2012 04-04 - 09 de 20 - cap. 4 novos paradigmas de gestão (parte 3) - reengenharia e downsizing

977 visualizações

Publicada em

aula 9 de 20 o curso de administraçao geral da faculdade de ciencias contabeis do IESPES, santarém, Tapajos - Brasil

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
977
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
49
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2012 04-04 - 09 de 20 - cap. 4 novos paradigmas de gestão (parte 3) - reengenharia e downsizing

  1. 1. Contábeis – 2012/01 Administração Geral Aula 9 de 20 Santarém, BrasilQuarta-Feira, 4 de Abril de 2012
  2. 2. Contábeis – 2012/01 Aula Anterior• Tema: Cap. 4: Novos Paradigmas de Gestão (parte 2): Qualidade• Data: Quarta-Feira, 28 de Marco de 2011• Pontos Principais: – O que é Qualidade; – TQM ou Qualidade Total – Ferramentas da Qualidade e seus usosQuarta-feira, 04/04/2012 Administração Geral - Fernando Monteiro D’Andrea 2
  3. 3. Contábeis – 2012/01 Assuntos de Hoje Capítulo 4: Cap. 4: Novos Paradigmas de Gestão (parte 2) – Reengenharia e DownsizingQuarta-feira, 04/04/2012 Administração Geral - Fernando Monteiro D’Andrea 3
  4. 4. Contábeis – 2012/01 Reengenharia (1)• Engenharia, o que é??• Então Re-Engenharia é... – Repensar a empresa desde o princípio, do zero; – Perguntar: • O que fazer para criar a empresa? Que fazer • Qual seu objetivo? para que a • Qual seria sua estrutura? empresa • E seus processos? tenha êxito? • Quem seria contratado?Quarta-feira, 04/04/2012 Administração Geral - Fernando Monteiro D’Andrea 4
  5. 5. Contábeis – 2012/01 Reengenharia (2)• A Reengenharia visa repensar os fundamentos da empresa bem como a reestruturação radical dos processos empresariais que visam alcançar melhorias drásticas em indicadores críticos de desempenho como, por exemplo: – Custos; – Qualidade percebida; – Atendimento; – Velocidade de resposta;Quarta-feira, 04/04/2012 Administração Geral - Fernando Monteiro D’Andrea 5
  6. 6. Contábeis – 2012/01 Reengenharia (3)• Fundamental: – Deve-se questionar tudo! Porquê faz-se isso? • Busca-se chegar à eficácia, fazer o que precisa ser feito; • Nem sempre a empresa faz o que necessita fazer! – Porquê desta maneira? • Busca-se a eficiência, fazer certo da primeira vez e com recursos limitados;• Radical: – Não se deve apenas melhorar mas possivelmente mudar o que está sendo feito, fazer outra coisa, em outro lugar com outras pessoas;Quarta-feira, 04/04/2012 Administração Geral - Fernando Monteiro D’Andrea 6
  7. 7. Contábeis – 2012/01 Reengenharia (4)• Drástica: – A melhoria nos resultados deve ser drástica e não pequena e contínua; – Deve-se aplicar a Reengenharia para destruir o que existe e criar algo novo que produza resultados drasticamente melhores;• Processo: – Deve ser o foco da análise sobre a estrutura, as tarefas, serviços e pessoas, é o mais importante a ser modificado;Quarta-feira, 04/04/2012 Administração Geral - Fernando Monteiro D’Andrea 7
  8. 8. Contábeis – 2012/01 Reengenharia (5)• Porquê a reengenharia deve ser freqüente? – Aumento da concorrência e da busca da Qualidade por parte do cliente; • Em parte devido à globalização; – Poder do cliente; • Com tantos competidores as empresas devem produzir com qualidade e a preço baixo para sobreviverem; – Velocidade nas mudanças; • Obrigam a mudança interna, a reestruturação a minimização de custos; – Necessidade de redução de custos; • Eliminar atividades que não agregam valor (burocracia);Quarta-feira, 04/04/2012 Administração Geral - Fernando Monteiro D’Andrea 8
  9. 9. Contábeis – 2012/01 Reengenharia (6)• Processos e Atividades• A visão de Taylor (atividades minimalistas) – não mais se aplica;• 3 tipos básicos de atividades: – As que agregam valor ao produto/serviço; – As que não agregam valor mas são necessárias para que as primeiras funcionem (coordenação e controle, por exemplo);Quarta-feira, 04/04/2012 Administração Geral - Fernando Monteiro D’Andrea 9
  10. 10. Contábeis – 2012/01 Reengenharia (7) • Estas aumentam muito à medida que o tamanho da empresa cresce criando problemas de escala; • Processos se tornam extremamente trabalhosos e complexos; – Atividades que não agregam valor e não são necessárias: • Não trazem vantagem para a organização nem para o cliente no entanto são requeridas, muitas vezes por simples “hábito”;Quarta-feira, 04/04/2012 Administração Geral - Fernando Monteiro D’Andrea 10
  11. 11. Contábeis – 2012/01 Reengenharia (8)• Resultados das mudanças – Eliminam-se passagens de tarefas de uma pessoa (ou órgão) para outro diminuindo erros, atrasos e reparos; – Maior descentralização com delegação de poder à níveis mais baixos da hierarquia (enpowerment); – Maior qualificação do pessoal • Do especialista ao generalista • Serviços mais complexos e mais desafiadores causando melhoria na percepção do trabalho por parte do trabalhador; – Trabalhos simples que requerem muitas coordenações e geram processos complexos são substituídos por trabalhos mais complexos que requerem menos coordenações e geram processos mais simples;Quarta-feira, 04/04/2012 Administração Geral - Fernando Monteiro D’Andrea 11
  12. 12. Contábeis – 2012/01 Reengenharia (9)• Como praticar a reengenharia? – Cada processo precisa ter um dono, tudo numa empresa deve ter um responsável direto; – Nos casos de processos muito complexos um grupo é responsável, ainda assim sabe-se claramente quem é que manda, quem é o chefe; – Os trabalhadores devem ser mais qualificados pois o trabalho será mais difícil e mais desafiador; – Usar a TI para melhorar e acelerar processos ajudando inclusive no aumento de desempenho;Quarta-feira, 04/04/2012 Administração Geral - Fernando Monteiro D’Andrea 12
  13. 13. Contábeis – 2012/01 Reengenharia (10)• Importância da Reengenharia – Foco no cliente, organização por processo e líder de processo, empowerment, uso intensivo de TI, pensar a empresa do zero, mudança radical na organização: • Já existiam, como a reengenharia contribui, então? – Estabeleceu-se o dono do processo; – A Reengenharia coloca tudo num só método de aumento de resultados, não novo, mas organizado; – Acima de tudo: o foco nas atividades que agregam valor ao produto;Quarta-feira, 04/04/2012 Administração Geral - Fernando Monteiro D’Andrea 13
  14. 14. Contábeis – 2012/01 DownSizing (1)• Significa literalmente: Diminuição;• Geralmente diminui-se o n° de empregados e de níveis hierárquicos;• Objetiva reduzir custos e aumentar flexibilidade da empresa;• Se mal conduzida é extremamente perigosa para a organização (conhecimento pode desaparecer);Quarta-feira, 04/04/2012 Administração Geral - Fernando Monteiro D’Andrea 14
  15. 15. Contábeis – 2012/01 DownSizing (2)• As vezes e conseqüência de programas de Reengenharia, TQM ou desburocratização;• Pode ainda ser um programa de reestruturação de uma empresa que está diminuindo, ou que tem necessidade de ficar mais veloz ou reduzir custos, por exemplo;• Assim como a Reengenharia o Downsizing não é um sistema de gestão (ao contrário do TQM);Quarta-feira, 04/04/2012 Administração Geral - Fernando Monteiro D’Andrea 15
  16. 16. Contábeis – 2012/01 DownSizing (3)• Se bem planejado e executado traz benefícios de custos, processos de decisão, aumento da produtividade e flexibilidade;• Uma equipe conduz o processo e deve-se atentar para os remanescentes: – Problemas motivacionais são comuns;• Diferentemente da Reengenharia o Downsizing não busca modificar processos, mas reduzir a estrutura da empresa (pessoal e níveis hierárquicos).Quarta-feira, 04/04/2012 Administração Geral - Fernando Monteiro D’Andrea 16
  17. 17. Contábeis – 2012/01 Próxima Aula: 10 de 20 Dia 11 de Abril de 2011, Quarta- Feira Prova ITerça,-feira 09/08/2011 Administração Geral - Fernando Monteiro D’Andrea 17
  18. 18. Contábeis – 2012/01 Bibliografia da Aula 9• Livros – LACOMBE, Francisco. Teoria geral da administração. São Paulo: Saraiva, 2009. • Caps. 15 – PALADINI, Edson Pacheco. Gestão da Qualidade. 2ª ed., São Paulo: Atlas, 2011. – CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à teoria geral da administração. 7ª Ed. São Paulo: Campus, 2004.Quarta-feira, 04/04/2012 Administração Geral - Fernando Monteiro D’Andrea 18

×