Quando o      “Jardineiro” chegarPassa automático
Quando o "Jardineiro" chegar, esteja preparado para oreplantio interior!Se estiver muito improdutivo e cansado devido amon...
Primeiramente, providencie a limpeza do local, capinandotodo ódio, eliminando-o pela raiz.Remova as touceiras do egoísmo.R...
Procure juntar todos os detritos da vaidade e da soberba efaça-os deteriorarem à sombra da humildade,bem ao lado de onde d...
Incinere gradualmente as atitudes pecaminosas e misturesuas cinzas com as folhas caídas das árvores das ilusões,adicionand...
Deixe estes ingredientes se decomporem na presença dooxigênio do autodomínio, auxiliado pela fermentação dodesapego.Reforc...
E, para agilizar o processo, insira a vida ativa dasminhocas que espalham a prudência e facilitam apenetração dos nutrient...
Mate o orgulho e utilize-o como forragem, isto evitará aevaporação da modéstia e ajudará a manter o frescor dasimplicidade...
Após este preparo inicial, are o local com as ferramentasdo carinho e da paciência e, nas partes mais duras erígidas, abra...
Evite previamente a erosão da discórdia, usando curvas denível de compreensão.E, para garantir o sucesso do plantio e da c...
Elas devem ser totalmente isentas dos aditivos químicosdas drogas, e com a alta qualidade germinativa dafraternidade e oti...
Alguns dias após a semeadura, ao despontarem osprimeiros brotos da fé, regue-os diariamente com lágrimasdoces de devoção, ...
Corte o joio dos vícios com o machado dasvirtudes e arranque as ervas daninhas do mal comas próprias mãos, usando de delic...
Controle as queimadas das paixões enganadoras,apagando a lascívia com a água fria da renúncia e,para afastar as formigas d...
Quando vierem os grilos da especulação, solte seusinimigos naturais que são os pássaros da intuição, quedevem sobrevoar a ...
Evite os fungos da distração, use um preparo deatenção total, que alerta para os pequenos detalhes quenunca podem ser esqu...
Quando surgirem as tempestades da tentação, trazendo osrelâmpagos da perdição e as ventanias dos prazeres vãos,proteja os ...
Pronto!Conseguindo fazer todas as etapas e superar asintempéries de todas as estações , em breveestará com seus cestos che...
O trabalho é árduo e as tempestades da inveja e do maltentarão te impedir.  Que o SENHOR te abençoe!
Texto – Autoria desconhecidaAdaptação de texto – Luiza GosuenFormatação_ Luiza GosuenMúsica-Air on the G StringImagens- In...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Quando o jardineiro chegar

395 visualizações

Publicada em

Publicada em: Arte e fotografia
  • Seja o primeiro a comentar

Quando o jardineiro chegar

  1. 1. Quando o “Jardineiro” chegarPassa automático
  2. 2. Quando o "Jardineiro" chegar, esteja preparado para oreplantio interior!Se estiver muito improdutivo e cansado devido amonocultura dos erros cometidos e com produção excassade boas obras, será preciso restaurá-lo.
  3. 3. Primeiramente, providencie a limpeza do local, capinandotodo ódio, eliminando-o pela raiz.Remova as touceiras do egoísmo.Roce bem rente a falsidade e a mentira,colocando-as a secar à luz do sol da verdade.
  4. 4. Procure juntar todos os detritos da vaidade e da soberba efaça-os deteriorarem à sombra da humildade,bem ao lado de onde descansam os valores reais, numagostosa rede trançada pelos elementos da santificação.
  5. 5. Incinere gradualmente as atitudes pecaminosas e misturesuas cinzas com as folhas caídas das árvores das ilusões,adicionando o esterco já bem ressecado da cobiça e ascascas apodrecidas da hipocrisia.
  6. 6. Deixe estes ingredientes se decomporem na presença dooxigênio do autodomínio, auxiliado pela fermentação dodesapego.Reforce a adubação, incorporando à massa uma base deconhecimento e sabedoria.
  7. 7. E, para agilizar o processo, insira a vida ativa dasminhocas que espalham a prudência e facilitam apenetração dos nutrientes da retidão e da dignidade moral,evitando a compactação, no solo, dos nossos defeitos.
  8. 8. Mate o orgulho e utilize-o como forragem, isto evitará aevaporação da modéstia e ajudará a manter o frescor dasimplicidade.Para um rápido crescimento das plantinhas do afeto e damoderação, o melhor clima é o da paz e a melhortemperatura é a do equilíbrio.
  9. 9. Após este preparo inicial, are o local com as ferramentasdo carinho e da paciência e, nas partes mais duras erígidas, abra com firmeza e boa vontade sulcos profundosde flexibilidade e delicadeza.
  10. 10. Evite previamente a erosão da discórdia, usando curvas denível de compreensão.E, para garantir o sucesso do plantio e da colheita, escolhasementes sadias provenientes do sementeiro e cultivadasno celeiro do amor.
  11. 11. Elas devem ser totalmente isentas dos aditivos químicosdas drogas, e com a alta qualidade germinativa dafraternidade e otimismo, e mesmo em meio às provações edeficiências humanas do agricultor inexperiente, aindaassim florescerão saudáveis.
  12. 12. Alguns dias após a semeadura, ao despontarem osprimeiros brotos da fé, regue-os diariamente com lágrimasdoces de devoção, mas tome cuidado de desbastar oexcesso de sentimentalismo emocional com a foice darazão.
  13. 13. Corte o joio dos vícios com o machado dasvirtudes e arranque as ervas daninhas do mal comas próprias mãos, usando de delicadeza ebenevolência.Com a enxada da disciplina e a pá da determinação,libere a plantação dos entulhos da negligência e docomodismo.
  14. 14. Controle as queimadas das paixões enganadoras,apagando a lascívia com a água fria da renúncia e,para afastar as formigas da insatisfação, espalheporções de contentamento.
  15. 15. Quando vierem os grilos da especulação, solte seusinimigos naturais que são os pássaros da intuição, quedevem sobrevoar a plantação bem cedinho, no alvorecer .
  16. 16. Evite os fungos da distração, use um preparo deatenção total, que alerta para os pequenos detalhes quenunca podem ser esquecidos. Extermine as demais pragasda avareza e das trevas, pulverizando tudo com osprodutos da caridade.
  17. 17. Quando surgirem as tempestades da tentação, trazendo osrelâmpagos da perdição e as ventanias dos prazeres vãos,proteja os rebentos da pureza com a cobertura daausteridade e da oração.
  18. 18. Pronto!Conseguindo fazer todas as etapas e superar asintempéries de todas as estações , em breveestará com seus cestos cheios dos Frutos doEspírito e Deus, “O Jardineiro do Éden“, estarásatisfeito pois conseguiu uma boa colheita epreparou mais um agricultor para a boa obra. …Você!
  19. 19. O trabalho é árduo e as tempestades da inveja e do maltentarão te impedir. Que o SENHOR te abençoe!
  20. 20. Texto – Autoria desconhecidaAdaptação de texto – Luiza GosuenFormatação_ Luiza GosuenMúsica-Air on the G StringImagens- Internet

×