Encontro com as profecias 5 trombeta

1.053 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.053
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Encontro com as profecias 5 trombeta

  1. 1. ENCONTRO COM AS PROFECIAS 234Concluímos no ultimo programa o estudo da quarta trombeta. Ainda temos que estudaras outras três e elas são muito importantes para compreendermos o que aconteceu nomundo político e religioso, só que agora no Oriente.As primeiras quatro trombetas tinham a ver com o mundo político, principalmente como Império romano ocidental. Já as três restantes se referem à Roma Oriental, com sedeem Constantinopla.Durante séculos o império romano causou grandes estragos ao cristianismo. Perseguiu edepois contaminou, com a suposta conversão do imperador Constantino, o corpo dedoutrinas da igreja.A mensagem profética do quinto selo diz o seguinte: “E o quinto tocou a sua trombeta, evi uma estrela que do céu caiu na terra; e foi-lhe dada a chave do poço do abismo. Eabriu o poço do abismo, e subiu fumo do poço, como o fumo de uma grande fornalha, ecom o fumo do poço escureceu-se o sol e o ar” (Apocalipse 9:1-2).Você já percebeu que cada vez que tocava uma trombeta, sempre acontecia algoimportante? Deus, ao longo da história, esteve tocando as trombetas. O sinais e osavisos sempre foram dados, porém, a maioria não se importou as profecias e recados docéu.As trombetas também são avisos de Deus de que um juízo maior está para cair sobreeste mundo. O império romano ocidental e oriental foi, inicialmente, escolhido por Deuspara que o mundo visse a maneira como Ele trata o pecado e os pecadores. As trombetasanunciaram a queda completa de Roma, que prefigurava a destruição futura de todo umplaneta.Na profecia, João afirma que viu uma estrela caindo do céu na terra. O que ele queriadizer com esta declaração? Você lembra que na terceira trombeta também é dito de umaestrela caindo sobre a terça parte dos rios e fontes das águas? Já esta estrela não tem umlugar definido para cair.O profeta está dizendo que a ação desta estrela será diferente da anterior. Ela terá umaatuação sobre toda a terra e não apenas numa parte como foi Átila, na terceira trombeta.O que João está dizendo é que a atuação deste poder seria em todo o planeta e portempo indefinido.Outro detalhe importante é que este novo poder – ou novo líder – surgiria após adestruição ou queda do Império romano do ocidente, com sede em Roma, pois os toquesdas trombetas seguem a ordem cronologia.E que líder surgiu após a queda do império romano ocidental? A história nos ajuda aentender a profecia. “O único líder de importância que surgiu na terra, e que, por suaspretensões chamou a atenção do mundo e que contribuiu para a queda do que restava daRoma, no Oriente foi Maomé, o líder vivo e morto dos adeptos da religião que trás o seunome – o islamismo. Somente o caráter de Maomé, sua obra e sua religião encaixam-seperfeitamente no teor desta profecia da quinta trombeta. Foi pela força das armas que
  2. 2. Maomé fez-se aceitar por seus compatriotas, como o único senhor da Arábia, nação queàquela altura, se havia transformado em o “poço do abismo” desta profecia” (A verdadesobre o Apocalipse, 2ª. Ed. 1982, pg.139-140).A profecia diz que para esta estrela foi dada a chave do poço do abismo. Segundo boaparte dos teólogos, Maomé recebeu a chave para liderar a Arábia. Nesse tempo, essaparte do mundo vivia um caos político, nenhum governo central para unificar as tribos,que viviam em constante conflito.Maomé conseguiu unir os árabes em torno dele, e passou a ter, então, plena autoridadepolítica e religiosa. Estava aberto o caminho para uma ditadura militar-religiosa e assim,abrir e fechar o “poço do abismo”, da forma que achasse melhor.Maomé nasceu em Meca, em 622 de nossa era. Alega ter recebido uma visão do anjoGabriel. Casou-se com uma viúva rica que investiu toda a fortuna dela na sua causa.Autodenominado profeta de Alá, ele desenvolveu conceitos absolutistas efundamentalistas para seus seguidores. O Alcorão é o livro sagrado dos islâmicos, comconceitos e teorias diferentes em grande parte da Bíblia Sagrada.Lembre que João havia dito que ao abrir o poço, grande fumaça sairia inundaria omundo. A escuridão seria tão grande que esconderia o sol e contaminaria o ar. Semdúvida o sol e o ar são vitais para a sobrevivência do ser humano. As doutrinasestranhas obscureceram a visão clara que o ser humano precisava ter de Deus, o Sol dajustiça; de Jesus, a luz do mundo. O ar ou vento, que é símbolo do Espírito Santo,também foi poluído, como toda a beleza do evangelho.A religião de Deus é fundamentada na liberdade e não no radicalismo ou fanatismo.Seja ele de qualquer ramificação ou fonte.No próximo programa vamos continuar estudando a quinta trombeta. Até lá e, lembre-se: creia no Senhor Deus para estar seguro. Creia nos profetas dEle para prosperar.No artigo anterior vimos que ao ser tocada a quinta trombeta, uma estrela caiu na terra eao abrir um poço, saiu uma fumaça que escureceu o sol e poluiu o ar. Entendemos queesse grande acontecimento sacudiu o mundo oriental com Maomé, assumindo aliderança política e religiosa do povo árabe.Antes disso, não havia um governo central. As inúmeras tribos viviam de formaindependente e um tanto caótica. E Maomé, que nasceu em 622 DC, surgiu do meiodesse abismo, desse caos político e impôs-se gradativamente até formar um governo decoalizão. Auto proclamado “profeta de Alá”, Maomé determinou as regras religiosas,através do Alcorão.O grande sonho de Maomé era transformar a Arábia na capital do mundo e declarar atodos que só Alá é Deus e Maomé é o seu profeta.
  3. 3. O texto profético diz que dessa situação sairia um grande exército, como gafanhotos,propagando esses ensinamentos. É interessante que a Arábia é comparada a gafanhotostambém em Juízes 6:3 e 5 – “Porque sucedia que, semeando Israel, subiram osmidianitas e os amalequitas; e também os do oriente contra ela subiram. Porque subiamcom os seus gados e tendas; vinham como gafanhotos, em tanta multidão que não sepodiam contar, nem a eles nem aos seus camelos; e entravam na terra para destruir”.O texto profético vai mais longe dizendo que eles não deviam atacar as árvoresfrutíferas. Maomé cumpriu exatamente isso ao ordenar: “Não destruais as palmeiras,nem queimeis os campos de cereais. Não derribeis nenhuma arvore frutífera” (Averdade sobre o Apocalipse, 2ª. Ed. 1982 p.143).Lendo o começo do capítulo nove, você percebe que o ataque seria direcionado “aoshomens que não têm o selo de Deus sobre a fronte” (9:4). E qual é o sinal de Deus que écolocado simbolicamente na testa? A Bíblia é clara ao dizer qual é o sinal de Deus que,simbolicamente, está na testa, ou na mente do ser humano. Ezequiel 20:12 – “E tambémlhes dei os meus sábados, para que servissem de sinal entre mim e eles; para quesoubessem que Eu sou o Senhor que os santifica”.Na profecia, apenas este grupo de pessoas devia ser respeitado, ou seja, os que tem osinal de Deus em suas testas. A Bíblia diz, como já vimos, que este sinal é a santificaçãodo dia de sábado como o dia de descanso e de adoração a Deus.O curioso é que o cristianismo apostatado, que não tem esse selo de Deus, foi durantemuitos anos atormentado, castigado pelos exércitos de Maomé. Fato semelhante nósencontramos nos dias do povo de Israel. Os juízos divinos vinham a eles quandonegligenciavam as leis de Deus, da mesma forma, os cristãos apostatados estavamsendo punidos com a ação de mais um guerreiro descrente.O tormento, segundo o verso 5, duraria cinco meses. Como em profecia um dia equivalea um ano, foram, então, 150 dias/anos. Exatamente 150 anos foi o tempo em que oscristãos nominais ou apostatados foram torturados e não mortos pelo império turco,seguidor dos ensinos de Maomé.O objetivo de tudo isso era tomar Constantinopla, sede do império romano do oriente. Enão estava fácil. Os historiadores dizem que “quando os turcos vindos da Ásia Centralaceitaram o islamismo e se uniram aos árabes na guerra contra Roma, no Oriente, entãotudo mudou e começou a partir daí o período de tormento por cinco meses ou 150 anos.… O tormento para os cristãos apostatados que estavam dentro de Constantinoplacomeçou no dia 27 de julho de 1299 e foi até 27 de julho de 1449 (idem).O império Turco tornou-se o maior flagelo para os cristãos que estavam no Oriente.Após Constantinopla ser invadida pelos turcos convertidos ao islamismo, os habitantesdo lugar enfrentaram o pior tormento já experimentado por cristãos que não tinham osinal de Deus em suas testas.Constantinopla havia vivido uma vida de desprezo a Deus e de perseguição aos quefaziam da Bíblia sua regra de vida. A partir daí, Roma oriental foi humilhada pelosturcos e árabes. A humilhação foi tanta a ponto de quererem morrer e nem isso lhes erapermitido. Eram torturados ao extremo, porém, não os matavam. A profecia se
  4. 4. confirmava: “o seu tormento era como tormento de escorpião quando fere alguém”(verso 5).Era o cumprimento irreversível da quinta trombeta. Uma comunidade, que se diziacristã, penava nas mãos dos invasores porque não tinha o selo de Deus.Amigo ouvinte, a religião de aparência nunca rendeu bons frutos. Cristianismo defachada, baseado em tradições e teorias humanas, não dá certo. Um dia, a casa cai!Como caiu o império romano do ocidente, caiu o do oriente e os falsos cristãos pagaramum preço bastante alto.Deus não está dormindo e nem está morto. Deus está vivo e atento às coisas que estãoacontecendo no planeta Terra. E no tempo certo Ele virá para colocar um fim nessesistema opressivo e corrupto que domina amplamente o nosso planeta.O acerto de contas não será com um país ou continente. Tampouco com esta ou aquelareligião. O ajuste será com todos, indistintamente. Estamos preparados? Temos o sinalde Deus na mente e no coração?Creia no Senhor Deus para ficar seguro. Creia nos profetas dEle para prosperar.

×