Boletim 15 Sinsociólogos

751 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Boletim 15 Sinsociólogos

  1. 1. FUNDADO EM 27/06/1986 Código Sindical 88865 BOLETIM INFORMATIVO SINSOCIÓLOGOS-RS Nº 15 - (23 /03/2012) ANO 3 – GESTÃO 2010 – 2013 RESULTADO DA AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE SOCIOLOGIA NO ENSINO MÉDIO REALIZADA SOBRE O EDITAL DE CONCURSO DO MAGISTÉRIO. PÁG.1A SECRETARIA DA SAÚDE PROJETO DE LEI Nº 1.446, DEDO ESTADO DO RS ABRE 2011 RESULTADOPÚBLICO CONCURSO DA AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE SOCIOLOGIA NO ENSINO MÉDIO REALIZADA SOBRE de lei de autoria do PARA SOCIÓLOGO Esse projeto O EDITAL DE Deputado Chico Alencar (PSOL- CONCURSO DO MAGISTÉRIO.A Secretaria da Saúde - RS abre RJ), altera a Lei nº 6.888, de 10 decontratação emergencial para 474vagas sendo uma vaga para sociólogo dezembro de 1980. Garantindocom carga horária de 30 no dia 20 de março uma audiência pública, para a Comissão Foi realizada horas com que ao formando de ciências de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia da Assembléia Legislativasalário inicial de R$ 2.723,52. Pág. 5 lecionar sociologia pág.4 do Rio Grande do Sul, por solicitação do SINSOCIÓLOGOS-RS. Essa audiência teve como finalidade de obter da Secretaria de Estado da Educação (SEDUC), dados e informações, sobre a implementação da sociologia no ensino médio na rede estadual de educação. Essa Audiência Pública foi presidida pela Deputada Estadual Marisa Formolo (PT). A motivação da audiência foi o lançamento do edital do concurso do magistério do Rio Grande do Sul, pela SEDUC que contemplou as vagas para professores e professoras de Sociologia. Entretanto, o baixo número de 61 vagas para professor (a) de sociologia e a carga horária de 20 horas semanais, SINSOCIÓLOGOS-RS – Rua Vigário José Inácio, 303 3ºandar – tel. 51 – 30627732
  2. 2. FUNDADO EM 27/06/1986 Código Sindical 88865são indícios claros que a SEDUC não vai cumprir a legislação na sua totalidadeprevista na legislação.AS REIVINDICAÇÕES DO SINSOCIÓLOGOS NA AUDIÊNCIA PÚBLICA: O 1. SINSOCIÓLOGOS reivindica o cumprimento do parecer nº 622/2008 – que indica a obrigatoriedade da implementação da Sociologia em todas as séries no ensino médio. 2. O SINSOCIOLÓGOS reivindica o cumprimento do Parecer nº 322/2007 onde prevê que os professores Sociologia, para o exercício da docência, devem ter cursado, respectivamente, Licenciatura em Sociologia ou Ciências Sociais. 3. O SINSOCIOLÓGOS Pediu explicações sobre o baixo número de 61 vagas para professor (a) de sociologia para todo o Estado; 4. O SINSOCIOLÓGOS denunciou a precarização da função de professor, pois a SEDUC, apenas nos dois primeiros meses deste ano, após lançar o Edital do concurso público, publicou dois editais de contratação de professores temporários: Edital 01/2012 e o Edital 05/2012. Que prevê 225 professores (as) com contratos temporários. Sendo 195 contratos no primeiro edital com a inscrição de 13/01 a 18/01 e 33 contratos no segundo edital 06/03 a 12/03. Simplesmente três vezes mais que o previsto no concurso público.A POSIÇÃO DA SEDUC O representante da SEDUC, Julio Alejandro Jevez, assessor técnico doGabinete falou sobre o concurso público que está em andamento e prevê acontratação de 10 mil professores. Explicou que para a Secretaria, tanto afilosofia quanto a sociologia são fundamentais para o ensino. A resolução doConselho Nacional de Educação prevê um período por semana de cadadisciplina, em todos os anos do ensino médio”, explicou Jevez, salientandoainda que os professores também terão atuação em seminários, debates e linha SINSOCIÓLOGOS-RS – Rua Vigário José Inácio, 303 3ºandar – tel. 51 – 30627732
  3. 3. FUNDADO EM 27/06/1986 Código Sindical 88865 de pesquisa, a exemplo do ensino superior. Assim a SEDUC está assumindo o cumprimento de parte da legislação prevista. Ou seja, a sociologia em todos anos do ensino médio em um período por semana. UMA PROPOSTA ENCAMINHADA PELA AUDIÊNCIA PÚBLICA: Houve uma proposta encaminhada pelo outro assessor da SEDUC, José Valdir Rodrigues da Silva, de realizar uma reunião na SEDUC no prazo máximo de 20 dias para tratar dos temas pendentes. Essa proposta foi acatada com o caráter de encaminhamento pela Audiência pública. BALANÇO DA AUDIÊNCIA PÚBLICA: O balanço feito pelo SINSOCIÓLOGOS mostrou que estamos avançando passoa passo para o cumprimento da legislação vigente que garante implementação daSociologia no ensino médio. E os professores também terão atuação emseminários, debates e linha de pesquisa. O QUE AINDA PRECISAMOS GARANTIR: Falta ainda garantir que os (as) professores de Sociologia que vão lecionar narede pública sejam formados em Ciências Sociais. Essa é uma longa e árdua tarefa,pois, conforme os dados do levantamento realizado em janeiro de 2009 junto àSecretaria de Educação do Estado do Rio Grande do Sul ficou demonstrado queapenas 25,6% dos professores têm formação específica em Sociologia ou Filosofia.Destaque-se, que não é possível saber, neste caso, exatamente quantos professoreseram formados em Ciências Sociais, visto que o dado agrupa professores(as) desociologia e filosofia, o que nos leva a suposição de que este número é ainda menorque os 25,6% acima referidos". Dados da pesquisa realizada pela Profª Drª LuizaHelena Pereira Depto de Sociologia/UFRGS Falta ainda discutir o número necessário de professores e professoras paraatender a demanda da rede pública: Pelos Dados do MEC-INEP são 13.626 turmas de ensino médio na redepública estadual. Considerando que um professor trabalha 16 horas fazendo a SINSOCIÓLOGOS-RS – Rua Vigário José Inácio, 303 3ºandar – tel. 51 – 30627732
  4. 4. FUNDADO EM 27/06/1986 Código Sindical 88865simples divisão de turmas por horários seriam 851 professores(as). Precisamos ainda questionar os contratos temporários dos 225 professores(as) de Sociologia que simplesmente representa três vezes mais que o previsto noconcurso público. Conforme a fala do presidente do SINSOCIOLÓGOS César Schütz,“os professores e professoras com contrato temporário se torna um educador eeducadora de segunda classe, pois não tem a estabilidade o acesso ao planocarreira entre outros direitos”. CONCLUSÃO: Estamos primados pelo diálogo com a Seduc. Para solucionar a questõesdependentes. Não descartamos possibilidade de entrar com instrumento legal quefaz valer nossos direitos. A tarefa histórica da atual gestão é reivindicar o cumprimento do quedetermina a lei Federal 11.684 de 2008. Para tanto, precisamos que todos e todasparticipem em algum momento dessa mobilização. O que preocupa a direção do SINSOCIÓLOGOS é a baixa participação epresença de nossa categoria nessa atividade. Essa é uma luta do conjunto dasSociólogas e Sociólogos, e uma das variáveis para a vitória depende da participaçãoe mobilização de todos e todas.PROJETO DE LEI Nº 1.446, DE 2011 QUE ALTERA LEI nº 6.888, de10 de dezembro de 1980. O projeto de lei de autoria do Deputado Chico Alencar (PSOL-RJ), pretendealterar a lei que dispõe sobre o exercício da profissão de Sociólogo (Lei nº6.888/80), para garantir que o ensino de Sociologia seja apenas ministrado porprofissionais habilitados, nos termos da legislação em vigor. Para tanto, prevê quesomente poderão ministrar aulas de Sociologia os licenciados em Sociologia,Sociologia e Política ou Ciências Sociais, com licenciatura plena obtida emestabelecimento de ensino superior, oficial e reconhecido. Assim, fica garantida acompetência para o exercício do magistério - ensino de Sociologia - aos SINSOCIÓLOGOS-RS – Rua Vigário José Inácio, 303 3ºandar – tel. 51 – 30627732
  5. 5. FUNDADO EM 27/06/1986 Código Sindical 88865profissionais acima referidos. Na lei nº 6.888/1980 ficou regulamentada a profissão de Sociólogo e uma dascompetências do Sociólogo é o ensino de Sociologia geral ou especial nosestabelecimentos de ensino. Como a lei não previu ao Sociólogo exclusividade nacompetência do magistério das disciplinas de Sociologia ocorre que, tanto noensino médio como no ensino superior, os Sociólogos vêm gradativamenteperdendo a cátedra de Sociologia para profissionais de outras áreas sem a devidaformação na matéria. A SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DO RS ABRE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO. EDITAL DE ABERTURA N° 01/2012 A Secretaria da Saúde do RS abre contratação emergencial para 474 vagas,sendo uma vaga para Sociólogo com carga horária de 30 horas com salário inicialde R$ 2.723,52. Função: SOCIÓLOGO. Requisitos: Curso Superior em Sociologia Descrição Sintética: Planeja, organiza, coordena, supervisiona, executa eavalia programas de natureza educativa, de promoção da saúde mental e deascensão social, nas áreas de saúde; realiza diagnóstico de perfil psicossocial deindivíduos e comunidades; realiza ou participa do atendimento individual depessoas; promove a participação social nos programas de saúde; participa daelaboração de normas e procedimentos na área, bem como participa dodesenvolvimento de recursos humanos. Realiza outras atividades correlatas. Oatendimento aos candidatos na sede da Fundação La Salle dar-se-á de segunda a SINSOCIÓLOGOS-RS – Rua Vigário José Inácio, 303 3ºandar – tel. 51 – 30627732
  6. 6. FUNDADO EM 27/06/1986 Código Sindical 88865sexta-feira, das 08h30min às 12h e das 13h30min às 18h, nas formas: a) Presencial: Av. Getúlio Vargas, 5524, Centro, Canoas/RS, Prédio 14, Sala 141; b)Por telefone - (0xx51) 3031-3169 - Sede da Fundação La Salle; c) Por e-mail - selecao@fundacaolasalle.org.br A inscrição será realizada pela internet, no endereçowww.fundacaolasalle.org.br/concursos. O candidato deverá procurar o link deinscrição deste edital e preencher as informações solicitadas, bem como afunção/lotação pretendidas, sendo gerado, após isso, um boleto bancário parapagamento. O SINSOCIÓLOGOS ENVIOU UM OFICÍO PARA A REALIZADORA DOCONCURSO ALERTANDO SOBRE A FORMAÇÃO DE SOCIÓLOGO, POIS ELATAMBÉM SE DÁ NO CURSO SUPERIOR DE CIÊNCIAS SOCIAIS. DIREÇÃO EXECUTIVA DO SINSOCIÓLOGOS DIRETORIASPresidente: César Henrique Schütz Diretor da Comissão de Políticas Públicas eVice Presidente: Luana Borges da Silveira Indicadores Sociais: Adão Clóvis Martins dosSecretário Geral: Alexandre Prinzler Karpowicz Santos. Suplente: Áurea Terezinha Tomatis1º Secretaria: Renata Pittas Di Giorgio Petersen.Tesoureiro Geral: Luis Felipe Persson Diretor da Comissão de Educação e Cidadania:1º Tesoureiro: Éder Luiz Lazzarotto Ivan Penteado Dourado. Diretora da Comissão de Saúde e MeioREDAÇÃO DESTA EDIÇÃO DO BOLETIM: Ambiente: Gabriela Pinheiro Machado Brochner.César Henrique Schütz e Luana Borges da Silveira SINSOCIÓLOGOS-RS – Rua Vigário José Inácio, 303 3ºandar – tel. 51 – 30627732

×