17                       Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012                                              ...
18                              Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012                                       ...
19                       Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012                                              ...
20                               Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012                                      ...
21                                    Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012                                 ...
22                              Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012                                       ...
23                      Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012                                               ...
24                                          Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012                           ...
25                          Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012                                           ...
26                           Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012                                          ...
27                      Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012                                               ...
28                             Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012                                        ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Matrizes matematica 2012

849 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Matrizes matematica 2012

  1. 1. 17 Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012 5° ANO ENSINO FUNDAMENTAL Tópico Habilidade B1 B2 B3 Identificar a localização/movimentação de objeto em mapas, croquis e outras H01 X X X representações gráficas. Identificar características de formas geométricas encontradas na natureza ou em H03 X X objetos criados pelo homem (formas arredondadas ou não; simétricas ou não). Reconhecer prismas, pirâmides, cones, cilindros ou esferas por meio de suasESPAÇO E FORMA H04 X principais características. Identificar propriedades comuns e diferenças entre figuras bidimensionais pelo H06 X número de lados e/ou pelos tipos de ângulos. Identificar o eixo de simetria em formas geométricas planas ou figuras planas do H14 X X cotidiano. H17 Ler horas em relógios de ponteiros ou digital. X H18 Estimar a medida de grandezas utilizando unidades de medida convencionais ou não. X X H19 Estabelecer relações entre unidades de medida de tempo. X X Estabelecer relações entre o horário de início e término e/ou o intervalo da duração H20 X X de um evento ou acontecimento. GRANDEZAS E MEDIDAS Resolver problemas envolvendo trocas entre cédulas e moedas do Sistema Monetário H22 X X X Brasileiro, em função de seus valores. Resolver problemas envolvendo a noção de perímetro de figuras planas, com ou H23 X X sem malhas quadriculadas. Resolver problemas envolvendo noção de área de figuras planas, com ou sem H26 X X malhas quadriculadas. Reconhecer e utilizar características do Sistema de Numeração Decimal, tais como H27 X X X agrupamentos, trocas na base 10 e princípio do valor posicional. H28 Identificar a localização de números naturais na reta numérica. X X H29 Reconhecer a escrita por extenso dos numerais. X X X H30 Reconhecer a decomposição de números naturais nas suas diversas ordens. X X X H31 Calcular o resultado de uma adição ou subtração de números naturais. X X X H37 Identificar a localização de números racionais na forma decimal na reta numérica. X H40 Identificar quantidades em uma sequência numérica. X X X NÚMEROS E H42 Comparar e ordenar números racionais na forma decimal. X X OPERAÇÕES/ H43 Calcular o resultado de uma multiplicação ou divisão de números naturais. X X X ÁLGEBRA E FUNÇÕES Resolver problemas com números naturais envolvendo diferentes significados H44 X X X das operações (adição, subtração, multiplicação, divisão). H45 Reconhecer/Identificar diferentes representações de um mesmo número racional. X Resolver problemas utilizando a escrita decimal de cédulas e moedas do Sistema H49 X X Monetário Brasileiro. Identificar fração como representação que pode estar associada a diferentes H50 X X significados. Resolver problemas com números racionais envolvendo as operações (adição, H51 X subtração, multiplicação, divisão). H68 Resolver problemas que envolvam porcentagem. X H69 Ler informações e dados apresentados em tabelas. X X XTRATAMENTO DA INFORMAÇÃO Ler informações e dados apresentados em gráficos, particularmente em gráficos H70 X X X de colunas.
  2. 2. 18 Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012 9° ANO ENSINO FUNDAMENTAL Tópico Habilidade Classes B1 B2 B3 C1 - Associar um ponto no plano cartesiano às Associar pontos no plano suas coordenadas. H02 cartesiano às suas coordenadas X C2 - Associar as coordenadas a um e vice-versa. ponto dado no plano cartesiano. C1 - Identificar a conservação das medidas dos ângulos em uma ampliação ou redução de quadriláteros ou triângulos. C2 - Identificar a conservação ou modificação de medidas dos lados de quadriláteros ou triângulos. Identificar figuras semelhantes C3 - Identificar a conservação ou modificação H05 mediante o reconhecimento de de medidas do perímetro de quadriláteros ou X X X relações de proporcionalidade. triângulos. C4 - Identificar a conservação ou modificação de medidas de áreas de quadriláteros ou triângulos. C5 - Identificar triângulos semelhantes usando os critérios de semelhança. C1 - Diferenciar circunferência de círculo. Reconhecer o círculo ou a C2 - Reconhecer em uma circunferência o ESPAÇO E FORMA H09 circunferência, seus elementos diâmetro, o raio e a corda. X e algumas de suas relações. C3 - Relacionar os elementos de uma circunferência. Resolver problemas utilizando o C1 - Aplicar o Teorema de Tales em problemas H10 X Teorema de Tales. do cotidiano envolvendo feixe de retas paralelas. C1 - Resolver problemas contextualizados usando o Teorema de Pitágoras. C2 - Resolver problemas contextualizados Utilizar relações métricas do usando a fórmula que relaciona a altura de um H11 triângulo retângulo para resolver triângulo retângulo (h2=m.n). X X problemas significativos. C3 - Resolver problemas contextualizados usando a fórmula que relaciona a medida dos catetos de um triângulo retângulo (c2 = a.n ou b2 = a.m). C1 - Calcular um dos lados de um triângulo Resolver problemas envolvendo retângulo em problemas contextualizados ou as razões trigonométricas no não, com o auxílio do seno, cosseno ou tangente H12 triângulo retângulo (seno, cosseno X dos ângulos de 30º, 45° e 60°. Caso a resposta e tangente dos ângulos de 30°, 45° seja numérica, devem ser dados o seno, o e 60°). cosseno e a tangente do ângulo correspondente.
  3. 3. 19 Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012 9° ANO ENSINO FUNDAMENTALTópico Habilidade Classes B1 B2 B3 C1 - Efetuar adição de radicais envolvendo o mesmo índice. C2 - Efetuar subtração de radicais envolvendo o mesmo índice. Efetuar cálculos com valores C3 -Efetuar multiplicação de radicais envolvendo H35 X aproximados de radicais. o mesmo índice. C4 - Efetuar divisão de radicais envolvendo o mesmo índice. C5 - Efetuar mais de uma operação aritmética com radicais envolvendo mesmo índice. Identificar o gráfico de uma função, a partir da correspondência entre H38 (**) X duas grandezas representadas em uma tabela. Estabelecer correspondência H39 entre duas grandezas, a partir (**) X de uma situação-problema. C1 - Identificar a representação decimal de um número racional. C2 - Identificar a representação fracionária de um número racional. Reconhecer/Identificar diferentes C3 - Identificar a representação percentual de H45 representações de um mesmo um número racional. X X X número racional. C4 - Identificar a representação gráfica de um NÚMEROS E número racional.OPERAÇÕES/ C5 - Identificar a existência de “ordens” ÁLGEBRA E como décimos, centésimos e milésimos FUNÇÕES no conjunto dos números racionais. C1 - Localizar números racionais na reta numérica. Reconhecer números reais em H46 C2 - Identificar números irracionais em X X X diferentes contextos. intervalos na reta. C3 - Comparar e/ou ordenar números reais. Relacionar as raízes de uma equação do 2º grau com sua H47 (*) X decomposição em fatores do 1º grau (vice-versa). C1 - Resolver problemas envolvendo equações completas do 2º grau. Resolver situações-problema C2 - Resolver problemas envolvendo equações H48 X X envolvendo equação do 2º grau. incompletas do 2º grau. C3 - Representar algebricamente uma situação-problema. C1 - Propor problemas contextualizados envolvendo o conjunto dos números naturais. Resolver problemas com números C2 - Propor problemas contextualizados reais envolvendo as operações envolvendo o conjunto dos números inteiros. H52 X X X (adição, subtração, multiplicação, C3 - Propor problemas contextualizados divisão, potenciação). envolvendo o conjunto dos números racionais. C4 - Propor problemas contextualizados envolvendo o conjunto dos números irracionais. (*) A complexidade dessa habilidade dependerá exclusivamente das raízes da equação. (**) A complexidade dessa habilidade dependerá exclusivamente das grandezas envolvidas.
  4. 4. 20 Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012 1° ANO ENSINO MÉDIO Tópico Habilidade Classes B1 B2 B3 C1 - Associar um ponto no plano cartesiano às Associar pontos no plano suas coordenadas. H02 cartesiano às suas coordenadas X X X C2 - Associar as coordenadas a um e vice-versa. ponto dado no plano cartesiano. C1 - Calcular um dos lados de um triângulo Resolver problemas envolvendo retângulo em um problema contextualizado ou as razões trigonométricas no não, com o auxílio do seno, cosseno ou tangente H12 triângulo retângulo (seno, cosseno X X X dos ângulos de 30°, 45° e 60°. Caso a resposta ESPAÇO E FORMA e tangente dos ângulos de 30°, 45° seja numérica, devem ser dados o seno, o e 60°). cosseno e a tangente do ângulo correspondente. C1 - Propor situações contextualizadas, envolvendo um triângulo qualquer, que recaiam Resolver problemas envolvendo na aplicação da lei dos senos. H13 a lei dos cossenos ou a lei dos X X C2 - Propor situações contextualizadas, senos. envolvendo um triângulo qualquer, que recaiam na aplicação da lei dos cossenos. C1 - Converter em graus a medida de um arco dado em radianos, a qual não exceda duas voltas GRANDEZAS Transformar grau em radiano ou da circunferência unitária. H21 X E MEDIDAS vice-versa. C2 - Converter em radianos a medida de um arco dado em graus, a qual não exceda duas voltas da circunferência unitária. Identificar o gráfico de uma função, a partir da correspondência entre H38 (**) X duas grandezas representadas em uma tabela. Estabelecer correspondência H39 entre duas grandezas, a partir de (**) X uma situação-problema. C1 - Identificar uma expressão algébrica Identificar a expressão algébrica observada em uma sequência de números. que expressa uma regularidade H41 C2 - Identificar uma expressão algébrica X observada em sequências de observada em uma sequência de números (padrões). objetos que seguem um padrão. NÚMEROS E C1 -Identificar a representação decimal de um OPERAÇÕES/ número racional. ÁLGEBRA E C2 -Identificar a representação fracionária de FUNÇÕES um número racional. Reconhecer/Identificar diferentes C3 -Identificar a representação percentual de H45 representações de um mesmo um número racional. X número racional. C4 -Identificar a representação gráfica de um número racional. C5 - Identificar a existência de “ordens” como décimos, centésimos e milésimos no conjunto dos números racionais. C1 - Localizar números racionais na reta numérica. Reconhecer números reais em H46 C2 - Identificar números irracionais em X diferentes contextos. intervalos na reta numérica. C3 - Comparar e/ou ordenar números reais.
  5. 5. 21 Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012 1° ANO ENSINO MÉDIO Tópico Habilidade Classes B1 B2 B3 C1 - Propor problemas contextualizados envolvendo Associar o duas grandezas diretamente proporcionais para que seja conceito de função identificada a função que modela essa situação. H53 linear à variação X C2 - Propor problemas contextualizados envolvendo proporcional entre duas grandezas inversamente proporcionais para que grandezas. seja identificada a função que modela essa situação. C1 - Resolver problemas contextualizados que recaiam na Resolver problemas resolução de uma equação do 1º grau da forma y=ax+b, com que envolvam a≠0. H56 X X função polinomial C2 - Resolver problemas contextualizados do 1º grau. que recaiam na resolução de uma equação do 1º grau da forma y=ax, com a≠0. C1 - Resolver problemas que recaiam na resolução de uma equação do 2º grau da forma ax2+bx+c=0, com a≠0. C2 - Resolver problemas que recaiam na resolução de uma equação do 2º grau da forma ax2+bx=0, com a≠0. C3 - Resolver problemas que recaiam na resolução de uma equação do 2º grau da forma ax2+c=0, com a≠0. C4 - Resolver problemas que envolvam a determinação do Resolver problemas valor do yv como o valor máximo em uma função do 2º grau. H57 envolvendo função X C5 - Resolver problemas que envolvam a determinação do do 2º grau. valor do yv como o valor mínimo em uma função do 2º grau. C6 - Resolver problemas que envolvam a determinação do valor do xv, que fornece o valor máximo de uma função do 2º grau. C7 - Resolver problemas que envolvam a NÚMEROS E determinação do valor do xv, que fornece o OPERAÇÕES/ valor mínimo de uma função do 2º grau. ÁLGEBRA E C1 - Identificar o gráfico que representa uma função do 1º FUNÇÕES grau, dados os coeficientes a e b da função afim y=ax+b, com a≠0. C2 - Identificar o gráfico que representa a função do 1º Associar o gráfico grau, dada a expressão algébrica da função na forma y = de uma função ax, com a≠0. polinomial do C3 - Identificar o gráfico que representa uma função do 1º H61 1º grau à sua grau, dada a expressão algébrica da função na forma y = ax + X X representação b, com a≠0 e b≠0. algébrica ou C4 - Identificar a expressão algébrica que representa o vice-versa. gráfico de uma função do 1º grau, dado o gráfico de uma função da forma y = ax, com a≠0. C5 - Identificar a expressão algébrica que representa(*) Classes 1 e 2 devem ser avaliadas no 2º bimestre e as classes 3 e 4de umaser avaliadas no 3º bimestre. gráfico de o gráfico devem função do 1º grau, dado o(**) Deve-se advertir que os juros simples têm pouca aplicação prática. Encontramos uso para ocom a≠0 ejuros uma função da forma y = ax + b, regime de b≠0.simples no caso das operações de curtíssimo prazo e do processo de desconto simples de duplicatas.(***) Foi definido que os descritores relativos à função exponencial serão contemplados na matriz, porém serãodo 2º grau partir do ano de 2013. Reconhecer a C1 - Reconhecer algebricamente uma função avaliados a emC(*) A complexidade dessa habilidade dependerá exclusivamente situação-problema. representação uma do contexto envolvido. algébrica ou C2 - Reconhecer graficamente uma função do 2º grau em H62 X gráfica da função uma situação-problema. polinomial do C3 - Relacionar os coeficientes de uma função 2º grau. do 2º grau à sua representação gráfica. Reconhecer intervalos de crescimento/ H66 decrescimento e/ X X ou zeros de funções reais representadas em um gráfico. (**) A complexidade dessa habilidade dependerá exclusivamente das grandezas envolvidas.
  6. 6. 22 Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012 2° ANO ENSINO MÉDIO Tópico Habilidade Classes B1 B2 B3 Reconhecer prismas, pirâmides, cones, cilindros ou C1 - Identificar entre um conjunto de figuras tridimensionais H04 X X X esferas por meio qual representa um poliedro ou corpo redondo. de suas principais características. C1 - Reconhecer, dentre várias planificações, aquela que Relacionar corresponde a um sólido representado graficamente. diferentes C2 - Reconhecer a planificação dado o nome do sólido. H07 poliedros ou corpos C3 - Reconhecer, dentre várias representações gráficas de X ESPAÇO E FORMA redondos com suas sólidos, aquele que corresponde à uma planificação dada. planificações. C4 - Reconhecer entre vários nomes de sólidos, aquele que corresponde à planificação dada. Utilizando a relação de Euler: Identificar a relação C1 - Calcular o número de vértices dadas as relações entre o entre o número número de faces e arestas de um poliedro. de vértices, faces H08 C2 - Calcular o número de arestas dadas as relações entre o X X X e/ou arestas de número de faces e vértices de um poliedro. poliedros expressa C3 - Calcular o número de faces dadas as relações em um problema. entre o número de vértices e arestas de um poliedro. C1 - Calcular a medida da área lateral de um prisma, com ou sem a informação de fórmulas. C2 - Calcular a medida da área lateral de uma pirâmide, com ou sem a informação de fórmulas. C3 - Calcular a medida da área lateral de um cilindro, com ou sem a informação de fórmulas. Resolver problemas C4 - Calcular a medida da área lateral de um cone, com ou envolvendo a sem a informação de fórmulas. medida da área C5 - Calcular a medida da área total de um prisma, com ou H24 total e/ou lateral de X X sem a informação de fórmulas. um sólido (prisma, C6 - Calcular a medida da área total de uma pirâmide, com pirâmide, cilindro, ou sem a informação de fórmulas. cone, esfera). GRANDEZAS E C7 - Calcular a medida da área total de um cilindro, com ou MEDIDAS sem a informação de fórmulas. C8 - Calcular a medida da área total de um cone, com ou sem a informação de fórmulas. C9 - Calcular a medida da área total de uma esfera, com ou sem a informação de fórmulas. C1 - Calcular a medida do volume de um prisma, com ou sem a informação de fórmulas. C2 - Calcular a medida do volume de um cilindro, com ou Resolver problemas sem a informação de fórmulas. H25 envolvendo noções X X C3 - Calcular a medida do volume de uma pirâmide, com ou de volume. sem a informação de fórmulas. C4 - Calcular a medida do volume de um cone, com ou sem a informação de fórmulas.
  7. 7. 23 Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012 2° ANO ENSINO MÉDIOTópico Habilidade Classes B1 B2 B3 C1 - Calcular o determinante de matrizes quadradas Calcular o determinante de ordem 2. H32 de matrizes quadradas X C2 - Calcular o determinante de de ordem 2 ou 3. matrizes quadradas de ordem 3. Dadas as matrizes A= (aij)mxn e B = (bij)mxn com i,j {1,2,3}, sendo A e B matrizes de mesma ordem: Efetuar cálculos C1 - Efetuar a soma das matrizes A e B; H33 envolvendo as operações C2 - Efetuar a subtração das matrizes A e B; X com matrizes. C3 - Efetuar a multiplicação da matriz A por um número real K. C4 - Calcular a matriz C=A.B do tipo mxp, dadas as matrizes A = (aij)mxn e B = (bjk)nxp com i,j,k {1,2,3}. C1 - Efetuar operações utilizando o produto de logaritmos; C2 - Efetuar operações utilizando o quociente de logaritmos; Efetuar operações C3 - Efetuar operações utilizando a potência de logaritmos; H34 utilizando as propriedades X C4 - Efetuar operações utilizando a raiz de um logaritmo; operatórias do logaritmo. C5 - Efetuar operações utilizando a mudança de base de logaritmos. Identificar a expressão C1 - Identificar uma expressão algébrica observada algébrica que expressa em uma sequência de números. H41 uma regularidade C2 - Identificar uma expressão algébrica X X observada em sequências observada em uma sequência de de números (padrões). objetos que seguem um padrão. C1 - Calcular os juros em uma situação-problema NÚMEROS E apresentada no regime de juros simples.OPERAÇÕES/ C2 - Calcular a taxa em uma situação-problema ÁLGEBRA E apresentada no regime de juros simples. FUNÇÕES C3 - Calcular o período, dado em dias, meses ou anos, em uma situação-problema apresentada no regime de juros simples. C4 - Calcular o montante em uma situação-problema apresentada no regime de juros simples. C5 - Calcular o capital em uma situação- Resolver problemas problema apresentada no regime de juros H54 envolvendo juros simples simples. X X ou compostos. C6 - Calcular os juros em uma situação-problema apresentada no regime de juros compostos. C7 - Calcular a taxa em uma situação-problema apresentada no regime de juros compostos. C8 - Calcular o período, dado em dias, meses ou anos, em uma situação-problema apresentada no regime de juros compostos. C9 -Calcular o montante em uma situação-problema apresentada no regime de juros compostos. C10 - Calcular o capital em uma situação-problema apresentada no regime de juros compostos. C1 - Resolver problemas que envolvam o cálculo do termo de uma P.A. Resolver problemas C2 - Resolver problemas que envolvam o cálculo da envolvendo P.A./P.G. dada soma dos termos de uma P.A. H55 X X a fórmula do termo geral C3 - Resolver problemas que envolvam o cálculo do e/ou a soma dos termos. termo de uma P.G. C4 - Resolver problemas que envolvam o cálculo da soma dos termos de uma P.G.
  8. 8. 24 Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012 2° ANO ENSINO MÉDIO Tópico Habilidade Classes B1 B2 B3 Resolver problemas (***) H58 envolvendo a função X (****) exponencial. Resolver problemas H59 envolvendo a função (***) X logarítmica. C1 - Identificar a representação algébrica de uma Identificar a representação função exponencial, dado o gráfico dessa função; H63 algébrica e/ou gráfica de C2 - Identificar a representação gráfica X uma função exponencial. de uma função exponencial, dada a representação algébrica dessa função. C1 - Identificar a representação algébrica de uma NÚMEROS E Identificar a representação função logarítmica, dado o gráfico dessa função; OPERAÇÕES/ H64 algébrica e/ou gráfica de C2 - Identificar a representação gráfica de uma função X ÁLGEBRA E uma função logarítmica. logarítmica, dada a representação algébrica dessa FUNÇÕES função. C1 - Identificar a representação algébrica de uma Identificar a representação função logarítmica, reconhecendo-a como inversa da algébrica e/ou gráfica de função exponencial; uma função logarítmica, H65 C2 - Identificar a representação gráfica de uma X reconhecendo-a como função logarítmica, reconhecendo-a como inversa da inversa da função função exponencial. exponencial. (***) C1 - Resolver problemas contextualizados que recaiam no cálculo da porcentagem. Resolver problemas que C2 - Resolver problemas contextualizados que H68 X X envolva porcentagem. recaiam na determinação do valor percentual de acréscimo ou desconto de um produto, inclusive quando há acréscimos ou descontos sucessivos. (***) A complexidade dessa habilidade dependerá exclusivamente do contexto envolvido. (****) Foi definido que os descritores relativos à função exponencial serão contemplados na matriz, porém serão avaliados a partir do ano de 2013.
  9. 9. 25 Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012 3° ANO ENSINO MÉDIO Tópico Habilidade Classes B1 B2 B3 C1 - Reconhecer, dentre várias planificações, aquela que corresponde a um sólido representado graficamente. Relacionar diferentes C2 - Reconhecer a planificação dado o nome do sólido. poliedros ou corpos H07 C3 - Reconhecer, dentre várias representações gráficas de X redondos com suas sólidos, aquele que corresponde à uma planificação dada. planificações. C4 - Reconhecer entre vários nomes de sólidos, aquele que corresponde à planificação dada. Resolver problemas C1- Calcular um dos lados de um triângulo retângulo envolvendo as razões em um problema contextualizado ou não, com o auxílio trigonométricas no triângulo H12 do seno, cosseno ou tangente dos ângulos de 30°, 45° e X X XESPAÇO E FORMA retângulo (seno, cosseno e 60°. Caso a resposta seja numérica, devem ser dados o tangente dos ângulos de 30°, seno, o cosseno e a tangente do ângulo correspondente. 45° e 60°). Identificar a equação de uma C1 - Identificar a equação de uma reta apresentada, a partir de reta, a partir de dois pontos dados; H15 X dois pontos dados ou de um C2 - Identificar a equação de uma reta, a partir de um ponto e sua inclinação. ponto e sua inclinação. Resolver problemas que C1 - Resolver problemas, contextualizados ou não, que envolvam a distância entre H16 envolvam a distância entre dois ou mais pontos no plano X dois pontos no plano cartesiano. cartesiano. C1 - Calcular a medida da área lateral de um prisma, com ou sem a informação de fórmulas. C2 - Calcular a medida da área lateral de uma pirâmide, com ou sem a informação de fórmulas. C3 - Calcular a medida da área lateral de um cilindro, com ou sem a informação de fórmulas. C4 - Calcular a medida da área lateral de um Resolver problemas cone, com ou sem a informação de fórmulas. envolvendo a medida da C5 - Calcular a medida da área total de um H24 área total e/ou lateral de X prisma, com ou sem a informação de fórmulas. um sólido (prisma, pirâmide, C6 - Calcular a medida da área total de uma cilindro, cone, esfera). pirâmide, com ou sem a informação de fórmulas. GRANDEZAS C7 - Calcular a medida da área total de um E MEDIDAS cilindro, com ou sem a informação de fórmulas. C8 - Calcular a medida da área total de um cone, com ou sem a informação de fórmulas. C7 - Calcular a medida da área total de uma esfera, com ou sem a informação de fórmulas. C1 - Calcular a medida do volume de um prisma, com ou sem a informação de fórmulas. C2 - Calcular a medida do volume de um Resolver problemas cilindro, com ou sem a informação de fórmulas. H25 envolvendo noções de X C3 - Calcular a medida do volume de uma volume. pirâmide, com ou sem a informação de fórmulas. C4 - Calcular a medida do volume de um cone, com ou sem a informação de fórmulas.
  10. 10. 26 Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012 3° ANO ENSINO MÉDIO Tópico Habilidade Classes B1 B2 B3 C1 - Calcular o determinante de Calcular o determinante matrizes quadradas de ordem 2 H32 de matrizes quadradas de X C2 - Calcular o determinante de matrizes quadradas ordem 2 ou 3. de ordem 3. C1 - Efetuar a adição de dois ou mais números complexos na forma algébrica; Efetuar cálculo envolvendo C2 - Efetuar a subtração de dois ou mais operações com números números complexos na forma algébrica; H36 X complexos na forma C3 - Efetuar a multiplicação de dois ou mais algébrica. números complexos na forma algébrica; C4 - Efetuar a divisão de dois ou mais números complexos na forma algébrica. C1 - Localizar números racionais na reta numérica. Reconhecer números reais H46 C2 - Identificar números irracionais em intervalos na reta. X X X em diferentes contextos. C3 - Comparar e/ou ordenar números reais. C1 - Calcular os juros em uma situação-problema apresentada no regime de juros simples. C2 - Calcular a taxa em uma situação-problema apresentada no regime de juros simples. NÚMEROS E C3 - Calcular o período, dado em dias, OPERAÇÕES/ meses ou anos, em uma situação-problema ÁLGEBRA E apresentada no regime de juros simples. FUNÇÕES C4 - Calcular o montante em uma situação- problema apresentada no regime de juros simples. C5 - Calcular o capital em uma situação-problema Resolver problemas apresentada no regime de juros simples. H54 envolvendo juros simples X C6 - Calcular os juros em uma situação-problema ou compostos. apresentada no regime de juros compostos. C7 - Calcular a taxa em uma situação-problema apresentada no regime de juros compostos. C8 - Calcular o período, dado em dias, meses ou anos, em uma situação-problema apresentada no regime de juros compostos. C9 -Calcular o montante em uma situação-problema apresentada no regime de juros compostos. C10 - Calcular o capital em uma situação-problema apresentada no regime de juros compostos. C1 - Resolver problemas que envolvam o cálculo do termo de uma P.A. Resolver problemas C2 - Resolver problemas que envolvam o envolvendo P.A./P.G. dada a cálculo da soma dos termos de uma P.A. H55 X fórmula do termo geral e/ou C3 - Resolver problemas que envolvam a soma dos termos. o cálculo do termo de uma P.G. C4 - Resolver problemas que envolvam o cálculo da soma dos termos de uma P.G.
  11. 11. 27 Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012 3° ANO ENSINO MÉDIOTópico Habilidade Classes B1 B2 B3 C1 - Resolver problemas que recaiam na resolução de uma equação do 2º grau da forma ax2+bx+c=0, com a≠0. C2 - Resolver problemas que recaiam na resolução de uma equação do 2º grau da forma ax2+bx=0, com a≠0. C3 - Resolver problemas que recaiam na resolução de uma equação do 2º grau da forma ax2+c=0, com a≠0. C4 - Resolver problemas que envolvam a determinação do Resolver problemas valor do yv como o valor máximo em uma função do 2º grau. H57 envolvendo função do 2º X C5 - Resolver problemas que envolvam a determinação do grau. valor do yv, como o valor mínimo em uma função do 2º grau. C6 - Resolver problemas que envolvam a determinação do valor do xv, que fornece o valor máximo de uma função do 2º grau. C7 - Resolver problemas que envolvam a determinação do valor do xv, que fornece o valor mínimo de uma função do 2º grau. C1 - Resolver problemas de contagem Resolver problemas de que envolva o princípio multiplicativo; NÚMEROS E contagem utilizando o C2 - Resolver problemas de contagemOPERAÇÕES/ princípio multiplicativo ou que envolva permutação simples; H60 X X X ÁLGEBRA E noções de permutação C3 - Resolver problemas de contagem FUNÇÕES simples, arranjos simples que envolva arranjo simples; e/ou combinações simples. C4 - Resolver problemas de contagem que envolva combinação simples. C1 - Resolver problemas que envolvam o cálculo da probabilidade de ocorrência de um evento como a razão entre o número de casos favoráveis e o número de casos possíveis, em espaços equiprováveis finitos; Resolver problemas C2 - Resolver problemas utilizando H67 X X X envolvendo probabilidade. a probabilidade da união de eventos; C3 - Resolver problemas utilizando a probabilidade de eventos complementares; C4 - Resolver problemas que envolvam o cálculo de probabilidade condicional. C1 - Resolver problemas contextualizados que recaiam no cálculo da porcentagem. Resolver problemas que C2 - Resolver problemas contextualizados que recaiam H68 X X X envolvam porcentagem. na determinação do valor percentual de acréscimo ou desconto de um produto, inclusive quando há acréscimos ou descontos sucessivos.
  12. 12. 28 Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 2012 3° ANO ENSINO MÉDIO Tópico Habilidade Classes B1 B2 B3 C1 - Resolver problemas que envolvam análise e interpretação de dados apresentados em tabelas; C2 - Resolver problemas que envolvam análise e interpretação de dados apresentados em gráficos de barras; Resolver problemas C3 - Resolver problemas que envolvam envolvendo informações análise e interpretação de dados H71 X X X apresentadas em tabelas apresentados em gráficos de colunas; e/ou gráficos. C4 - Resolver problemas que envolvam análise e interpretação de dados apresentados em gráficos de setor; C5 - Resolver problemas que envolvam análise e interpretação de dados apresentados em gráficos de segmento. C1 - Associar informações apresentadas em listas e/ ou tabelas ao gráfico de barras que as representam; C2 - Associar informações apresentadas em listas e/ ou tabelas ao gráfico de colunas que as representam; TRATAMENTO DA C3 - Associar informações apresentadas em listas e/ou INFORMAÇÃO tabelas simples ao gráfico de setor que as representam; Associar informações C4 - Associar informações apresentadas em listas e/ apresentadas em listas e/ou ou tabelas ao gráfico de segmento que as representam; H72 tabelas simples aos gráficos X X X C5 - Associar informações apresentadas em gráfico que as representam e vice- de barras a listas e/ou tabelas que o representa; versa. C6 - Associar informações apresentadas em gráfico de colunas a listas e/ou tabelas que o representa; C7 - Associar informações apresentadas em gráfico de setor a listas e/ou tabelas simples que o representa; C8 - Associar informações apresentadas em gráfico de segmento a listas e/ou tabelas que o representa. C1 - Resolver problemas que envolvam o cálculo da Resolver problemas média aritmética em uma distribuição amostral simples; envolvendo o cálculo da C2 - Resolver problemas que envolvam o cálculo H73 X X média aritmética, mediana da moda em uma distribuição amostral simples; ou moda. C3 - Resolver problemas que envolvam o cálculo da mediana em uma distribuição amostral simples.

×