter “Efetiva Influência no Processo Decisório”. • Tem CNPJ próprio com uma gestora responsável. • Tem regras próprias de governança. • Só podem virar sócios de Empresas SA. • Recebem dividendos como outros sócios.
  31. 31. Triaxis Capital 3333 Estrutura Padrão de Governança Estrutura de Gestão-Administração FUNDO GESTOR Comitê de Investimentos Quotistas Administrador Custodiante Auditor
  32. 32. Triaxis Capital 3434 Quotistas • Quotistas são Investidores Qualificados. • Investidores Qualificados são aqueles Pessoas Naturais ou Jurídicas que tem mais de R$ 1 Milhão disponível para investir. • Instituições Financeiras autorizadas pelo Banco Central • Quotistas devem ter “Efetiva Influência no Processo Decisório”: • Fundos devem estabelecer um Comitê de Investimento. • BNDES é o maior Investidor de Fundos de Investimento em Participações do Brasil. Quotistas do Fundo Criatec 2
  33. 33. Triaxis Capital 3535 Estrutura Padrão de Governança Estrutura de Gestão-Administração FUNDO GESTOR Comitê de Investimentos Quotistas Administrador Custodiante Auditor
  34. 34. Triaxis Capital 3636 Comitê de Investimentos • Constituído pelo Gestor, por representantes dos quotistas do fundo e por membros independentes. • Suas principais atribuições consistem em aprovar as propostas de investimentos e desinvestimentos do fundo e monitorar o andamento do fundo. • Gestor deve apresentar as empresas e justificar suas ações. • Quotistas devem aprovar as empresas e outras decisões importantes (Novos Rodadas de Investimento, Desinvestimentos, Mudança nos termos de Governança). • Números de votos e poder de veto dependem da quantidade quotas.
  35. 35. Triaxis Capital 3737 Estrutura Padrão de Governança Estrutura de Gestão-Administração FUNDO GESTOR Comitê de Investimentos Quotistas Administrador Custodiante Auditor
  36. 36. Triaxis Capital 3838 Outros elementos de Governança Administrador • Tem como obrigação cuidar do dia a dia do fundo (atas, registro de cotistas, arquivos e pareceres, demonstrações contábeis, etc). • Convocar Assembleias Gerias de Cotistas, divulgar informações para cotistas e CVM. • Controla os prestadores de serviço (Gestor, Auditor, Custodiante). Custodiante • É a empresa responsável por guardar os ativos do fundo. É ela que responde pelos dados e envio de informações dos fundos para os gestores. • O serviço de custódia engloba também a liquidação física e financeira dos ativos – quer dizer, a efetivação da compra e a venda das ações, títulos e demais ativos escolhidos pelo gestor. Auditor • O auditor é uma empresa contratada pelo administrador do fundo e que tem a responsabilidade de auditar anualmente as contas e documentos deste fundo. • O papel do auditor dentro do fundo de investimento é garantir transparência para o investidor e a segurança de que a administração está sendo efetuada.
  37. 37. FONTES DE RECEITA EM VENTURE CAPITAL
  38. 38. Triaxis Capital 4040 Como uma gestora ganha dinheiro? Apenas de duas formas: • Taxa de Administração • Taxa de Performance (Carry)
  39. 39. Triaxis Capital 4141 Taxa de Administração Taxa paga ao ano para operação da empresa. Usualmente varia entre 1% e 3%. Valor é reajustado ao passar dos anos. Receita de Curto Prazo.
  40. 40. Triaxis Capital 4242 Taxa de Sucesso Paga no final do Fundo de Investimento. No final do período do fundo, a gestora deve vender sua participação em todas as empresa. As principais formas de saída são: Venda a um concorrente estratégico. Venda a outro fundo de investimento. Venda aos sócios originais. Venda no Mercado de Ações. Perda Total... Gestora deve devolver o dinheiro corrigido e ajustado (IPCA + 6%). Do que passa do Hurdle, 20% é pago aos gestores. Maior fonte de Receita de uma Gestora (Longo Prazo). A Gestora só tem sucesso se tiver grandes empresas e grandes saídas.
  41. 41. EM RESUMO, UM FUNDO DE INVESTIMENTOS SÓ TEM SUCESSO SE ENCONTRAR BOAS EMPRESAS. CABE AO GESTOR PROCURAR AS MELHORES EMPRESAS E AJUDA-LAS A CRESCER.
  42. 42. DÚVIDAS?
  43. 43. Belo Horizonte (Sede) Alameda Oscar Niemeyer, 891, sala 813, Vila da Serra Nova Lima - MG | 34000-000 T +55 (31) 3504-1679 Recife Avenida Conde da Boa Vista, 800, 1º Andar, Boa Vista Recife - PE | 50060-004 T +55 (81) 3221-6501 Florianópolis Parque Tecnológico Alfa, Edifício Celta - T01, João Paulo Florianópolis - SC | 88030-000 T+ 55 (48) 3239-2225 EDUARDO ROCHA EDUARDO@TRIAXISCAPITAL.COM

×