Modulo 1 (intrudução)

730 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
730
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
24
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
93
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Modulo 1 (intrudução)

  1. 1. SNIPER MANUAL, for Airsoft aplications | made in Portugal by BOWMAN | SET 2011 1 SNIPER MANUALFOR AIRSOFT MODULO I INTRoDUÇcaÃO AO SNIPING
  2. 2. SNIPER MANUAL, for Airsoft aplications | made in Portugal by BOWMAN | SET 2011 2 INTRUDUÇca O MODULO I INTRoDUÇcaO
  3. 3. SNIPER MANUAL, for Airsoft aplications | made in Portugal by BOWMAN | SET 2011 3 INDICE SOBRE O MANUAL…………………………………………… 4 HISTÓRIA…………………………………………………………… 5 MODUS OPERANDIS………………………………………… 7 -Definição de Sniper em Airsoft…………… 7 -Sniper e Sharpshooter…………………………………… 8 -Conhecimentos do Sniper……………………………… 9 REFLEXÃO……………….………………………………………… 11
  4. 4. SOBRE O MANUAL ! Este Manual é fruto da experiência pessoal de anos de alguns jogadores de Airsoft na posição de Sniper, e do conhecimento adquirido no estudo de várias Escolas de Snipers Militares. Todos os valores apresentados foram testados e comprovados. Nenhuma técnica, solução ou conselho é dado de forma inconsciente ou sem ter sido submetida a testes pelo autor (com excepção de algumas técnicas de 1º socorros, que foram adquiridos na formação obtida pelo autor, mas nunca chegaram a ser experimentadas). ! Este manual apoia-se em factos, e todas as suposições estão bem definidas como tal. ! É permitida a reprodução integral ou parcial deste Manual ! Serve este Manual os propósitos de informar, ajudar e aconselhar tanto os novos jogadores na posição de Sniper como os mais experimentados. ! Todas as técnicas e ideias foram simplificadas ao máximo, a fim de ajudar a sua compreensão. Este não é um Manual de técnicas avançadas, embora consiga cobrir todas as áreas úteis de uma forma explicita e com alguma profundidade. ! Espero que este Manual vos seja útil, e que vos ajuda a alcançar os vossos objectivos na posição de Sniper de Airsoft. O Autor: Bernardo Venâncio (BOWMAN) SNIPER MANUAL, for Airsoft aplications | made in Portugal by BOWMAN | SET 2011 4
  5. 5. HISTORIA ! Para percebermos a filosofia e método de actuação de um sniper, temos primeiro de revolver o passado e perceber de que forma surgiram, como actuavam e o próprio significado da palavra “Sniper”. Da mesma forma, qualquer Sniper que se preze, tem de conhecer a história que derivou esta forma especifica de actuar, seja ele um Sniper militar, seja um jogador de Airsoft. ! A primeira vez que a palavra foi usada, no sentido de chamar um atirador furtivo, foi em 1824. A palavra teve origem em 1770 pelos soldados Britânicos na India, e era usado para descrever a caça a um pássaro extremamente difícil de apanhar chamado “snipe”. Aqueles que conseguiam o prodígio eram chamados de “Snipers”, palavra derivada de “Snipe Killers”, e que criou o verbo “to snipe”. SNIPER MANUAL, for Airsoft aplications | made in Portugal by BOWMAN | SET 2011 5 Snipe, pássaro esquivo O SNIPE O snipe é um pássaro que se camufla muito bem no seu meio, e com uma audição muito aguçada. É muito difícil apanhar um desprevenido, ou sequer de o ver. O seu padrão de voo errático torna-o praticamente impossível de o apanhar no ar, sendo que a única maneira concreta de o fazer é pela arte e perícia do atirador nas técnicas de camuflagem, observação, aproximação e tiro de precisão.
  6. 6. ! Os primeiros Snipers da História, no sentido militar da palavra, apareceram na Segunda Guerra Boer, em Africa. Eram chamados de “Lovat Scouts”, do Regimento de Escoceses das Terras Altas (Scotish Highlanders Regiment). A unidade foi criada por Lord Lovat, um Lider de um Clã Escocês e Líder militar de grande importância. Eram repetidamente descritos como “half wolf and half jackrabbit.” Foi esta unidade que inventou o Ghillie Suit. Não eram conhecidos por tiros especialmente longos, mas sim pela qualidade de se infiltrarem em qualquer terreno para conseguir o disparo desejado. A sua principal tarefa era a de reconhecimento, e não a de entrar em combate. ! ! Posteriormente, os Sovié- ticos, durante a Segunda Guerra Mundial, evoluíram mais uma vez a táctica Sniper, nomeadamente durante a batalha por Estaline- grado. Foi aqui onde se deram os “últimos retoques” á arte Sniper, principalmente em áreas urbanizadas. Pouco da essência se tem mudado nesta arte, depois destes dois acontecimentos originários. ! Actualmente, e devido ao terreno do moderno teatro de operações, os Sniper recorrem mais a tiros de extrema longa distancia que a técnicas de camuflagem muito elaboradas, para efectuar o disparo. Não é, contudo, regra, e depende da área de operações. SNIPER MANUAL, for Airsoft aplications | made in Portugal by BOWMAN | SET 2011 6 Snipers em Estalinegrado, WWII
  7. 7. MODUS OPERANDIS Definição de Sniper em Airsoft Para a maioria, o Sniper é qualquer um que possua uma Bolt Action, que use um Gillie Suit ou até que equipe uma arma com uma mira óptica. Para mim, um Sniper não pode ser definido de uma forma tão superficial. É um Sniper todo aquele que seja capaz das seguintes acções: -Tiro selectivo; -Tiro furtivo; -Recolha de Informação. Estas são, para mim, as reais valências que definem um Sniper. De igual forma, este não está preso á ideia preconcebida que só pode usar uma Bolt Action. Mas é verdade que esta arma demonstra ser a mais útil no arsenal de um Sniper, sendo portanto a mais apreciada e a mais usada. ! Um Sniper opera em Binómio, sendo que o segundo elemento pode ser um segundo Sniper ou um Spoter. Um ajudará o Sniper a tomar decisões e a avaliar situações. Normalmente usa uma AEG para melhor se defenderem em caso de ataque. É este o elemento responsável pela protecção do Binómio. ! O Binómio também pode ser constituído por 2 Snipers, que terão funções idênticas, mas patentes diferentes. SNIPER MANUAL, for Airsoft aplications | made in Portugal by BOWMAN | SET 2011 7
  8. 8. Sniper e Sharpashooter ! É muito comum confundir-se Atirador Furtivo com Atirador Especial ou em Inglês, Sniper e Sharpshooter respectivamente. Sharpshooter: Em Português, Atirador Especial. É um soldado ou jogador com algumas capacidades técnicas e materiais que lhe permitam executar tiros de maior alcance e precisão que o soldado ou jogador regular. Serve, então, um propósito de solucionar problemas tácticos ocasionais e de aumentar o alcance de tiro da equipa onde está inserido. As suas missões são as mesmas que a da equipa. É um elemento de infantaria. Sniper: Em Português, Atirador Furtivo. É um soldado ou jogador com elevadas capacidades técnicas e materiais que lhe permitam fazer tiro furtivo, de igual ou maior alcance que o soldado ou jogador regular. Tem boas capacidades de camuflagem visual. Tem excelentes conhecimentos sobre comunicações e de vida no mato. A sua missão é completamente distinta da de uma equipa de assalto, onde pode ou não estar inserido. É uma ferramenta que ajuda directamente uma facção inteira, e não apenas uma equipa em especifico. É um elemento de reconhecimento. SNIPER MANUAL, for Airsoft aplications | made in Portugal by BOWMAN | SET 2011 8
  9. 9. Conhecimento do Sniper ! As 7 Disciplinas que regem o conhecimento do Sniper são as mesma quer no ramo militar quer no desportivo/recreativo. Estas disciplinas são os pilares da Arte do Sniper. TIRO ! O Sniper é um atirador exímio, que consegue obter os resultados ideais nas piores condições possíveis. Não é apenas um mestre no tiro convencional, é também um grande inovador quanto a novas posições e técnicas de disparo. O Sniper deverá também conseguir fazer boas estimativas de distancia, perceber de que modo o vento e outros factores influenciam o tiro, e saber como contorna-los. NAVEGAÇÃO ! Uma das principais características do Sniper é a sua capacidade de se orientar de dia ou noite, na montanha ou no mato, com carta topográfica ou GPS. É uma disciplina que tem de ser muito trabalhada e treinada. O Sniper tem de achar o seu caminho onde quer que seja, e tem de saber indicar coordenadas com a maior precisão possível. CAMUFLAGEM ! O Sniper opera atrás das linhas do adversário. Por esse motivo, é um grande conhecedor todos os tipos e técnicas de camuflagem. Camuflagem não é saber fazer parte do ambiente visualmente. É também saber não fazer ruído e não deixar rasto. O Sniper não deve ser fumador, nem fumar em operação. SNIPER MANUAL, for Airsoft aplications | made in Portugal by BOWMAN | SET 2011 9
  10. 10. COMUNICAÇÕES ! Por vezes, a arma primaria do Sniper não é a sua arma: é o seu rádio. Ele deve conhecer como ninguém os métodos de uso todos os principais meios de comunicação. Deve ser sensível á escolha do equipamento de comunicações. Por vezes um telemovel é melhor que um rádio. Deve também saber comunicar com o Comando, saber fornecer boas informações. Deve saber fazer croquis de zonas e áreas. ESTRATÉGIA ! O Sniper é um bom comandante e sabe liderar. Deverá ter um conhecimento profundo não só de táctica militar, mas também de estratégia. Uma boa capacidade de comando e raciocínio estratégico permite ao Sniper ser um bom improvisador. Desse modo o Sniper conseguirá prever as próximas jogadas do Oponente, mantendo-se sempre um passo á frente. PROGRESSÃO ! O Sniper deve conseguir se aproximar do adversário sem ser detectado. Deve de igual forma saber-se evadir. Deverá ser capaz de entender e interpretar as irregularidades no terreno que o levem a uma emboscada ou escondam um alvo. Sabe como se movimentar em qualquer terreno, em qualquer meio. Está á vontade no mato e no rio, na montanha e na cidade. Uma grande forma fisica é necessária a esta disciplina. SOBREVIVÊNCIA ! O Sniper sabe cuidar de si em qualquer lugar, com ou sem equipamento. Deverá saber orientar a sua comida, água, abrigo e motivação. É obrigatório ter boas noções de 1º socorros. SNIPER MANUAL, for Airsoft aplications | made in Portugal by BOWMAN | SET 2011 10
  11. 11. REFLEXÃO ! Por muitos anos, armas com FPS acima de 300 eram rarissímas. Os Snipers eram considerados uma elite. Raros eram os jogadores novatos que jogavam nesta posição, e os experientes jogavam extremamente bem. O Sniper era uma ferramenta credível e extremamente valiosa para uma equipa. Não era apenas um atirador selecto. Não era apenas um jogador com uma Sniper Rifle nas mãos. Era os verdadeiros olhos da equipa. Era aquele que dava aquela informação nessessária ao comandante de uma força para este tomar a decisão correcta que levaria a sua equipa a atingir a vitoria no jogo. Seja esse jogo de 3 horas, seja de 48, os Snipers sempre ofereceram o corpo e a mente para cumprir a missão mais desejada. Mas, no fim do dia, são esses os Heróis esquecidos, que como não são vistos, poucos sabem que fizeram algo. Muitos pensam que o Sniper não funciona em Airsoft porque não o vêem. ! Depois da explosão de armas Chinesas á uns 4 anos atrás, 2 coisas mudaram bastante. Além da arma de Airsoft passar a estar ao alcance de qualquer um, os valores normais dos FPS deixaram de ser 300, e passaram a ser 450. Estes dois acontecimentos levaram a uma grande mudança na mentalidade dos jogadores e das equipas (principalmente as recém formadas). Passou-se a dar mais valor aos valores quantitativos dos FPS que aos valores qualitativos dos internos arma. Com toda esta ênfase no PODER, as qualidades Humanas do jogador Sniper foram marginalizadas, e a essência deste tipo de jogo foi posta em causa. Muitos pensão que o Sniper em Portugal não funciona devido á imposição de FPS baixos. SNIPER MANUAL, for Airsoft aplications | made in Portugal by BOWMAN | SET 2011 11
  12. 12. ! Com cada vez mais variedade de armas baratas disponíveis no mercado, a Sniper Rifle tornou-se um alvo muito apetecido pelos novatos. Agora, ao contrario de antigamente, são armas muito baratas, com altos valores de FPS e com uma boa variedade de escolha. Todos querem recrear este estilo, inspirados por filmes, por jogos ou por outros motivos envoltos em Glamour. Mas, por falta de experiência de jogo, falta de acompanhamento e por vezes também por falta de capacidades pessoais, rapidamente os jogadores novatos se afastam deste tipo de jogo, levando consigo uma opinião negativa muito generalizada em relação a esta forma de jogar. Muitos pensão que o Sniper em Airsoft não é produtivo, devido á falta de experiência que têm. Foi assim no principio, agora, e sempre... SNIPER MANUAL, for Airsoft aplications | made in Portugal by BOWMAN | SET 2011 12
  13. 13. SNIPER MANUAL SNIPER MANUAL, for Airsoft aplications | made in Portugal by BOWMAN | SET 2011 13

×