História - A RATOEIRAHistória - A RATOEIRA
"Um rato, olhando pelo buraco na"Um rato, olhando pelo buraco na
parede,parede,...
Pensou logo no tipo de comida quePensou logo no tipo de comida que
poderia haver ali.poderia haver ali.
Ao descobrir que e...
Desculpe-me Sr. Rato,Desculpe-me Sr. Rato,
eu entendo que isso sejaeu entendo que isso seja
um grande problema paraum gran...
"- Desculpe-me Sr. Rato,"- Desculpe-me Sr. Rato,
mas não há nada que eumas não há nada que eu
possa fazer, a não serpossa ...
"- O que Sr. Rato?"- O que Sr. Rato?
Uma ratoeira? PorUma ratoeira? Por
acaso estou em perigo?acaso estou em perigo?
Acho ...
Então o rato voltou para aEntão o rato voltou para a
casa, cabisbaixo e abatido,casa, cabisbaixo e abatido,
para encarar a...
Naquela noite ouviu-se umNaquela noite ouviu-se um
barulho, como o de uma ratoeirabarulho, como o de uma ratoeira
pegando ...
O fazendeiro a levouO fazendeiro a levou
imediatamente ao hospital. Elaimediatamente ao hospital. Ela
voltou com febre.vol...
Como a doença da mulherComo a doença da mulher
continuava, os amigos econtinuava, os amigos e
vizinhos vieram visitá-la.vi...
A mulher não melhorou e acabouA mulher não melhorou e acabou
morrendo.morrendo.
Muita gente veio para o funeral.Muita gent...
Na próxima vez que você ouvir dizerNa próxima vez que você ouvir dizer
que alguém está dianteque alguém está diante
de um ...
  "O problema de um"O problema de um
é problema de todos,é problema de todos,
quando convivemos em equipequando convivemos...
A IMPORTANCIA DO TRABALHO
EM EQUIPE.
Você sabe trabalhar em equipe?
Definição:
EQUIPE:
- Conjunto ou grupo de pessoas que ...
Aproxima-se o tempo em que se cumprirão as coisas
anunciadas para a transformação da Humanidade.
Ditosos serão os que houv...
Só nasce efetivamente, quando as pessoas
não apenas trabalham juntas, mas
cooperam entre si, reconhecendo o valor e a
nece...
•Possibilita a troca de idéias e experiências...Possibilita a troca de idéias e experiências...
•Aumenta a produtividade, ...
Uma equipe que se pretenda harmônica precisa, em
primeiro lugar, que seus membros assumam os
pressupostos da centralidade ...
 A decisão de participar de um novo trabalho traz
uma nova dimensão: conhecer, conversar e
trabalhar com outras pessoas.
...
 INFORMAÇÃO – sobre os objetivos dos trabalhos, seus
conteúdos, seqüências, melhores práticas e resultados.
Isso inclui m...
““(...) Ninguém está órfão de oportunidades.(...) Ninguém está órfão de oportunidades.
Em toda parte há serviços que prest...
Entenda-se por fadiga no Relacionamento da equipe um
determinado momento em que sua produtividade cai,
seu grau de motivaç...
Como todos temos os mesmos objetivos e
caminhamos trabalhando em uma única direção,
encontrarmos nas diferenças de conheci...
“Cientes das responsabilidades que abraçamos junto a Deus
nosso Pai e ao movimento espírita, desejamos que todos os
que ex...
Ratoeira- O trabalho em Equipe
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ratoeira- O trabalho em Equipe

801 visualizações

Publicada em

O Trabalho em Equipe

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
801
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ratoeira- O trabalho em Equipe

  1. 1. História - A RATOEIRAHistória - A RATOEIRA "Um rato, olhando pelo buraco na"Um rato, olhando pelo buraco na parede,parede, vê o fazendeiro evê o fazendeiro e sua esposa abrindo um pacote.sua esposa abrindo um pacote.
  2. 2. Pensou logo no tipo de comida quePensou logo no tipo de comida que poderia haver ali.poderia haver ali. Ao descobrir que era uma ratoeira ficouAo descobrir que era uma ratoeira ficou aterrorizado.aterrorizado. Correu ao pátio da fazenda advertindo a todos:Correu ao pátio da fazenda advertindo a todos:
  3. 3. Desculpe-me Sr. Rato,Desculpe-me Sr. Rato, eu entendo que isso sejaeu entendo que isso seja um grande problema paraum grande problema para o senhor,o senhor, mas não me prejudica emmas não me prejudica em nada, não me incomoda."nada, não me incomoda."
  4. 4. "- Desculpe-me Sr. Rato,"- Desculpe-me Sr. Rato, mas não há nada que eumas não há nada que eu possa fazer, a não serpossa fazer, a não ser rezar.rezar. Fique tranqüilo que o senhorFique tranqüilo que o senhor será lembrado nas minhasserá lembrado nas minhas preces."preces."
  5. 5. "- O que Sr. Rato?"- O que Sr. Rato? Uma ratoeira? PorUma ratoeira? Por acaso estou em perigo?acaso estou em perigo? Acho que não !"Acho que não !"
  6. 6. Então o rato voltou para aEntão o rato voltou para a casa, cabisbaixo e abatido,casa, cabisbaixo e abatido, para encarar a ratoeira dopara encarar a ratoeira do fazendeiro.fazendeiro.
  7. 7. Naquela noite ouviu-se umNaquela noite ouviu-se um barulho, como o de uma ratoeirabarulho, como o de uma ratoeira pegando sua vítima.pegando sua vítima. A mulher do fazendeiro correuA mulher do fazendeiro correu para ver o que havia pego.para ver o que havia pego. No escuro,ela não viu que aNo escuro,ela não viu que a ratoeira havia pego a cauda deratoeira havia pego a cauda de uma cobra venenosa.uma cobra venenosa. E a cobra picou a mulher...E a cobra picou a mulher...
  8. 8. O fazendeiro a levouO fazendeiro a levou imediatamente ao hospital. Elaimediatamente ao hospital. Ela voltou com febre.voltou com febre. Todo mundo sabe que paraTodo mundo sabe que para alimentar alguém com febre, nadaalimentar alguém com febre, nada melhor que uma...melhor que uma... ““canja de galinha”.canja de galinha”. O fazendeiro pegou seu cutelo eO fazendeiro pegou seu cutelo e foi providenciar o ingredientefoi providenciar o ingrediente principal.principal.
  9. 9. Como a doença da mulherComo a doença da mulher continuava, os amigos econtinuava, os amigos e vizinhos vieram visitá-la.vizinhos vieram visitá-la. Para alimentá-los oPara alimentá-los o fazendeiro matou o...fazendeiro matou o... “porco”.“porco”.
  10. 10. A mulher não melhorou e acabouA mulher não melhorou e acabou morrendo.morrendo. Muita gente veio para o funeral.Muita gente veio para o funeral. O fazendeiro então sacrificou a...O fazendeiro então sacrificou a... “vaca”,“vaca”, para alimentar todo aquele povo.para alimentar todo aquele povo.
  11. 11. Na próxima vez que você ouvir dizerNa próxima vez que você ouvir dizer que alguém está dianteque alguém está diante de um problema e acreditarde um problema e acreditar que o problema não lhe diz respeito,que o problema não lhe diz respeito, lembre-se que,lembre-se que, quando há uma ratoeira na casa,quando há uma ratoeira na casa, toda a fazenda corre risco.toda a fazenda corre risco.
  12. 12.   "O problema de um"O problema de um é problema de todos,é problema de todos, quando convivemos em equipequando convivemos em equipe."."
  13. 13. A IMPORTANCIA DO TRABALHO EM EQUIPE. Você sabe trabalhar em equipe? Definição: EQUIPE: - Conjunto ou grupo de pessoas que se dedicam a uma tarefa ou determinado trabalho. (Dicionário da Língua Portuguesa – Melhoramentos – Antonio Houaiss)
  14. 14. Aproxima-se o tempo em que se cumprirão as coisas anunciadas para a transformação da Humanidade. Ditosos serão os que houverem trabalhado no campo do Senhor, com desinteresse e sem outro móvel, senão a caridade! [...] Ditosos os que hajam dito a seus irmãos: "Trabalhemos juntos e unamos os nossos esforços, a fim de que o Senhor, ao chegar, encontre acabada a obra", porquanto o Senhor lhes dirá: "Vinde a mim, vós que sois bons servidores, vós que soubestes impor silêncio aos vossos ciúmes e às vossas discórdias, a fim de que daí não viesse dano para a obra!” Espírito de Verdade (ESE, cap.XX, item 5)
  15. 15. Só nasce efetivamente, quando as pessoas não apenas trabalham juntas, mas cooperam entre si, reconhecendo o valor e a necessidade da atuação de cada um. “Uma pessoa verdadeiramente moralizada é aquela que age voluntariamente no bem, sem qualquer coerção interna ou externa. Sabe o que é o bem, escolhe-o e persiste nessa escolha, independente das circunstâncias externas.” (Dora Incontri)
  16. 16. •Possibilita a troca de idéias e experiências...Possibilita a troca de idéias e experiências... •Aumenta a produtividade, pois todos colaboramAumenta a produtividade, pois todos colaboram com todos.com todos. •A soma dos esforços conduz a equipe aosA soma dos esforços conduz a equipe aos resultados mais rapidamente;resultados mais rapidamente; •Favorece a convivência com diversidade...Favorece a convivência com diversidade... •Trabalhar em equipe é também algo complicado, pois compor um grupo de trabalho significa colocar em cena diferentes personalidades, histórias de vida, experiências, competências, visões de mundo e graus de conhecimento.
  17. 17. Uma equipe que se pretenda harmônica precisa, em primeiro lugar, que seus membros assumam os pressupostos da centralidade e do contato. *A centralidade implica o envolvimento do indivíduo no processo de autoconhecimento, isto é, ele precisa conhecer bem seus pontos fortes, seu potencial, seus compromissos, suas prioridades e suas limitações – uma tarefa contínua. *Já o contato implica que o indivíduo tenha uma relação direta e impactante com as pessoas, as situações e consigo mesmo. Ele deve buscar resolver as coisas e não fugir delas.
  18. 18.  A decisão de participar de um novo trabalho traz uma nova dimensão: conhecer, conversar e trabalhar com outras pessoas.  E, um pouco mais do que isso: atingir objetivos com outras pessoas.  Uma grande vontade de acertar, um espírito altruísta e tolerância são aspectos que predispõem o sucesso do time, porém a busca de auxílio técnico para a melhoria das relações em equipe é sempre desejável e deve ser procurada pela instituição e/ou pelos indivíduos que fazem parte dela.
  19. 19.  INFORMAÇÃO – sobre os objetivos dos trabalhos, seus conteúdos, seqüências, melhores práticas e resultados. Isso inclui maciças doses de treinamento e atualizaçãoIsso inclui maciças doses de treinamento e atualização constante.constante.  VALORIZAÇÃO DA TAREFA – ver ou sentir uma identidade entre seus interesses individuais e os da instituição, aceitar os objetivos e papéis que lhes são atribuídos por sabê-los relevantes.  CONSTÂNCIA PARTICIPATIVA – sentir que sua competência é realmente necessária, principalmente através das ações e comportamentos dos outros membros da equipe.  AVALIAÇÃO – avaliar resultados e progressos do trabalho executado, de forma sistemática e constante.  LIBERDADE DE EXPRESSÃO – poder expressar-se livremente a respeito de tudo o que se relacione às atividades e também a respeito de tudo o que se relacione aos aspectos do relacionamento entre os membros da equipe, sem repressões ou mágoas. Essa
  20. 20. ““(...) Ninguém está órfão de oportunidades.(...) Ninguém está órfão de oportunidades. Em toda parte há serviços que prestar e o melhor queEm toda parte há serviços que prestar e o melhor que fazer. Observa em torno de ti e ouvirás múltiplosfazer. Observa em torno de ti e ouvirás múltiplos chamamentos à obra do progresso geral.chamamentos à obra do progresso geral. Ninguém está privado do ensejo de auxiliar ao próximo,Ninguém está privado do ensejo de auxiliar ao próximo, elevar, consolar, instruir, renovar(...)elevar, consolar, instruir, renovar(...) O encargo vem à nossa esfera de ação, por efeito daO encargo vem à nossa esfera de ação, por efeito da Providência Divina, mas a valorização do encargoProvidência Divina, mas a valorização do encargo parte de nós.”parte de nós.” ( Emmanuel, Ceifa de Luz, Cap. 40).( Emmanuel, Ceifa de Luz, Cap. 40).
  21. 21. Entenda-se por fadiga no Relacionamento da equipe um determinado momento em que sua produtividade cai, seu grau de motivação declina, sua eficácia declina. 1. Promova "reuniões sobre nada" com o grupo. Faça seções de meia hora, onde os membros se encontrem apenas para relaxar, contar piadas e conversar sobre coisas amenas e assuntos não relacionados ao trabalho – laços de amizade. 2. Retome e redefina os objetivos do trabalho para o grupo. 3. Promova um rodízio de tarefas entre os membros da equipe. 4. Potencialize os canais de comunicação entre os membros do grupo.
  22. 22. Como todos temos os mesmos objetivos e caminhamos trabalhando em uma única direção, encontrarmos nas diferenças de conhecimentos as melhores soluções e/ou direcionamento para todas as situações. A união de todos, os laços de amizade que se criam pelas afinidades, o compromisso com o trabalho de evangelização e com as crianças fortalece o grupo e nos permite um maior aprendizado individual.
  23. 23. “Cientes das responsabilidades que abraçamos junto a Deus nosso Pai e ao movimento espírita, desejamos que todos os que executam qualquer função, nas abençoadas Casas consagradas ao Espiritismo, possam encontrar, esclarecimentos e estímulos para a vigilância, a oração, o estudo e o trabalho, guardando a certeza de que: o que quer que venha a acontecer no Centro Espírita, fruto da nossa atuação boa ou má, será sempre de nossa inteira responsabilidade. Independentemente do serviço que executamos, seremos sempre convocados a comparecer ao tribunal da própria consciência, sob os olhos atentos e severos das leis divinas convertidas em grande Juiz, prestando contas de nossos atos. Sempre que o orgulho, a vaidade, a língua viperina e a intolerância adentrarem os Templos Espíritas, estaremos abrindo brechas aos adversários do amor, tumultuando a obra do Cristo.” ACONTECEU NA CASA ESPÍRITA EMANUEL CRISTIANO DITADO PELO ESPÍRITO NORA

×