Breve linha do_tempo

1.411 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Breve linha do_tempo

  1. 1. A passagem do Tempo em Imagens Escola Estadual de Educação Básica Dolores Alcaraz Caldas Disciplina de Sociologia - EJA Profª Sendi Olmedo Bolsistas: Eduarda Kern; Fernanda Rocha; Nina Becker
  2. 2. Queda de Roma <ul><li>Marco Histórico da queda: 476 d.C., com o fim do Império Romano do Ocidente. </li></ul><ul><li>Causas do declínio: </li></ul><ul><li>Invasões bárbaras; </li></ul><ul><li>Êxodo urbano (ruralização da sociedade); </li></ul><ul><li>Expansão do cristianismo no Império (escassez de escravos); </li></ul>
  3. 3. Extensão máxima do Império Romano (98 – 117 d.C.)
  4. 5. <ul><li>Invasões bárbaras no Império Romano </li></ul>
  5. 6. Idade Média <ul><li>Período histórico de aproximadamente 1000 anos (476 d.C – 1453 d.C.), que tinha como características: </li></ul><ul><li>Poder concentrado (político e cultural) na mão da Igreja Católica, a maior proprietária de terras; </li></ul><ul><li>Economia agrária, declínio das cidades. </li></ul><ul><li>Relações sociais se desenvolviam no feudo pela mediação dos senhores feudais. </li></ul>
  6. 10. Imagem de uma guilda (corporação de ofício), associação de artesões que desenvolviam mesma atividade profissional.
  7. 12. <ul><li>Declínio da Idade Média e início da Moderna </li></ul><ul><li>As cruzadas – Desenvolvimento do comércio </li></ul><ul><li>Grandes navegações e mercantilismo </li></ul><ul><li>Absolutismo dos reis </li></ul><ul><li>Fortalecimento da burguesia </li></ul><ul><li>Renascimento – mudança do pensamento teocêntrico para o antropocêntrico </li></ul><ul><li>Iluminismo </li></ul>
  8. 17. Servo Burguês
  9. 18. FEUDO BURGO
  10. 19. Idade Moderna <ul><li>Revoluções Burguesas: Inglaterra e França </li></ul><ul><li>- Senhores feudais e clero perdem poder para o burguesia: fim do regime estamental </li></ul><ul><li>- Terras da igreja confiscadas, cercamento dos feudos (dissolução das relações feudais de produção). </li></ul><ul><li>Consolidação do modo de produção capitalista </li></ul>
  11. 20. <ul><li>Revolução Industrial </li></ul><ul><li>Conjunto de transformações técnicas, econômicas e sociais caracterizadas pela substituição da energia física pela mecânica, da ferramenta pela máquina e da manufatura pela fábrica. </li></ul><ul><li>Causas: Acúmulo de capitais a partir do mercantilismo, matéria-prima em abundância (colônias), mercado consumidor e mão-de-obra barata (antigos servos expulsos dos seus feudos pelo cercamento viram trabalhadores que consomem), burguesia forte, invenção da máquina a vapor. </li></ul><ul><li>Conseqüências: Surgimento do proletariado, desenvolvimento de novas tecnologias (transporte, comunicações), aumento da produtividade, esgotamento dos recursos naturais, urbanização, consolidação das relações assalariadas (capitalistas). </li></ul>

×