Os Reis que vem do Oriente - IntroduçãoPor Louis F. Were      Todas as profecias dos últimos dias graficamente retratam o ...
6ª. praga e a vinda dos Reis do nascimento do sol. O ponto principal da mensagempessoal do Senhor a seu povo remanescente,...
“Toda a verdade é certa, e nada mais está certo; e todo aquele que esconde averdade, ou a detém do homem, por experiência,...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Os reis que vem do oriente

787 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
787
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os reis que vem do oriente

  1. 1. Os Reis que vem do Oriente - IntroduçãoPor Louis F. Were Todas as profecias dos últimos dias graficamente retratam o conflito final e anecessidade para que a igreja esteja completamente preparada para a mais terrível lutade toda a história. O Espírito de Profecia declara:“Diante de nós está uma crise terrível. As vidas de muitos se apagarão nastrevas". (Watchman, 2 de abril de 1906).“A grande controvérsia entre o bem e o mal há de assumir proporções cada vezmaiores até o seu final desenlace. ... E toda habilidade e astúcia satânicasadquiridas, toda a crueldade desenvolvida nessa luta de longos séculos, serãoempregadas contra o povo de Deus no conflito final.” (GC, pág. 7)“A mais vívida descrição não pode atingir a grandeza daquela prova. Naqueletempo de provações, toda alma deverá por si mesma estar em pé peranteDeus.” (GC, pág. 622).“Ao aproximar-se a tempestade, uma classe numerosa que tem professado féna mensagem do terceiro anjo, ... abandona sua posição, passando para asfileiras do adversário.” (GC, pág. 608).“Logo o povo de Deus será provado por ardentes provas, e a grande proporçãodos que agora parecem genuínos e verdadeiros, demonstrar-se-á metal vil. Emvez de se fortalecerem e confirmarem com a oposição, as ameaças e abusos,tomarão covardemente o lado dos oponentes. ... Permanecer em defesa daverdade e justiça quando a maioria nos abandona, ferir as batalhas do Senhorquando são poucos os campeões – essa será nossa prova.” (TestemunhosSeletos, vol. 2, p. 31). Somente uma classe de adventistas permanecerá firme através da luta tremendavindoura – aqueles que aprenderam como se “vestir com a couraça da justiça de Cristo”.A serva do Senhor escreveu: “Vestidos com as armaduras da justiça de Cristo, a igrejadeve entrar no conflito final". (PR., pág. 725). Portanto, é imperativo que todos os filhosde Deus, aprendam pessoalmente como obter e por esta “armadura da justiça de Cristo”.Todas as profecias dos últimos dias encarecem este item, porém a mais impressionantede todas elas, é que apresenta o segredo de conhecer, como obter esta "armadura dajustiça de Cristo", é a mensagem pessoal do Senhor à Sua igreja nessa profecia doArmagedom. (Apoc. 16: 12-16, etc.). É por causa disto, que a mensagem especial deDeus a seu povo remanescente, adverte o povo de Deus a respeito de seu perigoiminente, e como podem estar preparados para enfrentá-lo, que Satanás introduziu tantaconfusão e desentendimento a respeito de profecia que saliente a arregimentação dasforças do grande dia do Deus Todo-poderoso. O secamento das águas do Eufrates pela
  2. 2. 6ª. praga e a vinda dos Reis do nascimento do sol. O ponto principal da mensagempessoal do Senhor a seu povo remanescente, pois Ele é o Revelador, veja Apoc. 22:16;CS., pág. 342), com respeito ao Armagedom vindouro é um apelo para que seu povo se"vista com armadura de sua justiça", antes de terminar o tempo de provação. Estude Apoc. 16:15, que é citado pelo Espírito de Profecia, com referência ao fimdo tempo de provas, e da necessidade de ser "vestido com a armadura da justiça deCristo (PJ., 319; DTN, págs. 635, 636). Portanto, como o próprio Senhor encareceu o assunto da justiça pela fé em Suamensagem do Armagedom, toda a consideração de qualquer aspecto daquela mensagemseparada do tema da justificação pela fé, é apenas uma patética perversão da profecia.Quando estudada à luz do tema vital da justificação pela fé, o esboço profético relativo àvinda dos Reis do Nascimento do Sol, torna-se um dos mais encorajadores e maisestimulantes de todos os assuntos escatológicos. A interpretação que aplica os Reis do Nascimento do Sol, às nações do orientenão têm aplicação sobre o assunto da justificação pela fé e por causa deste fato só éassim revelada como um assunto falso para com a verdade que nosso Senhor Jesusapresentou em seu livro Apocalipse. Um grande número de professores, líderes deBiblia e estudantes entre os Adventistas do Sétimo Dia, não crê na interpretação queaplica Apocalípse 16:12 às assim chamadas nações “pagãs” do “Oriente”. Em julho de 1950 um questionário foi entregue diante de uma reunião na PacificUnion College, Angwin, Califórnia, USA., de representantes dos departamentosteológicos de todos os nossos colégios na América do Norte, a fim de perguntar aosprofessores de Bíblia presentes a respeito de assuntos como os Reis do Nascimento doSol, Armagedom, etc. As informações obtidas por aquele Questionário foi muitoanimador, pois ele revelou uma unanimidade marcante entre nossos líderes eprofessores de Bíblia. Para nosso objetivo presente, vai ser suficiente dar a resposta aduas perguntas feitas no Questionário. Quando perguntadas quantos criam que“Armagedom” e uma batalha entre as nações do Oriente e do Ocidente. “NENHUMrespondeu afirmativamente. A mesma unânime resposta negativa foi obtida para apergunta: “São os reis do oriente poderes terrestres?” A maioria disse que cria que os“reis do Oriente são Cristo como Rei dos Reis e Senhor dos Senhores, e aqueles queestão com Ele”. (Apoc. 17:14)”. Estes fatos deviam ser conhecidos entre o povo de Deus, particularmente naAustrália, onde tem havido um considerável super-ênfase sobre a errônea interpretaçãode que os “reis do nascimento do sol” se refere às nações “pagãs” do “Oriente”.Desafortunadamente, em algumas de nossas reuniões evangélicas e pelo rádio, ainterpretação errada ainda está sendo apresentada como se fosse o único ensino"ortodoxo" aceito pelos Adventistas do Sétimo Dia. Porém, será claramente visível dasrespostas ao Questionário feito no Concílio de professores de Bíblia de Colégiosem1950 que o ensino que declara os Reis do Nascimento do Sol de serem as assimchamadas nações "pagãs" do oriente, e o Armagedom de ser uma batalha entre asnações do Oriente e do Ocidente era unimemente rejeitado pelos Professores de Bíbliados Colégios que estiveram reunidos em Concílio naquele tempo. A fim de ventilar algumas das razões por que tantos professores adventistas dosétimo dia e estudantes das Sagradas Letras não criam e não podiam crer que os Reis doNascimento do Sol que são lançados em grande projeção nos delineamentos proféticosna poderosa hora climática se referem às nações orientais da Terra, mas sim referem-seà vinda dos exircitos dos Céus para libertar o povo de Deus e para destruir seusopressores babilônicos, este livro foi escrito. Louis F. Were
  3. 3. “Toda a verdade é certa, e nada mais está certo; e todo aquele que esconde averdade, ou a detém do homem, por experiência, ou é um covarde ou um criminoso, ouambas as cousas.” Max Müller.

×