Reforma protestante

5.658 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.658
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4.105
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
101
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reforma protestante

  1. 1. RefoRmaPRotestanteProf. Douglas Barraqui
  2. 2. Contexto das RefoRmas Conflito Religioso:Agostinianismo x TomismoSão Tomás de Aquino (1225-1274),Aurélio Agostinho (354 – 430)Fé Fé + Boas Obras
  3. 3. Contexto das RefoRmas Luxo do alto Clero:
  4. 4. Contexto das RefoRmas Não obediência ao celibato clericalAlexandre VI teve várias amantes,em particular Vanozza Catanei, comquem teve quatro filhos. Teve aindapor amante Giulia Farnese, mulherde Orsino Orsini.
  5. 5. Contexto das RefoRmas Venda deIndulgências "Assim que umamoeda tilinta nocofre, uma almasai dopurgatório".
  6. 6. Contexto das RefoRmas Prática de simonia:- Simonia é a venda defavores divinos,bençãos, cargoseclesiásticos,prosperidade material,bens espirituais, coisassagradas, objetosungidos Leite de Maria
  7. 7. O Santo Graal
  8. 8. Contexto das reformas Conflito de interesses entre reis (Estado)e da Igreja:
  9. 9. Contexto das reformas Desenvolvimento do espírito capitalista; Ascensão da Burguesia;LucroUsura
  10. 10. martinho Lutero (1483 —1546) Lutero nasceu na Alemanha em 10 de novembro de 1483; Filho de Hans Luther e Margarethe Lindemann, integrantes deuma pequena burguesia ascendente; 1501, aos 17 anos, ingressou na Universidade de Erfurt. Seformou em bacharel e posteriormente mestre. 1505, ao voltar de uma visita à casa dos pais, em meio a umatempestade com muitos raios, teria feito uma promessa à SantaAna; Aderiu à ordem dos agostinianos. 1507, foi ordenado sacerdote. No ano seguinte começou alecionar teologia na Universidade de Wittenberg.
  11. 11. martinho Lutero (1483 —1546) 1515 Lutero passaria pela chamada “experiência da Torre”: noalto da torre da Catedral do Castelo de Wittenberg;Salmo 30: “liberta-me em tua justiça” conta Lutero em sua autobiografia:“me senti renascido, entrando no paraíso por suas portasabertas”.
  12. 12. Martinho Lutero (1483 —1546) 1517 Luteroescreve as 95teses –95 críticas apostura e a moralda Igreja
  13. 13. Martinho Lutero (1483 —1546) 1520 – Lutero é excomungado pelo papa LeãoX. Passa a ser perseguido como heregeAquele que professa uma heresia ou praticadoutrinas contrárias aos dogmas concebidos pelaigreja.Franz von Sickingen Tradução da Bíblia
  14. 14. Doutrina De Lutero Salvação pela fé; Conciliarismo – subordinava aautoridade do papa àcomunidade dos fieisrepresentada pelo concílio; Eclesiologia – Lutero entendea Igreja como umacongregação de fieis e nãocomo uma instituiçãohierarquizada; Sacerdócio universal –envolve a questão do batismo(para Lutero “pelo batismosomos todos sacerdotes”);
  15. 15. João CaLvino (1509 —1564) Nasceu na Françaem 10 de julho de1509; Aderiu as ideias deLutero; 1536, aos 26 anos,após ser perseguidona França foge paraGenebra, na Suíça.João Calvino
  16. 16. João CaLvino (1509 —1564) Martinho Luteroqueria reformar aIgreja Católica, João Calvino,acreditava que aIgreja estava tãodegenerada, que nãohavia como reformá-la. Calvino se propunha aorganizar uma novaIgreja
  17. 17. Doutrina CaLvinista Salvação pelaPredestinação Todo homem é pecadorpor natureza; Fim do culto aos santos(iconografia). Infabilidade da Bíblia; Fim dos sacramentos comexceção à eucaristia e aobatismo; Separação entre Igreja eEstado;
  18. 18. henrique viii(1491-1547) Nascido em 28 de junho de1491 em Greenwich, noPalácio de Placentia. Foi o sexto filho deHenrique VII e Isabel deIorque (Dinastia dos Tudor). 1509 - foi coroado rei deInglaterra. Foi o governante absolutoda Inglaterra. Excêntrico pelos seus 6casamentos
  19. 19. Henrique Viii(1491-1547) Conflito entre Estado Inglês e aIgreja; Motivos Pessoais:- Queria a anulação de seucasamento com Catarina deAragão,- Desejava um novo matrimôniocom Ana Bolena.- Conflito com o Papa ClementeVII.- Catarina foi formalmentedespojada do seu título derainha, e Ana foi coroadaconsequentemente rainhaconsorte em 1 de junho de 1533.- Clemente VII excomungouHenrique VIII;Ana Bolena
  20. 20. Henrique Viii(1491-1547) Ato de Supremacia:- Confiscou todas asterras da IgrejaCatólica na Inglaterra;- formou uma nova Igrejaa Anglicana- Se declarou lídersupremo da novaReligião.
  21. 21. DOuTrinA AnGLiCAnA  É uma Igreja Católica Reformada; Importância da Bíblia: Adora a Deus e entendeque a Bíblia e a chave para compreender arevelação de Deus aos homens; É uma Igreja Democrática onde todos tem direitode se expressar mesmo sendo minoria. A Igreja ea expressão de todos os membros que fazemparte do Corpo de Cristo. É uma Igreja que se considera parte da IgrejaCrista e não a única dona da verdade. Reconhecemos os cinco Ritos Sacramentais:Confirmação, Confissão, SagradasOrdens, Matrimonio e Unção dos Enfermos e doisSacramentos: Santa Comunhão e Santo Batismo
  22. 22. COnTrA reFOrMAS Contra Reforma,também conhecidapor Reforma Católica; Resposta e reação daIgreja Católica aoavanço doprotestantismo; Papa Leão X, organizoua Igreja no Concílio deTrento entre 1545 a1563;Papa Leão X ( 1475 –1521)
  23. 23. COnCÍLiO De TrenTO - 1545 Reafirmar os dogmas da Igreja; Moralizar a Igreja; Criação da Companhia de Jesus (Jesuítas); Reabertura do Tribunal da Santa Inquisição; Criação do INDEX;
  24. 24. reFerênCiAS http://dougnahistoria.blogspot.com.br/2013/03/um-olhar-sobre-reforma-luterana.html; Projeto Arariba, 7º ano. Projeto Telaris, 7º ano. http://www.historiadomundo.com.br/idade-moderna/a-reforma-religiosa.htm http://www.historiadomundo.com.br/idade-moderna/a-reforma-religiosa.htm http://educacao.uol.com.br/disciplinas/historia/reformas-religiosas-1-causas-e-contexto-historico.htm FERNÁNDEZ-ARMESTO, Felipe; WILSON, Derek A. Reforma:o cristianismo e o mundo 1500-2000 . Rio de Janeiro: Record,1997. 416 p. COLLINSON, Patrick. A reforma. Rio de Janeiro: Objetiva,2006. 277 p. (Historia essencial ) LÉONARD, Émile G. O Protestantismo Brasileiro. Rio deJaneiro / São Paulo: JUERP/ASTE. 1981. SKINNER, Quentin. A formação do pensamento políticomoderno. São Paulo, Companhia das Letras, 1996.

×