SlideShare uma empresa Scribd logo

A historia da gestalt

Diego Avila
Diego Avila
Diego AvilaProfessor em Universidade Luterana do Brasil

A historia da gestalt

1 de 14
Baixar para ler offline
A
                HISTÓRIA
                       DA
             GESTALT
Disciplina: Elementos da Comunicação Visual
                         Professor: Diego Ávila
• Escola de Psicologia experimental;
       • Criada no início do século XX.
                                   São vários os citados como fundadores desta
                                teoria, porém no início seus estudos visavam a
                   psicologia, filosofia e o comportamento humano diante de
                                              certos momentos ou apreciações.
                         CO-FUNDADORES:
                                  Max Wertheimer - Kurt Koffka - Wolfgang Köhler
Disciplina:
Elementos da Comunicação Visual
                                   Seu precursor é Von Ehrenfels, filosofo vienense.
Professor:
Diego Ávila
                                                                     (ENGELMANN, 2002)
BEHAVIORISMO
      • BEHAVIORISMO: provém do termo inglês behavior
      (comportamento, conduta), originando em 1913 no continente
      americano, uma escola de pensamento funcionalista, pelos estudos
      de John B. Watson (principal fundador) e também Frederick Skinner.

                                                                       GESTALT
                                       • GESTALT: dominava os estudos da psicologia na
                                             Alemanha, datada desde 1910 pelos seus
Disciplina:
                                        fundadores, independentemente opondo-se ao
Elementos da Comunicação Visual
                                                      Behaviorismo em seus conceitos.
Professor:
Diego Ávila
                                  NASCIMENTOS SIMILARES PORÉM COM ALGUMAS DIFERENÇAS
O Behaviorismo segundo um de seus percursores, Frederick Skinner, aproximou-
    se muito do pragmatismo de James e Peirce.


               Os psicólogos behavioristas estudavam os eventos ambientais
              (estímulos), o comportamento observável (respostas) e como a
                 experiência influenciava o comportamento, as aptidões e os
                                                        traços das pessoas.


                                   Considera que o objetivo da Psicologia é o
                                           estudo do comportamento de um
Disciplina:
Elementos da Comunicação Visual   organismo (pessoa ou animal) em interação
Professor:
Diego Ávila                                                 com o ambiente.
A Psicologia da Gestalt pode ser também vista como a Psicologia da forma.

           Aos gestaltistas interessa muito saber sobre os significados que
          os seres humanos impõem aos objetos e acontecimentos de seu
            mundo, a percepção, a solução de problemas e o pensamento.
                   A Gestalt estuda o motivo pelo qual algumas formas agradam mais que
                                                                               outras.
                                    Considera que o objetivo da Psicologia é o estudo
                                  da experiência de um organismo total, com ênfase à
                                   percepção. Ocupando-se da análise dos elementos
Disciplina:
Elementos da Comunicação Visual
                                             essenciais que existem nos processos de
Professor:                         organização, que por sua vez reúnem os elementos
Diego Ávila
                                             da experiência numa unidade complexa.
Dentre as influências que antecedem a psicologia da Gestalt encontram-se os
      trabalhos do filosofo alemão Immanuel Kant (1724-1804), onde apresenta a
      idéia de que os elementos ou objetos percebidos são organizados mentalmente
      de forma que apresente algum sentido e não por meio de associações.

               Ernst Mach (1838-1916): professor de física que exerceu influência direta
                sobre a Gestalt, onde especifica que a percepção de um objeto não muda
               mesmo que este sofra uma modificação referente a sua orientação, ou seja
                    uma formula circular pode ser preta ou branca, grande ou pequena e
                                   mesmo assim manter sua qualidade elementar circular.



Disciplina:
Elementos da Comunicação Visual

Professor:
Diego Ávila

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Aula 02 - Princípios da Gestalt
Aula 02 - Princípios da GestaltAula 02 - Princípios da Gestalt
Aula 02 - Princípios da Gestalt
 
Gestalt
GestaltGestalt
Gestalt
 
Psicologia gestalt
Psicologia gestaltPsicologia gestalt
Psicologia gestalt
 
Fenomenologia e a psicologia
Fenomenologia e a psicologiaFenomenologia e a psicologia
Fenomenologia e a psicologia
 
Gestalt-Terapia
Gestalt-TerapiaGestalt-Terapia
Gestalt-Terapia
 
História da psicologia
História da psicologiaHistória da psicologia
História da psicologia
 
Gestalt para apresentar
Gestalt para apresentarGestalt para apresentar
Gestalt para apresentar
 
Introdução à psicologia
Introdução à psicologiaIntrodução à psicologia
Introdução à psicologia
 
Fenomenologia
FenomenologiaFenomenologia
Fenomenologia
 
Behaviorismo
BehaviorismoBehaviorismo
Behaviorismo
 
Behaviorismo clássico e teóricos
Behaviorismo clássico e teóricosBehaviorismo clássico e teóricos
Behaviorismo clássico e teóricos
 
Aspectos históricos, teóricos e terapêuticos da Gestalt-Terapia
Aspectos históricos, teóricos e terapêuticos da Gestalt-TerapiaAspectos históricos, teóricos e terapêuticos da Gestalt-Terapia
Aspectos históricos, teóricos e terapêuticos da Gestalt-Terapia
 
Gestalt
GestaltGestalt
Gestalt
 
Estruturalismo
EstruturalismoEstruturalismo
Estruturalismo
 
GESTALT
GESTALTGESTALT
GESTALT
 
Fenomenologia - uma breve introdução
Fenomenologia - uma breve introduçãoFenomenologia - uma breve introdução
Fenomenologia - uma breve introdução
 
Processos psicológicos básicos psicologia
Processos psicológicos básicos   psicologia Processos psicológicos básicos   psicologia
Processos psicológicos básicos psicologia
 
Gestalt
GestaltGestalt
Gestalt
 
Gestaltpedagogia
GestaltpedagogiaGestaltpedagogia
Gestaltpedagogia
 
Introdução à fenomenologia
Introdução à fenomenologiaIntrodução à fenomenologia
Introdução à fenomenologia
 

Destaque

Gestalt Terapia - Psicologia
Gestalt Terapia - PsicologiaGestalt Terapia - Psicologia
Gestalt Terapia - PsicologiaAdriane Fernandes
 
Pré Requisitos Para Aprendizagem Relacional em Crianças com Histórico de Frac...
Pré Requisitos Para Aprendizagem Relacional em Crianças com Histórico de Frac...Pré Requisitos Para Aprendizagem Relacional em Crianças com Histórico de Frac...
Pré Requisitos Para Aprendizagem Relacional em Crianças com Histórico de Frac...Ana Arantes
 
Técnicas de modelagem de teste (parte 1)
Técnicas de modelagem de teste (parte 1)Técnicas de modelagem de teste (parte 1)
Técnicas de modelagem de teste (parte 1)Fabrício Campos
 
Princípios de análise do comportamento
Princípios de análise do comportamentoPrincípios de análise do comportamento
Princípios de análise do comportamentocarolmorbach
 
Definições e conceitos básicos em análise do comportamento
Definições e conceitos básicos em análise do comportamentoDefinições e conceitos básicos em análise do comportamento
Definições e conceitos básicos em análise do comportamentoNilson Dias Castelano
 
Análise do Comportamento Aplicada: usando avaliação funcional para identifica...
Análise do Comportamento Aplicada: usando avaliação funcional para identifica...Análise do Comportamento Aplicada: usando avaliação funcional para identifica...
Análise do Comportamento Aplicada: usando avaliação funcional para identifica...Ana Arantes
 
Análise do comportamento aplicada à educação
Análise do comportamento aplicada à educaçãoAnálise do comportamento aplicada à educação
Análise do comportamento aplicada à educaçãoIara Andriele Carvalho
 
Esquema de reforçamento
Esquema de reforçamentoEsquema de reforçamento
Esquema de reforçamentoTiago Malta
 
Análise de correlação
Análise de correlaçãoAnálise de correlação
Análise de correlaçãoEconomia Silva
 
CéLulas Tronco (Power Point)
CéLulas Tronco (Power Point)CéLulas Tronco (Power Point)
CéLulas Tronco (Power Point)Bio
 

Destaque (20)

Gestalt Terapia - Psicologia
Gestalt Terapia - PsicologiaGestalt Terapia - Psicologia
Gestalt Terapia - Psicologia
 
Teoria humanista
Teoria humanistaTeoria humanista
Teoria humanista
 
Teoria Humanista de Rogers
Teoria Humanista de RogersTeoria Humanista de Rogers
Teoria Humanista de Rogers
 
Kurt goldstein
Kurt goldsteinKurt goldstein
Kurt goldstein
 
Humanismo aula 1
Humanismo aula 1Humanismo aula 1
Humanismo aula 1
 
Humanismo
HumanismoHumanismo
Humanismo
 
Existencial - Humanista
Existencial - HumanistaExistencial - Humanista
Existencial - Humanista
 
Leis da Gestalt
Leis da GestaltLeis da Gestalt
Leis da Gestalt
 
Pré Requisitos Para Aprendizagem Relacional em Crianças com Histórico de Frac...
Pré Requisitos Para Aprendizagem Relacional em Crianças com Histórico de Frac...Pré Requisitos Para Aprendizagem Relacional em Crianças com Histórico de Frac...
Pré Requisitos Para Aprendizagem Relacional em Crianças com Histórico de Frac...
 
Técnicas de modelagem de teste (parte 1)
Técnicas de modelagem de teste (parte 1)Técnicas de modelagem de teste (parte 1)
Técnicas de modelagem de teste (parte 1)
 
Princípios de análise do comportamento
Princípios de análise do comportamentoPrincípios de análise do comportamento
Princípios de análise do comportamento
 
Definições e conceitos básicos em análise do comportamento
Definições e conceitos básicos em análise do comportamentoDefinições e conceitos básicos em análise do comportamento
Definições e conceitos básicos em análise do comportamento
 
Análise do Comportamento Aplicada: usando avaliação funcional para identifica...
Análise do Comportamento Aplicada: usando avaliação funcional para identifica...Análise do Comportamento Aplicada: usando avaliação funcional para identifica...
Análise do Comportamento Aplicada: usando avaliação funcional para identifica...
 
Análise do comportamento aplicada à educação
Análise do comportamento aplicada à educaçãoAnálise do comportamento aplicada à educação
Análise do comportamento aplicada à educação
 
Gestalt Slides
Gestalt SlidesGestalt Slides
Gestalt Slides
 
Equivalência de estímulos
Equivalência de estímulosEquivalência de estímulos
Equivalência de estímulos
 
Esquema de reforçamento
Esquema de reforçamentoEsquema de reforçamento
Esquema de reforçamento
 
Condutas
CondutasCondutas
Condutas
 
Análise de correlação
Análise de correlaçãoAnálise de correlação
Análise de correlação
 
CéLulas Tronco (Power Point)
CéLulas Tronco (Power Point)CéLulas Tronco (Power Point)
CéLulas Tronco (Power Point)
 

Semelhante a A historia da gestalt

Semelhante a A historia da gestalt (20)

Escolas da Psicologia 1a. Aula
Escolas da Psicologia 1a. AulaEscolas da Psicologia 1a. Aula
Escolas da Psicologia 1a. Aula
 
37280slides aula desenvolvimento humano, psicologgia da educaçao
37280slides aula desenvolvimento humano, psicologgia da educaçao37280slides aula desenvolvimento humano, psicologgia da educaçao
37280slides aula desenvolvimento humano, psicologgia da educaçao
 
Cor na psicologia
Cor na psicologiaCor na psicologia
Cor na psicologia
 
Psicologia Gestalt.pptx
Psicologia Gestalt.pptxPsicologia Gestalt.pptx
Psicologia Gestalt.pptx
 
Introdução
IntroduçãoIntrodução
Introdução
 
Introdução - Psicologia da Educação
Introdução - Psicologia da EducaçãoIntrodução - Psicologia da Educação
Introdução - Psicologia da Educação
 
Psicologia da Educação
Psicologia da Educação Psicologia da Educação
Psicologia da Educação
 
PSICOLOGIA.pdf
PSICOLOGIA.pdfPSICOLOGIA.pdf
PSICOLOGIA.pdf
 
Psicologia da educação 1
Psicologia da educação 1Psicologia da educação 1
Psicologia da educação 1
 
Abordagem integrativo interdisciplinar
Abordagem integrativo interdisciplinarAbordagem integrativo interdisciplinar
Abordagem integrativo interdisciplinar
 
Aula wundt
Aula   wundtAula   wundt
Aula wundt
 
Psicologia conceitos
Psicologia   conceitosPsicologia   conceitos
Psicologia conceitos
 
Jean Piaget
Jean PiagetJean Piaget
Jean Piaget
 
Aula de psicologia
Aula de psicologiaAula de psicologia
Aula de psicologia
 
Aula Funcionalismo.pdf
Aula Funcionalismo.pdfAula Funcionalismo.pdf
Aula Funcionalismo.pdf
 
História da psicologia
História da psicologiaHistória da psicologia
História da psicologia
 
Manual de psicologia aplicada
Manual de psicologia aplicadaManual de psicologia aplicada
Manual de psicologia aplicada
 
Psicologia Esse
Psicologia EssePsicologia Esse
Psicologia Esse
 
gestalt
gestaltgestalt
gestalt
 
A metodologia da pesquisa e a importância das imagens
A metodologia da pesquisa e a importância das imagensA metodologia da pesquisa e a importância das imagens
A metodologia da pesquisa e a importância das imagens
 

Mais de Diego Avila

Trabalho Acadêmico - PII Embalagem - Geratriz
Trabalho Acadêmico - PII Embalagem - GeratrizTrabalho Acadêmico - PII Embalagem - Geratriz
Trabalho Acadêmico - PII Embalagem - GeratrizDiego Avila
 
Elementos da fotografia básica
Elementos da fotografia básicaElementos da fotografia básica
Elementos da fotografia básicaDiego Avila
 
Normas e leis sinalização
Normas e leis sinalizaçãoNormas e leis sinalização
Normas e leis sinalizaçãoDiego Avila
 
Materiais sinalização
Materiais sinalizaçãoMateriais sinalização
Materiais sinalizaçãoDiego Avila
 
Percepcao_visual_formas
Percepcao_visual_formasPercepcao_visual_formas
Percepcao_visual_formasDiego Avila
 
Imagens, signos, objetos e logogramas
Imagens, signos, objetos e logogramasImagens, signos, objetos e logogramas
Imagens, signos, objetos e logogramasDiego Avila
 

Mais de Diego Avila (7)

Trabalho Acadêmico - PII Embalagem - Geratriz
Trabalho Acadêmico - PII Embalagem - GeratrizTrabalho Acadêmico - PII Embalagem - Geratriz
Trabalho Acadêmico - PII Embalagem - Geratriz
 
Elementos da fotografia básica
Elementos da fotografia básicaElementos da fotografia básica
Elementos da fotografia básica
 
Normas e leis sinalização
Normas e leis sinalizaçãoNormas e leis sinalização
Normas e leis sinalização
 
Materiais sinalização
Materiais sinalizaçãoMateriais sinalização
Materiais sinalização
 
Semiotica_ecv
Semiotica_ecvSemiotica_ecv
Semiotica_ecv
 
Percepcao_visual_formas
Percepcao_visual_formasPercepcao_visual_formas
Percepcao_visual_formas
 
Imagens, signos, objetos e logogramas
Imagens, signos, objetos e logogramasImagens, signos, objetos e logogramas
Imagens, signos, objetos e logogramas
 

Último

De acordo com as situações apresentadas abaixo, leia com atenção responda o q...
De acordo com as situações apresentadas abaixo, leia com atenção responda o q...De acordo com as situações apresentadas abaixo, leia com atenção responda o q...
De acordo com as situações apresentadas abaixo, leia com atenção responda o q...AcademiaDlassessoria
 
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA: SABERES DIGITAIS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA: SABERES DIGITAIS - 51/2024ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA: SABERES DIGITAIS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA: SABERES DIGITAIS - 51/2024taynaradl79
 
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...AcademiaDL
 
Todo ser vivo gasta energia a todo o momento para manter as diversas atividad...
Todo ser vivo gasta energia a todo o momento para manter as diversas atividad...Todo ser vivo gasta energia a todo o momento para manter as diversas atividad...
Todo ser vivo gasta energia a todo o momento para manter as diversas atividad...Unicesumar
 
Explique, utilizando o conceito de margem de contribuição contábil, como essa...
Explique, utilizando o conceito de margem de contribuição contábil, como essa...Explique, utilizando o conceito de margem de contribuição contábil, como essa...
Explique, utilizando o conceito de margem de contribuição contábil, como essa...Unicesumar
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - MUSCULAÇÃO E EXERCÍCIOS RESISTIDOS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - MUSCULAÇÃO E EXERCÍCIOS RESISTIDOS - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - MUSCULAÇÃO E EXERCÍCIOS RESISTIDOS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - MUSCULAÇÃO E EXERCÍCIOS RESISTIDOS - 51/2024dlkauana81
 
Considerando esse trecho, analise a imagem abaixo e responda de formas simple...
Considerando esse trecho, analise a imagem abaixo e responda de formas simple...Considerando esse trecho, analise a imagem abaixo e responda de formas simple...
Considerando esse trecho, analise a imagem abaixo e responda de formas simple...Unicesumar
 
Desvendando o Segredo do Design: Transformando Apresentações .pdf
Desvendando o Segredo do Design: Transformando Apresentações  .pdfDesvendando o Segredo do Design: Transformando Apresentações  .pdf
Desvendando o Segredo do Design: Transformando Apresentações .pdfcadu900990
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...Unicesumar
 
b. Descreva os quatro tipos de força muscular apresentados na disciplina (for...
b. Descreva os quatro tipos de força muscular apresentados na disciplina (for...b. Descreva os quatro tipos de força muscular apresentados na disciplina (for...
b. Descreva os quatro tipos de força muscular apresentados na disciplina (for...Unicesumar
 

Último (10)

De acordo com as situações apresentadas abaixo, leia com atenção responda o q...
De acordo com as situações apresentadas abaixo, leia com atenção responda o q...De acordo com as situações apresentadas abaixo, leia com atenção responda o q...
De acordo com as situações apresentadas abaixo, leia com atenção responda o q...
 
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA: SABERES DIGITAIS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA: SABERES DIGITAIS - 51/2024ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA: SABERES DIGITAIS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA: SABERES DIGITAIS - 51/2024
 
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...
 
Todo ser vivo gasta energia a todo o momento para manter as diversas atividad...
Todo ser vivo gasta energia a todo o momento para manter as diversas atividad...Todo ser vivo gasta energia a todo o momento para manter as diversas atividad...
Todo ser vivo gasta energia a todo o momento para manter as diversas atividad...
 
Explique, utilizando o conceito de margem de contribuição contábil, como essa...
Explique, utilizando o conceito de margem de contribuição contábil, como essa...Explique, utilizando o conceito de margem de contribuição contábil, como essa...
Explique, utilizando o conceito de margem de contribuição contábil, como essa...
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - MUSCULAÇÃO E EXERCÍCIOS RESISTIDOS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - MUSCULAÇÃO E EXERCÍCIOS RESISTIDOS - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - MUSCULAÇÃO E EXERCÍCIOS RESISTIDOS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - MUSCULAÇÃO E EXERCÍCIOS RESISTIDOS - 51/2024
 
Considerando esse trecho, analise a imagem abaixo e responda de formas simple...
Considerando esse trecho, analise a imagem abaixo e responda de formas simple...Considerando esse trecho, analise a imagem abaixo e responda de formas simple...
Considerando esse trecho, analise a imagem abaixo e responda de formas simple...
 
Desvendando o Segredo do Design: Transformando Apresentações .pdf
Desvendando o Segredo do Design: Transformando Apresentações  .pdfDesvendando o Segredo do Design: Transformando Apresentações  .pdf
Desvendando o Segredo do Design: Transformando Apresentações .pdf
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
 
b. Descreva os quatro tipos de força muscular apresentados na disciplina (for...
b. Descreva os quatro tipos de força muscular apresentados na disciplina (for...b. Descreva os quatro tipos de força muscular apresentados na disciplina (for...
b. Descreva os quatro tipos de força muscular apresentados na disciplina (for...
 

A historia da gestalt

  • 1. A HISTÓRIA DA GESTALT Disciplina: Elementos da Comunicação Visual Professor: Diego Ávila
  • 2. • Escola de Psicologia experimental; • Criada no início do século XX. São vários os citados como fundadores desta teoria, porém no início seus estudos visavam a psicologia, filosofia e o comportamento humano diante de certos momentos ou apreciações. CO-FUNDADORES: Max Wertheimer - Kurt Koffka - Wolfgang Köhler Disciplina: Elementos da Comunicação Visual Seu precursor é Von Ehrenfels, filosofo vienense. Professor: Diego Ávila (ENGELMANN, 2002)
  • 3. BEHAVIORISMO • BEHAVIORISMO: provém do termo inglês behavior (comportamento, conduta), originando em 1913 no continente americano, uma escola de pensamento funcionalista, pelos estudos de John B. Watson (principal fundador) e também Frederick Skinner. GESTALT • GESTALT: dominava os estudos da psicologia na Alemanha, datada desde 1910 pelos seus Disciplina: fundadores, independentemente opondo-se ao Elementos da Comunicação Visual Behaviorismo em seus conceitos. Professor: Diego Ávila NASCIMENTOS SIMILARES PORÉM COM ALGUMAS DIFERENÇAS
  • 4. O Behaviorismo segundo um de seus percursores, Frederick Skinner, aproximou- se muito do pragmatismo de James e Peirce. Os psicólogos behavioristas estudavam os eventos ambientais (estímulos), o comportamento observável (respostas) e como a experiência influenciava o comportamento, as aptidões e os traços das pessoas. Considera que o objetivo da Psicologia é o estudo do comportamento de um Disciplina: Elementos da Comunicação Visual organismo (pessoa ou animal) em interação Professor: Diego Ávila com o ambiente.
  • 5. A Psicologia da Gestalt pode ser também vista como a Psicologia da forma. Aos gestaltistas interessa muito saber sobre os significados que os seres humanos impõem aos objetos e acontecimentos de seu mundo, a percepção, a solução de problemas e o pensamento. A Gestalt estuda o motivo pelo qual algumas formas agradam mais que outras. Considera que o objetivo da Psicologia é o estudo da experiência de um organismo total, com ênfase à percepção. Ocupando-se da análise dos elementos Disciplina: Elementos da Comunicação Visual essenciais que existem nos processos de Professor: organização, que por sua vez reúnem os elementos Diego Ávila da experiência numa unidade complexa.
  • 6. Dentre as influências que antecedem a psicologia da Gestalt encontram-se os trabalhos do filosofo alemão Immanuel Kant (1724-1804), onde apresenta a idéia de que os elementos ou objetos percebidos são organizados mentalmente de forma que apresente algum sentido e não por meio de associações. Ernst Mach (1838-1916): professor de física que exerceu influência direta sobre a Gestalt, onde especifica que a percepção de um objeto não muda mesmo que este sofra uma modificação referente a sua orientação, ou seja uma formula circular pode ser preta ou branca, grande ou pequena e mesmo assim manter sua qualidade elementar circular. Disciplina: Elementos da Comunicação Visual Professor: Diego Ávila
  • 7. A Gestalt é também considerada por muitos como um método, teoria e base para desenvolvimento de projetos tanto na área gráfica como em produto. Essa psicologia extraía dados de rigorosas experiências ligadas à percepção humana. Afirma ainda o autor Schultz (2005), que a Fenomenologia, um movimento ocorrido na filosofia, também influenciou a Gestalt, apresentando de certa forma um momento em que se pode observar uma provável ligação com a Semiótica. Disciplina: Elementos da Comunicação Visual Sendo uma experiência que não obtinha relato algum de Professor: observadores treinados ou que possuíam algum conhecimento Diego Ávila sistêmico.
  • 8. DEFINIÇÃO DA GESTALT SEGUNDO EHRENFELS: “Se cada um de 12 observadores ouvisse uma nota da melodia, a soma das experiências não corresponderia ao que seria percebido por alguém que ouvisse a melodia toda” Disciplina: Elementos da Comunicação Visual Professor: Diego Ávila
  • 9. Em meados de 1890, durante início da divulgação dos primeiros indícios de estudo da Gestalt, a compreensão desta se dava pelo aspecto “estético” em relação as formas. Já Ehrenfels desenvolveu um artigo chamado Über Gestaltqualitäten, ou em português Das qualidades gestálticas, onde explicava que a Gestalt era um conceito primordialmente psicológico, indo além de conceitos estéticos como era compreendida na época. Disciplina: Elementos da Comunicação Visual Professor: NOTA: Max Wertheimer foi discípulo de Ehrenfels quando Diego Ávila aluno em Praga, isto no período que começou em 1898.
  • 10. Nos primeiros anos do governo nazista na Alemanha, dois dos fundadores da Gestalt, Wertheimer e Köhler, o primeiro por ser judeu e o outro por ter-se oficialmente posicionado contra o nazismo, deixaram a Alemanha. Recebendo postos em universidades americanas, onde encontraram novamente Koffka que trabalhava lá desde 1927. Na época, a maioria dos americanos era behaviorista. Em 1941, faleceu Koffka. Em 1935 havia publicado um livro básico que contém a parte teórica e as principais pesquisas da psicologia da Gestalt. Foi traduzido para diversas línguas entre as quais o português. Dois anos depois da morte de Koffka, faleceu Wertheimer. Publicou em seus últimos anos um livro sobre o pensamento e solução de problemas. Disciplina: Elementos da Comunicação Visual Köhler, ao contrário de seus companheiros, viveu até Professor: Diego Ávila 1967. Continuou trabalhando na mesma universidade e, depois de aposentado, pesquisou junto ao Dartmouth College.
  • 11. Esta teoria da percepção visual surgiu para atender algumas necessidades, sendo que, uma delas é como resultado das experiências profissionais na concepção de diversos projetos nas áreas do Design Industrial e do Design Gráfico, como afirma Filho (2000). Muitos dos conceitos e fatores da organização formal estudados pelos psicólogos da Gestalt coincidiam exatamente com as preocupações e práticas projetuais relativas a concepção de produtos com configurações formais fundamentadas nos princípios de ordenação, equilíbrio, clareza e harmonia visual, alicerces da formulação (gestáltica) no campo da percepção da forma. Já para Baxter (1998) esse método (psicologia) se torna uma Disciplina: ferramenta de grande importância e deve ser adequadamente Elementos da Comunicação Visual integrada na gestão e desenvolvimento de componentes e Professor: Diego Ávila produtos. Criando relações funcionais entre as partes de um produto.
  • 12. Desde mais ou menos 1985, houve um renascimento da psicologia da Gestalt em países de língua inglesa. Trechos dos três autores clássicos voltam a ser “descobertos” e em seguida vieram a guiar pesquisas atuais. NO BRASIL Nilton Campos, médico mas professor de psicologia no Rio de Janeiro, caracterizou-se por possuir uma visão gestáltica da ciência. Esteve em contato com Köhler em Berlim, durante uma viagem na Alemanha em 1927. Disciplina: Elementos da Comunicação Visual Professor: Na bibliografia de Campos existem pelo menos vinte artigos Diego Ávila nitidamente gestaltistas, publicados.
  • 13. A GESTALT APRESENTA 8 LEIS OU PRINCÍPIOS • 1. Unidade • 2. Segregação • 3. Unificação • 4. Fechamento • 5. Continuidade • 6. Proximidade Disciplina: Elementos da Comunicação Visual • 7. Semelhança • Professor: Diego Ávila 8. Pregnância da forma
  • 14. ENGELMANN, Arno. A Psicologia da Gestalt e a Ciência Empírica Contemporânea. USP, São Paulo, 2002. Vol. 18 n. 1. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102- 37722002000100002&lng=es> Acesso em: 15 mai. 2007. FILHO, João Gomes. Gestalt do Objeto, Sistema de Leitura Visual da Forma. São Paulo: Escrituras, 2000. SCHULTZ, Duane P. História da psicologia moderna. São Paulo, SP: Pioneira Thomson Learning, 2005. Disciplina: Elementos da Comunicação Visual Professor: Diego Ávila