Pós Conteúdo Midias Digitais Aula01

509 visualizações

Publicada em

Aula da Pós Conteúdo para Mídias Digitais

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
509
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pós Conteúdo Midias Digitais Aula01

  1. 1. DiegoMoreau Diego.Moreau@estacio.br
  2. 2. Midias Digitais Conteúdo Web 2.0 Mídia Digital = Mídia Social
  3. 3. Case Empilhadeira Case Boate Facebook Case Coreia do Norte
  4. 4. PASSO 1 – O CANAL Há 3 meses, quando surgiu a ideia de fato, criamos um canal no Youtube chamado KOREA NEWS BACKUP. Queriamos passar que esse era um canal onde alguem, em algum lugar do mundo, recebia o sinal por satélite direto da Coreia do Norte (é possível), gravava algumas noticias e colocava no Youtube para que imigrantes pudessem acompanhar o que estava acontecendo no país. PASSO 2 – LOCUÇÃO A ideia inicial era chamar alguem que falasse coreano e gravar em um cenario como se fosse de um jornal. Infelizmente, os 5 coreanos que conseguimos contato não aceitaram participar do vídeo ja que, obviamente todos eram da Coreia do Sul, e por causa de toda a historia de “rivalidade” entre os países, eles não topavam ao ver o texto. Partimos para o plano B. Para que tudo ficasse crível, falei com o @NandoPax, o mesmo do Cala Boca Galvão, ja que ele tem uma empresa que faz produção de audio em tudo que é idioma, em diversas linguas . Em 2 dias ja tinhamos um texto de pt-br para coreano e o áudio vindo diretamente de uma sul coreana, prontos!
  5. 5. PASSO 3 – O VIDEO DA COREIA DO NORTE DESTRUINDO TODOS NA COPA Com o canal pronto e locução em mãos só faltava o video. Ai que nossa fera @DaviSoEditando começou a montar a bagaça toda. Existem alguns videos de jogos da seleção da Coreia do Norte por ai, amistosos, Copa da Ásia, eliminatorias antigas e etc. Existem alguns de jornais da estatal do país tambem, o grande desafio foi montar tudo isso em um tom jornalistico e tosco. Parecer um jornal dos anos 80/90 era essencial, sem contar que a boca da apresentadora deveria estar com um pequeno delay, característico de copias de broadcastings via satélite. Claro que, umas pitadas de ABSURDO, faziam parte da produção pra tornar tudo mais revoltante e viralizavel, por isso que, por coincidência, a Coreia do Norte jogou, hipoteticamente, com Estados Unidos, Japão e China logo de cara! Ja que todos fazem parte do cenario político do país. E para melhorar, demos a informação de que o jogo das oitavas de final seria contra Portugal, justamente o time que venceu em 2010 por 7-0 a Coreia do Norte.
  6. 6. E até o momento mais de 9 milhões de views. 8 milhões de views só nos 3 primeiros dias! Minha parte favorita é o Kim Jong-un acenando em um telão na FIFA Fan Fest, quando na verdade eram apenas torcedores do Chile que estava por la e possuem as mesmas cores na bandeira. Deixamos uma legenda em coreano, para deixar ainda mais confuso para o ocidente, e com a possibilidade de tradução automatica do Youtube (tente no botão no canto inferior direito “legendas ocultas” e “traduzir legendas”) que tenta passar para outras linguas o que esta sendo falado, mas como é uma ferramenta automatica, obviamente vem tudo errado, porém da pra pescar umas palavras. Isso foi otimo pq as pessoas ACHAVAM que estavam entendendo o que estava sendo dito, mas na verdade só confundia ainda mais as informações que eram compartilhadas. ESPORTES. E na Copa do Mundo de futebol que está acontecendo no Brasil, nossos guerreiros da seleção nacional avançaram com mais uma vitória em sua terceira partida no mundial, desta vez na Arena Corinthians, na cidade de São Paulo. Em um jogo muito disputado, o time da Coreia, jogando de branco, venceu a China por 2 a 0 e se classificou em primeiro lugar em seu grupo. Com 2 belos gols do artilheiro Jong Tae-Se, nossa seleção está invicta na competição. A torcida brasileira comemorou o resultado com uma grande festa na praia de Copacabana, homenageando a classificação da Coréia do Norte e ovacionando o líder mundial supremo Kim Jong-un. Na próxima fase, oitavas de final, a destemida seleção coreana enfrenta Portugal, que conta com o talento de um dos 3 melhores jogadores do mundo, Cristiano Ronaldo. Força Coreia! Kim Jong-un e os filhos da pátria coreana contam com vocês para representar nossa nação!”
  7. 7. COREIA CAMPEÃ DO MUNDO 8 a 1 contra o Brasil!? Isso é muito humilhante! (quase a realidade atual, mas humilhante) E claro, muito viral. ESPORTES. E hoje, a Coréia do Norte escreveu seu nome na história do futebol mundial consagrando-se a grande campeã da Copa do Mundo 2014! Depois de 7 vitórias em 7 jogos, nossos guerreiros representaram o país com a força e a coragem que a população e o grande líder Kim Jong-un esperavam. Após o pronunciamento oficial na “Pyongyang Broadcasting Station” nesta manhã, vários coreanos foram para as ruas comemorar a vitória por 1 a 0 sobre o Brasil, anfitrião do torneio, na final. A seleção da Coréia do Norte teve a sua melhor participação desde 1966 com inesquecíveis atuações desde o início dos jogos no Brasil: 7 a 0 contra o Japão, 4 a 0 contra os Estados Unidos, 2 a 0 contra a China, 7 a 0 contra Portugal, 2 a 1 contra a Alemanha, 3 a 0 contra a Coréia do Sul e vitoria contra o Brasil em pleno Maracanã lotado. Parabéns, seleção norte-coreana de futebol! O mundo todo se rendeu ao seu talento no esporte e celebrações por todas as nações comemoram a nossa vitória! Kim Jong-un, por meio da KCBS decretou feriado festivo no dia 15 para a recebermos os jogadores e comissão tecnica com uma grande e inesquecível festa no “Kim Il-Sung Stadium”. Senhas serão distribuídas nos postos oficiais a partir de amanhã.”
  8. 8. PASSO 4 – ESPALHAR Que a Coréia do Norte é um país com uma ditadura todo mundo sabe. O que nem todos do planeta Terra sabem é que esse ano no Brasil estamos em época de eleições e os nervos de petralhas e tucanalhas ficam em chamas com qualquer assunto ainda mais se envolve um país desse que apesar de fazer nenhum sentido algum tipo de comparação, sempre tem algum zé que faz. Para viralizar o primeiro vídeo a ideia foi bem simples. Pedi para que alguns membros da ZONA colocarem fotos de decotes no avatar e mandar o link do vídeo para as “pessoas que MAIS prestariam atenção em algo bizarro acontecendo em um país comunista” que eu conheço no twitter. Ai os zoneiros @vanessaleao @ftannie @rafaelost @jhoyjoyce @lelemoretti @bugmarcus @napolea0 @saraholand @wesley_tabosa /itz.rogers @mrcharlesveiga /celle.ca e @paulon28 foram ao combate e……. bom, não vou dizer todas as 7 @’s para quem focamos e enviamos o link mas digamos que TODAS deram RT ou mention ao acontecido e uma em especial prestou BEM atenção ao decote e replicou a msg em seu twitter:
  9. 9. Na mídia
  10. 10. U2 e Apple (Via Brainstorm9) Durante o lançamento da sua nova geração de iPhones, a Apple fez algo inovador: lançou também o retorno do U2, com a estreia do álbum “Songs of Innocence”. A iniciativa custou meros 100 milhões de dólares mas pecou em um detalhe: funcionava como um opt-out. Ou seja, os usuários já tinham o álbum nas suas bibliotecas, e precisariam removê-lo se não quisessem tê-lo em suas ‘prateleiras virtuais’. Provavelmente o ‘é de graça, todo mundo vai querer’ pode ter ecoado, mas talvez o que não se tenha lembrado é a conexão intimista das pessoas com a música. É algo de enfurecer. E foi exatamente o que aconteceu com a Apple, que se viu pressionada a criar uma página que ensina o passo a passo para remover o álbum, novo e grátis, da sua lista de canções do iCloud. David Holmes, do Pando Daily, lembra que o que interessa mesmo é que aquela relação de identidade pessoal com a música permanece. A curadoria de uma playlist ainda é algo importantíssimo para os fãs de música. E, para alguns deles, ter o novo álbum do U2 em sua coleção era uma infâmia tão grande que era preciso se mover para consertá-la. E na primeira semana após o anúncio, nada menos que 24 títulos da banda voltaram ao Top 200 do próprio iTunes – estes foram comprados em vez de baixados de graça. Os discos The Joshua Tree (1987), Achtung Baby (1991), War (1983) e duas coletâneas de singles, Uma delas, U218, chegou ao top 10 no iTunes em 46 países.
  11. 11. Marvel e o trailer de Avengers 2 (Via Brainstorm9) O trailer estava programado para ir ao ar após o episódio (28/10/14) do seriado “Agents of S.H.I.E.L.D.”. Mas um imprevisto vazamento fez uma versão em baixa qualidade do trailer aparecer no início da noite do dia 23. Em segundos sites de notícias de cinema, quadrinhos e cultura pop linkavam o vídeo pirata com o aviso para que seus leitores assistissem logo, pois o trailer iria sair do ar. Mas a Marvel fez diferente. Ao twittar o resmungo contra a Hydra, ela oficializou a pirataria, ao divulgar em seu próprio canal do YouTube o trailer em alta resolução Em vez de derrubar as milhares de versões piratas de seu trailer e causar a frustração em milhões de fãs que não conseguiram assistir ao filme, a Marvel baixou a guarda e faturou ela mesma aquela síndrome de atenção. Não dá para controlar a internet, é preciso trabalhar com ela. Certamente o trailer do novo filme faria mais sentido após a exibição do episódio, que conversaria com o a Era de Ultron. Tanto que a Marvel anunciou que iria exibir uma cena inédita do novo filme junto com o episódio, para tentar diminuir o estrago.
  12. 12. E tivemos as eleições Durou mais que as promessas da Marina. (tumblr)
  13. 13. Com 14 mil tuites/minuto, o Twitter caiu no debate final.
  14. 14. Midias Digitais Conteúdo - Banners, Pop Ups, sites, blogs, redes sociais... - Não será uma aula de redação, direção de arte ou programação. - Para criar conteúdo para as mídias digitais não tem fórmula mágica. Ninguém tem o segredo. - Vamos trocar conhecimento. Ficar de olho no que acontece e aprender juntos. - Saber “como” dizer é o que conta. O “que” vai depender de cada caso. .
  15. 15. Processo de Comunicação
  16. 16. Processo de Comunicação a) Emissor: é o elemento que envia a mensagem para outro elemento. b) Codificação: é a tarefa de transformar o pensamento em símbolos. c) Mensagem: é o conjunto de símbolos que o emissor quer transmitir. d) Meios: é o canal de comunicação pelo qual o receptor vai receber a mensagem. e) Decodificação: é o processo por meio do qual o receptor decifra os símbolos enviados pelo emissor, conferindo-lhe significado. f) Receptor: é o indivíduo que recebe a mensagem. g) Resposta: é a reação do receptor à mensagem recebida. h) Feedback: é a parte da resposta do receptor que retorna ao emissor. i) Ruídos: são fatores imprevisíveis que podem ocorrer durante o processo de comunicação que levam o receptor a receber as mensagens de formas diferentes da original.
  17. 17. Ontem X Hoje - Publicidade “intrusa” X Colaboração - Spam on line ajuda a questionar o spam “off line” - “Evitação” - Quem controla a decisão de compra: marqueteiro ou o consumidor? “Os consumidores se sentem invadidos por anúncios intrusos e irrelevantes. O resultado é uma reação contra a publicidade – manifestando-se na crescente popularidade das listas de exclusão de chamadas, filtros de spam, bloqueadores de publicidade on line e gravadores de video digital que pulam os comerciais. As campanhas de marketing do futuro devem facilitar a busca que os consumidores fazem por informações entre canais, indo além das promessas feitas pelas marcas na publicidade tradicional. “ Jim Nail – Forrest Research 2004
  18. 18. Confiança - Case Sony Ericsson T68i - Case Wal-Mart Wal-Marting Across America - Amazon e o frete grátis Tom Peters
  19. 19. Advertainment -Product-Placement (Merchandising Editorial): une conteúdo editorial à propaganda, sem as interrupções que tanto incomodam os consumidores. “Quando um produto ou marca, é citado, consumido ou utilizado de forma integrada com o conteúdo editorial de qualquer veículo de comunicação, como jornais, TV, revistas, livros, cinema, entre outros. Esta integração de produtos ou marcas com a programação deste meios de comunicação, é feita sob encomenda e mediante pagamento do anunciante ao veículo. A presença de marcas, slogans, símbolos, propaganda, material promocional, roupas, entre outros, em eventos esportivos, artísticos, musicas ou comunitários também podem ser considerados uma forma de merchandising editorial.” Sampaio
  20. 20. Advertainment (Advertising + Entertainment) - Divulgação de produtos e marcas sob forma contextualizada na mídia, unindo publicidade, informação e entretenimento, como forma de não só captar a atenção do consumidor, mas também envolvê-lo por meio de experiências marcantes. - Não pode ser invasivo. - Deve ser discreto e integrar-se perfeitamente a situação em que está inserido, seja em um filme, jornal ou rádio. - Não pode ser muito agressivo, e deve estar inserido de modo natural no contexto da programação. - A criação de situações que pareçam falsas tendem a criar uma imagem negativa para o consumidor, que passa a irritar-se. - Não pode ficar com cara de “propaganda”. - O conteúdo tem que ter o perfil e a linguagem do público.
  21. 21. Advertainment - Usa não só o product-placement mas diversas ferramentas de marketing e de promoção que agem de forma integrada, de acordo com as necessidades do público-alvo. - Meio e mensagem tornam-se igualmente importantes na idealização de ações deste tipo. - No desenvolvimento de projetos de advertainment, o primeiro passo é a análise da capacidade da marca de gerar conteúdo - o chamado Índice de Potencial de conteúdo. - Esse índice compreende 3 fatores: Brand Expertise, Brand Exposition e o Brand Expectation.
  22. 22. Advertainment - Brand Expertise traduz a autoridade que determinada marca tem de falar sobre determinado assunto. Ex: Johnson&Johnson e o cuidado com as crianças - Brand Exposition, compreende o grau de exposição da marca, sua visibilidade, e se ele é compatível com o expertise analisado. -Ex: Cerveja Polar - Brand Expectation, configura-se como a expectativa do mercado em ouvir o que a marca tem a dizer e seu potencial de gerar feedback positivo entre o público. -Ex: Apple e smartphone
  23. 23. Case Naufrago
  24. 24. Case Nextel -Pela primeira vez na TV brasileira, uma ação que interligou através do produto, os três principais programas de debate sobre futebol na televisão. -Uma iniciativa tão ousada e diferente, que, pelo sucesso, foi prorrogada por um mês da sua previsão inicial.
  25. 25. Case OMO Se sujar faz bem - 4 documentários de 2’ na Discovery e na Ana Maria Braga - Concurso cultural - Psicólogos, pediatras e pedagogos falavam sobre a importância das crianças se sujarem enquanto brincam. - Em NENHUM momento sugeriam para lavar com Omo. - Blog, site, redes sociais... - Buzz on line e off line
  26. 26. Case American Express - Webisodes com Seinfeld e Superman - Filmes de 5 minutos, dirigidos por Barry Levinson (Rain Man) - Mostrava a amizade dos dois. - O produto sempre entrava de forma sutil. - Buzz (blogs, redes sociais, wikipedia...) Desejava criar conteúdo baseado em mídia que o consumidor escolhesse assistir por vontade própria, como entretenimento, e dessa forma fosse criado um vínculo com o consumidor. Hayes – Dir. Mkt American Express

×