By Verinh@
Estamos nos aproximando do Natal. Já
começam a aparecer nas casas,
varandas e ruas as árvores de Natal;
umas grandes, outr...
Remorso é uma dor que fica lá no
    cantinho da consciência da gente
      depois de ter feito alguma coisa
       errada...
Engraçado, tem pessoas que
conseguem perdoar os outros, mas
não conseguem perdoar a si
mesmas. Então, ficam sofrendo. E o
...
Nesse Natal, quando você montar
        sua árvore ou quando você
    encontrar alguma com as luzes
piscando, siga o conse...
Texto: Pe. Genésio Zeferino da Silva Filho


  Formatação: Vera Lúcia de Siqueira


     verinhaescorpios@gmail.com


    ...
Por Que As Luzes De Natal Piscam Verinha
Por Que As Luzes De Natal Piscam Verinha
Por Que As Luzes De Natal Piscam Verinha
Por Que As Luzes De Natal Piscam Verinha
Por Que As Luzes De Natal Piscam Verinha
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Por Que As Luzes De Natal Piscam Verinha

2.068 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.068
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
26
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
32
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Por Que As Luzes De Natal Piscam Verinha

  1. 1. By Verinh@
  2. 2. Estamos nos aproximando do Natal. Já começam a aparecer nas casas, varandas e ruas as árvores de Natal; umas grandes, outras menores, umas sofisticadas, outras simples, mas todas lindas e reluzentes. As luzes da árvore de Natal sempre me fascinaram. Quando era criança, ficava pensando: por que elas piscam? Uma vez, eu vi uma verdinha muito bonita e quis apertá-la para ver se ficava só acesa. Coisa de criança! Ela queimou-se e nunca mais acendeu. Eu fiz de tudo para que ela acendesse de novo, mas, teimosa e pirracenta, nem deu bola. Fiquei com muita pena. Olhei para ela apagada, com remorso.
  3. 3. Remorso é uma dor que fica lá no cantinho da consciência da gente depois de ter feito alguma coisa errada. O remorso é teimoso e pirracento igual à luzinha que queimou. Ele se instala dentro da gente e fica lá remoendo. Ele só não gosta é do perdão. Quando o perdão chega, o remorso vai embora. Então nossos olhinhos piscam felizes iguais às luzinhas de Natal. Acho que é por esse motivo que eu gosto delas. Elas me fazem lembrar o perdão. Quando a gente perdoa, tudo muda. Seja quando a gente perdoa alguém, seja quando a gente se perdoa.
  4. 4. Engraçado, tem pessoas que conseguem perdoar os outros, mas não conseguem perdoar a si mesmas. Então, ficam sofrendo. E o remorso fica lá no cantinho, machucando, tirando a alegria. Acho que é por isso que as luzinhas piscam no Natal, para nos alertar que é tempo de perdoar, de jogar fora a mágoa, o rancor, o ódio... É tempo de desinstalar o remorso. As luzinhas trabalham nos alertando e não cobram nada. Elas se acendem e apagam generosamente. É a forma que elas têm de se doar. E são felizes!
  5. 5. Nesse Natal, quando você montar sua árvore ou quando você encontrar alguma com as luzes piscando, siga o conselho: perdoe alguém e se doe a alguém. Você verá como as luzinhas ficam alegres e brilham com mais intensidade, com mais beleza ainda. Não perca tempo, faça uma luzinha brilhar neste Natal!
  6. 6. Texto: Pe. Genésio Zeferino da Silva Filho Formatação: Vera Lúcia de Siqueira verinhaescorpios@gmail.com Receba belos slides clicando: Castelo dos Sonhos

×