SAÚDE OCUPACIONAL ESAÚDE OCUPACIONAL E
QUALIDADE DEVIDA NOQUALIDADE DEVIDA NO
TRABALHOTRABALHO
Prof.: Pedro F.A. de Olivei...
Os acidentes são um dos principais
problemas que afetam a saúde dos
trabalhadores quando não observados as
recomendações.
...
A doença profissional é aquela que foi
produzida ou desencadeada pelo
exercício do trabalho.
(GALAFASSI, 1999)
A negligência é a principal causadora de
acidentes e doenças de trabalho, podendo
provocar danos e até a morte. São
necess...
SAÚDE OCUPACIONALSAÚDE OCUPACIONAL
É uma área de conhecimento que se
preocupa com as condições e fatores que
afetam a saúd...
Objetivos:
Prevenir e reduzir os riscos profissionais;
Proteger e promover a saúde da população
trabalhadora;
Humanizar as...
A Constituição da República (CF)
aborda em seu art. 7º, inciso XXII, a saúde
ocupacional buscando: “a redução dos riscos
i...
Existe ainda as Normas Regulamentadoras
(NR’s) que regulamentam e fornecem orientações
sobre procedimentos obrigatórios re...
Todas essas leis e normas a respeito daTodas essas leis e normas a respeito da
saúde ocupacional determina o estudo das
fo...
QUALIDADE DEVIDA NOQUALIDADE DEVIDA NO
TRABALHO (QVT)TRABALHO (QVT)
A melhoria da saúde por meio de novas
formas de se org...
Qualidade de vida no trabalho abrangeQualidade de vida no trabalho abrange:
Renda capaz de satisfazer as expectativas pess...
Passos do Programa de QVT:
Avaliação das necessidades;
Planejamento;
Implantação participativa;
Consolidação/manutenção;
F...
Vários estudos têm demonstrado
benefícios da melhoria do estilo de vida
na redução das faltas ao trabalho, das
doenças ocu...
A saúde é a condição principal para a
existência do trabalho. O trabalho, saúde
e realização humana estão intimamente
liga...
OBRIGADOOBRIGADO
Pedro F.A. de Oliveira
Prof. Esp. Educação Física
pedro.oliveira@ifb.edu.br
Aula 1,2 e 3 (sau¦üde ocupacional e qvt)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula 1,2 e 3 (sau¦üde ocupacional e qvt)

481 visualizações

Publicada em

Aula 1, 2, 3

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
481
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
28
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 1,2 e 3 (sau¦üde ocupacional e qvt)

  1. 1. SAÚDE OCUPACIONAL ESAÚDE OCUPACIONAL E QUALIDADE DEVIDA NOQUALIDADE DEVIDA NO TRABALHOTRABALHO Prof.: Pedro F.A. de Oliveira
  2. 2. Os acidentes são um dos principais problemas que afetam a saúde dos trabalhadores quando não observados as recomendações. (GALAFASSI, 1999)
  3. 3. A doença profissional é aquela que foi produzida ou desencadeada pelo exercício do trabalho. (GALAFASSI, 1999)
  4. 4. A negligência é a principal causadora de acidentes e doenças de trabalho, podendo provocar danos e até a morte. São necessárias medidas concretas para que o descuido profissional não resulte em tragédia. (GALAFASSI, 1999)
  5. 5. SAÚDE OCUPACIONALSAÚDE OCUPACIONAL É uma área de conhecimento que se preocupa com as condições e fatores que afetam a saúde e o bem-estar dos empregados ou qualquer pessoa no localempregados ou qualquer pessoa no local de trabalho. (SEBRAE, 2004)
  6. 6. Objetivos: Prevenir e reduzir os riscos profissionais; Proteger e promover a saúde da população trabalhadora; Humanizar as condições de trabalho;Humanizar as condições de trabalho; Promover a satisfação profissional; Contribuir para melhores níveis de desempenho.
  7. 7. A Constituição da República (CF) aborda em seu art. 7º, inciso XXII, a saúde ocupacional buscando: “a redução dos riscos inerentes ao trabalho, por meio de normas de saúde, higiene e segurança”. A Consolidação das leis do Trabalho (CLT) também traz um capítulo inteiro tratando essa temática (Cap. V – Segurança e Medicina do Trabalho). (BRASIL, 1988) e (BRASIL, 1943)
  8. 8. Existe ainda as Normas Regulamentadoras (NR’s) que regulamentam e fornecem orientações sobre procedimentos obrigatórios relacionados à segurança e medicina do trabalho no Brasil. São editadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e oriundas também da CLT. São de observância obrigatória por todas as empresas brasileiras (regidas pela CLT). ImportantesImportantes:: NR 17 - Ergonomia NR 7 - Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional NR 9 - Programa de Prevenção de Riscos Ambientais.
  9. 9. Todas essas leis e normas a respeito daTodas essas leis e normas a respeito da saúde ocupacional determina o estudo das formas de proteção à saúde do trabalhador quando no exercício do trabalho, indicando medidas preventivas e remediando os possíveis danos causados à integridade física e mental do empregado.
  10. 10. QUALIDADE DEVIDA NOQUALIDADE DEVIDA NO TRABALHO (QVT)TRABALHO (QVT) A melhoria da saúde por meio de novas formas de se organizar o trabalho, olhando o trabalhador a partir de umolhando o trabalhador a partir de um enfoque biopsicossocial. (FERNANDES E GUTIERREZ, 1998)
  11. 11. Qualidade de vida no trabalho abrangeQualidade de vida no trabalho abrange: Renda capaz de satisfazer as expectativas pessoais e sociais. Orgulho pelo trabalho realizado. Vida emocional satisfatória. Auto-estima. Imagem da empresa junto à opinião pública.Imagem da empresa junto à opinião pública. Equilíbrio entre trabalho e lazer. Horários e condições de trabalho sensatos. Oportunidades e perspectivas de carreira. Possibilidade de uso do potencial. Respeito aos direitos. Justiças nas recompensas. (SUCESSO, 1998)
  12. 12. Passos do Programa de QVT: Avaliação das necessidades; Planejamento; Implantação participativa; Consolidação/manutenção; Feedback dos resultados.
  13. 13. Vários estudos têm demonstrado benefícios da melhoria do estilo de vida na redução das faltas ao trabalho, das doenças ocupacionais, aumento do presenteísmo, da produtividade, melhorando assim o clima organizacional.melhorando assim o clima organizacional.
  14. 14. A saúde é a condição principal para a existência do trabalho. O trabalho, saúde e realização humana estão intimamente ligados.ligados. (RIO, 1998)
  15. 15. OBRIGADOOBRIGADO Pedro F.A. de Oliveira Prof. Esp. Educação Física pedro.oliveira@ifb.edu.br

×