Introdução à arte moderna2015

353 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
353
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Introdução à arte moderna2015

  1. 1. Conceitos Fundamentais da História da Arte Arte Acadêmica (final do séc. XIV ao final do séc. XIX) Arte Moderna (séc. XX - 1901 até a déc. de 50)
  2. 2. Arte Acadêmica: Imitação/cópia da realidade (igual ao “real”). O autor (pintor, escultor, etc.) segue/ “obedece” sempre as regras acadêmicas:
  3. 3. 1. Anatomia (estudo das proporções do corpo humano)
  4. 4. “Davi” - Michelangelo
  5. 5. “Pietá” Michelangelo “Pietá” - Michelangelo
  6. 6. Moisés
  7. 7. 2. Profundidade (sobreposição de imagens ou perspectiva)
  8. 8. “Escola de Atenas” – Rafael Sanzio
  9. 9. “Dama com Unicórnio” – Rafael Sanzio
  10. 10. 3. Luz e Sombra (sensação de volume)
  11. 11. “Marat Assassinado” Jacques-Louis David
  12. 12. “Davi com cabeça de Golias” Caravaggio
  13. 13. Juan Francisco Casas
  14. 14. Kumi Yamashita
  15. 15. 4. Composição (organização dos elementos de uma imagem)
  16. 16. “Crucificação de São Pedro” Caravaggio
  17. 17. “Deposição de Cristo” Caravaggio
  18. 18. “Deposição de Cristo” Rogier van Der Weyden
  19. 19. Regra dos Terços (enquadramento)
  20. 20. 5.Teoria da Cor (são utilizadas de acordo com as convenções/simbolismo do estilo artístico – época/ período ou religião).
  21. 21. Arte Moderna: Representação da realidade a partir da interpretação do autor (pintor, escultor, etc.) que pode ou não se parecer com o “real”.
  22. 22. O artista moderno não segue nenhuma regra convencional pois busca liberdade de expressão e defende seus próprios ideais ou do movimento artístico (época/período) que faz parte.
  23. 23. Toda vez que um movimento artístico se inicia, é criado um manifesto (documento que contém todas as informações sobre a nova arte) que é publicado nos principais jornais da época (para divulgação).
  24. 24. Exemplo de Arte Acadêmica Título: “A baronesa de Rothschild” Autor: Jean-Auguste Dominique Ingres Estilo: Neoclassicismo séc. XIX
  25. 25. Arte Acadêmica Título: “O cais de São Marcos” Autor: Canaletto Estilo: Barroco séc. XVIII
  26. 26. Exemplo de Arte Moderna Título: “O chapéu de penas preto” Autor: Gustav Klimt (precursor) Estilo: Art Nouveau final do séc. XIX
  27. 27. Arte Moderna Título: “Noite Estrelada” Autor: Van Gogh (precursor – final do séc. XIX)
  28. 28. Uma obra de arte além de poder ser classificada como Acadêmica ou Moderna também pode ser: Figurativa ou Abstrata
  29. 29. Figurativa: Imagem (bi ou tridimensional: pintura, escultura, desenho, etc.) onde é possível reconhecer/identificar seu(s) elemento(s) (o que se pode ver na imagem) sem interferência de “interpretações pessoais” (“Eu acho que é...”).
  30. 30. Toda arte acadêmica é figurativa mas nem toda arte figurativa é acadêmica (pode ser moderna).
  31. 31. A arte moderna também pode ser abstrata (conceito oposto à figuração): é toda imagem (bi ou tridimensional) onde não é possível reconhecer ou identificar seu(s) elemento(s), o que não significa que não possua uma forma.
  32. 32. Exemplo de Arte Moderna Abstrata Título: “Primeira aquarela abstrata” Autor: Wassily Kandinsky (1910)

×