O Grande Irmão

2.743 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.743
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Grande Irmão

  1. 2. Introdução <ul><li>A proposta do trabalho é mostrar como a visão futurista de George Orwell mostrada no livro “1984” pode ser (e é utilizada) nos dias atuais. Hoje somos vitimas do conceito “Big Brother”, conceito este que nasceu junto com o livro em 1948, onde um partido totalitário toma conta de um megabloco da Oceania, impondo regras e ordens aos civis daquela região. </li></ul><ul><li>A minha missão é mostrar como a tecnologia da informação pode caminhar junto com o Governo, ajudando em suas tomadas de decisões e na sua modernização. </li></ul>
  2. 3. O Livro <ul><li>O romance “1984” foi escrito por George Orwell no ano de 1948, dois anos antes de sua morte, a história se passa no “futuro” ano de 1984 na Pista nº1 , o nome da Inglaterra sob o regime totalitário do Grande Irmão e sua ideologia IngSoc, parte integrante da Oceania, um dos três megablocos que constituía o mundo. A transformação da realidade é o tema principal de “1984”. Disfarçada de democracia a Oceania vive um totalitarismo desde que o partido IngSoc chegou ao poder sob a conduta do onipresente Grande Irmão. </li></ul>
  3. 4. A Tecnologia no Livro <ul><li>As “Teletelas”, nome dado a um dispositivo precário, através do qual o Estado vigiava cada cidadão, eram como um televisor bidirecional, onde permitia tanto ver quanto ser visto, era impossível prever se o Grande Irmão estava ou não observando os cidadãos, nele o “papel de parede” (quando nenhum programa estava sendo exibido) era a figura inanimada do líder máximo, o Grande Irmão. </li></ul>
  4. 5. O Conceito “Big Brother” na Atualidade <ul><li>Atualmente ligado à idéia de uma casa fechada com seus participantes lutando por um prêmio. </li></ul><ul><li>Ao mesmo tempo em que o povo vigia, ele se sente cada vez mais vigiado, sendo politicamente controlado por contas bancarias, planilhas de consumo de água e luz, por declarações de imposto de renda, por órgãos de segurança, pelo sistema de educação, este último tenta impedir que o povo se capacite para entender os seus governantes, já que á informação é a arma mais poderosa para se ter o domínio do poder. </li></ul>
  5. 6. O Monitoramento Eletrônico de Presos <ul><li>O Que é? </li></ul><ul><li>Como funciona? </li></ul><ul><li>http://www.sabereletronica.com.br/secoes/leitura_noticia/144 </li></ul>
  6. 7. A Tecnologia <ul><li>Pode ser feito de por meio de três tecnologias diferentes: </li></ul><ul><li>Sistemas Passivos </li></ul><ul><li>Sistemas Ativos </li></ul><ul><li>Sistemas de Posicionamento Global (GPS). </li></ul>
  7. 8. Tornozeleira Pulseira
  8. 9. Conclusão <ul><li> O Grande Irmão, tratado no livro, nos faz pensar da nossa ânsia por informação, essa é a arma mais poderosa que o ser humano tem, não existe governo se esse não tem em suas mãos o povo, não existe guerra se os adversários não se conhecerem. A tecnologia é apenas a aliada a essa nova era como por exemplo, podemos citar a grande movimentação que está ocorrendo no Irã, onde o maior apoio que os estudantes tem é a internet. </li></ul><ul><li>O monitoramento eletrônico não é em definitivo a solução que irá acabar com todos os problemas enfrentados pelo sistema carcerário nacional </li></ul>
  9. 10. Levantamento Bibliográfico inicial <ul><li>Sites: </li></ul><ul><li>COLON, Leandro. “Comissão aprova monitoramento de presos.” Disponível em: < http://g1.globo.com/Noticias/Politica/0,,MUL26756-5601,00.html>. - Acesso em: 14 mar. 2009 </li></ul><ul><li>“ O monitoramento eletrônico de presos é eficaz?” Disponível em: <http://revistadasemana.abril.com.br/edicoes/31/polemica/materia_polemica_275279.shtml?page=2>. - Acesso em 14 mar. 2009 </li></ul><ul><li>“ Regulamento da Corte Interamericana dos Direitos Humanos.” Disponível em: <http://www.corteidh.or.cr/regulamento.pdf>. - Acesso em: 15 mar. 2009 </li></ul><ul><li>“ Declaração dos Direitos Humanos.” Disponível em: <http://www.onu-brasil.org.br/documentos_direitoshumanos.php>. - Acesso em: 15 mar. 2009 </li></ul><ul><li>“ Monitoramento Eletrônico: estudo CNPCP.” Disponível em: < http://www.carceraria.org.br/fotos/fotos/admin/Sistema%20Penal/Justia%20e%20Cidadania/MONITORAMENTO%20ELETRONICO%20ESTUDO%20CNPCP%20MJ.pdf>. - Acesso em: 21 mar. 2009 </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>“ Resumo do Livro 1984.” Disponivel em: <http://www.duplipensar.net/george-orwell/1984-orwell-resumo.html.> - Acesso em: 14 mai. 2009 </li></ul><ul><li>BLACK, Matt; SMITH, Russell G. “Electronic monitoring in the criminal justice system” Disponível em: <http://www.aic.gov.au/publications/tandi2/tandi254t.html > - Acesso em: 28 mai. 2009 </li></ul><ul><li>GUIMARÃES, Renato “Google - O Grande Irmão?” Disponível em: <http://www.amalgama.blog.br/03/2009/google-o-grande-irmao/>. - Acesso em: 01 mai. 2009 </li></ul>
  10. 11. <ul><li>ORWELL, George. 1984. 8. ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1975. </li></ul>
  11. 12. “ Guerra é Paz Liberdade é Escravidão Ignorância é Força”
  12. 13. FIM

×