A História da Língua
O neerlandês procede do baixo frâncico antigo (cerca de 400-
1100), língua associada aos povos que do...
Lingua Falada
• Dialetos:
• Os dialetos atuais são divididos em cinco grandes grupos:
• Dialetos Norte-Orientais, que incl...
Gramática
• Pronomes demonstrativos:
• Dit (“isto”), plural deze; die, dat “esse”, plural die
• Pronomes interrogativos:
•...
Cultura e religião:
• Comidas típicas:
• Biscoitinhos de canela - Pepernoten ou Kruidnoten
• Letras de Chocolate
• Oliebol...
Religião
• Os Países Baixos são um dos países mais secularizados do Oeste europeu, com
39% de sua população filiada à algu...
Feriados, datas especias e eventos
• Janeiro
• Dia 1° (feriado): Nieuwjaarsduik — O mergulho do Ano novo
• Março
• Segunda...
• Junho
• Começo do mês até lá pelo meio de agosto: Vondelpark Openluchttheater - Festival de
teatro ao ar livre do Vondel...
• Outubro
• Meio do mês: Amsterdam marathon - Maratona de Amsterdam
• Último fim de semana do Mês: PINT Bokbierfestival - ...
A história da língua
A história da língua
A história da língua
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A história da língua

138 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
138
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A história da língua

  1. 1. A História da Língua O neerlandês procede do baixo frâncico antigo (cerca de 400- 1100), língua associada aos povos que do séculos IV ao IX viviam nos territórios atualmente ocupados pelos Países Baixos, pela Bélgica, pelo norte da França e pelo extremo noroeste da Alemanha, excetuando-se os frisões e saxões no norte e no leste dos Países Baixos e no noroeste da Alemanha.
  2. 2. Lingua Falada • Dialetos: • Os dialetos atuais são divididos em cinco grandes grupos: • Dialetos Norte-Orientais, que incluem as províncias Holanda do Norte, Holanda do Sul e Utrecht, além de grandes partes de Guéldria e das Ilhas Zelandesas. • Dialetos Sul-Orientais, em Groninga, Drente, Overijssel, e na parte oriental de Guéldria. • Dialeto Central Meridional, na província do Brabante do Norte e regiões limítrofes do Limburgo e nas províncias belgas de Antuérpia, Brabante e Flandres Oriental. • Dialetos Sul-Ocidentais, na província belga da Flandres Ocidental e na Flandres Zelandesa; a este mesmo grupo pertenciam até há pouco falados no extremo noroeste da França entre Dunquerque e Bailleul. • Dialetos Ocidentais, na maior parte do Limburgo e na província do mesmo nome na Bélgica.
  3. 3. Gramática • Pronomes demonstrativos: • Dit (“isto”), plural deze; die, dat “esse”, plural die • Pronomes interrogativos: • Wie? “quem?”, wat? “que?”, hoe? "como?", waar? "onde?", wanneer? "quando?", waarom? "porquê?" • Numeração de 1 a 10: • Twee, drie, vier, vijf, zes, zeven, acht, negen, tien; 20 twintig; 21 eenentwintig; 30 dertig; 40 veertig; 80 tachtig; 100 honderd.
  4. 4. Cultura e religião: • Comidas típicas: • Biscoitinhos de canela - Pepernoten ou Kruidnoten • Letras de Chocolate • Oliebollen – Bolinhos de Ano Novo • Banketstaaf - Massa folhada e amendôas • Kerststol - pão de Natal
  5. 5. Religião • Os Países Baixos são um dos países mais secularizados do Oeste europeu, com 39% de sua população filiada à alguma religião. Ainda assim, menos de vinte por cento frequenta regularmente suas respectivas igrejas.43 A minoria praticante de alguma religião se divide principalmente entre o catolicismo (18%), mais forte ao sul dos grandes rios e o protestantismo, ao norte (15%). A maior parte destes protestantes pertence à Igreja Reformada Neerlandesa.De acordo com a pesquisa da Eurobarômetro de 2005, 34% dos cidadãos neerlandeses responderam que acreditam existir algum deus, 37% respondeu que acreditam que exista algum tipo de força e 27% que não acreditam que exista nenhum tipo de força superior, deus ou nada espiritual.
  6. 6. Feriados, datas especias e eventos • Janeiro • Dia 1° (feriado): Nieuwjaarsduik — O mergulho do Ano novo • Março • Segunda quinzena: Abre o parque Keukenhof • Entre março e abri l: Eerste Paasdag e Tweede Paasdag - Páscoa • Abril • Dia 30: Koninginnedag - O Dia da Rainha • Maio • Dia 4: Nationale Dodenherdenking - Dia Memorial aos Mortos • Dia 5: Bevrijdingsdag — Dia da Libertação • Exatos 40 dias depois da Páscoa — Hemelvaartsdag - Ascenção de Jesus • Segundo sábado de Maio: Landelijke Molendag - Dia Nacional do Moinho
  7. 7. • Junho • Começo do mês até lá pelo meio de agosto: Vondelpark Openluchttheater - Festival de teatro ao ar livre do Vondelpark • Terceiro fim de semana: Open Tuinendagen - Dia Aberto dos Jardins. • 50 dias depois da Páscoa: Pinksteren - Pentecostes • Julho • Começo do mês: Over het IJ Festival • Meio do mês: North Sea Jazz Festival • Agosto • Começo do mês: Pride Amsterdam - Parada Gay de Amsterdam • Segunda metade do mês: Grachtenfestival - Festival dos canais • Setembro • Começo do mês: IBC - Congresso de profissionais de entretenimento • Segundo fim de semana do mês: Openmonumentendag - Dia Aberto dos Monumentos • Terceira terça-feira do mês: Prinsjesdag
  8. 8. • Outubro • Meio do mês: Amsterdam marathon - Maratona de Amsterdam • Último fim de semana do Mês: PINT Bokbierfestival - Festival de cerveja bock • Novembro • Primeiro sábado do mês: Museumnacht - A noite dos museus • Dia 11: Sint-Maarten • Segundo domingo do mês: Chegada do Sinterklaas em Amsterdam • Dezembro • Dia 5: Sinterklaas (Pakjesavond) • Dias 25 e 26: Kerstmis - Natal

×