CETONA
DEFINIÇÃO
 As cetonas, tal como os aldeídos, são
compostos orgânicos estruturalmente
derivados dos hidrocarbonetos,
subst...
 Contrariamente aos aldeídos, as
cetonas não apresentam propriedades
redutoras.
 A mais importante das cetonas é a
aceto...
 A acetona é também um produto
metabólico pertencente ao conjunto
dos corpos cetónicos. A concentração
destes no sangue é...
GRUPO FUNCIONAL
 As cetonas são compostos orgânicos
que contém o grupo funcional
carbonila ligado à dois radicais.
 Carb...
 As cetonas são obtidas através da
oxidação de álcoois secundários (o
oxigênio se ligará ao hidrogenio do
carbono secundá...
PRESENÇA NO DIA-A-DIA
 A cetona mais comum é a propanona, mais
conhecida como acetona. Ela é usada como
solvente de esmal...
NOMECLATURA
 A nomenclatura desses compostos é
feita fundamentada na dos
hidrocarbonetos, apenas trocando o
sufixo "o" po...
 propanona (popularmente acetona):
CH3-CO-CH3
 butanona: CH3-CO-CH2-CH3
 pentan-2-ona: CH3-CO-CH2-CH2-
CH3
 pentan-3-o...
 Quando o composto tiver mais de
uma função e uma delas tiver maior
precedência que a função cetona,
deve-se usar o prefi...
 Também existe as nomenclaturas
usuais "(radical menor)'(radical
maior)cetona".
 Exemplo:
 CH3–CO–CH2CH2CH3:
metilpropi...
CONCEIÇÃO
ERLÂNDIA
ECLÁRIA
MIKAELE
ANA FÁTIMA
JANAINA
Equipe:
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cetona

3.106 visualizações

Publicada em

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.106
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
31
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
99
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cetona

  1. 1. CETONA
  2. 2. DEFINIÇÃO  As cetonas, tal como os aldeídos, são compostos orgânicos estruturalmente derivados dos hidrocarbonetos, substituindo, no mesmo carbono, dois átomos de hidrogénio por um átomo de oxigénio.As cetonas obtêm-se por oxidação de um álcool secundário, no qual o grupo OH se une a um átomo de carbono situado no interior da cadeia.O nome das cetonas obtém-s e do nome dos hidrocarbonetos correspondentes, indicando a posição do grupo carbonilo por meio do sufixo ona.
  3. 3.  Contrariamente aos aldeídos, as cetonas não apresentam propriedades redutoras.  A mais importante das cetonas é a acetona (CH3COCH3), designada propanona segundo a IUPAC. Esta é um líquido incolor, volátil, de cheiro característico, excelente solvente de plásticos, de vernizes e de gorduras, usando-se também na preparação de produtos orgânicos sintéticos como, por exemplo, o "perspex".
  4. 4.  A acetona é também um produto metabólico pertencente ao conjunto dos corpos cetónicos. A concentração destes no sangue é normalmente baixa, mas, em certas situações (diabetes, jejum prolongado), os seus níveis no sangue aumentam.
  5. 5. GRUPO FUNCIONAL  As cetonas são compostos orgânicos que contém o grupo funcional carbonila ligado à dois radicais.  Carbonila
  6. 6.  As cetonas são obtidas através da oxidação de álcoois secundários (o oxigênio se ligará ao hidrogenio do carbono secundário, o que é muito instável), que formará então a cetona + água:
  7. 7. PRESENÇA NO DIA-A-DIA  A cetona mais comum é a propanona, mais conhecida como acetona. Ela é usada como solvente de esmaltes, graxas, vernizes e resinas. Também é utilizada na extração de óleos de sementes vegetais, na fabricação de anidrido acético e medicamentos.  A propanona é um líquido inflamável, incolor, com cheiro agradável e solúvel em água.  As cetonas são encontradas na natureza em flores e frutos. Em geral, são líquidos de odor agradável. Muitas cetonas artificiais e naturais são usadas como perfumes e alimentos. Algumas são substâncias medicinais, como os compostos cetônicos da urina.
  8. 8. NOMECLATURA  A nomenclatura desses compostos é feita fundamentada na dos hidrocarbonetos, apenas trocando o sufixo "o" por "ona".2 Quando houver ambigüidade na posição do grupo carbonila, esta deve ser indicada antes do sufixo, da mesma maneira que em outras funções orgânicas. Seguem alguns exemplos de cetonas:
  9. 9.  propanona (popularmente acetona): CH3-CO-CH3  butanona: CH3-CO-CH2-CH3  pentan-2-ona: CH3-CO-CH2-CH2- CH3  pentan-3-ona: CH3-CH2-CO-CH2- CH3  hexan-2-ona: CH3-CO-(CH2)3-CH3  hexan-3-ona: CH3-CH2-CO-(CH2)2- CH3  butanodiona (também conhecido por diacetilo): CH3-CO-CO-CH3  pentan-2,4-diona: CH3-CO-CH2-CO- CH3
  10. 10.  Quando o composto tiver mais de uma função e uma delas tiver maior precedência que a função cetona, deve-se usar o prefixo oxo. Por exemplo:  CH3-CO-CH2-COOH: ácido 3- oxobutanóico (também chamado de ácido acetoacético).  CH3-CH2-CO-CH(CH3)-COH: 2- metil-3-oxopentanal.
  11. 11.  Também existe as nomenclaturas usuais "(radical menor)'(radical maior)cetona".  Exemplo:  CH3–CO–CH2CH2CH3: metilpropilcetona. A nomenclatura oficial correspondente seria pentan-2- ona.
  12. 12. CONCEIÇÃO ERLÂNDIA ECLÁRIA MIKAELE ANA FÁTIMA JANAINA Equipe:

×