REPUBLICANO INDEPENDENTE                                                   F U N DA D O E M 1 9 1 7
  COBRIAGEM – NIQUELAG...
04| OUTUBRO |07                                                                O D e spert ar
                            ...
CIDADE DE COIMBRA                                                                        3           spert
               ...
04| OUTUBRO |07                                                            O D e spert ar
                                ...
ESPAÇO REPÓRTER                                                                           5           spert
              ...
04| OUTUBRO |07                                                          O D e spert ar
                                  ...
O DISTRITO DE COIMBRA                                                                     7          spert
               ...
04| OUTUBRO |07                                                              O D e spert ar
                              ...
O Despertar – 8453 – 4.10.2007
O Despertar – 8453 – 4.10.2007
O Despertar – 8453 – 4.10.2007
O Despertar – 8453 – 4.10.2007
O Despertar – 8453 – 4.10.2007
O Despertar – 8453 – 4.10.2007
O Despertar – 8453 – 4.10.2007
O Despertar – 8453 – 4.10.2007
O Despertar – 8453 – 4.10.2007
O Despertar – 8453 – 4.10.2007
O Despertar – 8453 – 4.10.2007
O Despertar – 8453 – 4.10.2007
O Despertar – 8453 – 4.10.2007
O Despertar – 8453 – 4.10.2007
O Despertar – 8453 – 4.10.2007
O Despertar – 8453 – 4.10.2007
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O Despertar – 8453 – 4.10.2007

2.346 visualizações

Publicada em

Versão integral da edição n.º 8453 do semanário “O Despertar”, que se publica em Coimbra. Última edição dirigida por Fausto Correia, antes da sua trágica morte. Jornal fundado em 1917. 4.10.2007.

Visite outros sítios de Dinis Manuel Alves em www.mediatico.com.pt ,
www.youtube.com/mediapolisxxi, www.youtube.com/fotographarte, www.youtube.com/tiremmedestefilme, www.youtube.com/discover747 ,
http://www.youtube.com/camarafixa, , http://videos.sapo.pt/lapisazul/playview/2 e em www.mogulus.com/otalcanal
Ainda: http://www.mediatico.com.pt/diasdecoimbra/ , http://www.mediatico.com.pt/redor/ ,
http://www.mediatico.com.pt/fe/ , http://www.mediatico.com.pt/fitas/ , http://www.mediatico.com.pt/redor2/, http://www.mediatico.com.pt/foto/yr2.htm ,
http://www.mediatico.com.pt/manchete/index.htm ,
http://www.mediatico.com.pt/foto/index.htm , http://www.mediatico.com.pt/luanda/ ,
http://www.biblioteca2.fcpages.com/nimas/intro.html

Publicada em: Turismo, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.346
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
22
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Despertar – 8453 – 4.10.2007

  1. 1. REPUBLICANO INDEPENDENTE F U N DA D O E M 1 9 1 7 COBRIAGEM – NIQUELAGEM CROMAGEM – ZINCAGEM O Despertar SERRALHARIA CIVIL SOLDADURAS A ELECTROGÉNEO AUTOGÉNEO E ALUMÍNIO REPARAÇÃO DE JANTES EM FERRO E ALUMÍNIO INSTALAÇÕES PRÓPRIAS: Director: Fausto Correia Director-Adjunto: António Carlos de Sousa RELVINHA Telef. e Fax: 239 825 294 3020-365 COIMBRA 5.ª FEIRA O SEMANÁRIO DE COIMBRA PORTE PAGO 4 - Outubro - 2 0 0 7 Ano 90 N.º 8453 – 0,75 € Especialistas Caminhos de Festival do analisam Coimbra Santiago unem Chícharo começa Medieval entidades da região hoje em Alvaiázere Página 3 Página 6 Página 8 ENTREVISTA REPORTAGEM Página 5 “É preciso educar Portugal comemora amanhã financeiramente as pessoas” a Implantação da República José Silva Nunes, presidente da delegação de Coimbra da DECO, nas centrais Página 5 Temos para lhe oferecer semanas de férias a preços inacreditáveis. PINEDA DE MAR – 7 noites em Pensão Completa a partir de 270 € ou BENIDORM a 299 €. Se pretende ir até PALMA DE MAIORCA, tem valores a partir de 350 € ou TENERIFE a 370 €. CABO VERDE é um destino sempre apetecível. Desfrute da fantástica Praia do Sal a partir de 529 €. Pode também viajar até ao BRASIL a partir de 599 € ou até às CARAÍBAS a partir de 755 € Para estadias mais curtas propomos LONDRES a partir de 246 €, PARIS a 229 € ou PRAGA desde 272 €. Temos também preços especiais para R. João de Ruão, 16 - 239 855 555 Coimbra fins-de-semana em Portugal. Consulte-nos. R. Afonso Henriques,17 - 231 423 343 Cantanhede
  2. 2. 04| OUTUBRO |07 O D e spert ar spert rtar 2 O CONIMBRICENSE ALVORADA A República pressupõe Liber- com recurso aos modernos meios dade e Democracia, Tolerância e de comunicação audiovisual, Respeito. Nestas páginas escre- neles incluídos os suportes infor- SEMANÁRIO veram e escrevem cidadãos que máticos. E quanto mais depressa 90.º Ano de Publicação não professam a ideia republicana. melhor. (Sai às sextas feiras) É o pluralismo e o confronto de ideias Por outro lado, os programas que, antes de serem proclamados comemorativos do 5 de Outubro, O Despertar na web “5 DE OUTUBRO”: “urbi et orbe” como princípios inalienáveis, já aqui eram obser- Fausto Correia salvo honrosas excepções, são repetitivos, desinteressantes, www.odespertar.com.pt portal@odespertar.com.pt vados de modo inalterado. fausto.correia@europarl.europa.eu desmobilizadores. A manter-se o INOVAR Ninguém é dono da verdade absoluta. Só os ditadores impõem a fome, a miséria, a doença. Ainda cenário no que ao 25 de Abril diz respeito, críticas semelhantes Director Fausto Correia PARA MOBILIZAR unilateralmente os seus pontos de vista. De forma opressora e re- mais: contra o desemprego, a exclusão (seja qual for a causa) e serão feitas, no ano de 2071, aos respectivos festejos, exactamente Director Adjunto António Carlos de Sousa Em 5 de Outubro de 1910 a pressora, digamos totalitária. E os as assimetrias (de toda e qualquer 97 anos depois da Revolução dos Redacção República implantou-se em Portu- cidadãos, tomados como súbditos, natureza). Cravos… António Carlos de Sousa gal. Faz agora 97 anos. Trata-se pagam com sangue, suor e lágrimas No fundo, o combate radica na É preciso inovar – para (C.P N.º TE-951) . de um regime quase centenário os naturais actos de rebeldia contra concretização – tão progressiva mudar o estado de coisas. Atribuir num país multissecular. Zilda Monteiro a iniquidade e a ilegitimidade. quanto necessária, tão urgente ao 5 de Outubro uma prioridade (C.P N.º 7937) . “O Despertar”, que tem Depois de um longo interregno, quanto imperiosa – da trilogia temática anual, de âmbito nacional menos 7 anos, lançado que foi em Colaboradores o 25 de Abril de 1974 trouxe-nos de “Liberdade, Igualdade, Frater- ou internacional, talvez seja a André Pereira 1917, ostenta no seu cabeçalho, volta a Democracia e entrámos na nidade”, que inspirou a Revolução solução. Em especial versando Dinis Manuel Alves como sempre, a legenda SEMA- chamada II República. E, sem Francesa, influenciou muitas das tanto os direitos fundamentais Gonçalo Ermida NÁRIO REPUBLICANO IN- distracções, importa constatar que, conquistas irrenunciáveis e continua clássicos como os direitos sociais Joana Martins Luís Monteiro DEPENDENTE. de 1910 a 2007, os portugueses a inculcar muitos dos objectivos em e económicos. Para que muitos Luís Pato Não ostenta por ostentar, nem viveram pouco mais tempo em discussão e a prosseguir, como é o assuntos possam ser discutidos inclui a legenda por incluir. É que o por todos e de forma mobilizadora. Colunistas Liberdade que em ditadura. É de caso do presente Ano Europeu de ADIFER mais antigo jornal de Coimbra deve um ano e dois meses a diferença… Igualdade de Oportunidades para Estamos perante uma mera Alda Constança o seu nascimento a um punhado A divisão dos poderes bem Todos. questão de vontade: organizar, Amadeu Carvalho Homem de republicanos que assumiu a sua como o princípio de um voto para Torna-se difícil explicar histo- preparar, executar um programa. Bernardes Teixeira trincheira e, nestas colunas, cada homem são hoje, por exemplo, ricamente às gerações mais novas Dando um sinal mais às come- Carlos Cidade defendeu os seus pontos de vista, morações do 5 de Outubro. Que Carlos Coelho Veiga questões comummente aceites e o verdadeiro significado e a real Carlos Esperança de braço dado com a dos legítimos pacíficas no mundo ocidental. A luta importância do 5 de Outubro de não pode continuar como um banal Eduardo Proença Mamede interesses de Coimbra – cidade, vira-se contra o terrorismo, a 1910. Convenhamos que a Histó- dia de descanso. É pouco, muito Fernando Martins concelho, distrito e região. xenofobia, o racismo. Mais: contra ria de Portugal deve ser divulgada pouco. Jaime Ramos João Baptista Joaquim Vieira Jorge Rua Cidades inseguras José Andrade José Henrique Dias José Miguel Queiroz 90 José Soares Júlio Gomes Correia Lino Mendes Todos sabemos que não é possível que se passa nesta linha, a viagem Luís Marques erradicar os actos de vandalismo é acompanhada por dois agentes Luís Martinho do Rosário numa sociedade, em particular nas da PSP, que se mostraram impo- Manuel Bontempo Manuel Chaves e Castro grandes cidades. É assim em todo tentes para controlar a situação. Marcelo Henriques de Brito o mundo, com especial incidência Ainda assim, valeu a coragem de Marcos Franco ANOS nos países da América Latina. um deles, ao pegar na pistola e dar Maria Emília Seabra Paulo Eduardo Correia Há algumas semanas atrás, José Soares dois tiros para o ar. O que acon- Paulo Leocádio Bernardo Acabe-se com o abuso utilizei a famosa, pelas piores jose.soares@mail.pt teceria a este agente, se calha ter Pedro Ferrão Continuam certos automobilistas a razões, linha de Sintra da CP. o azar de acertar num destes Pedro Redol fazer das ruas da cidade pistas de Apesar de mais parecer um metro jovens vândalos? Um deles, abor- Rui Fausto Lourenço Sansão Coelho corrida. de superfície, a verdade é que de dado por um revisor sobre a falta de trabalho, mas também trás Sofia Figueiredo Urge que se ponha termo ao dentro se via o mesmo que no do seu bilhete, encostou uma na- Vítor Botelho abuso, que classificamos de inaudito, muitos jovens vândalos, que após metro: nada! Os vidros, além de valha ao peito do funcionário da Victor Gonçalves para não lhe darmos outro nome. saírem das discotecas e bares, C.P. Victor Maia Costa É por cima de toda a folha… foscos, estão tão grafitados que é regressam a casa, não sem antes Para eles tanto monta man- Este episódio terminou com a Administração, Redacção, quase impossível vislumbrar o que insultarem e agredirem quem lhes darem desta para melhor um gato ou detenção do jovem que ameaçou Publicidade, Assinaturas e Serviços se passava cá fora. Vem à memó- apetece. o revisor com a navalha. Levado Rua Pedro Roxa, 7-1.º um cão, como uma criança ou um adulto. ria as histórias desta linha sobre a Segundo algumas testemu- à esquadra para identificação, foi Telefones: 239 85 27 10/11/12 O que é preciso é andar, é correr violência urbana. nhas, “mais de 30 vândalos” notificado para se apresentar Fax: 239 852 719 desabridamente, em velocidades Recentemente, saltou para as espalharam o terror aos passa- tribunal e acabou libertado. e-mail: jornaldespertar@mail.telepac.pt excessivas, que nos chegam a causar páginas dos jornais mais um acto Denominação Social calafrios. geiros. Após passarem a viagem a As estatísticas até poderão de vandalismo da linha de Sintra. ANTÓNIO DE SOUSA (HERD.), LDA. E tudo que apanham na frente cantar e a provocar distúrbios, mostrar o contrário. Mas, fazendo O primeiro comboio que sai de Contrib. N.º 502 137 258 fica reduzido…a fanicos. incomodando toda a gente, “fu- uma pequena análise à nossa Cap. Social: 7.481,97 Euros Mãos femininas, ao que nos Lisboa às 06h00, trás muita gente giram à pressa com insultos e imprensa, mesmo a local, che- dizem, iam ao volante dum auto- Gerência empurrões à mistura, dado que não gamos facilmente à conclusão que móvel, na noite de ante-ontem, na Maria Primorosa Santos Costa de Sousa tinham bilhete e ter aparecido um as nossas cidades estão cada vez AMBULÂNCIAS rua da Sofia. António Manuel Marques de Sousa Pois essas mãos não tiveram grupo de revisores, na Amadora”. mais inseguras, em especial a Maria de Lurdes Duarte Pedro Correia pejo em atirar o carro sobre um gato Dada a constante violência algumas horas da noite. de estimação pertencente a um SERVIÇO Composição e Montagem estabelecimento dali, dando-lhe Depart. Gráfico de “O Despertar” assim morte instantanea, o que indi- PERMANENTE FIGUEIRA DA FOZ, vende-se MORADIA T3 quase nova, bem Tiragem média no mês de Setembro bom apartamento, perto da praia, dividida, bons acabamentos, aque- André Dinis, Lda. gnou todas as pessoas que pre- 14.000 Exemplares senciaram…a linda proeza. usado, em belíssimo estado por cimento central, estores eléctricos, Adaptava-se melhor a essas ter pouco uso. Boas áreas e sala com lareira, garagem dupla Impressão femininas mãos…uma vassoura de R. 6 de Outubro, 75-Dt.º acabamentos de qualidade. O anexa e pequeno quintal, no cam- Beirastexto - sociedade editora, S.A. giesta, isto a nosso ver… Tel. 239 496 118 investimento ideal para férias, po, dentro da cidade (12 kms. do Rua 25 de Abril, n.º 7 Apartado 44 – 3046-652 Taveiro Tlm. 966 005 720 arrendamento ou habitação. centro, zona norte. Tel. 917 092 3 de Outubro de 1936 COIMBRA Telm. 964 464 315 708 (só particulares) Número de Registo 100117
  3. 3. CIDADE DE COIMBRA 3 spert rtar O D e spe rt ar 04| OUTUBRO |07 Ciclo de conferências começa quinta-feira CITAÇÕES CASA DAS CITAÇÕES “Gostaria de saber o que esteve Especialistas analisam “Coimbra Medieval” errado na estadia de José Só- Promovida pela Câmara de Cidade Muralhada. Abre na os temas “Coimbra Romana. crates em Coimbra, para con- A cidade de Coimbra vai Coimbra, esta iniciativa conta próxima quinta-feira, às 11h00, Urbanismo e Sociedade” (14h30), seguir ajudá-lo a superar este recuar na próxima semana, então com a presença de vários numa sessão presidida pelo pre- pelo professor Vasco Mantas; trauma, mas não consigo.” de quinta a sábado, ao especialistas que se dedicam ao sidente da autarquia, Carlos “De Alcáçova a Palatium: D. Ses- Carlos Encarnação estudo de diferentes áreas de Encarnação. período medieval. Durante nando e a imagem do poder” Presidente Câmara de Coimbra interesse relacionadas com a Segue-se a apresentação, às três dias, 15 investigadores (15h30), pelo professor António vão abordar outros tantos História Medieval e da sua rela- 12h00, do tema “Coimbra e o Filipe Pimentel; e “ O Caste- 01/10/07 ção com a cidade de Coimbra. Mondego – Contextualização lo Medieval Português (séc. temas que abarcam sectores O ciclo de conferências Geográfica”, pelo professor “Coimbra não tem nenhum IX-XV)” (16h30), pelo professor. como a paisagem urbana, a “Coimbra Medieval” decorre na Fernando Rebelo. O ciclo prossegue nos dias motivo para ser subalternizada, perseguida, prejudicada em sociedade ou a arquitectura. Torre de Almedina – Núcleo da O programa prossegue com 12 e 13 de Outubro. relação às outras cidades. A importância de Coimbra no Outubro Mês de Prevenção do Cancro da Mama todo nacional é fundamental para o equilíbrio do país.” Carlos Encarnação Presidente Câmara de Coimbra 01/10/07 “O presidente da Câmara fez “Dou mais tempo à vida” um aviso à navegação. Tinha “Dou mais tempo à vida” Coimbra acolhe hoje, pelas 21h30, com os artistas convidados, Vitorino “Invista alguns minutos da sua um acordo com Marques Men- é o tema da campanha de um dos grandes espectáculos e Janita Salomé. O preço do bilhete existência na realização do rastreio des, mas como este perdeu, está prevenção do cancro da previstos para este mês. Na pri- é de 25 euros e as receitas revertem do cancro da mama e poderá obter já a avisar Menezes que é bom meira parte, actuará o Grupo de a favor da Liga Portuguesa Contra muitos mais e melhores anos de que cumpra o acordo, para não mama, que decorre durante este mês em todo o país. Cantadores do Redondo, com o Cancro. vida”, alerta os responsáveis pela lhe causar problemas nas pró- ximas eleições para a Câmara.” Vitorino e Janita Salomé, e na De acordo com a Liga Por- campanha de prevenção, pro- Luís Vilar Alertar para a prevenção, segunda sobem ao palco a Or- tuguesa Contra o Cancro, três em movida pela Liga Portuguesa Presid. da Conc. do PS/Coimbra não descurando qualquer sinal e questra Clássica do Centro (OCC) cada 10 mulheres sofrerão de Contra o Cancro (Núcleo Regional apostando no diagnóstico precoce, e o Coro dos Antigos Orfeonistas cancro da mama. Sublinha, por isso, do Centro, Sociedade Portuguesa 02/10/07 é o principal objectivo da progra- da Universidade de Coimbra, com a importância do diagnóstico de Senologia e Sociedade Portu- mação agendada para este mês. direcção de Virgílio Caseiro. O precoce, sendo que é esta a forma guesa de Oncologia são as enti- “Estamos perante uma deca- O Pavilhão Multidesportos de espectáculo encerra com a OCC e mais eficaz de combater a doença. dades envolvidas nesta campanha. pitação do Centro de Portugal, há muito tempo programada pelo po- Comerciantes da Baixa exigem mais segurança der político, por gente que não descansa, e que se não consegue de uma maneira tenta de outra.” João Boavida Cronista Assaltos frequentes a estabele- todo o lado, noutras zonas da ci- ciante Luís Quintas interveio na apelando à Câmara Municipal, cimentos da Baixa de Coimbra dade e do país”, disse Armindo sessão ordinária da Assembleia juntas de freguesia de São 02/10/07 estão a mobilizar alguns comer- Gaspar à Lusa. Municipal de Coimbra para de- Bartolomeu e de Santa Cruz para ciantes contra a insegurança na Embora desvalorizando as nunciar a insegurança que afecta garantirem uma mais eficaz “Custa-me que o hospital da uni- versidade seja uma empresa. Mas zona, mas o presidente da Agên- queixas de outros comerciantes actualmente os lojistas da Baixa, vigilância policial na Baixa. esse é um problema filosófico”. cia de Promoção da Baixa de desta área do centro histórico de devido sobretudo aos assaltos de Na terça-feira, em declara- Agostinho Almeida Santos Coimbra (APBC), Armindo Gas- Coimbra, o presidente da APBC que têm sido alvo vários esta- ções à Lusa, Luís Quintas disse Ex-pres. conselho de adm. dos HUC par, afirma que se trata de “situa- reuniu ontem com o comandante belecimentos durante a noite. que já contactou outros comer- ções pontuais”. da PSP da cidade, a quem sensi- “Tenham vergonha”, afir- ciantes no sentido de realizarem 03/10/07 “Estes assaltos são situa- bilizou para o problema. mou Luís Quintas, perante as um protesto público contra a ções pontuais que existem em Na segunda-feira, o comer- bancadas dos diferentes partidos, insegurança na zona. PRAÇA PÚBLICA As 31 freguesias de Coimbra vão expor, até Maio de 2009, o seu património no átrio da Câmara. Vai visitar esta mostra? “Não tinha conhecimento e não “Penso que é uma boa iniciativa. “Não tinha conhecimento desta “Sim, acaba por servir de dis- “Não sabia desta iniciativa.” sei se terei disponibilidade.” Ainda não sei se irei visitar.” iniciativa.” tracção.” Adaíl Lourenço Alberto Seoga Fernando Monteiro Horácio Sabino Arsénio Marques 38 anos, Padeiro 69 anos, Reformado 32 anos, Empresário 74 anos, Reformado 55 anos, Pedreiro
  4. 4. 04| OUTUBRO |07 O D e spert ar spert rtar 4 VOZ DE COIMBRA Dia de S. Jerónimo nos HUC Passagem a EPE traz “inúmeras vantagens” O ministro da Saúde, listas, o dirigente do SEP Paulo Correia de Campos, Anacleto. garantiu que a passagem O dirigente considerou ainda que a atitude de Correia de Cam- dos Hospitais da pos, “ao não querer responder, foi Universidade de Coimbra inadmissível”. (HUC) a Entidade Pública À entrada para o auditório dos Empresarial (EPE) “traz HUC, o SEP estendeu perante o inúmeras vantagens” ao governante uma faixa em que se diminuir a burocracia e lia: “Enfermeiros/Emprego Precá- aumentar a qualidade dos rio = Exclusão Social”. cuidados prestados. Antes, o ministro da Saúde recebera também uma “carta “O estatuto de EPE traz inú- aberta” do STFP-C em que é meras vantagens: melhora a frisado que “não há trabalhadores gestão, diminui a burocracia e a mais no SNS”. aumenta a qualidade”, afirmou tante”. ticiparam várias figuras da região, processo que os HUC atraves- “Como é possível acreditar Correia de Campos na sessão Segundo Correia de Campos, deu-se a tomada de posse do con- sam”, como o eventual encerra- que os serviços de saúde podem solene evocativa do Dia de S. a “política de modernização e selho de administração dos HUC. mento de alguns serviços nesta dar resposta aos utentes do Serviço Jerónimo (comemorado segunda- rentabilização do Serviço Nacional Antes desta cerimónia, o unidade de saúde. Nacional de Saúde quando o -feira), padroeiro dos HUC. de Saúde pressupõe uma gestão ministro visitou serviços com “O despedimento de enfer- Governo considera que bastará Na sua intervenção no audi- inovadora com características investimentos financiados pelo meiros contratados, ao ser concre- com um rácio máximo de 25 por tório dos HUC, perante os profis- empresariais”. Programa Operacional Saúde - tizado, aprofunda as dificuldades cento de pessoal de suporte - pes- sionais deste estabelecimento de Ao intervir na sessão, o pre- Saúde XXI. de acesso de milhares de utentes soal inserido nos grupos adminis- saúde, o ministro manifestou a sua sidente do conselho de adminis- a cuidados de saúde, na quantidade trativo, operário e auxiliar - e quer “crença absoluta” na capacidade tração dos HUC, Fernando Rega- Sindicalistas e utentes e na qualidade necessárias”, sus- colocar em 2008, 25 por cento dos do hospital “de aproveitar esta teiro, revelou que a mudança de recebem ministro tenta o SEP no texto em que critica com protestos o Decreto-Lei nº 276-A/2007. actuais efectivos na mobilidade?”, oportunidade”. estatuto deverá ocorrer durante o “Estamos perante o desafio da primeiro trimestre de 2008. A deslocação do ministro da Saúde Para o SEP, este diploma questiona o STFP-C. qualidade. Os HUC são um grande “A mudança para EPE cons- aos HUC foi ainda marcada pela “veio agudizar ainda mais as Por seu turno, o Movimento pilar da Saúde na região Centro, titui um dos objectivos a atingir para recepção que lhe fizeram res- situações de instabilidade e pre- Utentes pelos HUC entregou a têm de ser um espaço para a inova- se ganhar mais agilidade, eficácia ponsáveis do Sindicato dos Tra- caridade laboral existentes” entre Correia de Campos uma expo- ção e para a diferença”, sublinhou. e eficiência na gestão, sem com- balhadores da Função Pública do estes profissionais. sição em que questiona o ministro Por outro lado, o ministro da prometer a oferta e a qualidade dos Centro, do Sindicato dos Enfer- “O ministro disse que nin- sobre o possível encerramento de Saúde refutou críticas a este mo- cuidados prestados ou a natureza meiros Portugueses e do Movi- guém ia ser despedido com a nova serviços no estabelecimento, no delo de gestão, considerando que dos HUC como hospital central e mento “Utentes pelos HUC”. legislação, mas hoje [segunda- âmbito do processo de passagem algumas delas resultam de “pre- universitário”, salientou o professor Este movimento entregou a -feira] estão aqui dez enfermeiros a Entidade Pública Empresarial conceitos ideológicos” ou de “um catedrático da Faculdade de Correia de Campos uma carta em do Hospital do Lorvão e do Sobral (EPE), e manifesta preocupação pessimismo militante” e que outras Medicina de Coimbra. que pede que esclareça “algumas Cid que foram despedidos”, cri- com a “asfixia financeira” da uni- revelam “uma incoerência cons- Na sessão solene, em que par- incertezas inerentes ao actual ticou, em declarações aos jorna- dade. Hoje no Parque Manuel Braga Espírito das vindimas recriado em Coimbra guindo-se (14h30) a exposição de O Parque Manuel Braga, trabalhos alusivos à temática das em Coimbra, acolhe hoje, vindimas. O programa prossegue a partir das 14 horas, com a animação cultural, re- a já tradicional creativa e desportiva e com a “Festa das Vindimas”, actuação do Grupo Big. O lanche convívio está marcado para as um evento que visa 16h40. proporcionar aos idosos Esta Festa é organizada pela um dia de convívio, Câmara Municipal de Coimbra, recordando o espírito através da Divisão de Acção das vindimas com momentos de cultura e lazer. Social e Família, em articulação com a rede Social e as Instituições “Cahué às Quintas” no Atrium Solum Particulares de Solidariedade As noites de quinta-feira são agora mais animadas no Atrium Solum, em Coimbra. O evento A Festa das Vindimas co- Social (IPSS’s) do concelho com “cahué às quintas” promete continuar a animar este espaço até Dezembro, com um programa meça às 14 horas e prolonga-se valência de Lar, Centro de Dia e de ritmos quentes, promovido em parceria pela administração do Atrium e pelos Cafés FEB. Na até às 18. Começa com a con- Apoio Domiciliário. Conta com a quinta feira passada decorreu a “Noite Latina – Festa da Cerveja Pedras”, com demonstra- centração das instituições no colaboração da Divisão de Des- ção de danças latinas da Pasión Academia de Dança. Hoje, a partir das 21h30, o destaque vai para o “Tiro com arco”, com demonstração da Escola de Tiro do Centro Norton de Matos. Parque Dr. Manuel Braga, se- porto.
  5. 5. ESPAÇO REPÓRTER 5 spert rtar O D e spe rt ar 04| OUTUBRO |07 “Lisboa amanheceu hoje ao som do troar da 97 anos de República aceite no país e poucos acredi- taram na possibilidade de um regresso à Monarquia. artilharia. Proclamada Com o golpe de 5 de Outubro por importantes forças procedeu-se à substituição da do exército, por toda bandeira nacional. O azul e branco a armada e auxiliada pelo da Monarquia foi substituído por um diferente leque de cores. O concurso popular, verde e vermelho ocupam a a República tem hoje o grande área da bandeira repre- seu primeiro dia de sentando, respectivamente, a História. A marcha dos esperança e o sangue de todos os heróis portugueses. A esfera acontecimentos, até à armilar, colocada no centro da hora em que escrevemos, bandeira, simboliza a época áurea permite alimentar toda a dos Descobrimentos. Por sua vez, esperança de um definido os sete castelos representam os primeiros castelos conquistados triunfo [...] não se faz por D. Afonso Henriques. As ideia do entusiasmo que cinco quinas significam os cinco corre na cidade. reis mouros vencidos por este Rei O povo está e, finalmente, os cinco pontos em cada uma, as cinco chagas de verdadeiramente louco Cristo. O hino “A Portuguesa”, de satisfação. Pode composto por Alfredo Keil tornou- dizer-se que toda a -se o hino nacional. população de Lisboa está Seguiu-se um período de democracia republicana, presidido na rua vitoriando a por Manuel de Arriaga. Poeta e República.” advogado, foi um dos principais ideólogos republicanos. Depois da Jornal “O Mundo”, instauração da República, ao ser 5 de Outubro de 1910 eleito presidente, tentou reunificar o partido que, entretanto, se desmembrava em diferentes Por André Pereira facções. Foi um esforço sem mui- tos resultados, visto que o seu O movimento revolucionário mandato foi atribulado devido a de 5 de Outubro de 1910 surgiu incursões monárquicas movidas naturalmente como consequência por Paiva Couceiro. Foi substituído de um conjunto de acções que pelo professor Teófilo Braga, em construíam o panorama político da 1915. Dois anos depois, o primeiro época. A contraposição entre os Presidente da República morria movimentos republicano e mo- em Lisboa. nárquico eram cada vez mais Teófilo Braga, fundador do acentuados, com o Partido Re- Partido Republicano, assumiu em publicano Português (PRP) a 1910 a presidência do Governo conseguir tirar partido de alguns Provisório Republicano assumin- factos históricos de repercussão do, em 1915 o cargo de Presidente popular. As comemorações do da República. Foi professor e es- terceiro centenário da morte de critor, tendo deixado uma vasta Camões, em 1880, e o Ultimatum obra literária. inglês, em 1890, foram apro- Este período republicano foi veitados pelos defensores das caracterizado por uma forte doutrinas republicanas que se instabilidade política, conflitos com identificaram com os sentimentos a Igreja, mas também grandes nacionais e aspirações populares. progressos na educação pública. Foram realizados diversos comí- A chamada I República Portu- cios, com vista a difundir os ideais comissão de representantes da impotência do governo revelou-se novo regime foi proclamado no guesa terminou em 1926, com o republicanos. Elis Garcia, Manuel Imprensa de Lisboa, constituída pouco tempo depois, e a República Porto e, nos dias seguintes, alar- golpe de 28 de Maio, a que se Arriaga, Magalhães Lima e Agos- pelo Visconde de Jorumenha, era proclamada pelas forças gou-se ao resto do país. seguiram longos anos de ditadura. tinho da Silva foram alguns dos Teófilo Braga, Ramalho Ortigão, vencedoras. Como consequência, A queda da Monarquia já oradores. Batalha Reis, Magalhães Lima e D. Manuel II, que havia sucedido era de esperar. Em 1908, D. “O Governo Provisório da O terceiro centenário da Pinheiro Chagas. Com isto, o a D. Carlos I, era exilado para Carlos e D. Luiz Filipe haviam República Portuguesa saúda as morte de Camões foi comemo- Partido Republicano, ao qual Londres. sido assassinados por activistas forças de terra e mar, que com rado de forma bastante simbólica. pertenciam as figuras mais repre- Os dias 4 e 5 de Outubro de republicanos. O reinado de D. o povo instituiu a Republica As ruas de Lisboa acolheram um sentativas da Comissão Executiva 1910 foram marcados pela revolta Manuel II tentou acalmar o para felicidade da Pátria. enorme cortejo popular que ficou das comemorações do tricente- de militares da Marinha e do panorama político que se vivia, Confio no patriotismo de todos. marcado pela festa e entusiasmo nário camoneano, adquiriu uma Exército, em Lisboa. Com o mas sem sucesso. Foi acusado E porque a Republica para dos intervenientes. O poeta dos enorme popularidade. objectivo de derrubar a Monar- de falta de firmeza e expe- todos é feita, espero que os “Lusíadas” e o navegador Vasco quia, juntaram-se aos militares a riência, e de ser manipulado pela oficiais do Exército e da ar- da Gama foram trasladados para A Revolta Carbonária e as estruturas do Rainha-mãe D. Maria Pia de mada que não tomaram parte o Panteão Nacional, numa ceri- Republicana Partido Republicano Português. Sabóia. Apesar de o 5 de Ou- no movimento se apresentem mónia de autêntica exaltação De um lado o General Manuel Na tarde do dia 5 de Outubro, tubro não ter sido uma ver- no Quartel-general, a garantir patriótica. A Sociedade de Geo- Rafael Gorjão Henriques, que José Relvas, em nome do Dire- dadeira revolução popular, mas por sua honra a mais absoluta grafia de Lisboa foi a autora da comandava as forças monár- ctório do PRP, proclamou a essencialmente um golpe de lealdade ao novo regime.” ideia destas comemorações, no quicas, do outro Machado Santos República à varanda da Câmara estado centrado em Lisboa, a Edital da Proclamação da República entanto, a execução coube a uma e as suas forças republicanas. A Municipal de Lisboa. No dia 6 o nova situação acabou por ser Teófilo Braga, Lisboa, 5 de Outubro de 1910
  6. 6. 04| OUTUBRO |07 O D e spert ar spert rtar 6 O DISTRITO DE COIMBRA Entidades analisaram projecto em Miranda do Corvo Rota dos Caminhos de Santiago para atrair turistas divisão da Cultura da Câmara de dos Caminhos de Santiago”. O Mosteiro de Santa Maria Estiveram presentes nesta Coimbra, pelo vice-presidente de de Semide acolheu, reunião o presidente da Região de S. João da Madeira, pela respon- na semana passada, uma Turismo do Centro e da Agência sável do Gabinete de Turismo e reunião sobre os antigos de Promoção Turística do Centro, Artesanato de Oliveira de Aze- caminhos percorridos pelos Pedro Machado, o Delegado Re- méis. Francisco Singul, Pedro gional da Cultura do Centro, Machado e Pedro Pita também peregrinos a Santiago de António Pedro Pita, o repre- integram esta comissão. Compostela, na Galiza, um As câmaras envolvidas de- sentante dos Caminhos de Santiago encontro que surgiu com o no mundo e catedrático em história vem proceder agora ao levanta- intuito de criar uma rota medieval, Francisco Singul, a mento geográfico pormenorizado que possa atrair mais responsável pelas exposições do dos caminhos utilizados nestas turistas às regiões Xacobeo, o escultor Armando antigas peregrinações, baseando- envolvidas. Martinez do Xacobeo e os repre- -se em documentação histórica sentantes das Câmaras Municipais local. Numa nota divulgada, a autar- de Miranda do Corvo, Montemor- As entidades envolvidas mostraram-se convictas da “mais valia” que a Para além da elaboração de rota dos Caminhos de Santiago constitui para estes concelhos quia de Miranda do Corvo realça -o-Velho, S. João da Madeira, um plano estratégico de acção, os que este encontro surgiu com o Oliveira de Azeméis, Figueira da ram-se convictos da “mais valia” comissão de trabalho composta envolvidos pretendem que sejam objectivo de “estabelecer novas Foz, Coimbra, Alcobaça, Vila Nova que a rota dos Caminhos de San- pela presidente da Câmara de recriadas as tradições antigas, bem linhas de acção de modo a apro- de Poiares, Idanha-a-Nova, Ba- tiago constitui para os concelhos Miranda do Corvo, pelo vice- como a implementação de várias veitar para fins turísticos este le- talha, Porto de Mós, Góis e San- que atravessa. -presidente da Câmara de San- acções complementares ao tu- gado religioso, através da criação tarém. Para a criação e divulgação tarém, pelo presidente da Câmara rismo religioso e a divulgação e divulgação da rota portuguesa Todos os presentes mostra- desta rota foi constituída uma de Porto de Mós, pela técnica de turística da rota. Góis e Oroso estreitam laços com geminação O presidente do concelho dos representantes de Góis se Coimbra. filhoses e outras especialidades actividade social e cultural”, sendo de Oroso (Santiago terem deslocado a Oroso, onde foi Após a assinatura do acto de goienses. mostra desse dinamismo o cer- de Compostela, Espanha), ratificado o documento. Geminação seguiram-se os dis- As delegações dos dois con- tame internacional Góisarte, que Manuel Miras Franqueira, Para além de Girão Vitorino, cursos, sendo no final trocadas, celhos acordaram manter con- este ano chegou à sua 11ª edição, Góis fez-se representar em Oroso entre os respectivos presidentes, as tactos periódicos entre as distintas na qual participou o concelho de e o presidente da Câmara pelo presidente da Assembleia bandeiras de ambos os países, bem administrações e fixar um calen- Oroso. De recordar também que Municipal de Góis, Municipal, José António Carvalho, como alguns presentes relacio- dário de reuniões, sendo a primeira vários trabalhos do Góisarte José Girão Vitorino, bem como pela vice-presidente da nados com cada concelho. O a realizar em Góis, com a presença estiveram presentes posterior- assinaram recentemente Câmara, Maria Helena Moniz e presidente da Assembleia Muni- de entidades espanholas e portu- mente na exposição Orosoarte uma “Carta de Geminação” pelo assessor Victor Duarte. A esta cipal de Góis entregou ao presi- guesas ligadas ao mais alto nível à 2007, realizada de 20 a 22 de entre ambas as localidades, comitiva juntaram-se o Governador dente do concelho de Oroso uma Protecção Civil, Bombeiros e Polí- Setembro. Durante estes dias, tam- ratificando o mesmo Civil do Distrito de Coimbra, réplica de uma “Casa de Xisto”. cia, para debate e eventual defi- bém artistas espanhóis e portu- acto já praticado Henrique Fernandes, e o res- Na sala onde decorreu a nição de estratégias dos assuntos gueses se espalharam pelos par- anteriormente em Góis. ponsável pelos Bombeiros e Pro- sessão, estiveram expostos alguns ligados a cada sector, se tal se ques circundantes e largos da tecção Civil, Tenente-Coronel An- produtos de Góis, que variavam justificar e for oportuno. cidade, trabalhando ao vivo os seus Estes dois municípios estão tónio Fernando Martins e Coman- desde os queijos até ao mel, Manuel Mirás afirmou que trabalhos, apreciados pelos muitos agora ainda mais próximos, depois dante Operacional do Distrito de passando pela broa, pão doce, “Oroso e Góis têm uma importante visitantes. Montemor-o-Velho Cicloturistas pedalam pelo coração cício físico regular e de se fazer e a perda de peso foram alguns O Dia Mundial do Coração uma alimentação equilibrada “para dos benefícios apontados por Al- foi assinalado, no domingo, cuidar melhor do coração”. ves Barbosa. O “Passeio pelo em Montemor-o-Velho, com Com uma vitalidade e boa Coração” foi organizado pela um passeio de bicicleta. Câmara Municipal de Montemor, disposição digna de nota, ex- desportista de alta competição, Centro de Saúde e Fundação Apesar o mau tempo que se com 75 anos, revelou que “há Portuguesa de Cardiologia, e con- fez sentir, a iniciativa contou com cerca de um mês, para além de tou com o apoio do Intermarché. um “pequeno pelotão” de quase 20 andar de bicicleta ao fim-de- Os participantes receberam cicloturistas que passou pela -semana, comecei também a pra- brindes alusivos ao Dia Mundial do freguesia da Ereira e terminou em ticar exercício a meio da semana Coração e também tiveram a frente à Câmara Municipal. e notei bastantes melhorias”. oportunidade de fazer rastreios Na ocasião, o ciclista monte- A capacidade de realizar cardiovasculares gratuitos efe- morense, Alves Barbosa, sublinhou tarefas que, outrora, exigiam mais ctuados pelos técnicos do Centro a importância da prática do exer- esforço de uma maneira mais fácil de Saúde de Montemor-o-Velho.
  7. 7. O DISTRITO DE COIMBRA 7 spert rtar O D e spe rt ar 04| OUTUBRO |07 Festas de Penela animaram concelho Paulo Júlio quer município mais empreendedor O concelho de Penela volume de investimentos privados sectores da floresta e da agri- nas áreas do turismo e imobiliário cultura. celebrou, no sábado, a “completamente fora do comum passagem de mais um para um pequeno concelho como Festas concelhias feriado municipal. “Penela o de Penela”. atraem visitantes mais empreendedora” é o Já a nível municipal, o autarca A comemoração do Feriado Mu- lema desta nova etapa traçou as prioridades para os nicipal foi apenas um dos pontos liderada por Paulo Júlio, próximos dois anos, que se baseiam de destaque das festas concelhias. presidente da Câmara no lançamento de um concurso do De quinta a domingo, o concelho Municipal. Plano de Pormenor do novo esteve em festa, com a ancestral Parque Empresarial para Novas Feira de S. Miguel (Feira das No- “O concelho está preparado Estratégias de Localização de zes) e a contemporânea FAGRIP para uma nova fase de desen- Investimentos, a norte do concelho, – Feira Agrícola, Comercial e volvimento que passa por uma e a apresentação, no próximo dia Industrial, a assumirem-se como aposta no sector económico que 10 de Novembro, do projecto do “um momento único de afirmação faça gerar a fixação de jovens, a mini-habitat de empresas, um da vitalidade social, económica e criação de riqueza e novos postos investimento que “servirá de ensaio cultural do território e das suas Paulo Júlio, presidente de Câmara de Penela, entende que “o concelho à implementação de um novo gentes”. de trabalho”, afirmou. está preparado para uma nova fase de desenvolvimento” Durante a sessão solene de conceito de apoio a jovens em- Música, teatro, animação de comemoração do Dia do Muni- por todos os serviços adminis- cípio, o autarca realçou a “am- trativos da Câmara Municipal, biência vivida no concelho deter- afirmando que, “com esta base e minante para o futuro”. A criação enquadramento”, o concelho tem do Conselho Consultivo do Plano agora um novo caminho a percorrer de Desenvolvimento Inovação, cuja mensagem será a da “fixação Toda a equipa da Câmara de Penela está empenhada na construção de um município mais atractivo, que possa fixar as pessoas e atrair mais investimento de pessoas e criação de emprego”. preendedores que necessitem de rua, exposições, lançamento de Paulo Júlio não deixou de ajuda”. livros e tasquinhas foram alguns referir os inúmeros projectos A Câmara Municipal já deu dos pratos fortes da programação. privados que vão nascer em por concluída a fase de expansão Desde os eventos de cariz marca- Penela, desde o empreendimento da Zona Industrial de Penela, um damente popular, até aos mais habitacional que permitirá a cons- investimento que vai permitir a eruditos, passando pelos dirigidos trução de 47 apartamentos, o hotel fixação de 14 empresas. aos alunos das escolas e aos na Quinta da Ponte do Espinhal, o O comércio tradicional será espectáculos musicais de Ana projecto para as obras no edifício também apoiado pela autarquia, Malhoa e Quinta do Bill, tudo foi do Dr. Bacalhau, a reabilitação da através da Carta Comercial para pensado ao pormenor para pro- aldeia de Esquio e a renovação da o concelho de Penela, assim como porcionar aos penelenses e visi- aldeia de Ferraria de S. João, um a continuação da aposta nos tantes quatro dias muito agradáveis. Competitividade e Empreende- dorismo, as cartas Educativa e Social e os projectos realizados de saneamento, rede viária e re- qualificação urbana são alguns dos exemplos deste dinamismo. O autarca apresentou, ainda, um pacote de medidas que visa a fixação de jovens ou a certificação de Gestão e Qualidade conquistada
  8. 8. 04| OUTUBRO |07 O D e spert ar spert rtar 8 CENTRO PORTUGAL V Festival Gastronómico até domingo Alvaiázere transforma-se amanhã Alvaiázere transforma-se, de amanhã a domingo, na “Capital do Chícharo”. na “Capital do Chícharo” A quinta edição do Festival os figos secos, as nozes, os bolos actividades a Casa da Cultura, o Gastronómico começa de festa, as ervas aromáticas, o Anfiteatro do Jardim Público, o amanhã e promete três dias chícharo e outras espécies vegetais Palco Multiusos, a Biblioteca, o de muita festa e convívio, quase desaparecidas. O artesanato Café Concerto, o Espaço das também fará parte das festi- Velharias e Coleccionismo e o num cenário em que vidades. Espaço das Artes Decorativas e a gastronomia São três dias em que o rei da Lembranças. será a rainha. festa, o Chícharo, estará presente Nas Conversas de Café/Mer- nos restaurantes e nas tasquinhas cado do Livro, haverá uma espla- Em Alvaiázere, no centro do de diferentes formas, desde as nada onde poderá tomar um café país, há cinco anos que se co- receitas tradicionais até à culinária e conversar com autores do con- memora o Chícharo. Este evento moderna. Das históricas migas ao celho e com os escritores Gui- único, fruto da junção das vonta- sufflé, passando pelos rissóis, lherme Melo, Clara Pinto Correia des, saberes e vivências das gentes tartes e licor de chícharo. e o ex-jornalista da RTP, António desta terra, tem a duração de três Um mundo de sabores e Santos. dias e integra um programa di- paladares em que a tradicional Vão estar em Alvaiázere mais versificado, que inclui visitas guia- chanfana, o leitão, os carapaus de 20 grupos provenientes de todo das (lagares, fornos de cal, algares, albardados, as petingas, o bacalhau o país, mas também gente de trilhos), passeios de burro e oficinas e o peixe de rio se conjugam com Marrocos, Brasil, Cabo Verde, (de dança, agricultura natural). o excelente azeite local constituindo Guiné, Argentina, Tunísia, Espanha, No Mercado, ponto de en- uma especificidade única. Moçambique, Itália e Ucrânia. contro das gentes de Sicó, será Em diversos espaços da vila O programa abre amanhã, às De destacar, do vasto pro- mesmo local, 20h30, o Cantar ao possível o contacto com os pro- irão decorrer cerca de 10 expo- 10h00, com a inauguração do grama, o colóquio “A Nossa Co- Desafio. dutores locais, provar e adquirir o sições, em que se destaca a Mercado de Produtos Regionais, mida e a dos Outros”, às 16h00, a O recheado programa pro- tradicional queijo do Rabaçal, o exposição “Piano Fortíssimo” no seguindo-se de imediato a abertura prova de Chícharo, às 20h00, frente longa-se pelo fim-de-semana e mel, os enchidos, o vinho, o azeite, Museu. Serão também palco de oficial do festival. aos Paços do Município, e, no encerra domingo, no final do dia. CARTÓRIO NOTARIAL DE PENACOVA Mealhada DE LIC. MARIA ALEXANDRA CANOTILHO TEIXEIRA RIBEIRO Educar para o ambiente JUSTIFICAÇÃO CERTIFICO, para efeitos de publi- mos e, para efeitos de IMI de dez euros e cação que por escritura de hoje, exarada vinte cêntimos. a folhas noventa e sete e seguintes do Que o referido imóvel encontra-se apostando na reciclagem livro de notas para escrituras diversas inscrito na respectiva matriz em nome de número cinquenta-E, deste Cartório a Alípio Alves Simões. cargo da Notária Lic. Maria Alexandra Que em meados de mil novecentos Canotilho Teixeira Ribeiro, compareceram e oitenta, ajustaram contrato verbal de como outorgantes: compra, e por isso não titulado, com conjunto de actividades educa- 1,60m de altura para espalhar pelas MANUEL DA SILVA SIMÕES (NF: aquele Alípio Alves Simões, solteiro, maior, A Câmara Municipal da cionais, leves e apelativas, para o rotundas e espaços verdes do 105.975.079; BI. 2546505 de 26/06/06 - residente neste lugar cujo objecto foi o SIC de Coimbra), natural da freguesia de imóvel supra-identificado. Mealhada já definiu o plano ano que acaba de se iniciar. Ini- concelho. Já os objectos tridi- Figueira de Lorvão, concelho de Penacova Que possuem o dito imóvel sem de Actividades de Educação e mulher ROSA DE JESUS SIMÕES (NF: qualquer interrupção, à vista de toda a gente, ciativas que procuram sensibilizar mensionais que forem criados vão 124.516.513; BI. 9158487 de 05/06/06 - sem qualquer oposição, cultivando-o, Ambiental para o ano a população escolar para os pro- ser expostos, depois, na X Feira de SIC de Coimbra), natural da freguesia de preparando e lavrando a terra, retirando de- blemas ambientais do concelho e Artesanato e Gastronomia da Lorvão, concelho de Penacova, residen- la os respectivos produtos e frutos, cortando lectivo 2007/2008. À tes no lugar de Mata do Maxial, freguesia e plantando pinheiros, pagando as contri- semelhança do ano passado, que, em casos de sucesso, mantém Mealhada. No Dia da Floresta e de Figueira de Lorvão, concelho de Pena- buições e impostos respeitantes, posse que as linhas definidas para o ano no Dia da Água, os alunos serão cova, casados na comunhão geral. assim exerceram como verdadeiros proprie- a autarquia optou por um ainda desafiados a criar animais Que são donos e legítimos possui- tários que sempre se julgaram, eram e são transacto. dores, com exclusão de outrém, do seguin- do dito imóvel, pelo que o adquiriram, por conjunto de actividades É o caso da actividade “Natal para serem colocados no local usucapião, fundada nessa posse, que exer- te imóvel sito em Castanheirinho, fregue- educacionais leves mas Ecológico”, que no ano passado escolhido para as comemorações sia de Brasfemes, concelho de Coim- ceram em seu próprio nome, de boa fé, de bra, omisso na competente Conservatória: modo pacífico, contínua e publicamente, por apelativas. contou com a participação de mais ou, no caso dos peixes, nos lagos Rústico, composto de terra de cultu- período superior a vinte anos, estando eles de 650 crianças do concelho. Este existentes no concelho. ra, pinhal e mato, com a área de mil justificantes impossibilitados de comprovar ano, a iniciativa vai deixar de ser No plano da autarquia está trezentos e trinta metros quadrados, a pelos meios extrajudiciais normais a aqui- A criação de objectos com confrontar do norte Caminho, sul com sição do seu direito sobre aquele imóvel, materiais recicláveis – sejam estes só para jardins-de-infância e EB1, ainda previsto um fim-de-semana Diamantino Santos Cardoso, nascente com atento o título de aquisição. presépios ou árvores de Natal, estendendo-se às escolas EB 2/3, ecológico nas freguesias e o I Manuel de Jesus e poente com Diamantino Penacova, 29 de Setembro de 2007 Santos Cardoso, inscrito na respectiva palhaços no Carnaval, ou animais Secundária e Profissional, e Encontro Concelhio do Ambiente, matriz sob o artigo 2.678, com o valor A Colaboradora no Dia da Floresta ou da Água –, passando pela decoração natalícia denominado Ambimealhada. Este patrimonial, tributário e atribuído, (para Maria Isabel Bento Batista e Pina encontros convívio, pequenos das rotundas e pela criação de uma convívio é direccionado aos alunos efeitos de IMT), de trezentos e dezas- sete euros e quarenta e três cênti- “O Despertar” N.º 8453, de 07/10/04 “ateliers” sobre a temática, um fim- árvore de Natal e de um presépio de todas as escolas do concelho e -de-semana ecológico, visitas à com materiais recicláveis. As obras está pré-agendado para 4, 5 e 6 de AGÊNCIA FUNERÁRIA Casa do Ambiente e à Secção de de arte serão depois expostas em Junho. No rol das actividades Briquetes da Câmara Municipal ou frente ao edifício dos Paços do propostas, estão ainda englobadas visitas, por exemplo, à Casa do ADELINO MARTINS, LDA. TINS, MARTINS LDA. um concurso que premeia o Concelho e às sedes das Juntas de O ORGULHO DE BEM SERVIR DESDE 1940 estabelecimento de ensino que Freguesia. Ambiente, pequenos “ateliers” No Carnaval, o desafio é feito sobre a temática e um concurso, FLORES TRASLADAÇÕES FUNERAIS – FLORES – TRASLADAÇÕES recolher mais óleo para reciclar são algumas das iniciativas a serem somente aos jardins-de-infância e denominado “Óleo +”, que prevê SERVIÇO PERMANENTE SERVIÇO propostas às escolas do concelho. às escolas EB1. O objectivo é a entrega de um prémio à escola Telefs. 239 824 825 - 239 820 406 À semelhança do ano lectivo construir, também com materiais que recolher mais óleo para re- R. Corpo de Deus, 118-120 3000 COIMBRA passado, a autarquia planeou um recicláveis, palhaços com mais de ciclar.

×