Registrando Uma Empresa

2.178 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia

Registrando Uma Empresa

  1. 1. PALESTRA: REGISTRANDO UMA EMPRESA
  2. 2. Objetivos Esclarecer a importância e conceitos da constituição de uma empresa, enfocando as necessidades do empreendedor, do empreendimento e da parte legal. PALESTRA: REGISTRANDO UMA EMPRESA
  3. 3. Conteúdo <ul><li>Formalização do Negócio; </li></ul><ul><li>Classificação; </li></ul><ul><li>Enquadramento e Benefícios. </li></ul>PLANEJANDO A ABERTURA DO SEU NEGOCIO
  4. 4. De acordo com a Finalidade <ul><li>Com fins lucrativos </li></ul><ul><li>* Empresário </li></ul><ul><li>* Sociedade Simples </li></ul><ul><li>* Sociedade Empresária </li></ul><ul><li>Finalidades diversas </li></ul><ul><ul><ul><li>Cooperativas </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Fundações </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Associações </li></ul></ul></ul>FORMALIZAÇÃO DO NEGOCIO
  5. 5. Classificação FORMALIZAÇÃO DO NEGOCIO Sociedade Simples Empresas exclusivamente prestadoras de serviços de profissional habilitado, sem comercialização ou transformação de produtos. Empresário e Sociedade Empresária Empresas que transformam, comercializam produtos e prestam serviços.
  6. 6. FOMALIZAÇÃO DO NEGÓCIO <ul><li>ENQUADRAMENTO E BENEFÍCIOS </li></ul><ul><li>AUTONOMO – Pessoa Física. </li></ul><ul><li>Prefeitura Municipal; </li></ul><ul><li>INSS; </li></ul><ul><li>Conselho Regional da categoria profissional </li></ul>
  7. 7. FOMALIZAÇÃO DO NEGÓCIO <ul><li>REGISTRO E ENQUADRAMENTO </li></ul><ul><li>EMPRESÁRIO – (Individual) </li></ul><ul><li>Junta Comercial – M.E. ou E.P.P; </li></ul><ul><li>Receita Federal – C.N.P.J. – M.E. ou E.P.P. (SUPERSIMPLES); </li></ul><ul><li>Secretaria da Fazenda Estadual </li></ul><ul><li>Prefeitura Municipal; </li></ul><ul><li>INSS; </li></ul><ul><li>Sindicato Patronal; </li></ul><ul><li>Outros ( particularidades de cada negócio) </li></ul>
  8. 8. FORMALIZAÇÃO DO NEGÓCIO <ul><li>REGISTRO E ENQUADRAMENTO </li></ul><ul><li>SOCIEDADE EMPRESÁRIA - Limitada </li></ul><ul><li>Junta Comercial – M.E. ou E.P.P; </li></ul><ul><li>Receita Federal – C.N.P.J. – M.E. ou E.P.P. (SUPERSIMPLES); </li></ul><ul><li>Secretaria da Fazenda Estadual; </li></ul><ul><li>Prefeitura Municipal; </li></ul><ul><li>INSS; </li></ul><ul><li>Sindicato Patronal. </li></ul>
  9. 9. FORMALIZAÇÃO DO NEGÓCIO <ul><li>REGISTRO E ENQUADRAMENTO </li></ul><ul><li>SOCIEDADE SIMPLES – Pura ou Limitada </li></ul><ul><li>Cartório de Registro de Pessoa Jurídica – M.E. ou E.P.P; </li></ul><ul><li>Receita Federal – C.N.P.J. – M.E. ou E.P.P. (SUPERSIMPLES); </li></ul><ul><li>Prefeitura Municipal; </li></ul><ul><li>INSS; </li></ul><ul><li>Sindicato Patronal. </li></ul>
  10. 10. FORMALIZAÇÃO DO NEGÓCIO <ul><li>ENQUADRAMENTO E BENEFÍCIOS </li></ul><ul><li>Simples Federal - SUPERSIMPLES </li></ul><ul><ul><li>Microempresa (M.E) – faturamento de até R$ 240.000,00 p/ano; </li></ul></ul><ul><ul><li>Empresa de Pequeno Porte (E.P.P.) – acima de R$ 240.000,00 até R$ 2.400.000,00 p/ano. </li></ul></ul><ul><ul><li>Opção – Receita Federal (C.N.P.J.) </li></ul></ul>
  11. 11. FORMALIZAÇÃO DO NEGÓCIO <ul><li>ENQUADRAMENTO E BENEFÍCIOS </li></ul><ul><li>Simples Federal </li></ul><ul><ul><li>Benefícios: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Simplificação no recolhimento dos tributos; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Redução da carga tributária; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Compras governamentais; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Exportação. </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Impedidas: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Construção Civil (serviço de grande porte); </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Profissional Habilitado – Trabalho intelectual; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Atacadistas. </li></ul></ul></ul>
  12. 12. FORMALIZAÇÃO DO NEGÓCIO <ul><li>OUTRAS EXIGÊNCIAS </li></ul><ul><li>Vigilância Sanitária; </li></ul><ul><li>Órgão Estadual de Fiscalização das Atividades Industriais e Poluidoras; </li></ul><ul><li>IBAMA; </li></ul><ul><li>Policia Federal; </li></ul><ul><li>Conselho Regional da Categoria Profissional; </li></ul><ul><li>EMBRATUR. </li></ul>
  13. 13. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS <ul><li>Cópia da Carteira de Identidade (empresário ou sócios); </li></ul><ul><li>Cópia do CPF (empresário ou sócios); </li></ul>
  14. 14. DADOS NECESSÁRIOS <ul><li>Denominação Social </li></ul><ul><li>Nome de Fantasia </li></ul><ul><li>Atividade Econômica </li></ul><ul><li>Endereço – Identificação imobiliária </li></ul><ul><li>Capital Social (investimento inicial) </li></ul>
  15. 15. Valores das Taxas <ul><li>Empresário R$ 95,05 </li></ul><ul><li>Sociedade Empresária R$ 203,06 </li></ul>
  16. 16. SIMPLES NACIONAL <ul><li>Inclusão do ICMS e do ISS </li></ul><ul><li>As novas alíquotas passam a variar da </li></ul><ul><li>seguinte forma: </li></ul><ul><ul><li>Comércio – 4% a 11,61% (já incluído o ICMS) </li></ul></ul><ul><ul><li>Indústria – 4,5% a 12,11% (já incluído o ICMS) </li></ul></ul><ul><ul><li>Serviços I – 6% a 17,42% (já incluído o ISS) </li></ul></ul><ul><ul><li>Serviços II – 4,5% a 16,85% (já incluído o ISS) + 20% de INSS sobre a folha </li></ul></ul><ul><ul><li>Serviços III – 6% a 18,5% (já incluído o ISS) + 20% de INSS sobre a folha </li></ul></ul><ul><li>A redução média estimada para quem já é optante do Simples é da ordem de 20% e para quem não é pode chegar a 70%. </li></ul>
  17. 17. FORMALIZAÇÃO DO NÉGOCIO <ul><li>Preciso saber de algo mais? </li></ul><ul><li>A escolha do sócio </li></ul><ul><li>O papel do Contabilista </li></ul>

×