SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Diretrizes Curriculares para a Educação Básica da
Rede Municipal de Educação de São Leopoldo
PRIMEIRA VERSÃO
SOCIOLOGIA
A introdução do componente curricular de Sociologia na Rede Municipal de São Leopoldo é
decorrente da compreensão de sua importância para a formação de sujeitos críticos e
autônomos que possam exercer plenamente a cidadania.

A Sociologia contribui para ampliar o conhecimento do ser humano sobre sua condição de
vida, através da problematização do seu ambiente social, das suas causas, dos seus
fenômenos e dos meios de intervenção. Através do arcabouço sociológico, temos a
possibilidade de compreender o modo como a sociedade e as pessoas se organizam, levando
em conta os diferentes contextos. O componente deve ser um instrumento que permita aos

estudantes, dos anos finais do Ensino Fundamental, analisar, interpretar, explicar e argumentar
criticamente sobre a sociedade e suas relações, pois essa é a base para o ser humano exercer
sua humanidade no sentido pleno. Para isso, não deve ser encarada como um exercício
intelectual abstrato, mas como um meio de possibilitar aos estudantes o primeiro contato com
essa ciência e relacioná-la com o concreto, com o vivido e com o desejado.

Para atingir essa perspectiva, o componente deve ter um caráter problematizador. Deve fazer a
reflexão de forma embasada, colocando estudantes e educadores como sujeitos do processo
de construção do conhecimento. Dessa forma, a realidade social deve ser questionada além
das aparências, buscando compreender suas causas e contradições, isto é, provocando no
estudante o entendimento de que, por trás de um mundo manifesto, se oculta um mundo
latente.

O foco deste componente curricular é levar os estudantes a desnaturalizar e estranhar a
realidade. Essa desnaturalização e esse estranhamento contribuem para o empoderamento e
a tomada de consciência dos sujeitos, e para isso, é necessário que tragam para a sala de
aula suas vivências, sua realidade e os temas do cotidiano.

Através das aulas de Sociologia, podemos despertar nos estudantes a imaginação sociológica
(MILLS, 1959), responsável por levar o indivíduo a compreender e a estabelecer uma relação
entre sua biografia pessoal e o que acontece na sociedade de seu tempo. Ao tomar-se
consciência das relações existentes entre a forma como a sociedade se organiza e os
acontecimentos individuais cotidianos, abrem-se caminhos para a crítica e a possível
superação da sociedade estabelecida, estimulando o estudante para ser um agente social
ativo.

Pela crítica, chega-se à emancipação, pois o conhecimento é um instrumento prático de
mudanças políticas.

6º ano – 5º série

Objetivo Geral

Possibilitar ao estudante compreender, interpretar e explicar através de uma análise crítica as
manifestações culturais, políticas, econômicas e o modo como a sociedade e as pessoas se
organizam. Pontualmente neste ano, o objetivo é iniciar um trabalho que desperte a
“imaginação sociológica” através de um exercício constante e criativo da curiosidade e da
indagação para a formação de sujeitos críticos e autônomos. Por meio de estudos sobre o
processo de socialização, interação social, grupos sociais, padrões sociais, identidade social,
cultura, normas e valores, levar o estudante a realizar uma leitura dos seus jeitos de ser, viver
e relacionar-se, a fim de contribuir para a construção da sua identidade social e cultural.

Objetivos Específicos

* Compreender a utilidade da abordagem sociológica para identificar, compreender, analisar e
desnaturalizar os fenômenos humanos e sociais que fazem parte do cotidiano dos estudantes;

* Utilizar a abordagem sociológica para identificar a relação que existe entre os fenômenos
humanos e sociais e seu jeito de ser e de viver no espaço e tempo;

* Compreender o que é um processo de socialização no âmbito familiar, escolar e comunitário
e como esse processo influencia na formação da identidade de cada um (socialização e
interação social);

* Entender a socialização como processo de aquisição da cultura e de conhecimento que
contribui para a formação da identidade social do indivíduo;

* Compreender a organização familiar como uma instituição em transformação no mundo
contemporâneo;

* Conhecer e diferenciar grupos sociais, papéis sociais e espaços de sociabilidade e perceber
como eles influenciam a formação da identidade social;

* Identificar as diferenças que existem na dinâmica das relações sociais a partir das distintas
realidades socioculturais e compreender a correlação entre sociedade/ indivíduo e
individual/coletivo;

* Compreender o que significa harmonia e conflito nas relações humanas;

* Empregar o diálogo como forma de esclarecer conflitos e tomar decisões coletivas;

* Compreender o que gera as violências e diferenciar violência física, psicológica e simbólica;

* Reconhecer os limites e as possibilidades pessoais e alheias, como forma de introduzir a
discussão sobre diversidade;

* Compreender e valorizar a articulação da linguagem e o papel da memória como elementos
que permitem ao homem a produção constante de novas formas de expressão cultural e/ou
construção da identidade cultural;

* Reconhecer que existem regras e leis na sala de aula, na escola e na sociedade, que
definem direitos e deveres e viabilizam a convivência, mas que também podem ser
questionadas e podem ter a colaboração de todos na sua construção e execução;

* Conhecer e valorizar as relações de cooperação e a importância de partilhar
responsabilidades na sala de aula, na escola, na família e na comunidade;

* Despertar a “imaginação sociológica” nos estudantes, por meio da introdução de estudos
sobre grupos sociais, cultura e diversidade;

* Entender como a cultura se diferencia da natureza e como são historicamente construídas;

* Diferenciar cultura natural de cultura adquirida;
* Analisar as várias formas de entendimento do conceito de cultura priorizando a visão
antropológica sobre tal conceito;

* Conhecer o que é Grêmio Estudantil, qual a sua atuação e o seu papel na escola.

7º ano – 6º série

Objetivo Geral

Ampliar o conhecimento do estudante acerca da sua relação com o contexto no qual está
inserido e sobre a influência desse contexto na sua formação. Através do diálogo, da análise
de situações concretas e a partir de estudos sobre etnia, raça, gênero, classe social, cultura,
violências, grupos minoritários, entre outros, desenvolver princípios e valores como,
solidariedade, paz, harmonia, cooperação, participação, tolerância e aceitação das diferenças.

Objetivos Específicos

* Reconhecer as qualidades da cultura local e valorizá-las para enriquecer a vivência e a
cidadania;

* Identificar e valorizar as diferentes manifestações culturais, étnicas e raciais, para difundir e
preservar o direito à diversidade e incentivar a tolerância;

* Compreender que a arbitrariedade que existe nas diferenças raciais é construída a partir das
relações sociais de poder e que não existe base biológica para explica - lá;

* Entender o que é grupo minoritário, etnocentrismo e relativismo cultural;

* Analisar as diversas formas de preconceito e exclusão, baseadas nas diferenças de raça,
etnia, classe social, crença religiosa, sexo e outras características individuais e sociais;

* Compreender que os conceitos de feminilidade e masculinidade são construções sociais e
culturais e, portanto, além de mutáveis, não tornam homens e mulheres diferentes do ponto de
vista de suas capacidades e direitos;

* Analisar as diferenças de gênero para além das aparências;

* Identificar as violências e o preconceito oriundos das diferenças de gênero e conhecer a
finalidade da Lei Maria da Penha;

* Identificar, contextualizar e desnaturalizar as desigualdades sociais no Brasil e no local onde
a escola está inserida;

* Conhecer os direitos humanos sob a perspectiva da criança e do adolescente e apresentar o
ECA como um instrumento de ação política;

* Entender a causa e os efeitos da pobreza na sociedade e o papel da ONU, das ONGs, dos
Movimentos Sociais e nosso diante de tal problema;

* Compreender os problemas sociais de uma gravidez na adolescência;

* Aprofundar os conhecimentos sobre o Grêmio Estudantil e identificar esse espaço como uma
espaço de ação política do estudante na escola.

8º ano – 7º série

Objetivo Geral

Possibilitar aos estudantes compreender e analisar o papel da juventude no espaço social,
como a sociedade se estrutura e quais os mecanismos de participação que ela pode utilizar
para intervir e construir um mundo melhor. Por meios de estudos sobre democracia, política,
cidadania, movimentos sociais, desigualdade social, estratificação social, violências e
juventude, indústria cultural e justiça, o estudante pode aprofundar seu conhecimento e
relacionar a teoria sociológica com uma explicação e intervenção sistemática do/no mundo.

Objetivos Específicos

* Analisar e compreender o conceito de política diferenciado do conceito de politicagem;

* Compreender o conceito de cidadania não apenas no sentido de deveres, obrigações e
direitos, mas também como uma condição de respeito do indivíduo em relação à sociedade em
que vive e desta em relação ao indivíduo;

* Conhecer os instrumentos que existem para o fortalecimento da cidadania;

* Identificar como é possível construir uma identidade social e política dinâmica e que atua na
constituição do exercício pleno da cidadania;

* Compreender a dimensão do conceito de democracia na atualidade;

* Analisar a importância da participação política em todos os espaços sociais;

* Conhecer o que são e como surgiram os movimentos sociais e os principais movimentos que
atuam em São Leopoldo;

* Compreender o conceito de justiça baseado na equidade, nas ações solidárias e
cooperativas;

* Construir uma visão crítica sobre a indústria cultural e dos meios de informação e
comunicação de massa;

* Analisar a relação entre mídia e consumismo na sociedade;

* Analisar e compreender o conceito de ideologia e perceber como ele se manifesta no nosso
cotidiano;

* Conhecer as mudanças tecnológicas e como elas influenciam na formação das pessoas e da
sociedade;

* Identificar, analisar e compreender as causas e os efeitos da desigualdade social e da
estratificação social;

* Desnaturalizar e estranhar as violências no Brasil e construir uma visão crítica sobre as
mesmas;

* Analisar a atual conjuntura e o pertencimento da juventude a grupos sociais;

* Debater sobre a relação entre juventude e violências;

* Utilizar a imaginação sociológica ao relacionar a biografia pessoal com a configuração da
juventude na atualidade;

* Identificar representações simbólicas nos discursos e nas ações da juventude;

* Aprofundar os conhecimentos sobre o Grêmio Estudantil e identificar esse espaço como uma
espaço de ação política do estudante na escola.

9º ano – 8º série

Objetivo Geral
Possibilitar ao estudante uma discussão sobre os aspectos epistemológicos do senso comum
e da ciência, assim como, conhecer a pesquisa como uma forma de identificar, analisar e
conhecer uma determinada realidade social. Através de estudos sobre intolerância religiosa,
preconceito, estereótipo, políticas públicas, juventude, mundo do trabalho, consciência coletiva
e individual, o estudante deve realizar construções conceituais adequadas para o Ensino
Fundamental, como uma estratégia de análise da realidade para além do senso comum.
Também deve perceber e respeitar a diversidade de opiniões e os diferentes entendimentos
sobre um fenômeno, a fim de desenvolver o posicionamento pessoal, crítico e argumentativo.

Objetivos Específicos

* Diferenciar pensamento científico de senso comum;

* Conhecer as principais formas de pesquisas, os instrumentos de coleta de dados e os
métodos de análise para compreender uma realidade social;

* Diferenciar aspectos da consciência coletiva e consciência individual ao retratar os fatos
sociais;

* Reconhecer o papel das políticas públicas, bem como os direitos e os deveres para garantir a
cidadania e a democracia;

* Construir uma pequena proposta de sociedade democrática: princípios, fundamentos e
ações;

* Compreender a relação entre participação política e emancipação;

* Refletir sobre intolerância religiosa e direitos humanos e sociais;

* Identificar situações de opressão aos homossexuais, negros, mulheres, portadores de
necessidades especiais, índios, entre outros grupos minoritários e buscar formas para diminuir
o preconceito;

* Identificar o pensamento multicultural como o conjunto de respostas às diversidades culturais;

* Desconstruir preconceitos e estereótipos sociais e culturais;

* Perceber a importância do trabalho para a sociedade;

* Discutir sobre o mundo do trabalho na atualidade e relacionar a situação de emprego e
desemprego;

* Analisar as perspectivas da juventude no mundo do trabalho, a configuração atual das
profissões e seus projetos de vida;

* Aprofundar os conhecimentos sobre o Grêmio Estudantil e identificar esse espaço como uma
espaço de ação política do estudante na escola.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

2 ano sociologia.contatos sociais
2 ano sociologia.contatos sociais2 ano sociologia.contatos sociais
2 ano sociologia.contatos sociais
Suelene Gomes Silva
 
Sociologia - Relações Sociais
Sociologia - Relações SociaisSociologia - Relações Sociais
Sociologia - Relações Sociais
Paulo Alexandre
 
Conceitos básicos de sociologia.filé
Conceitos básicos de sociologia.filéConceitos básicos de sociologia.filé
Conceitos básicos de sociologia.filé
Fabio Salvari
 
Conceitos básicos de sociologia
Conceitos básicos de sociologiaConceitos básicos de sociologia
Conceitos básicos de sociologia
Colegio GGE
 
2014 conceitos básicos sociologia
2014 conceitos básicos sociologia2014 conceitos básicos sociologia
2014 conceitos básicos sociologia
Felipe Hiago
 
Sociologia 1 ano Tema 1- As ciências sociais e oestudo da vida social
Sociologia 1 ano  Tema 1- As ciências sociais e oestudo da vida socialSociologia 1 ano  Tema 1- As ciências sociais e oestudo da vida social
Sociologia 1 ano Tema 1- As ciências sociais e oestudo da vida social
Sérgio Coelho
 

Mais procurados (20)

2 ano sociologia.contatos sociais
2 ano sociologia.contatos sociais2 ano sociologia.contatos sociais
2 ano sociologia.contatos sociais
 
10 sociologia - 1º ano
10   sociologia - 1º ano10   sociologia - 1º ano
10 sociologia - 1º ano
 
Sociologia - Relações Sociais
Sociologia - Relações SociaisSociologia - Relações Sociais
Sociologia - Relações Sociais
 
Plano de Ensino
Plano de EnsinoPlano de Ensino
Plano de Ensino
 
Apostila de sociologia - Volume 2 (2° ano do EM)
Apostila de sociologia - Volume 2 (2° ano do EM)Apostila de sociologia - Volume 2 (2° ano do EM)
Apostila de sociologia - Volume 2 (2° ano do EM)
 
Conhecimento sociológico 1 ano
Conhecimento sociológico   1 anoConhecimento sociológico   1 ano
Conhecimento sociológico 1 ano
 
Conceitos básicos de sociologia.filé
Conceitos básicos de sociologia.filéConceitos básicos de sociologia.filé
Conceitos básicos de sociologia.filé
 
Plano estudos sociologia
Plano estudos sociologiaPlano estudos sociologia
Plano estudos sociologia
 
Durkheim sociologia
Durkheim sociologiaDurkheim sociologia
Durkheim sociologia
 
Preconceito Na Escola
Preconceito Na EscolaPreconceito Na Escola
Preconceito Na Escola
 
A sociologia aplicada ao cotidiano
A sociologia aplicada ao cotidianoA sociologia aplicada ao cotidiano
A sociologia aplicada ao cotidiano
 
A sociologia no cotidiano
A sociologia no cotidianoA sociologia no cotidiano
A sociologia no cotidiano
 
Guia i cs.
Guia   i cs.Guia   i cs.
Guia i cs.
 
Relacao sociedade individuo
Relacao sociedade individuoRelacao sociedade individuo
Relacao sociedade individuo
 
Trabalho de sociologia completo caminho para sociedade
Trabalho de sociologia completo caminho para sociedadeTrabalho de sociologia completo caminho para sociedade
Trabalho de sociologia completo caminho para sociedade
 
Conceitos básicos de sociologia
Conceitos básicos de sociologiaConceitos básicos de sociologia
Conceitos básicos de sociologia
 
Individuo sociedade
Individuo sociedadeIndividuo sociedade
Individuo sociedade
 
2014 conceitos básicos sociologia
2014 conceitos básicos sociologia2014 conceitos básicos sociologia
2014 conceitos básicos sociologia
 
Sociologia 1 ano Tema 1- As ciências sociais e oestudo da vida social
Sociologia 1 ano  Tema 1- As ciências sociais e oestudo da vida socialSociologia 1 ano  Tema 1- As ciências sociais e oestudo da vida social
Sociologia 1 ano Tema 1- As ciências sociais e oestudo da vida social
 
Conceitos básicos da sociologia
Conceitos básicos da sociologiaConceitos básicos da sociologia
Conceitos básicos da sociologia
 

Semelhante a Diretrizes Curriculares RME SL

Resumo pcn história1
Resumo pcn história1Resumo pcn história1
Resumo pcn história1
cmsrial13
 
Planejamento de ensino e aprendizagem 1 ano daniela pereira
Planejamento de ensino e aprendizagem 1 ano daniela pereiraPlanejamento de ensino e aprendizagem 1 ano daniela pereira
Planejamento de ensino e aprendizagem 1 ano daniela pereira
Dany Pereira
 
Apresentaçãomarcia
ApresentaçãomarciaApresentaçãomarcia
Apresentaçãomarcia
Xodó Sitio
 
O Jovem e o seu Direito de Aprendizagem
O Jovem e o seu Direito de AprendizagemO Jovem e o seu Direito de Aprendizagem
O Jovem e o seu Direito de Aprendizagem
Jomari
 

Semelhante a Diretrizes Curriculares RME SL (20)

Sociologia (1) do ensino medio
Sociologia (1) do ensino medioSociologia (1) do ensino medio
Sociologia (1) do ensino medio
 
Sociologia
SociologiaSociologia
Sociologia
 
Resumo pcn história1
Resumo pcn história1Resumo pcn história1
Resumo pcn história1
 
Resumo PCN História
Resumo PCN HistóriaResumo PCN História
Resumo PCN História
 
Formação história
Formação históriaFormação história
Formação história
 
Newsletter SocioAmbientar 2014/1
Newsletter SocioAmbientar 2014/1Newsletter SocioAmbientar 2014/1
Newsletter SocioAmbientar 2014/1
 
Filosofia Aplicada ao Serviço Social
Filosofia Aplicada ao Serviço SocialFilosofia Aplicada ao Serviço Social
Filosofia Aplicada ao Serviço Social
 
Sociologia
SociologiaSociologia
Sociologia
 
Planejamento de ensino e aprendizagem 1 ano daniela pereira
Planejamento de ensino e aprendizagem 1 ano daniela pereiraPlanejamento de ensino e aprendizagem 1 ano daniela pereira
Planejamento de ensino e aprendizagem 1 ano daniela pereira
 
Sociologia iii
Sociologia iiiSociologia iii
Sociologia iii
 
1º a, b antonia-sociologia
1º a, b antonia-sociologia1º a, b antonia-sociologia
1º a, b antonia-sociologia
 
Plano de Trabalho Geral 2012 EF
Plano de Trabalho Geral 2012 EFPlano de Trabalho Geral 2012 EF
Plano de Trabalho Geral 2012 EF
 
Proj8
Proj8Proj8
Proj8
 
Capítulo I da Especialização em Designer Instrucional da UNIFEI
Capítulo I da Especialização em Designer Instrucional da UNIFEICapítulo I da Especialização em Designer Instrucional da UNIFEI
Capítulo I da Especialização em Designer Instrucional da UNIFEI
 
Apresentaçãomarcia
ApresentaçãomarciaApresentaçãomarcia
Apresentaçãomarcia
 
O Jovem e o seu Direito de Aprendizagem
O Jovem e o seu Direito de AprendizagemO Jovem e o seu Direito de Aprendizagem
O Jovem e o seu Direito de Aprendizagem
 
1768 2405-1-pb
1768 2405-1-pb1768 2405-1-pb
1768 2405-1-pb
 
Dissertação de fernanda brasil mendes na puc rs em 2011
Dissertação de fernanda brasil mendes na puc rs em 2011Dissertação de fernanda brasil mendes na puc rs em 2011
Dissertação de fernanda brasil mendes na puc rs em 2011
 
P ua 03_just_ob
P ua 03_just_obP ua 03_just_ob
P ua 03_just_ob
 
ARQUIVO Claudete menegatt
ARQUIVO Claudete menegattARQUIVO Claudete menegatt
ARQUIVO Claudete menegatt
 

Mais de Eduarda Bonora Kern

Mais de Eduarda Bonora Kern (20)

Artigo V ENESEB 2017
Artigo V ENESEB 2017Artigo V ENESEB 2017
Artigo V ENESEB 2017
 
Propostas de atividade - Inclusão e Sociologia (3)
Propostas de atividade - Inclusão e Sociologia (3)Propostas de atividade - Inclusão e Sociologia (3)
Propostas de atividade - Inclusão e Sociologia (3)
 
Propostas de atividade - Inclusão e Sociologia (2)
Propostas de atividade - Inclusão e Sociologia (2)Propostas de atividade - Inclusão e Sociologia (2)
Propostas de atividade - Inclusão e Sociologia (2)
 
Propostas de atividade - Inclusão e Sociologia
Propostas de atividade - Inclusão e SociologiaPropostas de atividade - Inclusão e Sociologia
Propostas de atividade - Inclusão e Sociologia
 
Trabalhos de estudante (Inclusão e Sociologia)
Trabalhos de estudante (Inclusão e Sociologia)Trabalhos de estudante (Inclusão e Sociologia)
Trabalhos de estudante (Inclusão e Sociologia)
 
Aula1904
Aula1904Aula1904
Aula1904
 
Aula 2110 (reforma do ensino médio)
Aula 2110 (reforma do ensino médio)Aula 2110 (reforma do ensino médio)
Aula 2110 (reforma do ensino médio)
 
Eleições 2016
Eleições 2016Eleições 2016
Eleições 2016
 
Aula0706 (cultura do estupro - roteiro de leitura)
Aula0706 (cultura do estupro -  roteiro de leitura)Aula0706 (cultura do estupro -  roteiro de leitura)
Aula0706 (cultura do estupro - roteiro de leitura)
 
Regras de Convivência 2016
Regras de Convivência 2016Regras de Convivência 2016
Regras de Convivência 2016
 
Carta a SMED/SL
Carta a SMED/SLCarta a SMED/SL
Carta a SMED/SL
 
Aula0309
Aula0309Aula0309
Aula0309
 
Aula1408
Aula1408Aula1408
Aula1408
 
Desenhos para colorir (Afro)
Desenhos para colorir (Afro)Desenhos para colorir (Afro)
Desenhos para colorir (Afro)
 
O que é Sociologia (Iceberg)
O que é Sociologia (Iceberg)O que é Sociologia (Iceberg)
O que é Sociologia (Iceberg)
 
Manifesto ABECS
Manifesto ABECSManifesto ABECS
Manifesto ABECS
 
Ensoc Eduarda
Ensoc EduardaEnsoc Eduarda
Ensoc Eduarda
 
Direitos e Copa
Direitos e CopaDireitos e Copa
Direitos e Copa
 
Princípios do trabalho popular
Princípios do trabalho popularPrincípios do trabalho popular
Princípios do trabalho popular
 
Previsão 2014
Previsão 2014Previsão 2014
Previsão 2014
 

Último

atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
WelitaDiaz1
 

Último (20)

SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.pptnocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 

Diretrizes Curriculares RME SL

  • 1. Diretrizes Curriculares para a Educação Básica da Rede Municipal de Educação de São Leopoldo PRIMEIRA VERSÃO SOCIOLOGIA A introdução do componente curricular de Sociologia na Rede Municipal de São Leopoldo é decorrente da compreensão de sua importância para a formação de sujeitos críticos e autônomos que possam exercer plenamente a cidadania. A Sociologia contribui para ampliar o conhecimento do ser humano sobre sua condição de vida, através da problematização do seu ambiente social, das suas causas, dos seus fenômenos e dos meios de intervenção. Através do arcabouço sociológico, temos a possibilidade de compreender o modo como a sociedade e as pessoas se organizam, levando em conta os diferentes contextos. O componente deve ser um instrumento que permita aos estudantes, dos anos finais do Ensino Fundamental, analisar, interpretar, explicar e argumentar criticamente sobre a sociedade e suas relações, pois essa é a base para o ser humano exercer sua humanidade no sentido pleno. Para isso, não deve ser encarada como um exercício intelectual abstrato, mas como um meio de possibilitar aos estudantes o primeiro contato com essa ciência e relacioná-la com o concreto, com o vivido e com o desejado. Para atingir essa perspectiva, o componente deve ter um caráter problematizador. Deve fazer a reflexão de forma embasada, colocando estudantes e educadores como sujeitos do processo de construção do conhecimento. Dessa forma, a realidade social deve ser questionada além das aparências, buscando compreender suas causas e contradições, isto é, provocando no estudante o entendimento de que, por trás de um mundo manifesto, se oculta um mundo latente. O foco deste componente curricular é levar os estudantes a desnaturalizar e estranhar a realidade. Essa desnaturalização e esse estranhamento contribuem para o empoderamento e a tomada de consciência dos sujeitos, e para isso, é necessário que tragam para a sala de aula suas vivências, sua realidade e os temas do cotidiano. Através das aulas de Sociologia, podemos despertar nos estudantes a imaginação sociológica (MILLS, 1959), responsável por levar o indivíduo a compreender e a estabelecer uma relação entre sua biografia pessoal e o que acontece na sociedade de seu tempo. Ao tomar-se consciência das relações existentes entre a forma como a sociedade se organiza e os acontecimentos individuais cotidianos, abrem-se caminhos para a crítica e a possível superação da sociedade estabelecida, estimulando o estudante para ser um agente social ativo. Pela crítica, chega-se à emancipação, pois o conhecimento é um instrumento prático de mudanças políticas. 6º ano – 5º série Objetivo Geral Possibilitar ao estudante compreender, interpretar e explicar através de uma análise crítica as manifestações culturais, políticas, econômicas e o modo como a sociedade e as pessoas se organizam. Pontualmente neste ano, o objetivo é iniciar um trabalho que desperte a
  • 2. “imaginação sociológica” através de um exercício constante e criativo da curiosidade e da indagação para a formação de sujeitos críticos e autônomos. Por meio de estudos sobre o processo de socialização, interação social, grupos sociais, padrões sociais, identidade social, cultura, normas e valores, levar o estudante a realizar uma leitura dos seus jeitos de ser, viver e relacionar-se, a fim de contribuir para a construção da sua identidade social e cultural. Objetivos Específicos * Compreender a utilidade da abordagem sociológica para identificar, compreender, analisar e desnaturalizar os fenômenos humanos e sociais que fazem parte do cotidiano dos estudantes; * Utilizar a abordagem sociológica para identificar a relação que existe entre os fenômenos humanos e sociais e seu jeito de ser e de viver no espaço e tempo; * Compreender o que é um processo de socialização no âmbito familiar, escolar e comunitário e como esse processo influencia na formação da identidade de cada um (socialização e interação social); * Entender a socialização como processo de aquisição da cultura e de conhecimento que contribui para a formação da identidade social do indivíduo; * Compreender a organização familiar como uma instituição em transformação no mundo contemporâneo; * Conhecer e diferenciar grupos sociais, papéis sociais e espaços de sociabilidade e perceber como eles influenciam a formação da identidade social; * Identificar as diferenças que existem na dinâmica das relações sociais a partir das distintas realidades socioculturais e compreender a correlação entre sociedade/ indivíduo e individual/coletivo; * Compreender o que significa harmonia e conflito nas relações humanas; * Empregar o diálogo como forma de esclarecer conflitos e tomar decisões coletivas; * Compreender o que gera as violências e diferenciar violência física, psicológica e simbólica; * Reconhecer os limites e as possibilidades pessoais e alheias, como forma de introduzir a discussão sobre diversidade; * Compreender e valorizar a articulação da linguagem e o papel da memória como elementos que permitem ao homem a produção constante de novas formas de expressão cultural e/ou construção da identidade cultural; * Reconhecer que existem regras e leis na sala de aula, na escola e na sociedade, que definem direitos e deveres e viabilizam a convivência, mas que também podem ser questionadas e podem ter a colaboração de todos na sua construção e execução; * Conhecer e valorizar as relações de cooperação e a importância de partilhar responsabilidades na sala de aula, na escola, na família e na comunidade; * Despertar a “imaginação sociológica” nos estudantes, por meio da introdução de estudos sobre grupos sociais, cultura e diversidade; * Entender como a cultura se diferencia da natureza e como são historicamente construídas; * Diferenciar cultura natural de cultura adquirida;
  • 3. * Analisar as várias formas de entendimento do conceito de cultura priorizando a visão antropológica sobre tal conceito; * Conhecer o que é Grêmio Estudantil, qual a sua atuação e o seu papel na escola. 7º ano – 6º série Objetivo Geral Ampliar o conhecimento do estudante acerca da sua relação com o contexto no qual está inserido e sobre a influência desse contexto na sua formação. Através do diálogo, da análise de situações concretas e a partir de estudos sobre etnia, raça, gênero, classe social, cultura, violências, grupos minoritários, entre outros, desenvolver princípios e valores como, solidariedade, paz, harmonia, cooperação, participação, tolerância e aceitação das diferenças. Objetivos Específicos * Reconhecer as qualidades da cultura local e valorizá-las para enriquecer a vivência e a cidadania; * Identificar e valorizar as diferentes manifestações culturais, étnicas e raciais, para difundir e preservar o direito à diversidade e incentivar a tolerância; * Compreender que a arbitrariedade que existe nas diferenças raciais é construída a partir das relações sociais de poder e que não existe base biológica para explica - lá; * Entender o que é grupo minoritário, etnocentrismo e relativismo cultural; * Analisar as diversas formas de preconceito e exclusão, baseadas nas diferenças de raça, etnia, classe social, crença religiosa, sexo e outras características individuais e sociais; * Compreender que os conceitos de feminilidade e masculinidade são construções sociais e culturais e, portanto, além de mutáveis, não tornam homens e mulheres diferentes do ponto de vista de suas capacidades e direitos; * Analisar as diferenças de gênero para além das aparências; * Identificar as violências e o preconceito oriundos das diferenças de gênero e conhecer a finalidade da Lei Maria da Penha; * Identificar, contextualizar e desnaturalizar as desigualdades sociais no Brasil e no local onde a escola está inserida; * Conhecer os direitos humanos sob a perspectiva da criança e do adolescente e apresentar o ECA como um instrumento de ação política; * Entender a causa e os efeitos da pobreza na sociedade e o papel da ONU, das ONGs, dos Movimentos Sociais e nosso diante de tal problema; * Compreender os problemas sociais de uma gravidez na adolescência; * Aprofundar os conhecimentos sobre o Grêmio Estudantil e identificar esse espaço como uma espaço de ação política do estudante na escola. 8º ano – 7º série Objetivo Geral Possibilitar aos estudantes compreender e analisar o papel da juventude no espaço social, como a sociedade se estrutura e quais os mecanismos de participação que ela pode utilizar
  • 4. para intervir e construir um mundo melhor. Por meios de estudos sobre democracia, política, cidadania, movimentos sociais, desigualdade social, estratificação social, violências e juventude, indústria cultural e justiça, o estudante pode aprofundar seu conhecimento e relacionar a teoria sociológica com uma explicação e intervenção sistemática do/no mundo. Objetivos Específicos * Analisar e compreender o conceito de política diferenciado do conceito de politicagem; * Compreender o conceito de cidadania não apenas no sentido de deveres, obrigações e direitos, mas também como uma condição de respeito do indivíduo em relação à sociedade em que vive e desta em relação ao indivíduo; * Conhecer os instrumentos que existem para o fortalecimento da cidadania; * Identificar como é possível construir uma identidade social e política dinâmica e que atua na constituição do exercício pleno da cidadania; * Compreender a dimensão do conceito de democracia na atualidade; * Analisar a importância da participação política em todos os espaços sociais; * Conhecer o que são e como surgiram os movimentos sociais e os principais movimentos que atuam em São Leopoldo; * Compreender o conceito de justiça baseado na equidade, nas ações solidárias e cooperativas; * Construir uma visão crítica sobre a indústria cultural e dos meios de informação e comunicação de massa; * Analisar a relação entre mídia e consumismo na sociedade; * Analisar e compreender o conceito de ideologia e perceber como ele se manifesta no nosso cotidiano; * Conhecer as mudanças tecnológicas e como elas influenciam na formação das pessoas e da sociedade; * Identificar, analisar e compreender as causas e os efeitos da desigualdade social e da estratificação social; * Desnaturalizar e estranhar as violências no Brasil e construir uma visão crítica sobre as mesmas; * Analisar a atual conjuntura e o pertencimento da juventude a grupos sociais; * Debater sobre a relação entre juventude e violências; * Utilizar a imaginação sociológica ao relacionar a biografia pessoal com a configuração da juventude na atualidade; * Identificar representações simbólicas nos discursos e nas ações da juventude; * Aprofundar os conhecimentos sobre o Grêmio Estudantil e identificar esse espaço como uma espaço de ação política do estudante na escola. 9º ano – 8º série Objetivo Geral
  • 5. Possibilitar ao estudante uma discussão sobre os aspectos epistemológicos do senso comum e da ciência, assim como, conhecer a pesquisa como uma forma de identificar, analisar e conhecer uma determinada realidade social. Através de estudos sobre intolerância religiosa, preconceito, estereótipo, políticas públicas, juventude, mundo do trabalho, consciência coletiva e individual, o estudante deve realizar construções conceituais adequadas para o Ensino Fundamental, como uma estratégia de análise da realidade para além do senso comum. Também deve perceber e respeitar a diversidade de opiniões e os diferentes entendimentos sobre um fenômeno, a fim de desenvolver o posicionamento pessoal, crítico e argumentativo. Objetivos Específicos * Diferenciar pensamento científico de senso comum; * Conhecer as principais formas de pesquisas, os instrumentos de coleta de dados e os métodos de análise para compreender uma realidade social; * Diferenciar aspectos da consciência coletiva e consciência individual ao retratar os fatos sociais; * Reconhecer o papel das políticas públicas, bem como os direitos e os deveres para garantir a cidadania e a democracia; * Construir uma pequena proposta de sociedade democrática: princípios, fundamentos e ações; * Compreender a relação entre participação política e emancipação; * Refletir sobre intolerância religiosa e direitos humanos e sociais; * Identificar situações de opressão aos homossexuais, negros, mulheres, portadores de necessidades especiais, índios, entre outros grupos minoritários e buscar formas para diminuir o preconceito; * Identificar o pensamento multicultural como o conjunto de respostas às diversidades culturais; * Desconstruir preconceitos e estereótipos sociais e culturais; * Perceber a importância do trabalho para a sociedade; * Discutir sobre o mundo do trabalho na atualidade e relacionar a situação de emprego e desemprego; * Analisar as perspectivas da juventude no mundo do trabalho, a configuração atual das profissões e seus projetos de vida; * Aprofundar os conhecimentos sobre o Grêmio Estudantil e identificar esse espaço como uma espaço de ação política do estudante na escola.