Economia das empresas_aula_1

1.042 visualizações

Publicada em

Economia

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.042
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
38
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Economia das empresas_aula_1

  1. 1. OBJETIVO DO CURSO Estudar os ECONOMIA DAS EMPRESAS princípios microeconômicos aplicados nos estudos sobre o comportamento dos Maria Olívia de Souza Ramos agentes econômicos O MERCADO Conjunto de compradores eDEMANDA E OFERTA vendedores que, através das trocas, têm potencial para negociar.
  2. 2. A GEOGRAFIA DOS MERCADOS COMPETIÇÃO NOS MERCADOS Ao definir mercado, Nos mercados de concorrência imperfeita, precisamos escolher a compradores ou vendedores individuais têm área geográfica em que alguma influência sobre o preço do produto. compradores e Nos mercados de concorrência perfeita, vendedores se localizam compradores ou vendedores individuais têm de aceitar o preço como dado.OFERTA, DEMANDA E DEFINIÇÃO DEMANDADE MERCADO A quantidade de qualquer produto demandadaO modelo de oferta e por um indivíduo é a quantidade total que eledemanda foi criado para decidiria comprar a um determinada preço.explicar como os preçossão determinados em A quantidade de qualquer produto demandadamercados perfeitamente pelo mercado é a quantidade total que acompetitivos totalidade dos compradores do mercado decidiria comprar a um determinado preço.
  3. 3. A LEI DA DEMANDA A CURVA DE DEMANDA A lei da demanda estabelece A curva de Preços que quando o preço de um demanda relaciona, bem se eleva e todas as para um coisas permanecem determinado inalteradas, a quantidade período de tempo, demandada dessa bem as quantidades diminui e vice-versa. demandadas a preços alternativos Quantidades demandadasOS DETERMINANTES DA VARIAÇÕES DA QUANTIDADEDEMANDA DEMANDADA Preços A elevação do preço nos PREÇOS desloca para a esquerda ao P2 longo da curva de demanda RENDA A queda do preço nos desloca para a direita ao longo da GOSTOS P1 curva de demanda PREÇOS DOS BENS RELACIONADOS P3 FATORES DEMOGRAFICOS Q2 Q1 Q3 Quantidades
  4. 4. DESLOCAMENTOS DA CURVA DE DESLOCAMENTOS DA CURVA DEDEMANDA Toda curva de demanda se desloca para DEMANDA a direita quando: Toda curva de demanda se desloca para a esquerda quando:Preço •Renda ou a riqueza aumenta Preço Renda ou a riqueza diminui O preço do bem substituto cai •O preço do bem substituto aumenta O preço do bem complementar sobe •O preço do bem complementar cai A expectativa de preço diminui População decresce •A expectativa de preço se eleva Os gostos se deslocam contra o bem •População cresce •Os gostos se deslocam a favor do bem D2 D1 D1 D2 Quantidade Quantidade A LEI DA OFERTA A CURVA DE OFERTA A lei da oferta determina A curva de oferta Preços que, quando o preço de um relaciona, para um bem se eleva e todas as determinado outras coisas permanecem período de tempo, inalteradas, a quantidade as quantidades ofertada do bem também se ofertadas a preços eleva. alternativos Quantidades ofertadas
  5. 5. DESLOCAMENTOS DA CURVA DEOS DETERMINANTES DA OFERTAOFERTA S1 Preço S2 Toda curva de oferta se desloca para a PREÇOS direita quando: •Preços dos insumos caem TECNOLOGIA •Quando o preço de bens alternativos caem •Quando aumenta a produtividade •Aumento da capacidade produtiva (entrada de novas firmas) PREÇO DOS INSUMOS PREÇOS DOS BENS SUBSTITUTOS Quantidade ofertada O EQUILÍBRIO DE MERCADOO MECANISMO DE MERCADO Denomina-se mecanismo de mercado a Preço Oferta tendência, em mercados livres , de que o preço se Excesso modifique até que não existam mais nem excesso e nem escassez de mercadorias. p1 p O mercado tende sempre para o equilíbrio. p2 Escassez Demanda q Quantidade
  6. 6. ELASTICIDADE PREÇO DA EQUILÍBRIO DE MERCADO DEMANDA O equilíbrio é uma A elasticidade preço situação que, uma vez da demanda mede a ∂q atingida, não se altera a sensibilidade das q menos que haja mudança quantidades η = de algo que se tenha demandadas às ∂p admitido como constante. variações dos preços. pCLASSIFICAÇÃO DOS BENS ELASTICIDADE RENDA DA DEMANDA ∂q SEGUNDO A ELASTICIDADE PREÇO DA A elasticidade renda da DEMANDA, OS BENS SÃO: demanda mede a q η reação da quantidade ELÁSTICOS: η > 1 = INELÁSTICOS: η < 1 demandada a uma variação relativa na r ∂y ELASTICIDADE UNITÁRIA: η = 1 renda. y
  7. 7. ELASTICIDADE PREÇO CRUZADACLASSIFICAÇÃO DOS BENS DA DEMANDASegundo a elasticidade renda, os bens são: A elasticidade preço cruzada da demanda ∂q x mede a reação relativa Normais: 0< η < 1 da quantidade qx demandada de uma η = Superiores: η > 1 dada mercadoria provocada pela x,y ∂p y variação no preço de Inferiores: η < 0 uma outra mercadoria p yCLASSIFICAÇÃO DOS BENSSEGUNDO A ELASTICIDADE CRUZADA, OSBENS SÃO:SUBSTITUTOS: η > 0COMPLEMENTARES: η < 0INDEPENDENTES: η = 0

×