Sist esquelético

4.326 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.326
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
68
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sist esquelético

  1. 1. O conhecimento é orgulhoso por teraprendido tanto; a sabedoria é humilde pornão saber mais. William Cowper
  2. 2. OSTEOLOGIA Profª Érika Sales
  3. 3.  Esqueleto: Conjunto de ossos e cartilagens que se interligam para formar o arcabouço do corpo do animal e desempenhar várias funções. Características do Esqueleto Humano: endosqueleto articulado Funções do Esqueleto Humano: - Sustentação; - Ponto de inserção dos músculos; - Proteção de órgãos vitais; - Formação do sangue. O osso renova-se constantemente e os fatores reguladores entre a formação e a reabsorção (perda) ósseas são o estresse do peso, atividade muscular, circulação, vitamina D, paratormônio(hormônio da tireóide), calcitonina (proveniente da tireóide), e estrógeno (hormônio sexual).
  4. 4. NÚMERO DE OSSOS São 206 no indivíduo adulto, já completado o desenvolvimento orgânico. Entretanto deve-se considerar os seguintes fatores nessa contagem: -Fatores etários: do nascimento à senilidade há uma diminuição do nº de ossos. -Fatores individuais: em alguns indivíduos pode haver a persistência da divisão dos ossos. - Critérios de contagem: há divergências entres anatomistas quanto aos ossos sesamóides e os ossículos do ouvido médio.
  5. 5. DIVISÃO DOESQUELETO Esqueleto Axial Esqueleto Apendicular
  6. 6. CLASSIFICAÇÃO DOS OSSOS Podem ser classificados quanto à sua topografia (ossos do esqueleto axial e ossos do esqueleto apendicular). A mais difundida é aquela que leva em consideração a forma dos ossos e a predominância de uma das dimensões (comprimento, largura e espessura); Osso longo: Comprimento > largura e espessura. Ex.: fêmur, tíbia, fíbula, úmero. Apresenta duas extremidades (epífase) e um corpo (diáfase). No interior possui uma cavidade (canal medular), que aloja a medua óssea. Osso Laminar: Comprimento e largura equivalentes > espessura. Ex.: ossos do crânio, quadril e escápula.
  7. 7. CLASSIFICAÇÃO DOS OSSOS Osso Curto: 3 dimensões equivalentes. Ex.: ossos do carpo e tarso. Osso Irregular: morfologia complexa, que não se encaixa nas formas geométricas conhecidas. Ex.: vértebras e osso temporal. Osso Pneumático: apresenta uma ou mais cavidades, revestidas de mucosa e contendo ar chamadas de SINUS ou SEIO. Estão situados no crânio: frontal, maxilar, temporal, etmóide e esfenóide. Ossos Sesamóides: desenvolvem-se nas substâncias de certos tendões (intratendíneos) ou cápsula fibrosa (peri- articulares) que envolvem as articulações. Ex.: patela.
  8. 8. CLASSIFICAÇÃO DE OSSOS Ossos longos
  9. 9. CLASSIFICAÇÃO DE OSSOS Ossos Irregulares Ossos Ossos Laminares Curtos
  10. 10. TIPOS DE SUBSTÂNCIA ÓSSEA Existem 2 tipos (compacta e esponjosa), formadas dos mesmos elementos, mas estes se agrupam de modo diferente em cada uma delas. Subst. Óssea compacta: as lamínulas de tecido ósseo se sobrepões uma sobre as outras, sem que haja espaço livre interposto. É mais rígido e denso. Subst. Óssea esponjosa: as lamínulas ósseas tem formas irregulares e se arranjam se modo a deixar espaços entre si. Essas 2 duas substâncias conferem ao osso rigidez e leveza.
  11. 11. ELEMENTOS DESCRITIVOS DASUPERFÍCIE DOS OSSOSOs ossos apresentam em sua superfície, depressões, saliências e aberturas que constituem elementos descritivos para seu estudo.Saliências: cabeças, côndilos, cristas, eminências, processos, etc.Depressões: fossas, fossetas, sulcos, recessos, etc.Aberturas: forames, meatos, óstios, poros, etc. Destinam-se à passagem de nervos e vasos.
  12. 12. PERIÓSTEO Delicada membrana conjuntiva que reveste osso, exceto nas articulações, cujas células se transforma em células ósseas, promovendo assim o seu espessamento.NUTRIÇÃOOs ossos, seja por sua função hemopoiética, seja pelo fato de apresentarem um desenvolvimento contínuo e lento, são altamente vascularizados. As artérias do periósteo penetram no osso, irrigando- o e distribuindo-se na medula.
  13. 13. OSSOS DO CRÂNIO
  14. 14. OSSOS DO CRÂNIO
  15. 15. OSSOS DO CRÂNIO
  16. 16. OSSOS DO CRÂNIO
  17. 17. OSSOS DO CRÂNIO
  18. 18. COLUNA VERTEBRAL 7 Cervicais 12 Torácicas 5 Lombares 5 Sacrais e 4 Coccígeas
  19. 19. COLUNA VERTEBRAL FLEXIBILIDADE: -Vértebras individuais que são móveis entre si; -A justaposição das vértebras através dos ligamentos; -A existência dos discos vertebrais.
  20. 20. CAIXA TORÁCICA
  21. 21. MEMBRO INFERIOR
  22. 22. MEMBROINFERIOR
  23. 23. MEMBROSUPERIOR
  24. 24. ARTICULAÇÕES
  25. 25. Os ossos unem-se uns aos outros para constituir o esqueleto, mas essa união não tem a finalidade exclusiva de colocar ossos em contato, mas também de permitir certa mobilidade.Para designar a conexão existente entre quaisquer partes rígidas do esqueleto, quer sejam ossos ou cartilagens, empregamos os termos junturas ou articulações.
  26. 26. CLASSIFICAÇÃO• JUNÇÕES FIBROSAS -O elemento que se interpões às peças é o tecido conjuntivo fibroso.a)Suturas: podem ser planas(ossos nasais); dentadas (parietais); escamosas (parietal- temporal).b)Sindesmoses: sindesmose tíbio-fibular.
  27. 27. CLASSIFICAÇÃO• JUNÇÕES CARTILAGINOSAS -O elemento que se interpões às peças é o tecido cartilaginoso.a)Cartilagem Hialina: formam as sincondroses. Ex.: sincondrose esfeno-occipital.b) Cartilagem Fibrosa: formam as sínfises. Ex.:sínfise púbica.
  28. 28. CLASSIFICAÇÃO• JUNÇÕES SINOVIAIS -O elemento que se interpões às peças é o líquido sinovial, envolvida pela cápsula articular que permite maior mobilidade. -Nesse tipo de articulação as peças ósseas não se tocam. Principais Articulações: -Cabeça: Têmporo-mandibular -Membro Inferior: Sacro-ilíaco, coxo-femoral, joelho e calcanhar. -Membro Superior: Ombro, cotovelo e pulso.
  29. 29. Principais Movimentos Articulares: -Flexão: dobrar. -Extensão: esticar. -Abdução: afastar da linha média. -Adução: aproximar da linha média. -Rotação: girar para dentro ou para fora.

×