Planejamento e Mídia: Construção de planos

3.357 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.357
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
57
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Planejamento e Mídia: Construção de planos

  1. 1. Planejamento e Mídia <ul><li>Treinamento 2010 </li></ul><ul><li>Juliana Matsunaga </li></ul><ul><li>Gabriela Real </li></ul><ul><li>Nathália Martins </li></ul><ul><li>Roberta Pinheiro </li></ul>
  2. 2. <ul><li>Construção de Planos: </li></ul><ul><ul><li>O Plano de Marketing; </li></ul></ul><ul><ul><li>O Plano de Comunicação; </li></ul></ul><ul><ul><li>O Plano de Mídia; </li></ul></ul><ul><ul><li>O Plano da Doisnovemeia </li></ul></ul>E o menu do dia é...
  3. 3. Para começo de conversa: <ul><li>Contexto da Comunicação: </li></ul><ul><ul><li>Macroambiente -> Microambiente -> Empresa -> Marketing -> Comunicação (publicidade) </li></ul></ul><ul><ul><li>Comunicação deve ser integrada! </li></ul></ul><ul><ul><li>A TENDÊNCIA É A SINERGIA! </li></ul></ul>
  4. 4. Parceiros de trabalho: <ul><li>O marketing, o planejamento e o planejamento web são parceiros; </li></ul><ul><li>Devem caminhar juntos, porque de nada adianta uma campanha CABULOSA se as estratégias de web e de marketing da empresa são fracas. </li></ul>
  5. 5. Princípio básico! <ul><li>Planejar é transformar ideias em ação! </li></ul><ul><li>Sonho -> Planejamento -> Plano -> Ação </li></ul><ul><li>Planejar é um processo dinâmico e sistêmico; </li></ul><ul><li>Para redigir um bom plano precisa-se de: organização das informações, lógica na apresentação das informações e no desenvolvimento do raciocínio, objetividade no que se quer demonstrar e clareza para expressar o pensamento. </li></ul>
  6. 6. Planejamento de Marketing: <ul><li>Guia para a atuação da empresa no mercado; </li></ul><ul><li>È a base do plano estratégico; </li></ul><ul><li>Ajuda a reconhecer onde os esforços devem estar concentrados; </li></ul><ul><li>Analisar as oportunidades da empresa para então traçar estratégias; </li></ul><ul><li>Meio para medir o desempenho do marketing da empresa -> comparando os resultados dos planos; </li></ul><ul><li>È preciso que o marketing adote um modelo de plano que se adéqüe as necessidades da empresa; </li></ul>
  7. 7. <ul><li>O modelo de plano adotado deve criar na empresa a cultura do planejamento; </li></ul><ul><li>O planejamento de marketing deve embasar todas as ações da empresa; </li></ul><ul><li>Processo de intenso raciocínio, coordenação de pessoas, informação, recursos financeiros e materiais; </li></ul><ul><li>Campo de análise da EMRPESA! </li></ul><ul><ul><li>Fixação de objetivos, </li></ul></ul><ul><ul><li>Avaliação de oportunidades, </li></ul></ul><ul><ul><li>Planejamento de estratégias de marketing, </li></ul></ul><ul><ul><li>Desenvolvimento de planos de marketing, </li></ul></ul><ul><ul><li>Desenvolvimento do programa de marketing. </li></ul></ul>
  8. 8. <ul><li>“ O Plano de Marketing, portanto, integra o planejamento estratégico de marketing, que por sua vez, ao ser formulado, deve considerar não apenas as variáveis controláveis da empresa (variáveis do ambiente interno da organização ou micro ambiente de marketing), mas também as variáveis externas (incontroláveis) que dizem respeito aos ambientes competitivo, econômico, tecnológico, político e legal, sócio-cultural, além, e com os recursos e objetivos da empresa.” </li></ul><ul><li>Cinco propósitos essenciais que o mesmo deverá conter: </li></ul><ul><ul><li>1. Explica as situações atuais e futuras da organização, incluindo análise ambiental, SWOT e análise do desempenho anterior da empresa; </li></ul></ul><ul><ul><li>2. Especifica os resultados esperados (metas e objetivos), de maneira que a organização possa antecipar sua situação no final do período de planejamento; </li></ul></ul>
  9. 9. <ul><ul><li>3. Descreve as ações específicas que devem ser adotadas, de maneira que possa ser atribuída a responsabilidade por cada ação, o que ajuda a assegurar a implementação das estratégias de marketing; </li></ul></ul><ul><ul><li>4. Identifica os recursos que serão necessários para a execução das ações planejadas; </li></ul></ul><ul><ul><li>5. Permite o monitoramento de cada ação e seus resultados, facilitando assim a implementação dos controles. A avaliação dos resultados alcançados fornece as informações para o reinício do ciclo de planejamento no período seguinte. </li></ul></ul>
  10. 10. Planejamento de Comunicação: <ul><li>“ Planejamento é o posicionamento de determinada marca e como isso vai ficar visível para o cliente na comunicação.” </li></ul><ul><li>Deriva do plano de marketing; </li></ul><ul><li>Coordenação dos objetivos, das estratégias e das fases da campanha; </li></ul><ul><li>Começa de um patamar de informações mais elevado ou previamente definido no plano de marketing; </li></ul><ul><li>È um plano mais específico que o de marketing; </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Deve cercar o consumidor, mapear os pontos de contato com ele; </li></ul><ul><li>Deve ser o consumidor na agência! </li></ul><ul><li>Documento orientador das ações de comunicação voltado para a construção e consolidação da imagem da empresa nas cabecinhas dos consumidores; </li></ul><ul><li>È fundamental para criar as ideias e, principalmente, entender porque aquelas ideias são boas; </li></ul><ul><li>Contribui também para a execução das ideias; </li></ul><ul><li>Não é só uma pesquisa com números e dados absolutos, é uma interpretação desses dados com um olhar mais crítico; </li></ul>
  12. 12. <ul><li>“ As melhores soluções possíveis só vêm de uma análise racional e reintegração imaginativa de todos os diferentes itens em novo padrão, usando o poder não-linear do cérebro” – Kenichi Ohmae ( The mind of the strategist) </li></ul><ul><li>Garantir que todos os dados relevantes para decisões-chave de propaganda fosse adequadamente analisados, complementados com novas pesquisas e organizados para se relacionarem com as decisões da estratégia criativa e com a forma como a campanha deveria ser analisada. </li></ul><ul><li>Vale ressaltar que o planejamento não toma nenhuma decisão, ele é mais uma ferramenta de inspiração! </li></ul><ul><li>“ Cada ferramenta de comunicação atua como um ‘amplificador’ que entrega a mensagem ‘da Empresa’ aos ouvidos do público-alvo com maior ou menor intensidade e com mais ou menos ruído.” </li></ul>
  13. 13. Linha tênue! Sinal de alerta! <ul><li>Plano de Marketing versus Plano de Comunicação; </li></ul><ul><li>Marketing: analisa aspectos das variáveis externas à empresa + análise das variáveis da empresa = diagnóstico e elaboração de estratégias para melhorar a EMPRESA! </li></ul><ul><li>Comunicação: análise das várias externas à empresa + análise das variáveis que influenciam a comunicação = definição do problema e objetivo de comunicação e elaboração das estratégias de COMUNICAÇÃO! </li></ul>
  14. 14. Planejamento de mídia: <ul><li>Fundamental para alcançarmos de forma eficiente nossos consumidores; </li></ul><ul><li>Antes era mais fácil -> Novela do horário nobre da rede Globo; </li></ul><ul><li>Mais possibilidades -> exigência maior do planejamento de mídia; </li></ul><ul><li>Precisa definir: onde chegar, melhor caminho e ORÇAMENTO; </li></ul><ul><ul><li>Definir onde queremos chegar: maior conhecimento da marca, informar um lançamento de novo produto, comunicar um novo benefício </li></ul></ul><ul><ul><li>Escolher o melhor caminho: que meios usar, por quanto tempo, em qual freqüência </li></ul></ul><ul><ul><li>Acomodar tudo dentro do orçamento: buscar eficiência através da combinação ótima das variáveis </li></ul></ul>
  15. 15. <ul><li>Entender e interpretar dados e números; </li></ul><ul><li>Escolher MUITO bem o target; </li></ul><ul><li>Definir as táticas, escolher os meios com base em aspectos como impacto, continuidade e duração; </li></ul><ul><li>Vale tudo! Principalmente usar o feeling! </li></ul><ul><li>Momento em que o pensamento estratégico é mais que essencial; </li></ul><ul><ul><li>Estabelecer um objetivo </li></ul></ul>
  16. 16. Mas sim, e como tudo isso funciona aqui?
  17. 17. Marketing e Planê <ul><li>Combinação sensacional, porque? </li></ul><ul><li>Análise com olhar da empresa versus análise com olhar do consumidor/comunicação; </li></ul><ul><li>Integração com o planejamento web; </li></ul>
  18. 18. Partes que compõem um todo: <ul><li>Empresa; </li></ul><ul><li>Análise do Mercado; </li></ul><ul><li>Análise da Concorrência; </li></ul><ul><li>Análise do público-alvo; </li></ul><ul><li>SWOT </li></ul><ul><li>Conclusão do Diagnóstico; </li></ul><ul><li>Problema e objetivo de Comunicação; </li></ul><ul><li>POSICIONAMENTO </li></ul>
  19. 19. Leiam, por favor! <ul><li>Pois muito bem. Criar hipóteses dentro dos ingredientes do caos é, em alguma escala, dar ordem ao caos. É a humildade de querer entendê-lo. Você arruma os ingredientes a ponto de compreendê-los em partes e questioná-los em parte. Questionar cada um dos pontos provoca o entendimento desses pontos. Eles começam a ficar mais claros. E é instigante quando você percebe que é possível descobrir mais uma coisa em uma coisa. Duas, três, dezessete coisas em uma coisa. Você desdobra os ingredientes do caos e descobre, enfim, que existe ali, no caos, uma ordem, uma programação, um comportamento ou, pelo menos, uma tendência. – </li></ul><ul><li>http://estalo.org/?p=868 </li></ul>
  20. 20. Que tal colocar em prática? <ul><li>Vocês terão que trazer um modelo de plano de marketing e um modelo de plano de comunicação (cada dupla terá que trazer um diferente, ok?) </li></ul><ul><li>Duplas: </li></ul><ul><ul><li>Everton e Thaiza Carol </li></ul></ul><ul><ul><li>Raíssa e Alessandra </li></ul></ul><ul><ul><li>Isabela e Davi </li></ul></ul>

×