Escala de Avaliação do Trabalho

1.979 visualizações

Publicada em

Artigo Publicado no XVI SIMPEP

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.979
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Escala de Avaliação do Trabalho

  1. 1. Análise do contexto de Trabalho Estudo de caso em uma instituição bancária em Tangará da Serra - MT Diego José Rufino de Souza, djrdesouza@gmail.com Adelice Minetto Sznitowski, adeliceadm@gmail.com Camyla Piran, camyla.piran@gmail.com Leidimara da Silva Santos, leidimara.santos@mt.sebrae.com.br
  2. 2. <ul><li>Identificar através da Escala de Avaliação de Contexto de trabalho (EACT) o contexto de trabalho atual. </li></ul><ul><li>Os fatores propostos pela EACT : Organização do Trabalho, Condições de Trabalho e Relações Socioprofissionais. </li></ul>Resumo
  3. 3. <ul><li>Identificar como os trabalhadores consideram o ambiente onde trabalham é desafio para as ciências do trabalho. </li></ul><ul><li>A EACT, permite diagnosticar as condições, a organização e as relações socioprofissionais de trabalho com base na visão dos trabalhadores. </li></ul>EACT
  4. 4. <ul><li>Aplicação do questionário desenvolvido por Mendes e Ferreira (2006); </li></ul><ul><li>Os dados coletados foram analisados observando-se qual item apareceu com maior frequência. </li></ul>Metodologia
  5. 5. <ul><li>Pesquisa quantitativa; </li></ul><ul><li>Descritiva; </li></ul><ul><li>Bibliográfica; </li></ul><ul><li>Utilização de medidas de dispersão. </li></ul>Metodologia
  6. 6. <ul><li>Condições de trabalho ; </li></ul><ul><li>Organização do trabalho; </li></ul><ul><li>Relações socioprofissionais. </li></ul>Fatores da EACT
  7. 7. Parâmetros EACT
  8. 8. Análise dos dados Demonstrativo dos fatores da EACT analisados separadamente Fatores da EACT Média Desvio Padrão Organização do trabalho 4,17 1,07 Condições de Trabalho 2,37 1,23 Relações Socioprofissionais 2,90 1,35
  9. 9. <ul><li>As condições de trabalho apresentaram sensível alteração negativa. </li></ul><ul><li>Os funcionários percebem que estão sujeitos à riscos físicos oriundos da deficiência organizacional. </li></ul>Análise dos resultados
  10. 10. <ul><li>Três itens dentro das Relações Socioprofissionais foram avaliados negativamente. </li></ul><ul><li>“ Autonomia inexistente”; </li></ul><ul><li>“ Individualismo” </li></ul><ul><li>“ Existência de conflitos” </li></ul>Análise dos resultados
  11. 11. <ul><li>De acordo com a EACT apresentou resultado geral satisfatório. </li></ul><ul><li>Entretanto se analisado separadamente cada um dos três fatores CT, OT e RS, percebe-se que alguns itens merecem melhorias. </li></ul>Conclusão
  12. 12. <ul><li>Portanto, embora o banco tenha uma estrutura centralizada, algumas medidas simples, podem ser adotadas no sentido de minimizar situações percebidas negativamente. </li></ul>Conclusão
  13. 13. <ul><li>Reformular a gestão do trabalho; </li></ul><ul><li>Melhorar a comunicação; </li></ul><ul><li>Promover a cooperação entre os funcionários. </li></ul>Sugestões propostas

×