GMC 2010 indicadores para a gestão do conhecimento

3.830 visualizações

Publicada em

Apresentação realizada por Gustavo Caran no Global Make Conference 2010, no dia 27 de maio, em São Paulo, com o título "Indicadores Estratégicos de Capitais Intelectuais para Gestão do Conhecimento".

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.830
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
609
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
77
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Senhoras e/ou Senhores, bom dia(tarde) ou noite a todos. Meu nome é XXXXX e sou responsável pela XXXXX da Documentar Inicialmente gostaria de agradecer oportunidade de estar nesse momento apresentando um pouco mais sobre nosso negócios e como podemos apoia-lo(s) a melhorar a competitividade de seu negócio com à partir da gestão de processos, documentos, informação e conhecimento. Irei agora apresentar-lhes a nossa visão corporativa, proposta de valor e diferenciais competitivos.
  • GMC 2010 indicadores para a gestão do conhecimento

    1. 1. Utilize nosso conhecimento como seu diferencial competitivo.
    2. 2. A CONSTRUÇÃO DE INDICADORES ESTRATÉGICOS EM GESTÃO DO CONHECIMENTO NA DOCUMENTAR Gustavo Miranda Caran Kellen Cristina Ignácia Mendes GMC 2010 Unidade de Gestão do Conteúdo e Conhecimento Diretora: Angela Rodrigues de Araújo Guimarães
    3. 3. <ul><li>Desenvolver continuamente a cultura de produção, registro, compartilhamento e gestão do conhecimento técnico-tecnológico; </li></ul><ul><li>Internalizar na rotina e na cultura empresarial o processo de inovação; </li></ul><ul><li>. </li></ul>PLANEJAMENTO ESTRÁTÉGICO DOCUMENTAR - 2006 Objetivos Estratégicos A GC na Documentar Principais ações <ul><li>Implantação, em outubro de 2006, da Unidade de Gestão do Conteúdo e do Conhecimento – UGC sob o comando de uma das sócias da empresa. </li></ul><ul><li>Foco nos critérios MAKE </li></ul><ul><li>. </li></ul>
    4. 4. A GC na Documentar <ul><li>Identificar os valores da empresa (tangíveis e intangíveis) </li></ul><ul><li>Ações baseadas na estrutura corporativa </li></ul>1º - Criar uma cultura corporativa de Gestão do Conhecimento <ul><li>Método e ferramenta de medição </li></ul><ul><li>Permite realizar ações orientadas para a valorização </li></ul>3º - Maximiza r o valor do Capital Intelectual INDICADORES E CRITÉRIOS MAKE
    5. 5. A GC na Documentar Unidade de Gestão do Conteúdo e do Conhecimento Necessidade de interconexão das práticas Gestão de Pessoas Unidade Executiva e de Operações Unidade de Negócios
    6. 6. A GC na Documentar Abrangência das práticas Gestão do Conhecimento Operações Pessoas Negócios Estratégia
    7. 7. Capital Intelectual Todo ativo da empresa que não é mensurado a partir de balanços contábeis e financeiros. Representa um conjunto de valores intrínsecos à empresa, tais como: Conceito <ul><li>Profissionais experientes e qualificados em seu quadro funcional. </li></ul><ul><li>Know-How e patentes. </li></ul><ul><li>Marca associada à excelência em produtos/serviços. </li></ul><ul><li>Market Share </li></ul><ul><li>Outros... </li></ul>
    8. 8. Capital Intelectual Fonte: Artigo “Medindo o Capital Intelectual”, de Luiz Antônio Joia, ERA.
    9. 9. Como Mensurar? <ul><li>Analisar a Estratégia </li></ul><ul><li>Estabelecer o que deve ser mensurado </li></ul><ul><li>Buscar medidores nos processos atuais </li></ul><ul><li>Parametrizar as medições </li></ul><ul><li>Acompanhar os resultados </li></ul><ul><li>Adequar os medidores </li></ul>Medir apenas o que realmente é considerado valor para a empresa, ou seja, valor estratégico.
    10. 10. ´Capitais Intangíveis – BNDES/CRIE Modelo de análise de cenário para concessão de empréstimos do BNDES, e desenvolvida em parceria com o CRIE (Centro de Referência em Inteligência Empresarial. Tem como objetivo aumentar a precisão nos cálculos de risco em investimentos, considerando elementos como: <ul><li>Tecnologias </li></ul><ul><li>Recursos Humanos </li></ul><ul><li>Experiência / Know-How </li></ul><ul><li>Governança Corporativa </li></ul><ul><li>Outros </li></ul>
    11. 11. Fonte: Revista Inteligência Empresarial, Nº 31. ´Capitais Intangíveis – BNDES/CRIE
    12. 12. Capitais Intangíveis – BNDES/CRIE Fonte: Revista Inteligência Empresarial, Nº 31.
    13. 13. Capital Intelectual Fonte: Artigo “Medindo o Capital Intelectual”, de Luiz Antônio Joia, ERA.
    14. 14. Balanced Scorecard (BSC) <ul><li>Visão sistêmica dos resultados </li></ul><ul><li>Alinhada à estratégia </li></ul><ul><li>Painel de medição </li></ul>Características <ul><li>Financeiro </li></ul><ul><li>Clientes </li></ul><ul><li>Processos Internos </li></ul><ul><li>Crescimento e Aprendizado </li></ul>Dimensões
    15. 15. Balanced Scorecard (BSC) Fonte: Relações de Causa e Efei6to do BSC (Arveson, 1999)
    16. 16. Metodologia Documentar ESTRATÉGIA Missão, Visão e Valores Metas CAPITAIS E ATIVOS INTANTGÍVEIS Capital Humano Capital de Relacionamento Capital Estrutural INDICADORES Parametrização Atribuição de Pesos Implantação
    17. 17. Estratégia Documentar Melhorar a eficiência e os resultados dos nossos clientes, transformando a gestão de processos, documentos, informação e conhecimento em diferencial competitivo. Missão <ul><li>Respeitar o foco do cliente </li></ul><ul><li>Valorizar as pessoas </li></ul><ul><li>Inovação de valor </li></ul><ul><li>Compromisso com resultados </li></ul><ul><li>Ética e transparência </li></ul>Valores
    18. 18. Ativos Intangíveis <ul><li>Colaboração </li></ul><ul><li>Capacitação Profissional </li></ul><ul><li>Desempenho Profissional </li></ul>Catipal Humano <ul><li>Satisfação dos Clientes </li></ul><ul><li>Visibilidade no Mercado </li></ul><ul><li>Participação no Mercado </li></ul>Capital de Relacionamento <ul><li>Eficiência nos Projetos </li></ul><ul><li>Eficiência nos Processos </li></ul><ul><li>Inovação </li></ul>Capital Estrutural
    19. 19. Cálculos Processo em GC Indicador A Indicador B Indicador C Ativo A Ativo B Peso A Peso B Peso A Peso B Peso C
    20. 20. Cálculos <ul><li>Como medida de parametrização, os resultados são convertidos em %. </li></ul>Indicadores <ul><li>Alta Influência = 3. </li></ul><ul><li>Média Influência = 2. </li></ul><ul><li>Baixa Influência = 1. </li></ul>Pesos Indicador % Peso Ativo/Capital Processo Índice Geral da Avaliação Anual de Desempenho 79% 3 Desempenho Profissional Gestão de Pessoas- UEX Atendimento ao Perfil Solicitado pela Área 80,1% 2 Desempenho Profissional Gestão de Pessoas – UEX Total 79,4% Desempenho Profissional
    21. 21. Processos em GC PROGRAMA COLABORAÇÃO UGC Conjunto de práticas de incentivo à participação dos colaboradores na indicação de conteúdos, eventos, informações gerais e sugestões de promoção da inovação. BASE DO CONHECIMENTO Práticas para aquisição e compartilhamento de conhecimento através de um repositório de conteúdos técnicos relacionados à atuação da Documentar.. APRESENTE-SE À DOCUMENTAR Criação de um espaço em que o colaborador ou uma equipe possam se apresentar e falar um pouco sobre si e sobre seu trabalho. Tem como objetivo aproximar e integrar. CIRCUITO DO CONHECIMENTO Promoção de eventos periódicos onde são apresentados resultados de projetos, pesquisas científicas e técnicas, com a finalidade de compartilhar conhecimento. INTRANET Conjunto De ações de manutenção e promoção de soluções internas através do uso da Intranet Documentar, com foco na estruturação dos processos e promoção da Gestão do Conhecimento. SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE Controlada pelo Escritório da Qualidade, visa sistematizar os processos da empresa e manter o conhecimento das práticas de rotina, bem como acompanhar os resultados alcançados.
    22. 22. Relação de Indicadores Capital Humano Indicador % Peso Ativo Processo Participações no Programa Colaboração UGC 49,1% 2 Colaboração Colaboração UGC – UGC Benefício do programa Colaboração UGC 66,7% 3 Colaboração Colaboração UGC – UGC Participações em Eventos 24,5% 2 Capacitação Profissional Participação em Eventos - UGC Permanência dos Colaboradores 96,8% 2 Capacitação Profissional Gestão de Pessoas – UEX Índice Geral da Avaliação Anual de Desempenho 79% 3 Desempenho Profissional Gestão de Pessoas – UEX Atendimento ao Perfil Solicitado pela Área 80,1% 2 Desempenho Profissional Gestão de Pessoas - UEX Total 67,1%
    23. 23. Relação de Indicadores Capital Estrutural Indicador % Peso Ativo Processo Metas Cumpridas pelas Unidades 85,7% 2 Eficiência nos Processos Escritório da Qualidade Índice de Melhorias em Processos 10,3% 2 Inovação Escritório da Qualidade / UGC Grau de Satisfação dos Clientes 85% 3 Eficiência nos Projetos Escritório de Projetos – UEX Metas de Custos Cumpridas em Projetos 87%k 2 Eficiência nos Projetos Escritório de Projetos – UEX Metas de Prazos Cumpridas em projetos 73% 2 Eficiência nos Projetos Escritório de Projetos – UEX Total 69,7% Inovação/Estrutural
    24. 24. Relação de Indicadores Capital de Relacionamento Indicador % Peso Ativo Processo Grau de Satisfação dos Clientes 85% 2 Satisfação dos Clientes Escritório de Projetos – UEX Grau de Relevância em Recuperação na Web 43% 2 Visibilidade no Mercado Site Documentar – UGC Índice de Aumento na Visitação ao Site Documentar 72,4% 2 Visibilidade no Mercado Site Documentar – UGC Índice de Presença na Mídia 70,4% 2 Visibilidade no Mercado Marketing – UNG Retenção de Clientes 73% 2 Participação no Mercado Escritório de Projetos – UEX Participação entre as maiores empresas de TI 66,7% 3 Participação no Mercado Clipping Documentar - UGC Total 68,3%
    25. 25. Cálculos Capital Humano Ativo s % Peso Capacitação Profissional 60,7 2 Desempenho Profissional 79,4 2 Colaboração 59,7 2 Total 66,6% Capital Estrutural Ativo s % Peso Eficiência nos Projetos 82,1 2 Eficiência nos Processos 85,7 2 Inovação 10,3 2 Total 59,8% Capital Relacionamento Ativo s % Peso Visibilidade no Mercado 61,9 2 Satisfação dos Clientes 85,0 2 Participação no Mercado 69,2 2 Total 72,1%
    26. 26. Resultados Obtidos
    27. 27. Resultados Obtidos <ul><li>Ferramenta consolidada para diagnóstico em Gestão do Conhecimento. </li></ul><ul><li>Maior agilidade nas tomadas de decisão. </li></ul><ul><li>Evita a adoção de práticas em Gestão do Conhecimento em condições ou momentos inoportunos. </li></ul>Benefícios Percebidos <ul><li>Prazo de 3 meses para entrega do diagnóstico. </li></ul><ul><li>Reajuste de 3 processos de Gestão do Conhecimento dentro das prioridades estratégicas da Documentar. </li></ul><ul><li>Redução de 10 horas mensais de Analista da Informação em pesquisas de mercado com a criação do Banco de Indicadores. </li></ul>ROI
    28. 28. OBRIGADO DÚVIDAS????

    ×