Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite:  www.juliobattisti....
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Nota sobre direitos autorais:Este e-book é de autoria de Herbert Moron...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005     •   Guias de Estudo para os Exames de Certificação da Microsoft. ...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005PRÉ-REQUISITOS PARA O CURSO:Para que você possa acompanhar as lições d...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Palavras do autor:A proposta desde curso é ajudá-lo a entrar no mundo ...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Índice do CursoÍndice do Curso...........................................
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005      Lição 16 – Entendendo as Estruturas de Decisão.....................
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005      Lição 36 – Controlando os eventos dos formulários..................
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005IntroduçãoNeste curso você vai aprender a usar a linguagem de programa...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Common Type System, além disso vai receber dicas sobre como nomear sua...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Capítulo 10: Neste capítulo você vai aprender os conceitos principais ...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005                                         Módulo 1 Bem vindo ao C# e ao...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005A imagem anterior mostra o Visual Studio .NET assim que o iniciamos, é...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 20053 – No painel Project Type, clique em Visual C# Projects, aqui estão t...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005A barra de menus (menu bar) possibilita o acesso aos comandos que você...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005    •   ClassicoHelloWorld.sln organiza os projetos de cada solução, u...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Importante: O C# é case-sensitive, ele diferencia letras minúsculas de...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Uma lista aparece, ela é chamada de IntelliSense, esse não é um recurs...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Quando o IntelliSense aparece você também pode pressionar W para ir di...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 200511 – Feche os parênteses ) e digite ponto-e-virgula, vai ficar assim:A...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 200512 – Digite entre os parênteses a string “Hello World”, string deve fi...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Pegue o habito de digitar os pares de caracteres juntos, como ( e ) e ...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Um asterisco depois do nome do arquivo no painel de código indica que ...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005O programa vai escrever Hello World como a ilustração acima.Nós escolh...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Aparecem os nomes bin e obj depois do nome do projeto. Esses doiscorre...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Um outro nome aparece representando uma outra pasta chamada debug.18 –...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005O arquivo ClassicoHelloWorld.vshost.exe só aparece no Visual Studio 20...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005        class Class1        {                 static void Main(string[...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Para   compilarmos        manualmente        nosso   programa   são   ...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 200510 – Digite hello e tecle enter.O programa será executado, no caso, se...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 200513 – Abra novamente o arquivo teste.cs, pode ser no próprio notepad ou...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005prompt para se familiarizar melhor com ele, já que não falaremos muito...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005O método Writeline é um método da classe console que escreve uma mensa...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Até agora por motivo didático usamos somente o prompt de comando para ...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Vamos agora criar a nossa interface com o usuário.3 – Na barra de ferr...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 20054 – Arraste da barra de ferramentas o controle Label e posicione-o no ...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Para colocar um controle no formulário você pode também dar um clique ...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 20056 – Na janela Solution Explorer, clique no botão View Code.O código do...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005using System.Collections.Generic;using System.ComponentModel;using Sys...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005    •    O constructor (construtor), é um método especial que tem o me...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005private void InitializeComponent()           {                 this.la...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005                 this.button1.Size = new System.Drawing.Size(75, 23); ...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Vamos agora definir as propriedades dos controles que colocamos no For...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 200513 - Clique sobre o marcador central na parte de baixo do Form1 e mant...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005private void button1_Click(object sender, System.EventArgs e){}Tudo qu...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Automaticamente o Visual Studio .NET salva o programa, compila e o exe...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Vamos fazer um exemplo pratico pra ver como isso é possível.1 – Entre ...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005     /// The main entry point for the application.     /// </remarks> ...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 20056 – Na janela Properties, modifique o nome do arquivo Program.cs paraB...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 20057 – Entre no prompt de comando. Qualquer duvida sobre isso visite a li...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Existe uma variedade enorme de tags XML que podem ser usadas na docume...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Abaixo segue uma lista das tags XML mais usadas. Lembre-se que com XML...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005                                                   método.<returns> … ...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 200513 – No menu Build, clique em Build Solution ou pressione F6.Seu arqui...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005                                         Módulo 2                     ...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005    •   Fácil de se usar: o código é organizado hierarquicamente em na...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Quando um compilador compila para a CLR, o código é chamado de códigog...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Value-Type    •   Contém diretamente o dado.    •   Cada copia da vari...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005    •   Não crie variáveis que apenas se diferenciem apenas pela sua f...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005int loopCountMax;A Microsoft recomenda usar essa convenção na nomeação...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005finally                fixed                       float         forfo...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005O C# pode armazenar diferentes tipos de dados: como inteiros, números ...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Exemplo de como atribuir um valor a uma variável:int numeroFuncionario...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005          C# Type                  .NET Framework typebool            ...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005teremos o mesmo resultado. O atalho serve apenas para facilitar na hor...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Para retornar o tipo de qualquer variável do C# você pode usar o métod...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Preste atenção na seguinte linha de código:contador = contador + 40;Pe...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005dados e valores que eles suportam. Os exercícios sobre esse conteúdo s...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Isso vai gerar um erro porque você não pode subtrair uma string de out...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 20052 – Arraste para o Form1 os seguintes controles:            •    3 Lab...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005            Label2                                 Text               ...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Clique na TextBox1, pressione a tecla Tab do teclado, verifique que co...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005        primeiroValor = int.Parse(textBox1.Text);        segundoValor ...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Digitamos nosso código dentro do procedimento:private void button1_Cli...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Voltando ao nosso exemplo, depois de atribuir os valores as variáveis ...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Faça testes com os outros operadores.Subtração:Multiplicação:Autor: He...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Divisão, perceba que ele retorna um resultado em inteiro, o numero int...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 200510 – Pare a aplicação.Precedência de Operadores:Operações dentro dos p...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 200514Para efetuar a soma primeiro podemos utilizar os parênteses:(2 + 3) ...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005                                         Módulo 3                     ...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005•   nomeDoMetodo – é o nome que vai ser usado para chamar o método. Es...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Abaixo um segundo exemplo, de um método chamado mostrarResultado que n...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Lembre-se do ponto-e-vírgula ao final de cada instrução.O retorno do m...
Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005método retornar uma informação, você precisa ter uma forma de receber ...
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Programando com csharp e visual studio.net 2005
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Programando com csharp e visual studio.net 2005

7.848 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.848
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
367
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Programando com csharp e visual studio.net 2005

  1. 1. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 1
  2. 2. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Nota sobre direitos autorais:Este e-book é de autoria de Herbert Moroni Cavallari da Costa Gois, sendocomercializado diretamente através do site www.juliobattisti.com.br ewww.linhadecodigo.com.br ou através do site de leilões Mercado Livre:www.mercadolivre.com.br, mediante contato através do email:batisti@hotmail.com ou webmaster@juliobattisti.com.br, diretamente pelo autor oupor Júlio Battisti. No Mercado Livre, somente o usuário GROZA é que temautorização para comercializar este e-book. Nenhum outro usuário/email e/ouempresa está autorizada a comercializar este ebook.Ao adquirir este ebook você tem o direito de lê-lo na tela do seu computador e deimprimir quantas cópias desejar. É vetada a distribuição deste arquivo, mediantecópia ou qualquer outro meio de reprodução, para outras pessoas. Se você recebeueste ebook através do e-mail ou via ftp de algum site da Internet, ou através deum CD de Revista, saiba que você está com uma cópia pirata, ilegal, nãoautorizada, a qual constitui crime de Violação de Direito Autoral, de acordo com aLei 5988. Se for este o caso entre em contato com o autor, através do e-mailwebmaster@juliobattisti.com.br, para regularizar esta cópia. Ao regularizar a suacópia você irá remunerar, mediante uma pequena quantia, o trabalho do autor eincentivar que novos trabalhos sejam disponibilizados. Se você tiver sugestõessobre novos cursos que gostaria de ver disponibilizados, entre em contato pelo e-mail: webmaster@juliobattisti.com.br.Visite periodicamente o site www.juliobattisti.com.br para ficar por dentro dasnovidades: • Cursos de informática.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 2
  3. 3. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005 • Guias de Estudo para os Exames de Certificação da Microsoft. • Artigos e dicas sobre Certificações da Microsoft. • Artigos sobre Carreira e Trabalho. • Dicas de livros e sites sobre diversos assuntos. • Simulados gratuitos, em português, para os exames da Microsoft. • ESTE E-BOOK NÃO PODE SER FORNECIDO EM UM CD OU DVD DE NENHUMA REVISTA • SE VOCÊ OBTEVE UMA CÓPIA DESTE E-BOOK ATRAVÉS DO E-MULE, KAZAA, MORPHEUS OU OUTRO PROGRAMA DE COMPARTILHAMENTO, SAIBA QUE VOCÊ ESTÁ COM UMA CÓPIA ILEGAL, NÃO AUTORIZADA • USAR UMA CÓPIA NÃO AUTORIZADA É CRIME DE VIOLAÇÃO DE DIREITOS AUTORAIS, COM PENA PREVISTA DE CADEIAAutor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 3
  4. 4. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005PRÉ-REQUISITOS PARA O CURSO:Para que você possa acompanhar as lições deste curso é necessário que você játenha preenchido os seguintes pré-requisitos: • Conhecimento básico do Windows 98, 2000 ou XP, tais como: Criação de pastas e subpastas. Utilização do mouse e do teclado. Operações básicas com arquivos e pastas, usando o Windows Explorer. Conhecer conceitos tais como ícones, área de trabalho, janelas do Windows, uso de menus e outras configurações básicas do Windows.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 5
  5. 5. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Palavras do autor:A proposta desde curso é ajudá-lo a entrar no mundo da programação usando alinguagem C# e a ferramenta Visual Studio .NET 2005. Para tanto, não exite emfazer os exemplos propostos. Aprender a programar é como dirigir, você aprendefazendo, para isso apresentamos uma série de exemplos passo-a-passo e conformevamos nos aprofundando nos exemplos e as duvidas vão surgindo discutimos ateoria, assim fica mais fácil assimilar e memorizar o assunto proposto.Também estou a disposição para responder eventuais dúvidas sobre o conteúdo docurso, envie-me também suas sugestões para que possamos sempre melhorar omaterial proposto. Meu e-mail para contato é herbertmoroni@hotmail.com oumoroni@weblitenet.com.br.Ao final deste curso você vai dominar a linguagem de programação C# e vai sabercomo tirar proveito dos principais recursos do Visual Studio .NET 2005,proporcionando melhor produtividade no desenvolvimento de sistemas.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 6
  6. 6. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Índice do CursoÍndice do Curso............................................................................................ 7Introdução ................................................................................................ 10 Módulo 1.............................................................................................................................................13 Bem vindo ao C# e ao Visual Studio.NET 2005 ..................................................................13 Lição 1 – Bem vindo ao C# e ao Visual Studio .NET 2005 ........................................13 Lição 2 – Usando o CSC para compilar seu programa.................................................28 Lição 3 – Criando sua primeira aplicação Windows com C# e o Visual Studio .NET.................................................................................................................................................34 Lição 4 – Criando documentação usando XML e cometários.....................................47 Módulo 2.............................................................................................................................................56 Variáveis.............................................................................................................................................56 Lição 5 – Entendo variáveis e tipos de dados .................................................................56 Lição 6 – Nomeando uma variável ......................................................................................59 Lição 7 – Palavras Reservadas do C# ................................................................................61 Lição 8 – Declarando variáveis .............................................................................................62 Lição 9 – Atribuindo valor a variáveis ................................................................................63 Lição 10 – Tipos de dados ......................................................................................................64 Lição 11 – Adicionando valor a uma variável..................................................................67 Lição 12 – Operadores .............................................................................................................69 Módulo 3.............................................................................................................................................81 Métodos e Escopo ...........................................................................................................................81 Lição 13 – Entendento métodos ...........................................................................................81 Lição 14 – Entendento Escopo ..............................................................................................86 Lição 15 – Criando e Chamando Métodos.........................................................................89 Módulo 4...........................................................................................................................................107 Estruturas de Decisão .................................................................................................................107Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 7
  7. 7. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005 Lição 16 – Entendendo as Estruturas de Decisão........................................................107 Lição 17 – Usando o if............................................................................................................108 Lição 18 – Usando o switch..................................................................................................118 Módulo 5...........................................................................................................................................129 Estruturas de Repetição .............................................................................................................129 Lição 19 – Usando o while ....................................................................................................129 Lição 20 – Usando o do .........................................................................................................134 Lição 21 – Usando o for.........................................................................................................138 Lição 22 – Conhecendo o foreach......................................................................................143 Módulo 6...........................................................................................................................................144 Gerenciando Erros e Exceções .................................................................................................144 Lição 23 – Conhecendo os três tipos de erros ..............................................................144 Lição 24 – Encontrando erros com o Visual Studio.NET 2005................................145 Lição 25 – Usando a janela Watch ....................................................................................158 Lição 26 – Usando a janela Command.............................................................................163 Lição 27 – try..catch ...............................................................................................................166 Lição 28 – Usando try...catch aninhados........................................................................176 Lição 29 – Programação defensiva....................................................................................180 Lição 30 – Exit try....................................................................................................................181 Módulo 7...........................................................................................................................................183 Arrays e Coleções .........................................................................................................................183 Lição 31 – Usando Arrays .....................................................................................................183 Lição 32 – Coleções.................................................................................................................197 Módulo 8...........................................................................................................................................205 Aprofundando em Windows Forms.........................................................................................205 Lição 33 – Trabalhando com múltiplos formulários ....................................................205 Lição 34 – Passando valores entre Forms ......................................................................212 Lição 35 – Posicionando os formulários na tela............................................................217Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 8
  8. 8. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005 Lição 36 – Controlando os eventos dos formulários...................................................218 Módulo 9...........................................................................................................................................221 Usando controles do Windows Forms....................................................................................221 Lição 37 – Usando o controle dateTimePicket...............................................................221 Lição 38 – Usando os controles radioButton, checkBox, listBox e comboBox..226 Módulo 10 ........................................................................................................................................238 Bancos de dados com ADO.NET ..............................................................................................238 Lição 39 – Conceitos básicos de banco de dados ........................................................238 Lição 40– Usando o Visual Studio 2005 para manipular dados de um banco de dados. ...........................................................................................................................................245 Módulo 11 ........................................................................................................................................260 Imprimindo......................................................................................................................................260 Lição 41 – Imprimindo a partir de uma textBox ..........................................................260 Módulo 12 ........................................................................................................................................274 Distribuindo sua aplicação.........................................................................................................274 Lição 42 – Criando um projeto de instalação ................................................................275 Lição 43 – Executando o programa de instalação .......................................................295Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 9
  9. 9. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005IntroduçãoNeste curso você vai aprender a usar a linguagem de programação C# e utilizarseus recursos para desenvolver aplicações para Windows através da ferramentaVisual Studio .NET 2005.O C#, junto com o Visual Studio .NET 2005 compõe uma ferramenta extremamenterobusta e fácil de utilizar, com perfeito suporte a todas as novas ondas que rondamo mundo da informática e tecnologia.O Visual Studio .NET 2005 é a melhor ferramenta de desenvolvimento de aplicaçõespara a plataforma .NET. Com uma interface amigável e integrada com os ambientese de fácil entendimento, proporciona aos desenvolvedores a criação de aplicaçõessofisticadas com todos os recursos existentes, sem ter que ficar criando parte decódigo em um aplicativo e o restante no outro. É possivel com o Visual Studiogerenciar recursos da máquina e local e de um possível servidor, criar aplicaçõespara Windows, web e dispositivos móveis.Capítulo 1: Neste capítulo você vai iniciar no desenvolvimento usando o VisualStudio .NET 2005, vai aprender a criar aplicações Windows e a utilizar o CSC paracompilar seu programa pelo prompt de comando. Vai aprender também como gerardocumentação XML a partir de comentários que podem ser inseridos em seusprogramas.Capítulo 2: Neste capítulo você vai aprender sobre variáveis, tipos de dados,conversão de tipos de dados, operadores, o que é Common language Runtime eAutor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 10
  10. 10. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Common Type System, além disso vai receber dicas sobre como nomear suasvariáveis.Capitulo 3: Neste capitulo você vai entender o que são métodos e escopo. Vaiaprender a criar e usar métodos.Capítulo 4: Neste capítulo você vai aprender sobre estruturas de DECISÃO, vaisaber como usar o IF e o SWITCH.Capítulo 5: Neste capítulo você vai aprender sobre estruturas de REPETIÇÃO, vaisaber como usar o WHILE, o DO, o FOR e vai conhecer o FOREACH.Capítulo 6: Neste capítulo você vai aprender como encontrar erros utilizando oVisual Studio .NET, vai também aprender a usar o Try..Catch..Finally para tratarseus erros em tempo de execução. Não bastando vai aprender a programardefensivamente, evitando erros.Capítulo 7: Neste capítulo você vai aprender a criar e manipular dados de Arrays eColeções.Capítulo 8: Neste capítulo você vai aprender a usar múltiplos formulários no seuprograma, passar valor entre eles, posicioná-los na tela e controlar seus eventos.Capítulo 9: Neste capítulo você vai aprender a usar os controles disponíveis parasuas aplicações Windows, para isso estudaremos o uso dos controles:DateTimePicket, RadioButton, CheckBox, ListBox, ComboBox.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 11
  11. 11. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Capítulo 10: Neste capítulo você vai aprender os conceitos principais de banco dedados e como inserir, apagar e alterar registros.Capítulo 11: Neste capítulo você vai aprender a imprimir informações de seusprogramas, vai aprende também a implementar os recurso de configurar impressãoe visualizar impressão.Capítulo 12: Neste capítulo você vai aprender como distribuir suas aplicaçõescriando um instalador.Para enviar suas dúvidas referentes aos assuntos e exemplos abordados nestecurso, para enviar sugestões de alterações/correções, para sugerir novos cursos,para criticar e para elogiar (porque não?), é só entrar em contato pelo e-mail:moroni@weblitenet.com.br.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 12
  12. 12. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005 Módulo 1 Bem vindo ao C# e ao Visual Studio.NET 2005Neste capitulo você vai se familiarizar com a linguagem C# e o ambiente dedesenvolvimento do Visual Studio .NET 2005. Para isso vai criar uma sua primeiraaplicação.Lição 1 – Bem vindo ao C# e ao Visual Studio .NET2005Vamos primeiramente conhecer um pouco do Visual Studio.NET, a ferramenta queutilizaremos para desenvolver nossos aplicativos e criar nosso primeiro exemplo.1 – Entre no Visual Studio.NET, eu estou usando a versão 2005, mas os exercíciosfuncionam em qualquer versão.Você pode entrar no Visual Studio.NET através do menu Iniciar / Programas /Microsoft Visual Studio .NET / Microsoft Visual Studio .NET , sinta-se avontade para criar qualquer atalho para ele.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 13
  13. 13. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005A imagem anterior mostra o Visual Studio .NET assim que o iniciamos, é exibida apagina Start Page onde podemos abrir rapidamente os ultimos projetos criadosatravés da caixa Recent Projects.2 – No menu File, aponte em New, e clique em Project. (Ou clique Ctrl+Shift+N). A caixa de dialogo New Project aparece. Ela permite que criemos um novoprojeto usando vários templates, como um Windows Application, Class Library,Console Application e vários outros.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 14
  14. 14. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 20053 – No painel Project Type, clique em Visual C# Projects, aqui estão todos ostemplates disponíveis para a linguagem C#.4 – No painel Templates clique em Console Application.5 – No campo nome digite, ClassicoHelloWorld.Perceba que você pode ainda alterar o caminho onde sua aplicação serásalva e o nome da sua Solução.6 – Clique em OK.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 15
  15. 15. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005A barra de menus (menu bar) possibilita o acesso aos comandos que você usano ambiente de programação. Você pode usar o teclado ou o mouse para acessar omenu ou atalhos exatamente como usa em outros programas baseados emWindows.A barra de ferramentas (toolbar) é localizada embaixo da barra de menus edisponibiliza botões que executam os comandos usados com mais freqüência. Nãoconfunda toolbar com toolbox.A janela Solution Explorer mostra os nomes dos arquivos associados com o seuprojeto. Você pode dar um clique duplo sobre o nome do arquivo para exibi-lo nopainel de código (Code pane). Vamos examinar os arquivos que o Visual Studiocriou como parte do seu projeto:Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 16
  16. 16. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005 • ClassicoHelloWorld.sln organiza os projetos de cada solução, uma solução pode ter vários projetos, seu nome é representado no primeiro item na janela Solution Explorer só que sem a extensão do arquivo. • ClassicoHelloWorld.csproj este é o arquivo do projeto C#. Pode ser associado a vários arquivos de código. É reconhecido no Solution Explorer pelo nome do projeto apenas, no entanto é gravado no disco com a extensão .csproj. • Program.cs é um arquivo de código do C#. Você vai escrever seu código neste arquivo. O Visual Studio já adicionou algum código nele automaticamente, examinaremos esse código mais adiante. • AssemblyInfo.cs este é um outro arquivo de código do C#. Você pode usar esse arquivo para adicionar atributos ao seu programa, como por exemplo, nome do autor, data que o programa foi escrito e outros. Vamos examina-lo também mais adiante no curso.Aos poucos nós vamos explorando mais o Visual Studio, vamos ao nosso primeiroexemplo.O arquivo Program.cs define uma classe chamada Program que contém ummétodo chamado Main. Todos os métodos precisam ser definidos dentro de umaclasse. O método Main é especial porque ele é o primeiro a ser executado quandoo programa é iniciado, por isso ele precisa ser designado como static (estático),métodos e classes vão ser discutidos em detalhes mais adiante no curso.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 17
  17. 17. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Importante: O C# é case-sensitive, ele diferencia letras minúsculas demaiúsculas, um M é interpretado diferente de um m. Consequentemente Main édiferente de main.Nosso primeiro exemplo é bem simples, e um clássico para quem esta aprendendoqualquer linguagem, ele escreve Hello World no console.7 – Dentro do método Main, entre os colchetes digite: ConsoleA classe Console contém os métodos para exibir mensagens na tela e pegar asentradas do teclado. Tudo que o usuário digita no teclado pode ser lido através daclasse Console. A classe Console só é significante para aplicações que rodam noprompt de comando como neste nosso primeiro exemplo.8 – Agora digite um ponto depois de Console.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 18
  18. 18. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Uma lista aparece, ela é chamada de IntelliSense, esse não é um recursoexclusivo do Visual Studio mas ajuda muito na programação principalmente emlinguagens case-sensitive, como é o C#. O IntelliSense exibe todos os métodos,propriedades e campos da classe.9 – Selecione WriteLine, você pode usar o Mouse ou o Teclado, tecle Enter ou dêum clique duplo sobre o WriteLine.O IntelliSense é fechado e o método WriteLine é adicionado ao código. Como aseguinte imagem:Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 19
  19. 19. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Quando o IntelliSense aparece você também pode pressionar W para ir direto parao primeiro membro do método Console que começar com w.10 – Abra parênteses (É mostrado uma outra forma do IntelliSense, esse mostra os parâmetros dométodo WriteLine. O método WriteLine tem o que chamamos de Sobrecarga(Overload). Para cada sobrecarga do método WriteLine usamos parâmetrosdiferentes. Cada sobrecarga e seus respectivos parâmetros podem ser visualizadosclicando com o mouse na seta do IntelliSense ou navegando pelas setas doteclado.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 20
  20. 20. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 200511 – Feche os parênteses ) e digite ponto-e-virgula, vai ficar assim:Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 21
  21. 21. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 200512 – Digite entre os parênteses a string “Hello World”, string deve ficar entreaspas. Vamos aprender sobre os tipos de dados em detalhes também, o importanteagora é saber que string é um tipo de dado. Vai ficar assim:Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 22
  22. 22. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Pegue o habito de digitar os pares de caracteres juntos, como ( e ) e { e }, antesde entrar com seus respectivos conteúdos. Assim você evitará alguns erros poresquecer de fechar.13 – Vamos agora compilar nossa aplicação. No menu Build, clique em BuildSolution. Se tudo estiver certinho vai aparecer a seguinte linha na janela Output:========== Build: 1 succeeded or up-to-date, 0 failed, 0 skipped ==========Para exibir a janela Output na barra de menus clique em View, Output ou pressioneCtrl+W+O.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 23
  23. 23. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Um asterisco depois do nome do arquivo no painel de código indica que foramfeitas modificações no código do respectivo arquivo e que essas alterações nãoforam salvas. Você pode salvar manualmente antes de compilar a aplicação, masao compilar o Visual Studio salva automaticamente todos os arquivos da aplicação.14 – No menu Debug, clique em Start Without Debugging para executar oprograma no prompt de commando.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 24
  24. 24. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005O programa vai escrever Hello World como a ilustração acima.Nós escolhemos Start Without Debugging para forçar uma pausa no final daexecução. Se clicássemos em Start ele iria executar o programa e fechar o promptde comando logo após a execução, seria tão rápido que não conseguiríamos ver oque foi escrito, experimente.15 – Com o foco no prompt de comando pressione qualquer tecla.A janela irá fechar e retornaremos para o Visual Studio.16 - Na janela Solution Explorer, clique no botão Show All Files.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 25
  25. 25. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Aparecem os nomes bin e obj depois do nome do projeto. Esses doiscorrespondem a pastas com seus respectivos nomes. Essas pastas são criadasquando você executa a aplicação e contem uma versão executável do programa eoutros arquivos necessários para depurar o programa.17 – Ainda na janela Solution Explorer, clique no sinal de + à esquerda do nomebin.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 26
  26. 26. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Um outro nome aparece representando uma outra pasta chamada debug.18 – Clique no sinal de + de debug.Repare nos arquivos: ClassicoHelloWorld.exe e ClassicoHelloWorld.pdb.O arquivo .exe é o executável da aplicação.O arquivo .pdb armazena informações de depuração da aplicação.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 27
  27. 27. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005O arquivo ClassicoHelloWorld.vshost.exe só aparece no Visual Studio 2005, eleé usado para melhorar a performance da depuração de erros.Como vimos até agora, o Visual Studio compilou automaticamente nosso programae criou os arquivos necessários automaticamente, durante o processo decompilação. Em resumo a compilação é o processo que transforma seus arquivosfonte em um arquivo executável pelo sistema operacional, um .exe por exemplo.Lição 2 – Usando o CSC para compilar seu programa1 - Com o Visual Studio fechado, na barra de ferramentas do windows clique emIniciar, Executar, digite notepad em Abrir e clique em OK.2 - Digite o seguinte código no notepad.using System;namespace txtHello{Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 28
  28. 28. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005 class Class1 { static void Main(string[] args) { Console.WriteLine("Hello World"); } }}3 – Salve o arquivo com o nome teste.csPara isso será necessário escolher Todos os arquivos na opção Salvar como tipo nonotepad quando você clicar em Arquivo Salvar.4 – Feche o notepad.5 – No menu Iniciar, vá em Programas / Visual Studio .NET / Visual Studio.NET Tools e clique em Visual Studio .NET Command Prompt.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 29
  29. 29. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Para compilarmos manualmente nosso programa são necessárias algumasmudanças no ambiente do sistema operacional como alterações em algumasvariáveis de ambiente, PATH, LIB e INCLUDE. Essas mudanças incluem adicionarpastas contendo bibliotecas e utilitários .NET.6 – No prompt, vá até a pasta que você salvou o arquivo teste.cs.7 – Digite dir e tecle enter.Ele vai listar os arquivos da pasta, no caso vai mostrar o arquivo teste.cs.8 – Digite: csc /out:hello.exe teste.csIsso vai criar um executável chamado hello.exe.9 – Digite dir e tecle enter.Agora você não vê apenas o arquivo teste.cs, foi adicionado um arquivo chamadohello.exe, ele é o resultado da compilação do seu arquivo fonte teste.cs.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 30
  30. 30. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 200510 – Digite hello e tecle enter.O programa será executado, no caso, será escrito a palavra “Hello World”, noprompt semelhante ao que ocorreu com o exemplo da lição 1.11 – Digite del hello.exe e tecle enter.Isso apagara o arquivo executável.12 – Digite csc teste.csAo omitir o parâmetro /out o compilador cria um arquivo executável com o mesmonome do arquivo fonte. Será criado então o arquivo teste.exe, execute estearquivo para testá-lo.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 31
  31. 31. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 200513 – Abra novamente o arquivo teste.cs, pode ser no próprio notepad ou no VisualStudio .NET.14 – Apague a primeira linha de código. Vai ficar assim:namespace txtHello{ class Class1 { static void Main(string[] args) { Console.WriteLine("Hello World"); } }}15 – Compile e teste a aplicação, novamente fica a sua escolha, use o prompt decomando ou o Visual Studio .NET. Uma recomendação, compile manualmente peloAutor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 32
  32. 32. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005prompt para se familiarizar melhor com ele, já que não falaremos muito maissobre ele no curso.16 – Ao compilar ele vai emitir um erro. Como este:teste.cs(7,4): error CS0246: The type or namespace name Console could not be found (are you missing a using directive or an assembly reference?)17 – Mude a linha com Console.WriteLine("Hello World"); paraSystem.Console.WriteLine("Hello World");18 - Compile e teste novamente.A compilação é concluída com sucesso e o programa funciona normalmente só quedesta vez sem a diretiva using System;Como parte do Microsoft .NET Framework o C# pode fazer uso de uma série declasses de utilidades que executam uma gama de operações úteis. Essas classessão organizadas no que chamamos de namespaces, eles contem um conjunto declasses relacionadas e também podem conter outros namespaces.System é um namespace. O namespace System é o mais importante porquecontém as classes que a maior parte das aplicações utiliza para interagir com osistema operacional.A classe Console é uma classe do namespace System.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 33
  33. 33. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005O método Writeline é um método da classe console que escreve uma mensagemno prompt de comando.Os namespaces ajudam a reduzir a complexidade de um programa e a facilitar suamanutenção.Podemos criar nossos próprios namespaces.Programas pequenos e crianças pequenas têm uma coisa obvia em comum, elescrescem. Com o crescimento de um programa surgem dois problemas: 1º - Quanto mais código maior a complexidade do programa e mais difícil sua manutenção. 2º - Mais código usualmente representa mais nomes de dados, funções, classes, etc. Facilitando os erros por conter nomes iguais.Os namespaces tem a função de ajudar a solucionar esses dois problemas. Parausar um namespace lembre-se que é necessário fazer uma referencia ao mesmoatravés de uma diretiva using seguido do nome do namespace no começo dobloco de código. Você pode fazer referencia a vários namespaces no seu arquivode código. Um em cada linha. Um após o outro.Lição 3 – Criando sua primeira aplicação Windowscom C# e o Visual Studio .NETAutor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 34
  34. 34. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Até agora por motivo didático usamos somente o prompt de comando para criar osnossos exemplos. Como sabemos esse tipo de aplicação não é muito útil nos diasde hoje. O Visual Studio .NET conta com diversos recursos importantes para odesenvolvimento de aplicações Windows.1 – Entre no Visual Studio .NET.2 – Crie um novo projeto, só que desta vez do tipo Windows Application,chamado WinHello.O Visual Studio .NET cria e mostra um formulário baseado em Windows no modoDesign.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 35
  35. 35. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Vamos agora criar a nossa interface com o usuário.3 – Na barra de ferramentas do Visual Studio .NET clique em ToolBox. O ícone daToolBox aparece a esquerda do formulário. Você também pode localizar a ToolBoxatravés do menu View > ToolBox.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 36
  36. 36. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 20054 – Arraste da barra de ferramentas o controle Label e posicione-o no cantosuperior esquerdo do formulário.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 37
  37. 37. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Para colocar um controle no formulário você pode também dar um clique duplosobre ele na barra de ferramentas ou clicar uma vez sobre ele na barra deferramentas e depois clicar no formulário. O clique duplo posiciona o controle nocanto superior esquerdo. A segunda opção coloca o controle no local onde vocêclicar.5 – Coloque também no formulário um controle TextBox e um controle Button.Como na próxima ilustração:Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 38
  38. 38. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 20056 – Na janela Solution Explorer, clique no botão View Code.O código do arquivo Form1.cs aparece.Para voltar ao modo design, também na janela Solution Explorer clique em ViewDesign.Form1.cs tem todo o código gerado automaticamente pelo Visual Studio .NET.Note os seguintes elementos no código. • As diretivas usadas no inicio do código referenciando aos namespaces.using System;Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 39
  39. 39. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005using System.Collections.Generic;using System.ComponentModel;using System.Data;using System.Drawing;using System.Text;using System.Windows.Forms; • O Visual Studio .NET usa o mesmo nome do projeto para criar o namespace principal.namespace WinHello{…} • Uma classe chamada Form1 dentro do namespace WinHello.namespace WinHello{ public class Form1 ... { ... }}Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 40
  40. 40. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005 • O constructor (construtor), é um método especial que tem o mesmo nome da classe. Ele é o primeiro método a ser executado quando o programa é iniciado.public class Form1 ...{... public Form1() { ... }} • Um método chamado InitializeComponent. O código dentro deste método configura as propriedades dos controles que adicionamos no modo Design. Atenção, não modifique o conteúdo do InitializeComponent diretamente no código, use a janela Properties no modo Design. Vamos aprender mais sobre os métodos nos próximos tutoriais. Este método esta no arquivo Form1.designer.cs no Visual Studio .NET 2005.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 41
  41. 41. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005private void InitializeComponent() { this.label1 = new System.Windows.Forms.Label(); this.button1 = new System.Windows.Forms.Button(); this.textBox1 = new System.Windows.Forms.TextBox(); this.SuspendLayout(); // // label1 // this.label1.AutoSize = true; this.label1.Location = new System.Drawing.Point(13, 13); this.label1.Name = "label1"; this.label1.Size = new System.Drawing.Size(35, 13); this.label1.TabIndex = 0; this.label1.Text = "label1"; // // button1 // this.button1.Location = new System.Drawing.Point(150, 50); this.button1.Name = "button1";Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 42
  42. 42. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005 this.button1.Size = new System.Drawing.Size(75, 23); this.button1.TabIndex = 1; this.button1.Text = "button1"; this.button1.UseVisualStyleBackColor = true; // // textBox1 // this.textBox1.Location = new System.Drawing.Point(16, 50); this.textBox1.Name = "textBox1"; this.textBox1.Size = new System.Drawing.Size(100, 20); this.textBox1.TabIndex = 2; // // Form1 // this.AutoScaleDimensions = new System.Drawing.SizeF(6F,13F); this.AutoScaleMode =System.Windows.Forms.AutoScaleMode.Font; this.ClientSize = new System.Drawing.Size(292, 273); this.Controls.Add(this.textBox1); this.Controls.Add(this.button1); this.Controls.Add(this.label1); this.Name = "Form1"; this.Text = "Form1"; this.ResumeLayout(false); this.PerformLayout(); }...Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 43
  43. 43. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Vamos agora definir as propriedades dos controles que colocamos no Form.7 – Volte para o modo Design.Para voltar ao modo design, também na janela Solution Explorer clique em ViewDesign.8 – De um clique sobre o Button1 para selecioná-lo.9 – Na janela Properties, altere a propriedade Text do button1 para OK.Se não localizar a janela Properties, clique em F4, ou no menu View, clique emProperties Window.10 – Altere também a propriedate Text do Label1 para Digite o seu nome11 – Altere agora a propriedade Text do controle textBox1 para aqui.Note que as propriedades modificadas na janela Properties ficam em negrito.Assim você pode saber se elas estão com seu valor padrão ou não.12 – Selecione o formulário clicando sobre ele.Note que aparecem alguns marcadores envolta do formulário. Eles ajudam aredimensionar o formulário.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 44
  44. 44. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 200513 - Clique sobre o marcador central na parte de baixo do Form1 e mantendo obotão pressionado arraste para cima.Isso serve para os outros controles também, clique sobre os outros controles e noteos marcadores.Vamos agora escrever o código para o nosso programa.14 – No painel de código de um clique duplo sobre o Button1.Note que ele vai diretamente para o painel de código e é criado automaticamente oseguinte código.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 45
  45. 45. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005private void button1_Click(object sender, System.EventArgs e){}Tudo que for digitado dentro deste código será executado assim que o Button1 forclicado quando o programa estiver executando.15 - Digite o seguinte código:Tenha atenção com esse código, ele deve ser digitado exatamente como se segue,lembre-se que o C# é case-sensitive. É necessário também o ponto-e-virgula nofinal da linha.MessageBox.Show("Hello " + textBox1.Text);Vai ficar assim:private void button1_Click(object sender, System.EventArgs e){ MessageBox.Show("Hello " + textBox1.Text);}16 – Execute o programa.Para executar o programa você pode clicar e F5, ou no menu Debug clicar emStart Debugging.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 46
  46. 46. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Automaticamente o Visual Studio .NET salva o programa, compila e o executa. Aseguinte janela aparece:17 – Digite seu nome e clique em OK.Uma janela aparece exibindo a mensagem “Hello seu-nome”.18 - Clique em Ok para fechar a janela com a mensagem.19 – Na janela executando o Form1 clique em fechar.Lição 4 – Criando documentação usando XML ecometáriosPodemos facilitar o processo de documentação de nossos programas usando XML.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 47
  47. 47. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Vamos fazer um exemplo pratico pra ver como isso é possível.1 – Entre no Visual Studio .NET e crie uma Console Application chamadaDocumentacao.2 – No painel de código modifique o nome da classe de Program paraBemVindos, não pode haver espaços entre as palavras quando se nomeia umaclasse.3 – Adicione o seguinte código dentro do namespace Documentacao: /// <summary> /// <remarks> /// Este programa escreve "Hello World" /// usando o método WriteLine da /// Classe Syste.ConsoleAutor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 48
  48. 48. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005 /// The main entry point for the application. /// </remarks> /// </summary>Vai ficar como a imagem abaixo:4 – Dentro do método Main digite o código que escreve “Hello World” no promptde comando. Se tiver duvida consulte a lição 1.5 – Na janela Solution Explorer clique sobre o arquivo Program.cs.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 49
  49. 49. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 20056 – Na janela Properties, modifique o nome do arquivo Program.cs paraBemVindos.csSe você for verificar o nome do arquivo pelo Explorer do Windows verá que o nomedo arquivo foi realmente modificado.Mudao o nome da classe não muda o nome do arquivo, é uma boa pratica sempremudar o nome do arquivo após a mudança do nome da classe.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 50
  50. 50. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 20057 – Entre no prompt de comando. Qualquer duvida sobre isso visite a lição 2.8 – Navegue até a pasta dos arquivos do projeto.9 – Digite csc /doc:Hello.xml BemVindos.csEsse comando extrai os comentários XML inseridos junto com o código.10 – Através do Explorer do Windows, vá até a pasta do programa e de um cliqueduplo sobre o arquivo Hello.xmlVocê vai visualizar o código XML com os comentários que inserimos no código noInternet Explorer.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 51
  51. 51. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Existe uma variedade enorme de tags XML que podem ser usadas na documentaçãodo código, iremos listar as mais usadas logo abaixo.O comentário XML é sempre adicionado após barras triplas, ou seja, uma barra amais que usamos para comentar o código, como o exemplo abaixo: /// <remarks> /// Este programa escreve "Hello World" /// usando o método WriteLine da /// Classe Syste.Console /// The main entry point for the application. /// </remarks>Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 52
  52. 52. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Abaixo segue uma lista das tags XML mais usadas. Lembre-se que com XML vocêpode criar suas próprias tags. TAG PROPÓSITO<summary> … </summary> Para uma breve descrição de uma classe, método ou propriedade.<remarks> … </remarks> Para uma descrição mais detalhada.<para> ... </para> Permite delinear parágrafos dentro da tag <remarks><list type="…"> … </list> Permite usar marcadores para formatar uma descrição. Os tipos de marcadores podem ser “bullet”, “number” e “table”.<example> … </example> Para disponibilizar um exemplo de como usar um método, propriedade ou outro membro da biblioteca.<code> … </code> Para indicar que o texto incluído é código da aplicação.<c> … </c> Para indicar que o texto incluído é código da aplicação. É usada para linhas de código que precisam ser separadas da descrição.<see cref="member"/> Indica uma referencia a outro membro ou campo. O compilador verifica se o membro realmente existe.<exception> … </exception> Para fazer a descrição de uma exceção.<permission> … </permission> Para documentar a acessibilidade.<param name="name"> … </param> Para documentar um parâmetro de umAutor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 53
  53. 53. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005 método.<returns> … </returns> Para documentar um valor e seu tipo retornado de um método.<value> … </value> Para descrever uma propriedade.Existe uma maneira mais fácil de gerar sua documentação XML, usando o VisualStudio sem precisar do prompt de comando.11 – Na janela Solution Explorer, clique com o botão direito do mouse e selecioneProperties, como a imagem seguinte.12 – Na janela que se abre, clique na guia Build e marque a opção XMLDocumentation file, como na próxima imagem.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 54
  54. 54. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 200513 – No menu Build, clique em Build Solution ou pressione F6.Seu arquivo de documentação é gerado. Você pode alterar o nome do arquivo queserá gerado na caixa de texto que segue a opção XML documentation file, podealterar também o caminho do local onde o arquivo será gerado. Por padrão ele temo mesmo nome do projeto e é criado na pasta bindebug dentro do projeto.Você pode agora ir clicar em Show All Files na janela Solution Explorer enavegar até o local onde o arquivo XML foi criado para visualizá-lo.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 55
  55. 55. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005 Módulo 2 VariáveisLição 5 – Entendo variáveis e tipos de dadosAntes de falarmos sobre os tipos de dados vamos conhecer um pouco mais daplataforma .NET.Uma aplicações desenvolvida utilizando uma linguagem de programação comoDelphi ou Visual Basic é executada encima do sistema operacional, ou seja, elaacessa DLLs, APIs e outros recursos diretamente do sistema operacional.Isso não acontece com o .NET, esse acessa seus recursos do .NET Framework. O.NET Framework é um conjunto de DLLs que disponibiliza os recursos que podemser usados na plataforma .NET.O objetivo do .NET Framework é simplificar o desenvolvimento de software. Algunsdos seus benefícios são: • Baseado em padrões WEB: suporta a maioria das tecnologias disponíveis para a Internet incluindo HTML, XML, SOAP, XSLT, XPath, e outros. • Modelo de aplicação unificado: as classes do .NET Framework estão disponíveis para qualquer linguagem com suporte à plataforma.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 56
  56. 56. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005 • Fácil de se usar: o código é organizado hierarquicamente em namespaces e classes. Os tipos de dados são unificados entre as linguagens compatíveis com a plataforma. Vamos estudar melhor sobre os tipos de dados. Namespaces e classes vão ser tratados no futuro. • Classes extensíveis: A hierarquia do .NET Framework não é oculta ao desenvolvedor, você pode acessar e extender classes do .NET Framework (menos as classes seladas) usando herança.Você vai entender melhor os benefícios do .NET Framework durante o curso. Comovocê pode ver ele é muito importante para a plataforma .NET.Por sua vez, um dos principais componentes do .NET Framework é a CLR ouCommon Language Runtime. A CLR fornece vários benefícios para odesenvolvedor, tais como: • Tratamento de erros • Segurança • Depuração • Controle de versãoEstes benefícios estão disponíveis em qualquer linguagem criada para a CLR. Istoquer dizer que a CLR pode servir a uma variedade de linguagens e pode oferecerum conjunto comum de ferramentas para estas linguagens. A Microsoft criou o C#e o VB .NET, como as principais linguagens para a CLR.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 57
  57. 57. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Quando um compilador compila para a CLR, o código é chamado de códigogerenciado. Código gerenciado é simplesmente código que tira vantagem dosserviços oferecidos pela CLR.Quando você declara uma variável no C# você precisa determinar qual tipo de dadoserá armazenado nela. O tipo de dado vai dizer quais valores são possíveis de searmazenar nessa variável.Quem define as regras para os tipos de dados como declaração, uso egerenciamento dos tipos é o CTS ou common type system que faz parte do CLR.Através do CTS é possível o desenvolvimento em linguagens diferentes na mesmaplataforma e ter total integração entre elas, além disso, ele é responsável porgarantir o tipo de dado e aumentar o desempenho da execução.Variáveis são espaços na memória do computador reservador para armazenardados.A referencia aos dados de uma variável pode ser feita de duas maneiras: 1. Por valor, chamado de Value-Type. 2. Por referência, chamada de Reference-TypeA principal diferença entre os dois tipos é que quando você faz referencia a umavariável Value-Type ela contém diretamente um dado, enquanto uma variávelReference-Type contém uma referencia ao dado. Vamos analisar um pouco melhoresses dois tipos de variaveis:Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 58
  58. 58. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Value-Type • Contém diretamente o dado. • Cada copia da variável contém uma copia do dado. • Operações em uma variável não afetam a sua cópia. • Exemplos de variáveis Value-Type são: integers, doubles, floats, e structures.Reference-Type • Armazenam uma referencia ao dado(conhecido como objetos) • Duas variáveis Reference-Type podem conter referencia a um mesmo objeto. • Operações em uma afetam a outra. • Exemplos de Reference-Type são: strings, arrays, e classes.Vamos aprender agora como declarar variáveis, seus principais tipos e comoatribuir e recuperar valores delas.Lição 6 – Nomeando uma variávelA documentação do Microsoft .Net Framework da as seguintes recomendações paraa nomeação das variáveis: • Evite usar underline;Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 59
  59. 59. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005 • Não crie variáveis que apenas se diferenciem apenas pela sua forma. Exemplo: minhaVariavel e outra chamada MinhaVariavel; • Procure iniciar o nome com uma letra minúscula; • Evite usar todas as letras maiúsculas; • Quando o nome tiver mais que uma palavra, a primeira letra de cada palavra após a primeira deve ser maiúscula (conhecido como notação camelCase); • Não use notação Húngara.Convenção PascalCasingPara usar a convenção PascalCasing para nomear suas variáveis, capitalize oprimeiro caractere de cada palavra. Exemplo:void InitializeData();A microsoft recomenda usar o PascalCasing quando estiver nomeando classes,métodos, propriedades, enumeradores, interfaces, constantes, campos somenteleitura e namespaces.Convenção camelCasingPara usar esse tipo de convenção, capitalize a primeira letra de cada palavra menosda primeira. Como o exemplo:Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 60
  60. 60. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005int loopCountMax;A Microsoft recomenda usar essa convenção na nomeação de variáveis que definemcampos e parâmetros.Para maiores informações sobre convenção de nomes pesquise “NamingGuidelines”, na documentação do Visual Studio.Lição 7 – Palavras Reservadas do C#A linguagem C# reserva setenta e cinco palavras para seu próprio uso. Estaspalavras são chamadas de palavras reservadas e cada uma tem um uso particular.Palavras reservadas também não são permitidas como nome de variáveis.Segue uma lista que identifica todas estas palavras:abstract as base Boolbreak byte case Catchchar checked class Constcontinue decimal default Delegatedo double else Enumevent explicit extern falseAutor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 61
  61. 61. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005finally fixed float forforeach goto if implicitin int interface internalis lock long namespacenew null object operatorout override params privateprotected public readonly refreturn sbyte sealed shortsizeof stackalloc static stringstruct switch this throwNo painel de código do Visual Studio .NET as palavras reservadas são identificadaspela cor de letra azul.Lição 8 – Declarando variáveisAntes de usar uma variável é necessário declará-la.Quando declaramos uma variável, alocamos espaço para a mesma na memória docomputador. Sempre que declaramos uma variável precisamos dizer que tipo dedado pode ser armazenado nela. O tipo de dado indica qual o tamanho do espaçovai ser reservado para a variável.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 62
  62. 62. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005O C# pode armazenar diferentes tipos de dados: como inteiros, números de pontoflutuante, textos e caracteres.Declaramos especificando o tipo de dado seguido do nome da variável como noexemplo:int contador;Esse exemplo declara uma variável chamada contador do tipo integer. Ou seja, eladeverá armazenar números inteiros, mais a frente estudaremos melhor o quearmazenar em cada tipo de dado.Podemos também declarar múltiplas variáveis de uma vez, fazemos isso daseguinte maneira:int contador, numeroCarro;Estamos declarando nesse exemplo duas variáveis do tipo integer, uma chamadacontador e a outra numeroCarro.Lição 9 – Atribuindo valor a variáveisDepois de declarar sua variável você precisa atribuir um valor a ela. No C# vocênão pode usar uma variável antes de colocar um valor nela, isso gera um erro decompilação.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 63
  63. 63. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Exemplo de como atribuir um valor a uma variável:int numeroFuncionario;numeroFuncionario = 23;Primeiro nós declaramos nossa variável do tipo integer. Depois atribuímos o valor23 a ela. Entendemos pelo sinal de igual como recebe. Assim numeroFuncionariorecebe 23.Podemos também atribuir um valor a variável quando a declaramos, dessa forma:int numeroFuncionario = 23;Isso faz à mesma coisa que o exemplo anterior, só que tudo em uma linha.Mais um exemplo:char letraInicial = ‘M’;Lição 10 – Tipos de dadosA seguinte tabela mostra os tipos do C# com sua referencia no Framework.Os tipos da tabela abaixo são conhecidos como tipos internos ou Built-in.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 64
  64. 64. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005 C# Type .NET Framework typebool System.Booleanbyte System.Bytesbyte System.SBytechar System.Chardecimal System.Decimaldouble System.Doublefloat System.Singleint System.Int32uint System.UInt32long System.Int64ulong System.UInt64object System.Objectshort System.Int16ushort System.UInt16string System.StringCada tipo no C# é um atalho para o tipo do Framework. Isso quer dizer que sedeclararmos a variável desta forma:string nome;ou dessa formaSystem.String nome;Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 65
  65. 65. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005teremos o mesmo resultado. O atalho serve apenas para facilitar na hora dedesenvolver a aplicação.A seguinte tabela mostra os tipos de variáveis e os valores possíveis de searmazenar em cada uma delas. C# Type Valores possíveis de se armazenarbool Verdadeiro ou Falso (Valores booleandos)byte 0 a 255 (8 bits)sbyte -128 a 127 (8 bits)char Um caractere (16 bits)decimal ±1.0 × 10−28 a ±7.9 × 1028 (128 bits)double ±5.0 × 10−324 a ±1.7 × 10308 (64 bits)float ±1.5 × 10−45 a ±3.4 × 1038 (32 bits)int -2,147,483,648 a 2,147,483,647 (32 bits)uint 0 a 4,294,967,295 (32 bits)long –9,223,372,036,854,775,808 a 9,223,372,036,854,775,807 (64 bits)ulong 0 a 18,446,744,073,709,551,615 (64 bits)object Qualquer tipo.short -32,768 a 32,767 (16 bits)ushort 0 a 65,535 (16 bits)string Seqüência de caracteres (16 bits por caractere)Todos os tipos na tabela com exceção dos tipos object e string são conhecidoscomo tipos simples.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 66
  66. 66. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Para retornar o tipo de qualquer variável do C# você pode usar o métodoGetType(); Como no exemplo:Console.WriteLine(minhaVariavel.GetType());Isso retornaria o tipo da variável minhaVariavel.Lição 11 – Adicionando valor a uma variávelÉ muito comum precisarmos adicionar ou subtrair valores de uma variável usandono calculo o valor que já esta armazenado na mesma.O código seguinte declara uma variável do tipo integer chamada contador earmazena o valor 2 nesta variável, depois incrementa o valor 40:int contador;contador = 2;contador = contador + 40;No final do código acima a variável contador tem qual valor?A resposta é 42, claro, criamos a variável, adicionamos o valor 2 nela e após,pegamos o valor dela (que era 2) e adicionamos 40, e armazenamos o valor namesma.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 67
  67. 67. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Preste atenção na seguinte linha de código:contador = contador + 40;Perceba que para somar o valor a variável precisamos repetir o nome da variável.Podemos fazer da seguinte forma também em C#:contador += 40;Isso teria o mesmo resultado e é uma maneira mais elegante.Você pode subtrair também valores, como o exemplo:contador -= 23;Isso subtrairia 23 do valor da variável.Na verdade você pode fazer isso com todos os operadores aritméticos, comomultiplicação e divisão também. Você vai aprender sobre operadores no próximocapitulo.Para saber mais você pode consultar a documentação do Visual Studio e procurarpor “assignment”.Embora não tenhamos feito nenhum exercício até aqui neste capitulo vocêaprendeu como declarar uma variável, de que forma nomear as variáveis, quais aspalavras que não podem ser usadas na nomeação de variáveis e quais os tipos deAutor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 68
  68. 68. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005dados e valores que eles suportam. Os exercícios sobre esse conteúdo serão feitossempre, já que sempre faremos uso de variáveis em nossos programas, assim fiquetranqüilo aos pouco isso será bem familiar a você.Lição 12 – OperadoresOperadores Aritméticos:O C# suporta os símbolos aritméticos que todos nós conhecemos para as operaçõesaritméticas básicas como adição (+) e subtração (-), ele utiliza o asterisco (*) paramultiplicação e barra pra frente (/) para divisão. Esses símbolos são chamadosoperadores, e “operam” os valores das variáveis. Exemplo:long salario;salario = 500 * 20;A expressão acima multiplica 500 por 20 e armazena o resultado na variávelsalario.Entretanto você não pode usar os operadores para qualquer tipo de dado. Osoperadores matemáticos, por exemplo, só podem ser usados para os tipos char,int, long, float, double e decimal. Eles não podem ser usados para string e bool.Exemplo:Console.WriteLine(“Londrina” – “São Paulo”);Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 69
  69. 69. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Isso vai gerar um erro porque você não pode subtrair uma string de outra.Console.WriteLine(“43” – “11”);Isso também vai gerar um erro, porque valores entre aspas são sempre strings,para efetuar a subtração o correto é:Console.WriteLine(43 – 11);Vamos fazer um exemplo pratico de como utilizar os operadores.1 – Crie um novo projeto no Visual Studio do tipo Windows Application chamadoOperadores.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 70
  70. 70. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 20052 – Arraste para o Form1 os seguintes controles: • 3 Label • 3 TextBox • 1 Button • 1 GroupBox • 5 RadioButton3 – Organize-os como a figura abaixo:4 – Configure as propriedades dos controles conforme a tabela abaixo: Controle Propriedade Valor Label1 Text Valor1Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 71
  71. 71. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005 Label2 Text Valor2 Label3 Text Resultado Button Text Calcular GroupBox Text Operador RadioButton1 Text + Adição RadioButton2 Text - Subtração RadioButton3 Text * Multiplicação RadioButton4 Text / Divisão RadioButton5 Text % Resto DivisãoVai ficar como a figura abaixo:5 – Execute a aplicação.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 72
  72. 72. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Clique na TextBox1, pressione a tecla Tab do teclado, verifique que conforme vocêclica na tecla ele passa de um controle a outro.Clique sobre os operadores, veja que você só pode selecionar um, essa é umacaracterística do controle RadioButton que não tinha sido usado até aqui. AGroupBox agrupa todos os RadioButtons dentro dela de forma que apenas umdeles pode ser selecionado.6 – Finalize a execução, para isso você pode simplesmente fechar a janela doForm1 ou clicar no botão Stop Debugging na barra de ferramentas.7 - Vamos agora digitar o código que efetuará os cálculos, esse código vai serexecutado quando o botão Calcular for clicado. De um clique duplo sobre oButton1 para digitarmos o seguinte código. (Atenção na hora de digitar, lembre-seque o C# é case-sensitive ou seja, diferencia maiúsculas de minúsculas). long primeiroValor, segundoValor, resultado;Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 73
  73. 73. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005 primeiroValor = int.Parse(textBox1.Text); segundoValor = int.Parse(textBox2.Text); if (radioButton1.Checked) { resultado = primeiroValor + segundoValor; textBox3.Text = resultado.ToString(); } else if (radioButton2.Checked) { resultado = primeiroValor - segundoValor; textBox3.Text = resultado.ToString(); } else if (radioButton3.Checked) { resultado = primeiroValor * segundoValor; textBox3.Text = resultado.ToString(); } else if(radioButton4.Checked) { resultado = primeiroValor / segundoValor; textBox3.Text = resultado.ToString(); } else if(radioButton5.Checked) { resultado = primeiroValor % segundoValor; textBox3.Text = resultado.ToString(); }Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 74
  74. 74. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Digitamos nosso código dentro do procedimento:private void button1_Click(object sender, System.EventArgs e){}Esse procedimento é executado sempre que o Button1 é clicado. Sendo assimquando o botão é clicado, primeiro:Declaramos as variáveis primeiroValor, segundoValor e resultato do tipo Long.O tipo Long é usado aqui porque armazena uma grande variedade de números.Perceba que declaramos as três variáveis em apenas uma linha de código.r.long primeiroValor, segundoValor, resultado;Depois atribuímos os valores das caixas de texto as variáveis primeiroValor esegundoValor.primeiroValor = int.Parse(textBox1.Text);segundoValor = int.Parse(textBox2.Text);Como o valor que esta na caixa de texto é do tipo string convertemos para intusando int.Parse. Você pode usar o método Parse sempre que precisar converterum tipo de dados em outro. Para usa-lo digite o tipo do dado ponto Parte como oexemplo acima ou o seguinte exemplo:long.Parse(textBox2.Text);Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 75
  75. 75. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Voltando ao nosso exemplo, depois de atribuir os valores as variáveis vamosverificar qual operação executar, para isto usamos a propriedade checked de cadaRadioButton.if (radioButton1.Checked)ouelse if (radioButton2.Checked)Se o valor da propriedade Checked do RadioButton for True quer dizer que ele estaselecionado, então executamos o calculo correspondente ao RadioButtonselecionado e atribuímos o resultado a variável resultado.Agora atribuímos o valor da variável resultado à propriedade Text do textbox3para que seja exibida na tela.textBox3.Text = resultado.ToString();Perceba que precisamos converter o valor da variável resultado para String.Fizemos isto utilizando o método ToString. Você pode usar o método ToStringsempre que precisar converter um tipo de dados para string.8 – Execute o programa.9 – Digite 9 para o valor1 e 2 para o valor2, selecione adição e clique em calcular.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 76
  76. 76. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Faça testes com os outros operadores.Subtração:Multiplicação:Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 77
  77. 77. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Divisão, perceba que ele retorna um resultado em inteiro, o numero inteiro maispróximo do resultado:Resto da Divisão, perceba que ele retorna o resto da divisão, 9 dividido por doisresulta em 4 com resto 1.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 78
  78. 78. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 200510 – Pare a aplicação.Precedência de Operadores:Operações dentro dos parênteses são sempre executadas primeiro, como nasoperações matemáticas.Em C#, operadores multiplicativos (*, /, %) tem precedência sobre os aditivos (+,-).Vamos dar a ordem de precedência da seguinte expressão:2+3*42+3*42 + 12Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 79
  79. 79. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 200514Para efetuar a soma primeiro podemos utilizar os parênteses:(2 + 3) * 4(2 + 3) * 45*420Perceba que a ordem de precedência altera o valor do resultado, por isso devemoster atenção com a precedência.Nesta lição aprendemos a fazer operações aritméticas em nossos programas, alemdisso aprendemos sobre precedência de operadores.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 80
  80. 80. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005 Módulo 3 Métodos e EscopoLição 13 – Entendento métodosMétodo é uma seqüência nomeada de instruções. Cada método tem um nome e umcorpo. O corpo contem as instruções que vão ser executadas quando o método forchamado. O nome do método deve ajudar a identificar seu propósito, ex:CalcularImpostoVenda.A maioria dos métodos recebe dados, processa-os e retorna a informação ou oresultado do processamento. Método é um mecanismo fundamental e poderoso.Especificando a sintaxe de declaração de um método: tipoDeRetorno nomeDoMetodo ( listaDeParamentros opcional ) { // corpo do método }• tipoDeRetorno – é o tipo de dado que vai ser retornado pelo método após sua execução. Pode ser o nome de qualquer tipo como int ou string. Se o seu método não for retornar valor algum, você precisa usar a palavra reservada void aqui, especificando que o método não retorna nada.Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 81
  81. 81. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005• nomeDoMetodo – é o nome que vai ser usado para chamar o método. Este nome deve seguir as mesmas recomendações usadas nos nomes das variáveis. Procure usar notação camelCasing para nomear os métodos e também procure utilizar um verbo na primeira palavra do nome, para ajudar a identificar o que o método faz.• ListaDeParametros – descreve o tipo e os nomes das informações opcionais que o método recebe. Você escreve os parâmetros dentro dos parênteses como se fosse declarar variáveis: nome do tipo seguido pelo nome do parâmetro. Se o seu método tiver mais que um parâmetro, separe-os com vírgula.• Corpo do método – linhas de código que vão ser executadas quando o método é chamado.O C# não suporta os métodos globais, utilizados por programadores Visual Basic, Ce C++.Abaixo um exemplo de um método chamado AdicionarValores que retorna umnumero inteiro (int) e recebe dois números inteiros como paramentos. int adicionarValores (int numeroPequeno, int numeroGrande) { //... // corpo do método deve ser feito aqui //... }Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 82
  82. 82. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Abaixo um segundo exemplo, de um método chamado mostrarResultado que nãoretorna nenhum valor, e recebe um simples parâmetro chamado pergunta do tipoint. void mostrarResultado (int pergunta) { // ... }Lembre-se de usar a palavra reservada void quando o método não for retornarnada.Escrevendo declarações que retornam valores:Se você quer que seu método retorne uma informação (em outras palavras queretorne um tipo e não um void), você precisa escrever um código de retorno dentrodo método.Para isso você usa a palavra reservada return, seguida da expressão que calcula ovalor a ser retornado. Atenção, porque o resultado da expressão deve ser domesmo tipo que o especificado como tipoDeRetorno do método, senão o programanão vai compilar.Por exemplo: int adicionarValores (int numeroPequeno, int numeroGrande) { //... return numeroPequeno + numeroGrande; }Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 83
  83. 83. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005Lembre-se do ponto-e-vírgula ao final de cada instrução.O retorno do método deve estar no final do método porque ele causa a finalizaçãodo método. Qualquer código depois da linha que faz o retorno não vai serexecutado.Se você não quer que seu método retorne informação alguma (do tipo void), vocêpode uma variação da palavra reservada return para causar o encerramentoimediato do método, para isso digite return seguido de ponto-e-vírgula.Por exemplo: void mostrarResultado (int pergunta) { ... if (...) return; ... }Se o seu método não precisar retornar nada você pode simplesmente omitir oreturn, porque o método vai ser finalizado automaticamente quando a ultima linhade código do corpo for executada.Chamando métodos:Métodos existem para serem chamados. Você chama um método pelo seu nomepara ele executar uma tarefa. Se esse método precisa de informações para realizarsua tarefa (parâmetros), você precisa enviar essas informações pra ele. Se oAutor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 84
  84. 84. Curso Programando com C# e o Visual Studio .NET 2005método retornar uma informação, você precisa ter uma forma de receber essainformação, como uma variável, por exemplo.Especificando a sintaxe para se chamar um método: nomeDoMetodo (listaDeArgumentos opcional)• nomeDoMetodo – precisa ser exatamente igual ao nome do método que você esta chamando, lembre-se que o C# é case-sensitive ou seja, diferencia maiúsculas de minúsculas.• listaDeArgumentos – informações adicionais que o método aceita, você precisa passar um valor para cada parâmetro e este valor precisa ser compatível o tipo correspondente ao parâmetro. Se o método que você esta chamando tiver dois ou mais parâmetros, você precisa separar os valores com vírgula.Importante: Você precisa escrever os parênteses ao final de cada método, mesmoque lê não tiver parâmetro algum.Por exemplo, lembre-se do método adicionarValores: int adicionarValores (int numeroPequeno, int numeroGrande) { //... return numeroPequeno + numeroGrande; }Este método tem dois parâmetros entre os parênteses, para chamá-lo, faça assim: adicionarValores(39,3)Autor: Herbert Moroni Cavallari da Costa GoisSite: www.juliobattisti.com.br e www.linhadecodigo.com.brConfira também o curso: “Programando com VB.NET” Página 85

×