GRAVURA
Adriana Cappelatti
Mas... O que é essa tal de gravura?
A gravura é uma das linguagens mais antigas da história da
humanidade. Suas origens remetem à Pré-história, quando o
homem...
A gravura envolve dois conceitos básicos:
a gravação e a impressão
A gravação é o processo de marcar
uma superfície.
A imp...
Quando pintamos, desenhamos ou esculpimos realizamos uma
obra única. O interessante da gravura é a possibilidade que ela
o...
Os diferentes tipos de gravura
quatro tipos básicos de impressão:
impressões em relevo – quando escavamos uma placa e a im...
No século XV o alemão Johann Gutenberg de Mainz teve a ideia de
criar pequenas matrizes de madeira com letras e com elas c...
Alguns Artistas
Livio Abramo
Lasar SegallMaria Bonomi
Marcelo Grassmann Evandro Carlos Jardim Rubem Grillo Oswaldo Goeldi
Materiais
Pedra
Madeira
Linóleo
Placa de cobre
goivas, facas, formões e buris
rolo de borracha
Tinta
Prensa
Papel
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Gravura

878 visualizações

Publicada em

Apresentação da Profª Adriana - EMEF Cecília Meireles - Novo Hamburgo/RS

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
878
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
86
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gravura

  1. 1. GRAVURA Adriana Cappelatti
  2. 2. Mas... O que é essa tal de gravura?
  3. 3. A gravura é uma das linguagens mais antigas da história da humanidade. Suas origens remetem à Pré-história, quando o homem pressionou as mãos sujas de terra ou de sangue contra as paredes das cavernas, registrando assim a marca da sua individualidade na superfície da pedra.
  4. 4. A gravura envolve dois conceitos básicos: a gravação e a impressão A gravação é o processo de marcar uma superfície. A impressão é a transferência das marcas criadas nessa superfície para um suporte (papel, tecido, plástico, parede etc), por meio da pressão.
  5. 5. Quando pintamos, desenhamos ou esculpimos realizamos uma obra única. O interessante da gravura é a possibilidade que ela oferece de ser multiplicada, ou seja, podemos obter cópias a partir de um único exemplar. "Mãe e Filho", Picasso (1922) “La Pont”, (1899) Monet Pintura Desenho Escultura “A Pietà”, (1499-1500) Michelângelo
  6. 6. Os diferentes tipos de gravura quatro tipos básicos de impressão: impressões em relevo – quando escavamos uma placa e a imagem obtida é extraída das partes altas da matriz - exemplo carimbo e xilogravura (madeira) impressões a entalhe - a tinta fica depositada nas partes escavadas, fundas da matriz e só sai dali quando a matriz é colocada sob o papel e juntos são submetidos a uma pressão muito grande - exemplo calcogravura (metal) impressões realizadas a partir de matrizes que não contém sulcos - é o caso das matrizes planas - exemplo litografia (pedra) e serigrafia matrizes de permeação - são vazadas, possuem áreas fechadas e áreas abertas por onde passa a tinta - exemplo stencil
  7. 7. No século XV o alemão Johann Gutenberg de Mainz teve a ideia de criar pequenas matrizes de madeira com letras e com elas compor palavras, que entintadas poderiam ser impressas formando textos. Isso significou uma revolução, pois, até aquele momento a produção de livros exigia que se fizessem cópias à mão e Gutenberg acabara de criar as bases da imprensa. Por volta de 1454, Gutenberg consegue terminar a impressão da primeira Bíblia.
  8. 8. Alguns Artistas Livio Abramo Lasar SegallMaria Bonomi Marcelo Grassmann Evandro Carlos Jardim Rubem Grillo Oswaldo Goeldi
  9. 9. Materiais Pedra Madeira Linóleo Placa de cobre goivas, facas, formões e buris rolo de borracha Tinta Prensa Papel

×