O amanhecer sem luz

890 visualizações

Publicada em

Texto escrito por Dilma Lourenço Moreira

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

O amanhecer sem luz

  1. 1. Hoje acordei meio pra baixo, sem esperança!
  2. 2. Apesar do sol brilhar lá fora, os pássaros cantando e as flores se abrindo em um dia quente primaveril!
  3. 3. Mesmo tudo a minha volta ser luz, por dentro as trevas insiste tomar conta de mim!
  4. 4. Algo me diz que eu não devo embrenhar por esse caminho obscuro, que não me deixasse levar por espíritos com maus fluidos, são seres que me deixam sem brilho e sem fé no amanhã!
  5. 5. Fico confusa, choro desesperada sem saber o que fazer! Rezo tentando fugir deste abraço, que insiste em me arrastar por caminhos tenebrosos!
  6. 6. Volto o olhar em torno de mim, o lindo dia lá fora éconvidativo e me oferece um mundo de prazer, é só eu querer!
  7. 7. Cambaleando continuo caminhando pela estrada florida, procurando não tropeçar em espinhos.
  8. 8. Logo adiante vejo o mar que me absorve em sua brisa refrescante, em um barquinho saio navegando em ondas límpidas e cristalinas.
  9. 9. Em minha mente ocorre um pensamento a me perguntar : Aonde essas águas vão me levar?
  10. 10. De repente o céu se abre me acolhendo em seu esplendor,choro como um menino, achando que esse era o meu fim.
  11. 11. Só agora percebo, estou em meu leito e tem uma mão a me embalar!
  12. 12. Texto: Dilma Lourenço MoreiraFormatação: Porfírio Marques MoreiraMúsica: Enia: Braveheart_ThemeImagem: Google http://dilmaoprazerdelereescrever.blogspot.com.br/

×