Desafios em metodologias e ferramentas de participação
online e o engajamento cívico no século XXI
Seminário Novas Ferrame...
Imagem: Democracy OS
Pesquisa
Abordagem sistêmica
• Entrevistas semi estruturadas para captar a visão dos gestores;
• Mapeamento e análise inst...
Ativismo orientado a causas e formação das
preferências
Participação, democracia e
transformação social
Consultas públicas interativas
Consultas públicas interativas
Design de interação
Usabilidade
Princípios do design de interação
Mapeamento
●
Tema e público da consulta;
●
Natureza (portaria, regulamentação de lei, anteprojeto, etc);
●
Objetivo da con...
Consultas do Ministério da
Justiça
Classificação indicativa
Consulta
Número de comentários Número de visitas
Marco Civil da Internet 2000* 18.500
Classificação Indicativa 2305 13.500...
Consultas do Ministério da
Cultura
Consulta
Início Fim Número de
contribuições
Modernização da Lei de Direitos
Autorais
14/6/2010 31/8/2010 7863
Consulta Púb...
Consultas da Secretaria
Geral da Presidência e
órgãos parceiros
Consulta
Início Fim Número de
contribuições
Política Nacional de Participação
Social
18/7/2013 6/9/2013 700*
Net Mundial 2...
Consultas abertas
Análise intrínseca e teste de usabilidade
Teste exploratório
Perfil dos voluntários
Interação dos jovens
1) Se cadastrar no site.
2) Encontrar o trecho sobre “dados sensíveis” da consulta do anteprojeto de ...
Rupturas de comunicabilidade
Socorro!
Cadê?
Onde estou?
Por que não funciona?
Para mim está bom…
Desisto.
Vai de outro jei...
Público engajadpo
Principais pontos
• Destaque para a ausência do eixo de fiscalização na
consulta da regulamentação do Ma...
Discussão
Principais pontos
• Apenas com diferentes pontos de vista foi possível obter uma visão
global dos modelos concei...
Roteiro para consultas interativas
Visão sistêmica
Diferentes níveis de participação
Diferentes níveis de participação
Preparar a participação
Desafios
• Engajamento
• Promover processos de inovação orientados
por estratégia de design;
• Ferramentas orientadas por ...
Engajamento
Engajamento
Participação para além da internet
Representação líquida
Parlamento a serviço do povo
TICs no Brasil
Domicílios com internet
Telefone celular
Aquisição de computador
0 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100
2005
2010...
Inclusão Digital via dispositivos móveis
Repensar a internet, a inclusão e a participação
social sob a ótica da computação ubíqua
Obrigada!
Adriana Veloso Meireles
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi

233 visualizações

Publicada em

Apresentação Seminário Novas Ferramentas e Metodologias para Participação Social

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
233
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século xxi

  1. 1. Desafios em metodologias e ferramentas de participação online e o engajamento cívico no século XXI Seminário Novas Ferramentas e Metodologias para Participação Social Brasília 3 de dezembro de 2015 Adriana Veloso Meireles Mestre em Design e Doutoranda Ciência Política – UnB dricaveloso.wordpress.com
  2. 2. Imagem: Democracy OS
  3. 3. Pesquisa Abordagem sistêmica • Entrevistas semi estruturadas para captar a visão dos gestores; • Mapeamento e análise instrínseca de consultas interativas já realizadas no âmbito do Governo Federal brasileiro; • Teste de usabilidade de caráter exploratório para captar a percepção de jovens; • Análise dos testes a partir do método de avaliação de comunicabilidade para verificar o diálogo entre as plataformas e as pessoas; • Questionário online para captar a percepção dos ativistas.
  4. 4. Ativismo orientado a causas e formação das preferências Participação, democracia e transformação social
  5. 5. Consultas públicas interativas
  6. 6. Consultas públicas interativas
  7. 7. Design de interação
  8. 8. Usabilidade
  9. 9. Princípios do design de interação
  10. 10. Mapeamento ● Tema e público da consulta; ● Natureza (portaria, regulamentação de lei, anteprojeto, etc); ● Objetivo da consulta (referendar uma decisão já tomada, construir um projeto de lei ou instrução normativa, revisar leis, buscar opinião das pessoas); ● Metodologia de consulta (por etapas, debate estruturado, comentário por parágrafo, voto de prioridades, concordar/discordar, wiki survey); ● Tecnologia adotada (Wordpress, Noosfero, integração com redes sociais, uso de recursos multimídia); ● Interface e modelo conceitual de participação (metodologia de interação, navegabilidade, usabilidade, formatos e níveis de participação, levando em conta os princípios de design de interação e critérios ergonômicos de usabilidade); ● Resultados em termos de; participação quantitativa e qualitativa, aplicabilidade dos resultados, feedback aos participantes, implementação de política pública.
  11. 11. Consultas do Ministério da Justiça
  12. 12. Classificação indicativa
  13. 13. Consulta Número de comentários Número de visitas Marco Civil da Internet 2000* 18.500 Classificação Indicativa 2305 13.500 Proteção de Dados Pessoais 795 14 mil Código do Processo Civil 2500 20 mil Código Comercial 149 29.179 Sistema Público de Ouvidorias 461 12.979 Consultas do Ministério da Justiça
  14. 14. Consultas do Ministério da Cultura
  15. 15. Consulta Início Fim Número de contribuições Modernização da Lei de Direitos Autorais 14/6/2010 31/8/2010 7863 Consulta Pública das Metas do Plano Nacional de Cultura 21/9/2011 20/10/2011 645 Plano Setorial de Artesanato 22/8/2014 9/10/2014 208 Plano Setorial de Design 9/10/2014 23/10/2014 35 Plano Setorial de Moda 29/10/2014 12/11/2014 88 Plano Setorial de Arquivos 29/10/2014 05/12/2014 32 comentários e 62 votos Consultas do Ministério da Cultura
  16. 16. Consultas da Secretaria Geral da Presidência e órgãos parceiros
  17. 17. Consulta Início Fim Número de contribuições Política Nacional de Participação Social 18/7/2013 6/9/2013 700* Net Mundial 20/3/2014 17/4/2014 295 e 281.529 votos Plano Institucional de Dados Abertos e Espaciais do Ministério da Justiça 15/4/2014 2/5/2014 ND Minuta da resolução que institui o GT Sociedade Civil - Parceria para o Governo Aberto 2/4/2014 5/5/2014 68 Projeto de Lei Orçamentária 2015 16/5/2014 16/6/2014 ND Manual do Ofertante do Software Público 16/6/2014 16/7/2014 ND Consultas da SGP
  18. 18. Consultas abertas Análise intrínseca e teste de usabilidade
  19. 19. Teste exploratório Perfil dos voluntários
  20. 20. Interação dos jovens 1) Se cadastrar no site. 2) Encontrar o trecho sobre “dados sensíveis” da consulta do anteprojeto de Proteção de Dados Pessoais. 3) Comentar um trecho do texto da consulta do anteprojeto de Proteção de Dados Pessoais. 4) Encontrar o debate sobre “tarifa zero”, ou “zero rating” na consulta da regulamentação do Marco Civil da Internet. 5) Criar uma nova pauta na consulta sobre a Regulamentação do Marco Civil da Internet. 6) Comentar uma contribuição já existente da consulta da regulamentação do Marco Civil da Internet. 7) Concordar ou discorde de uma contribuição de outro participante da consulta da regulamentação do Marco Civil da Internet. 8) Compartilhar sua contribuição no Facebook ou Twitter. http://participacao.mj.gov.br
  21. 21. Rupturas de comunicabilidade Socorro! Cadê? Onde estou? Por que não funciona? Para mim está bom… Desisto. Vai de outro jeito.
  22. 22. Público engajadpo Principais pontos • Destaque para a ausência do eixo de fiscalização na consulta da regulamentação do Marco Civil da Internet; • Excesso de telas para chegar ao debate; • Beleza da interface; • Palavras “participe” e “comente” direcionando para a mesma ação, gerando confusão e dúvida;
  23. 23. Discussão Principais pontos • Apenas com diferentes pontos de vista foi possível obter uma visão global dos modelos conceituais de interação; • O caratér evolutivo ou de continuidade na promoção das consultas é fraco; • Por outro lado, há abertura para colaboração; • As metodologias e modelos conceituais de interação para participação não estão consolidados entre os jovens; • Modelos conceituais baseados na tecnologia e não no design.
  24. 24. Roteiro para consultas interativas Visão sistêmica
  25. 25. Diferentes níveis de participação
  26. 26. Diferentes níveis de participação
  27. 27. Preparar a participação
  28. 28. Desafios • Engajamento • Promover processos de inovação orientados por estratégia de design; • Ferramentas orientadas por metodologia e não por tecnologia; • Sistemas para democracia digital.
  29. 29. Engajamento
  30. 30. Engajamento
  31. 31. Participação para além da internet
  32. 32. Representação líquida
  33. 33. Parlamento a serviço do povo
  34. 34. TICs no Brasil Domicílios com internet Telefone celular Aquisição de computador 0 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 2005 2010 2013
  35. 35. Inclusão Digital via dispositivos móveis
  36. 36. Repensar a internet, a inclusão e a participação social sob a ótica da computação ubíqua
  37. 37. Obrigada! Adriana Veloso Meireles

×