Cap 25 - Erros, Alertas e Confirmação

280 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
280
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cap 25 - Erros, Alertas e Confirmação

  1. 1. Capítulo 25 About Face – The Essencials of Interaction Design 3 Erros, Alertas e Confirmação
  2. 2. Caixas de diálogo de erro • Mal escritas; • Inúteis; • Rudes; • Usuários não gostam de receber mensagens de erro.
  3. 3. Por que temos tantas mensagens de erro? • Computadores foram subdimensionados; • Potência fraca; • Caro; • Cientistas (na época) não se sentiam ofendidos
  4. 4. O que há de errado com as mensagens de erro? • Caixa de diálogo param o processo com idiotice; • Informam ao usuário sua incapacidade de funcionar de maneira mais fluída e flexível.
  5. 5. As Pessoas Odeiam Mensagens de Erro • A natureza humana é movida por emoções e sentimentos (coisa que um computador não entende); • Quando a vemos, é como se alguém nos dissesse o quão estúpidos somos; • Não importa o quão bem é escrita uma mensagem de erro; • Programadores e Designers ignoram a natureza humana.
  6. 6. De quem é o erro, afinal? • Usuários comentem menos erros do que se imagina; • Quando se digital algo que o computador não reconhece, de quem é a culpa do usuário, ou do programa? • Usuário cria um tipo de fatura para um cliente sem o número de identificação, a maioria rejeita a entrada.
  7. 7. As mensagens de erro não funcionam • Elas não impedem o usuário de cometer erros; • O usuário entram em muitos problemas com os softwares, independente de qualidade, ou até mesmo, da qualidade das mensagens.
  8. 8. A eliminação de mensagens de erro • É necessário redesenhar as aplicações de modo que eles não são mais sensíveis ao problema; • Eliminar as mensagens de erro, seriam necessário reduzir a possibilidade de os utilizadores que fazem o erro. • Designer de software deve reavaliar o conceito de ‘dados inválidos’.
  9. 9. Cometer Erros Impossíveis • Para eliminar uma mensagem de erro, uma forma excelente é fazer implementações inteligentes suficientes para que não faça mais exigências desnecessárias. • Programa se lembrar dos arquivos acessados e permitir uma seleção a partir de uma lista. Outra seria um sistema que obtém a data do relógio interno. • Programadores teriam muito trabalho, mas é o trabalho deles de satisfazer o usuário e não o contrário.
  10. 10. Feedback Positivo • Aprende-se melhor quando há um Feedback positivo do que um negativo. • Aos que defendem o Feedback negativo, podem citar inúmeros exemplos de eficiência em orientar o comportamento das pessoas. • Não há exceções? • Não devem ser considerados erros: Se mover entre duas redes sem fio, Imprimir um documento e descobrir que não há impressoras, ou editar um arquivo que não está mais disponível.
  11. 11. Algumas recomendações para melhorar a caixa de diálogo de erro. • Uma caixa de diálogo deve ser bem educada, esclarecedora e útil; • A caixa dever ser invariavelmente educada; • Deve iluminar o problema para o usuário. Significa dar-lhe a informação para que possa tomar a decisão correta para resolver o problema;
  12. 12. Dialogo de alerta: Anunciando o óbvio • Alertas e confirmações param o processo, muitas vezes com idiotice. Não relatam problemas de funcionamento; • Se o aplicativo salvo automaticamente o arquivo, ele deve mostrar confiança de saber que está fazendo a coisa certa; • Se não for realmente clara, deve deixar que o usuário o faça manualmente; • Lixeira do Windows que para(va) o processo com idiotice, e anunciava que usuário acabou de arrastar o arquivo para a lixeira. • Deve oferecer um • mecanismo robusto • para desfazer.
  13. 13. Diálogo de confirmação • Quando um aplicativo não se sente confiante, pede a um usuário para aprovação com uma caixa de diálogo. É chamado de uma confirmação. • O Windows faz jus a essa expectativa com a sua lixeira. • Revelando o modelo de implementação para os usuário é uma maneira infalível para criar um produto desagradável. • A solução mais adequada é fazer com que a ação facialmente reversível com um feedback modal.
  14. 14. Diálogo Modal • Se numa situação verdadeiramente inesperada e perigosa – que deve ser trazido à atenção do usuário – de maneira automática ele irá descartar a confirmação, pois se tornou rotina. • Para as caixas de confirmação funcionar, elas só devem aparecer quando o usuário ia quase certamente clicar em ‘Cancelar’ ou ‘Não’. E nunca quando é mais provável clicar em ‘Sim’ ou ‘Ok’.
  15. 15. Três princípiosde Design fornecem uma maneirade eliminaras caixasde diálogo de confirmação • Faça, não pergunte; • Fazer todas as ações reversíveis; • Fornecer feedback modal para ajudar os usuário a evitar erros.
  16. 16. Substituindo Diálogos: Feedback Modal Rico • O mais importante tipo de feedback modal, é o feedback modal rico visualmente; • Um exemplo é Outlook 2007, com um pequeno ícone do nome de um remetente e e-mail indica visualmente se a pessoa está Online. • Outro exemplo é a barra de progresso que aparece quando você baixa uma arquivo no MAC, indica visualmente a porcentagem.
  17. 17. Feedback • Feedback Audível - (A proposta de um feedback audível, não é o mesmo de uma caixa de mensagem de erro. A proposta do feedback para o problema é o silêncio); • Feedback Sonoro Negativo - (Por mais que as empresas se empenhem em contratar um designer de som como o que aconteceu com a Apple e a Microsoft, a maioria dos usuário não gostam dele ); • Feedback Positivo - Quase todos os objetos oferecem um som para indicar sucesso em vez de fracasso. Quando fechamos a porta, numa conversa e até mesmo o fogão. O silêncio pode garantir que o usuário sabe disso sem que realmente seja dito uma falha.

×