PHP Standards Recommendation (PSR)

603 visualizações

Publicada em

Para uma boa interoperabilidade precisamos de padrões. Até pouco tempo o PHP não possuía nenhum tipo de padrão concretizado, o que fazia com que a imagem da linguagem fosse prejudicada por ser lembrada pela desorganização.

Vejamos um pouco mais sobre as PSR e seus benefícios para os programadores e para a linguagem !

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
603
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
90
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PHP Standards Recommendation (PSR)

  1. 1. PSR PHP Standards recommendation
  2. 2. Precisamos de padrões ! Padrão é algo essencial para a interoperabilidade entre sistemas, seja ele informatizado ou não. Como você acha que franquias como o MC’Donalds estão no mercado até hoje ?! E os grandes frameworks como Zend Framework, Symfony, Doctrine etc ?! Padrões ! Está é a resposta. Por meio dos padrões conseguimos melhorar, simplificar, agilizar todo e qualquer processo de um sistema. Mais à frente, vamos entender a história da padronização no PHP.
  3. 3. A culpa é nossa ou da linguagem ? O PHP oferece ao programador iniciante um facilidade muito grande para montar todo seu local de trabalho e começar a “programar”. É perceptível que com toda essa facilidade muitas pessoas começaram a usar o PHP e consequentemente muitas opniões pessoais sobre padronização foram geradas. Como podemos criar um script de várias formas, isso fez com que cada um criasse seu próprio padrão de escrita, onde essas pessoas tentaram e tentam convencer os outros de que aquele padrão é bom. Levam esses padrões para empresas, fóruns, aulas etc e acabam sendo aceitos e utilizados. Isso fez com que a comunidade fosse conhecida pela desorganização e falta de padronização.
  4. 4. Frameworks e seus padrões Com todo esse problema acarretado pela falta de uma padronização, os grandes frameworks criaram seus próprios padrões. Os 2 mais conhecidos são o do Zend Framework e do PEAR. Cada framework possui uma página explicando o padrão seguido. Isso foi um grande passo para toda a comunidade PHP, mas também trouxe muitos problemas pois os frameworks criaram seus próprios padrões e a falta de interoperabilidade entre os frameworks nunca foi tão alta. Isso também gerou uma inimizade entre usuários de frameworks diferentes, fazendo com que olhássemos os outros como inimigos.
  5. 5. PHP-FIG é a solução ! Um pessoal abençoado da comunidade PHP resolveu criar um grupo para tratar definitivamente da interoperabilidade e padrões dos frameworks PHP. Assim foi criado o PHP-FIG(PHP Framework Interop Group). Mas o problema não acabou ai, pois com tantos padrões já criados ficou difícil saber qual é o melhor para se usar, então, os integrantes do PHP-FIG criaram as PSR, que são as recomendações de padrões do PHP. Elas são padrões sugeridos e votados pelos membros votantes, que normalmente são os criadores de grandes frameworks.
  6. 6. Até que enfim os padrões Abaixo vamos entender melhor algumas das ideias propostas pelas PSR. http://bit.ly/1aSqA1k - PSR-0 http://bit.ly/1aPOM7z - PSR-1 http://bit.ly/1g9mAkF - PSR-2
  7. 7. Concluindo... O intuito das PSR não é obrigar a comunidade usar suas propostas e sim tentar trazer organização e padrões para que nossas vidas se tornem mais fáceis. Aproveitemos este momento para por em prática tudo que foi aprendido nestes slides. “Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.” Mahatma Gandhi

×