SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
VIII Colóquio Técnico-Cientifíco do UniFOA
A relação entre o locutor e ouvinte: um estudo de caso da Rádio Mania
SANTOS, Paula Jackson; SILVA,Heitor da Luz; MABEL,Elisa
UniFOA– Centro Universitário de Volta Redonda
Introdução:
Com a ascensão da televisão a partir dos anos 1960, o então novo meio fez com
que a audiência do rádio se retraísse ao copiar os seus formatos com a adição do
elemento imagem (ORTRIWANO, 2002/2003, p.67). No final dos anos 1970, o rádio
passou a investir em programas para jovens, copiados dos EUA. Uma das que
inovou pioneiramente o cenário das rádios brasileiras foi a Rádio Cidade que tinha
muitos programas que procuravam agradar o público jovem com música voltada
para este segmento e uma linguagem coloquial de seus locutores, renovando a
audiência do meio a partir da ascensão da freqüência modulada (SILVA, 2013,
p.85).
Atualmente, as emissoras musicais de rádio FM mantêm um linguajar despojado, da
época em que o veículo de comunicação começou a ser inovada e a interação com
o ouvinte, que hoje se apresentam de formas diferentes, com as novas tecnologias
de comunicação e informação. A FM é vista até hoje como uma rádio de alcance
local, enquanto as AM, em sua origem, possuíam caráter nacional, na chamada “Era
de Ouro” do rádio (CALABRE, 2003). As redes alteraram um pouco esse panorama
a partir dos anos 1980, mas sempre houve horários locais comandados por
locutores da cidade da retransmissora, que se comunicavam mais informalmente
com os ouvintes, utilizando, inclusive, gírias locais.
O rádio FM vem passando por diversas modificações desde a chegada da
tecnologia digital (KISCHINHEVSKY, 1998). A Oi FM, por exemplo, chegou a
abandonar a locução, testando um novo modelo sem essa tradicional forma de
comunicação com o ouvinte (MICKSELLY, 2009). Diante deste cenário atual, quanto
à locução local, ela prossegue como item importante para as retransmissoras das
redes nacionais de rádio? A linguagem e outras especificidades locais seguem
sendo de fundamental importância para o rádio, não somente em termos de locução,
mas também nas novas formas de interagir com o ouvinte, como no que se refere às
promoções nas redes sociais e no whatsapp?A problemática, sintetizada por essas
duas questões, guia o interesse do trabalho.
VIII Colóquio Técnico-Cientifíco do UniFOA
Objetivos:
Contribuir para a compreensão da importância da comunicação local para a
interação entre o rádio FM e o ouvinte na atualidade; Analisar como as formas de
comunicação usadas pelo locutor e pela rádio de uma forma geral são importantes
na relação de uma retransmissora local de uma rede de emissora de rádio
tradicional com a sua audiência.
Metodologia:
Para realizar a pesquisa optamos por um estudo de caso da retransmissora de Volta
Redonda da rede de rádios Mania FM. Nesse caso, a opção se mostra mais
estratégica, porque ela é a única retransmissora na cidade de Volta Redonda de
uma cabeça de rede. Para fins de coletas de dados serão realizadas pesquisas
sobre as particularidades da programação local e levantamento complementar nas
redes sociais sobre as formas de comunicação entre profissionais da emissora e
seus ouvintes.
Resultados:
Até aqui foi possível perceber alguma relevância da programação local e dos
locutores no caso pesquisado, já que: a) vários dos horários possuem
particularidades significativas em relação à cabeça de rede (o Jornal local é
apresentado às 7:OO, com noticias da região sul fluminense, enquanto que na
cabeça de rede o jornal é voltado para notícias de Niterói e Rio de Janeiro); b) a
apresentação fica sempre a cargo de profissionais locais que interagem em cima de
promoções locais específicas, durante toda a manhã até as 11:00horas, com o
ouvinte interagindo com os locutores através do whatssap, chat do facebook e
telefone da emissora. No momento, o trabalho, que ainda se encontra em
andamento, procura investigar a forma que a emissora se comunica nas redes
sociais. Neste estágio inicial não foi possível detectar expressões locais específicas
na interação com o seu público em Volta Redonda.
Conclusões:
Apesar de considerar a relevância da programação local e dos locutores para a
elaboração de sua programação, tudo, por enquanto, indica que a Rádio Mania não
apresenta maiores particularidades locais em relação à comunicação realizada nas
redes sociais.
300unifoa.edu.br/editorafoa
VIII Colóquio Técnico-Cientifíco do UniFOA
Referências:
CALABRE, Lia. A era do Radiojornalismo-Memória e história. Casa Rui Barbosa,
João Pessoa, 2003.
FANUCCH, Mário. O artista no rádio. REVISTA USP, São Paulo, n.56, p.22-29,
dezembro/fevereiro 2002-2003.
ORTRIWANO, Gisela. Radiojornalismo no Brasil: fragmentos da história. REVISTA
USP, São Paulo, n.56, p. 66-85, dezembro/fevereiro 2002-2003.
SILVA, Heitor. Rock e Rádio FM: Fluminense Maldita, Cidade Rock e o circuito
musical, Edição-2013, Niterói, Ed Univali, 2013.
MICKSELLY, Jeferson. Oi FM no celular, um novo lugar para ouvir Rádio. Anais do
XXXII Congresso da Comunicação: Curitiba, 2009.
Agradecimentos:
Agradeço a Deus em primeiro lugar, ao meu orientador Heitor Luz da Silva que me
ajudou na elaboração deste trabalho, a professora Elisa Mabel coorientadora que
colaborou para a pesquisa, aos meus familiares que me apoiaram muito até aqui.
Palavras-Chave: Rádio FM, Linguagem local, Rádio Mania.
paulajackson660@gmail.com
300unifoa.edu.br/editorafoa
VIII Colóquio Técnico-Cientifíco do UniFOA

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a A relação entre o locutor e ouvinte um estudo de caso da rádio mania

Projeto experimental em jornalismo tcc
Projeto experimental em jornalismo tccProjeto experimental em jornalismo tcc
Projeto experimental em jornalismo tccAtitude Digital
 
Novas configurações do rádio
Novas configurações do rádioNovas configurações do rádio
Novas configurações do rádioPatriciaMonteiro72
 
Radio propaganda 2010ppt
Radio propaganda 2010pptRadio propaganda 2010ppt
Radio propaganda 2010ppthendsonsantana
 
OS ELEMENTOS SONOROS E SEUS SIGNIFICADOS NA CONSTRUÇÃO E TRANSMISSÃO DAS REPO...
OS ELEMENTOS SONOROS E SEUS SIGNIFICADOS NA CONSTRUÇÃO E TRANSMISSÃO DAS REPO...OS ELEMENTOS SONOROS E SEUS SIGNIFICADOS NA CONSTRUÇÃO E TRANSMISSÃO DAS REPO...
OS ELEMENTOS SONOROS E SEUS SIGNIFICADOS NA CONSTRUÇÃO E TRANSMISSÃO DAS REPO...Werlen Carvalho
 
Limites e possibilidades do rádio na educação a distância
Limites e possibilidades do rádio na educação a distânciaLimites e possibilidades do rádio na educação a distância
Limites e possibilidades do rádio na educação a distânciaMatt Morgan
 
Bases epistemologicas do telejornalismo
Bases epistemologicas do telejornalismoBases epistemologicas do telejornalismo
Bases epistemologicas do telejornalismoEdna Mello
 
Slide rádio novos rumos
Slide rádio novos rumosSlide rádio novos rumos
Slide rádio novos rumosJoão Silva
 
Programa igreja viva barreiras na comunicação da igreja católica em serrinha ...
Programa igreja viva barreiras na comunicação da igreja católica em serrinha ...Programa igreja viva barreiras na comunicação da igreja católica em serrinha ...
Programa igreja viva barreiras na comunicação da igreja católica em serrinha ...UNEB
 
Rádio uni foa
Rádio uni foaRádio uni foa
Rádio uni foaProfessor
 
Curso Nas Ondas do Radio - Rádio - Encontro 3 Part 1
Curso Nas Ondas do Radio - Rádio - Encontro 3 Part 1Curso Nas Ondas do Radio - Rádio - Encontro 3 Part 1
Curso Nas Ondas do Radio - Rádio - Encontro 3 Part 1Programa Nas Ondas do Rádio
 
Nissen natalia-tcc
Nissen natalia-tccNissen natalia-tcc
Nissen natalia-tccIran Rosa
 
O ensino do_radio_jornalismo
O ensino do_radio_jornalismoO ensino do_radio_jornalismo
O ensino do_radio_jornalismoAci Unifoa
 
Cross midia (pesquisa)
Cross midia (pesquisa)Cross midia (pesquisa)
Cross midia (pesquisa)Marco Mourao
 
Meios Audiovisuais e Educação no Brasil: o rádio
Meios Audiovisuais e Educação no Brasil: o rádioMeios Audiovisuais e Educação no Brasil: o rádio
Meios Audiovisuais e Educação no Brasil: o rádiorichard_romancini
 
SECOM UVA 2013 - Relatório
SECOM UVA 2013 - RelatórioSECOM UVA 2013 - Relatório
SECOM UVA 2013 - Relatóriosabota
 

Semelhante a A relação entre o locutor e ouvinte um estudo de caso da rádio mania (20)

Projeto experimental em jornalismo tcc
Projeto experimental em jornalismo tccProjeto experimental em jornalismo tcc
Projeto experimental em jornalismo tcc
 
Novas configurações do rádio
Novas configurações do rádioNovas configurações do rádio
Novas configurações do rádio
 
Aula radio 2
Aula radio   2Aula radio   2
Aula radio 2
 
Uso de rádio em aula
Uso de rádio em aulaUso de rádio em aula
Uso de rádio em aula
 
Radio propaganda 2010ppt
Radio propaganda 2010pptRadio propaganda 2010ppt
Radio propaganda 2010ppt
 
OS ELEMENTOS SONOROS E SEUS SIGNIFICADOS NA CONSTRUÇÃO E TRANSMISSÃO DAS REPO...
OS ELEMENTOS SONOROS E SEUS SIGNIFICADOS NA CONSTRUÇÃO E TRANSMISSÃO DAS REPO...OS ELEMENTOS SONOROS E SEUS SIGNIFICADOS NA CONSTRUÇÃO E TRANSMISSÃO DAS REPO...
OS ELEMENTOS SONOROS E SEUS SIGNIFICADOS NA CONSTRUÇÃO E TRANSMISSÃO DAS REPO...
 
Limites e possibilidades do rádio na educação a distância
Limites e possibilidades do rádio na educação a distânciaLimites e possibilidades do rádio na educação a distância
Limites e possibilidades do rádio na educação a distância
 
Tecnologia educacional: O rádio
Tecnologia educacional: O rádioTecnologia educacional: O rádio
Tecnologia educacional: O rádio
 
Dicas comunicadores1
Dicas comunicadores1Dicas comunicadores1
Dicas comunicadores1
 
Bases epistemologicas do telejornalismo
Bases epistemologicas do telejornalismoBases epistemologicas do telejornalismo
Bases epistemologicas do telejornalismo
 
Slide rádio novos rumos
Slide rádio novos rumosSlide rádio novos rumos
Slide rádio novos rumos
 
Relatório
Relatório Relatório
Relatório
 
Programa igreja viva barreiras na comunicação da igreja católica em serrinha ...
Programa igreja viva barreiras na comunicação da igreja católica em serrinha ...Programa igreja viva barreiras na comunicação da igreja católica em serrinha ...
Programa igreja viva barreiras na comunicação da igreja católica em serrinha ...
 
Rádio uni foa
Rádio uni foaRádio uni foa
Rádio uni foa
 
Curso Nas Ondas do Radio - Rádio - Encontro 3 Part 1
Curso Nas Ondas do Radio - Rádio - Encontro 3 Part 1Curso Nas Ondas do Radio - Rádio - Encontro 3 Part 1
Curso Nas Ondas do Radio - Rádio - Encontro 3 Part 1
 
Nissen natalia-tcc
Nissen natalia-tccNissen natalia-tcc
Nissen natalia-tcc
 
O ensino do_radio_jornalismo
O ensino do_radio_jornalismoO ensino do_radio_jornalismo
O ensino do_radio_jornalismo
 
Cross midia (pesquisa)
Cross midia (pesquisa)Cross midia (pesquisa)
Cross midia (pesquisa)
 
Meios Audiovisuais e Educação no Brasil: o rádio
Meios Audiovisuais e Educação no Brasil: o rádioMeios Audiovisuais e Educação no Brasil: o rádio
Meios Audiovisuais e Educação no Brasil: o rádio
 
SECOM UVA 2013 - Relatório
SECOM UVA 2013 - RelatórioSECOM UVA 2013 - Relatório
SECOM UVA 2013 - Relatório
 

Mais de Douglas Gonçalves

Sidercidade a privatização da csn nas páginas da imprensa de volta redonda
Sidercidade  a privatização da csn nas páginas da imprensa de volta redondaSidercidade  a privatização da csn nas páginas da imprensa de volta redonda
Sidercidade a privatização da csn nas páginas da imprensa de volta redondaDouglas Gonçalves
 
Rádio siderúrgica nacional e sua atuação na cidade do aço durante o regime mi...
Rádio siderúrgica nacional e sua atuação na cidade do aço durante o regime mi...Rádio siderúrgica nacional e sua atuação na cidade do aço durante o regime mi...
Rádio siderúrgica nacional e sua atuação na cidade do aço durante o regime mi...Douglas Gonçalves
 
Os discursos jornalísticos nas manifestações de 2013 no brasil campo em dispu...
Os discursos jornalísticos nas manifestações de 2013 no brasil campo em dispu...Os discursos jornalísticos nas manifestações de 2013 no brasil campo em dispu...
Os discursos jornalísticos nas manifestações de 2013 no brasil campo em dispu...Douglas Gonçalves
 
O site oficial da primeira igreja batista do retiro como diferencial de comun...
O site oficial da primeira igreja batista do retiro como diferencial de comun...O site oficial da primeira igreja batista do retiro como diferencial de comun...
O site oficial da primeira igreja batista do retiro como diferencial de comun...Douglas Gonçalves
 
Educação pelo rádio a rádio da csn como gestora do saber na década de 1950
Educação pelo rádio a rádio da csn como gestora do saber na década de 1950Educação pelo rádio a rádio da csn como gestora do saber na década de 1950
Educação pelo rádio a rádio da csn como gestora do saber na década de 1950Douglas Gonçalves
 
Do “fanfulla” ao “lance!” – história do jornalismo impresso esportivo no brasil
Do “fanfulla” ao “lance!” – história do jornalismo impresso esportivo no brasilDo “fanfulla” ao “lance!” – história do jornalismo impresso esportivo no brasil
Do “fanfulla” ao “lance!” – história do jornalismo impresso esportivo no brasilDouglas Gonçalves
 
Desinformação por excesso de informação a internet como meio de disseminação ...
Desinformação por excesso de informação a internet como meio de disseminação ...Desinformação por excesso de informação a internet como meio de disseminação ...
Desinformação por excesso de informação a internet como meio de disseminação ...Douglas Gonçalves
 
Contribuições do fotojornalismo na construção das identidades contemporâneas ...
Contribuições do fotojornalismo na construção das identidades contemporâneas ...Contribuições do fotojornalismo na construção das identidades contemporâneas ...
Contribuições do fotojornalismo na construção das identidades contemporâneas ...Douglas Gonçalves
 
A relevância de elementos de entretenimento nos conteúdos jornalísticos
A relevância de elementos de entretenimento nos conteúdos jornalísticosA relevância de elementos de entretenimento nos conteúdos jornalísticos
A relevância de elementos de entretenimento nos conteúdos jornalísticosDouglas Gonçalves
 
Um novo correios, a marca de todos os brasileiros
Um novo correios, a marca de todos os brasileirosUm novo correios, a marca de todos os brasileiros
Um novo correios, a marca de todos os brasileirosDouglas Gonçalves
 
Notícia como arma de guerra estudo de caso sobre a guerra entre palestinos ...
Notícia como arma de guerra   estudo de caso sobre a guerra entre palestinos ...Notícia como arma de guerra   estudo de caso sobre a guerra entre palestinos ...
Notícia como arma de guerra estudo de caso sobre a guerra entre palestinos ...Douglas Gonçalves
 
Comunicação interna e imagem corporativa o caso volkswagen
Comunicação interna e imagem corporativa   o caso volkswagenComunicação interna e imagem corporativa   o caso volkswagen
Comunicação interna e imagem corporativa o caso volkswagenDouglas Gonçalves
 
A influência do jornalismo feminino na sociedade do século xix
A influência do jornalismo feminino na sociedade do século xixA influência do jornalismo feminino na sociedade do século xix
A influência do jornalismo feminino na sociedade do século xixDouglas Gonçalves
 
A contribuição de josé carlos araújo para o radiojornalismo esportivo no brasil
A contribuição de josé carlos araújo para o radiojornalismo esportivo no brasilA contribuição de josé carlos araújo para o radiojornalismo esportivo no brasil
A contribuição de josé carlos araújo para o radiojornalismo esportivo no brasilDouglas Gonçalves
 
A constante ascensão do pagode desde a década de 90 estudo de caso da rádio f...
A constante ascensão do pagode desde a década de 90 estudo de caso da rádio f...A constante ascensão do pagode desde a década de 90 estudo de caso da rádio f...
A constante ascensão do pagode desde a década de 90 estudo de caso da rádio f...Douglas Gonçalves
 
A anti notícia o papel da imprensa em situações de conflito
A anti notícia o papel da imprensa em situações de conflitoA anti notícia o papel da imprensa em situações de conflito
A anti notícia o papel da imprensa em situações de conflitoDouglas Gonçalves
 
A anti notícia o papel da imprensa em situações de conflito
A anti notícia o papel da imprensa em situações de conflitoA anti notícia o papel da imprensa em situações de conflito
A anti notícia o papel da imprensa em situações de conflitoDouglas Gonçalves
 
INFORMATIVO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL
INFORMATIVO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL INFORMATIVO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL
INFORMATIVO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL Douglas Gonçalves
 
Catrata livre estado do conhecimento na Intercom
Catrata livre   estado do conhecimento na IntercomCatrata livre   estado do conhecimento na Intercom
Catrata livre estado do conhecimento na IntercomDouglas Gonçalves
 

Mais de Douglas Gonçalves (20)

Sidercidade a privatização da csn nas páginas da imprensa de volta redonda
Sidercidade  a privatização da csn nas páginas da imprensa de volta redondaSidercidade  a privatização da csn nas páginas da imprensa de volta redonda
Sidercidade a privatização da csn nas páginas da imprensa de volta redonda
 
Rádio siderúrgica nacional e sua atuação na cidade do aço durante o regime mi...
Rádio siderúrgica nacional e sua atuação na cidade do aço durante o regime mi...Rádio siderúrgica nacional e sua atuação na cidade do aço durante o regime mi...
Rádio siderúrgica nacional e sua atuação na cidade do aço durante o regime mi...
 
Os discursos jornalísticos nas manifestações de 2013 no brasil campo em dispu...
Os discursos jornalísticos nas manifestações de 2013 no brasil campo em dispu...Os discursos jornalísticos nas manifestações de 2013 no brasil campo em dispu...
Os discursos jornalísticos nas manifestações de 2013 no brasil campo em dispu...
 
O site oficial da primeira igreja batista do retiro como diferencial de comun...
O site oficial da primeira igreja batista do retiro como diferencial de comun...O site oficial da primeira igreja batista do retiro como diferencial de comun...
O site oficial da primeira igreja batista do retiro como diferencial de comun...
 
Educação pelo rádio a rádio da csn como gestora do saber na década de 1950
Educação pelo rádio a rádio da csn como gestora do saber na década de 1950Educação pelo rádio a rádio da csn como gestora do saber na década de 1950
Educação pelo rádio a rádio da csn como gestora do saber na década de 1950
 
Do “fanfulla” ao “lance!” – história do jornalismo impresso esportivo no brasil
Do “fanfulla” ao “lance!” – história do jornalismo impresso esportivo no brasilDo “fanfulla” ao “lance!” – história do jornalismo impresso esportivo no brasil
Do “fanfulla” ao “lance!” – história do jornalismo impresso esportivo no brasil
 
Desinformação por excesso de informação a internet como meio de disseminação ...
Desinformação por excesso de informação a internet como meio de disseminação ...Desinformação por excesso de informação a internet como meio de disseminação ...
Desinformação por excesso de informação a internet como meio de disseminação ...
 
Contribuições do fotojornalismo na construção das identidades contemporâneas ...
Contribuições do fotojornalismo na construção das identidades contemporâneas ...Contribuições do fotojornalismo na construção das identidades contemporâneas ...
Contribuições do fotojornalismo na construção das identidades contemporâneas ...
 
A relevância de elementos de entretenimento nos conteúdos jornalísticos
A relevância de elementos de entretenimento nos conteúdos jornalísticosA relevância de elementos de entretenimento nos conteúdos jornalísticos
A relevância de elementos de entretenimento nos conteúdos jornalísticos
 
Um novo correios, a marca de todos os brasileiros
Um novo correios, a marca de todos os brasileirosUm novo correios, a marca de todos os brasileiros
Um novo correios, a marca de todos os brasileiros
 
Notícia como arma de guerra estudo de caso sobre a guerra entre palestinos ...
Notícia como arma de guerra   estudo de caso sobre a guerra entre palestinos ...Notícia como arma de guerra   estudo de caso sobre a guerra entre palestinos ...
Notícia como arma de guerra estudo de caso sobre a guerra entre palestinos ...
 
Comunicação interna e imagem corporativa o caso volkswagen
Comunicação interna e imagem corporativa   o caso volkswagenComunicação interna e imagem corporativa   o caso volkswagen
Comunicação interna e imagem corporativa o caso volkswagen
 
A influência do jornalismo feminino na sociedade do século xix
A influência do jornalismo feminino na sociedade do século xixA influência do jornalismo feminino na sociedade do século xix
A influência do jornalismo feminino na sociedade do século xix
 
A contribuição de josé carlos araújo para o radiojornalismo esportivo no brasil
A contribuição de josé carlos araújo para o radiojornalismo esportivo no brasilA contribuição de josé carlos araújo para o radiojornalismo esportivo no brasil
A contribuição de josé carlos araújo para o radiojornalismo esportivo no brasil
 
A constante ascensão do pagode desde a década de 90 estudo de caso da rádio f...
A constante ascensão do pagode desde a década de 90 estudo de caso da rádio f...A constante ascensão do pagode desde a década de 90 estudo de caso da rádio f...
A constante ascensão do pagode desde a década de 90 estudo de caso da rádio f...
 
A anti notícia o papel da imprensa em situações de conflito
A anti notícia o papel da imprensa em situações de conflitoA anti notícia o papel da imprensa em situações de conflito
A anti notícia o papel da imprensa em situações de conflito
 
A anti notícia o papel da imprensa em situações de conflito
A anti notícia o papel da imprensa em situações de conflitoA anti notícia o papel da imprensa em situações de conflito
A anti notícia o papel da imprensa em situações de conflito
 
INFORMATIVO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL
INFORMATIVO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL INFORMATIVO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL
INFORMATIVO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL
 
Catrata livre estado do conhecimento na Intercom
Catrata livre   estado do conhecimento na IntercomCatrata livre   estado do conhecimento na Intercom
Catrata livre estado do conhecimento na Intercom
 
Serviço social
Serviço socialServiço social
Serviço social
 

Último

SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...GisellySobral
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024azulassessoria9
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...marioeugenio8
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdfLindinhaSilva1
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguaKelly Mendes
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfKelly Mendes
 

Último (20)

SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 

A relação entre o locutor e ouvinte um estudo de caso da rádio mania

  • 1. VIII Colóquio Técnico-Cientifíco do UniFOA A relação entre o locutor e ouvinte: um estudo de caso da Rádio Mania SANTOS, Paula Jackson; SILVA,Heitor da Luz; MABEL,Elisa UniFOA– Centro Universitário de Volta Redonda Introdução: Com a ascensão da televisão a partir dos anos 1960, o então novo meio fez com que a audiência do rádio se retraísse ao copiar os seus formatos com a adição do elemento imagem (ORTRIWANO, 2002/2003, p.67). No final dos anos 1970, o rádio passou a investir em programas para jovens, copiados dos EUA. Uma das que inovou pioneiramente o cenário das rádios brasileiras foi a Rádio Cidade que tinha muitos programas que procuravam agradar o público jovem com música voltada para este segmento e uma linguagem coloquial de seus locutores, renovando a audiência do meio a partir da ascensão da freqüência modulada (SILVA, 2013, p.85). Atualmente, as emissoras musicais de rádio FM mantêm um linguajar despojado, da época em que o veículo de comunicação começou a ser inovada e a interação com o ouvinte, que hoje se apresentam de formas diferentes, com as novas tecnologias de comunicação e informação. A FM é vista até hoje como uma rádio de alcance local, enquanto as AM, em sua origem, possuíam caráter nacional, na chamada “Era de Ouro” do rádio (CALABRE, 2003). As redes alteraram um pouco esse panorama a partir dos anos 1980, mas sempre houve horários locais comandados por locutores da cidade da retransmissora, que se comunicavam mais informalmente com os ouvintes, utilizando, inclusive, gírias locais. O rádio FM vem passando por diversas modificações desde a chegada da tecnologia digital (KISCHINHEVSKY, 1998). A Oi FM, por exemplo, chegou a abandonar a locução, testando um novo modelo sem essa tradicional forma de comunicação com o ouvinte (MICKSELLY, 2009). Diante deste cenário atual, quanto à locução local, ela prossegue como item importante para as retransmissoras das redes nacionais de rádio? A linguagem e outras especificidades locais seguem sendo de fundamental importância para o rádio, não somente em termos de locução, mas também nas novas formas de interagir com o ouvinte, como no que se refere às promoções nas redes sociais e no whatsapp?A problemática, sintetizada por essas duas questões, guia o interesse do trabalho.
  • 2. VIII Colóquio Técnico-Cientifíco do UniFOA Objetivos: Contribuir para a compreensão da importância da comunicação local para a interação entre o rádio FM e o ouvinte na atualidade; Analisar como as formas de comunicação usadas pelo locutor e pela rádio de uma forma geral são importantes na relação de uma retransmissora local de uma rede de emissora de rádio tradicional com a sua audiência. Metodologia: Para realizar a pesquisa optamos por um estudo de caso da retransmissora de Volta Redonda da rede de rádios Mania FM. Nesse caso, a opção se mostra mais estratégica, porque ela é a única retransmissora na cidade de Volta Redonda de uma cabeça de rede. Para fins de coletas de dados serão realizadas pesquisas sobre as particularidades da programação local e levantamento complementar nas redes sociais sobre as formas de comunicação entre profissionais da emissora e seus ouvintes. Resultados: Até aqui foi possível perceber alguma relevância da programação local e dos locutores no caso pesquisado, já que: a) vários dos horários possuem particularidades significativas em relação à cabeça de rede (o Jornal local é apresentado às 7:OO, com noticias da região sul fluminense, enquanto que na cabeça de rede o jornal é voltado para notícias de Niterói e Rio de Janeiro); b) a apresentação fica sempre a cargo de profissionais locais que interagem em cima de promoções locais específicas, durante toda a manhã até as 11:00horas, com o ouvinte interagindo com os locutores através do whatssap, chat do facebook e telefone da emissora. No momento, o trabalho, que ainda se encontra em andamento, procura investigar a forma que a emissora se comunica nas redes sociais. Neste estágio inicial não foi possível detectar expressões locais específicas na interação com o seu público em Volta Redonda. Conclusões: Apesar de considerar a relevância da programação local e dos locutores para a elaboração de sua programação, tudo, por enquanto, indica que a Rádio Mania não apresenta maiores particularidades locais em relação à comunicação realizada nas redes sociais.
  • 3. 300unifoa.edu.br/editorafoa VIII Colóquio Técnico-Cientifíco do UniFOA Referências: CALABRE, Lia. A era do Radiojornalismo-Memória e história. Casa Rui Barbosa, João Pessoa, 2003. FANUCCH, Mário. O artista no rádio. REVISTA USP, São Paulo, n.56, p.22-29, dezembro/fevereiro 2002-2003. ORTRIWANO, Gisela. Radiojornalismo no Brasil: fragmentos da história. REVISTA USP, São Paulo, n.56, p. 66-85, dezembro/fevereiro 2002-2003. SILVA, Heitor. Rock e Rádio FM: Fluminense Maldita, Cidade Rock e o circuito musical, Edição-2013, Niterói, Ed Univali, 2013. MICKSELLY, Jeferson. Oi FM no celular, um novo lugar para ouvir Rádio. Anais do XXXII Congresso da Comunicação: Curitiba, 2009. Agradecimentos: Agradeço a Deus em primeiro lugar, ao meu orientador Heitor Luz da Silva que me ajudou na elaboração deste trabalho, a professora Elisa Mabel coorientadora que colaborou para a pesquisa, aos meus familiares que me apoiaram muito até aqui. Palavras-Chave: Rádio FM, Linguagem local, Rádio Mania. paulajackson660@gmail.com