D. Fernando

4.035 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.035
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
488
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
38
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

D. Fernando

  1. 1. D. Fernando I <br />
  2. 2. D. Fernando I <br />A crise de 1383/1385<br />  <br />Como sabes, desde que Portugal foi fundado por D. Afonso Henriques, o nosso País sempre esteve envolvido em guerras com Castela.<br />Uma das épocas mais importantes desta longa guerra foi o episódio da Crise de 1383/85. Sem rei para governar Portugal, houve um momento complicado que, depois de ultrapassado, deu início à segunda dinastia de reis portugueses, a dinastia de Avis.<br />
  3. 3. D. Fernando I <br />O rei D. Fernando, estava há vários anos envolvido em pequenos conflitos com Castela por considerar que tinha direito ao trono do país vizinho, por ser neto de Sancho IV de Castela.<br />Envolve-se em guerras com Castela. Os exércitos, de um e de outro lado invadem terras e saqueiam povoações. O conflito termina em Março de 1371, pelo Tratado de Alcoutim, com intervenção de enviados do papa. <br />No entanto, a sorte nesta luta nunca esteve do seu lado, pelo que, após algumas batalhas perdidas (em 1369 e em 1381), o rei assinou um tratado de paz, que implicava o casamento de D. João I de Castela com a sua única filha, D. Beatriz.<br />
  4. 4. D. Fernando I <br />Após a paz com Castela, dedicou-se D. Fernando à administração do reino, mandou reparar muitos castelos e construir outros, e ordenou a construção de novas muralhas em redor de Lisboa e do Porto. <br />Com vista ao desenvolvimento da agricultura promulgou a Lei das Sesmarias. <br />Por esta lei impedia-se o pousio nas terras susceptíveis de aproveitamento e procurava-se aumentar o número de braços dedicados à agricultura. Durante o reinado de D. Fernando alargaram-se, também, as relações mercantis com o estrangeiro.<br />
  5. 5. D. Fernando I<br />No campo da cultura deu D. Fernando um enorme impulso à Universidade.<br />A 3 de Julho de 1377 ordenou a transferência da universidade de Coimbra para Lisboa <br />
  6. 6. D. Fernando I<br />Autorizou que os construtores de barcos de mais de cem tonéis cortassem a madeira necessária nas matas reais sem que para isso tivessem de pagar qualquer quantia. Os materiais importados para os barcos também estavam isentos de pagar direitos. <br />Em 1380 criou ainda a Companhia das Nausque funcionava como companhia de seguros, o que evitava a ruína dos homens do mar. <br />
  7. 7. D. Fernando I<br />D. Fernando aperfeiçoa o exército, manda construir castelos e muralhas em Santarém, Óbidos, Coimbra, Viana, Leiria, Alenquer, Évora, Lisboa e Porto. <br />
  8. 8. D. Fernando I <br /> Nono rei de Portugale último da primeira dinastia.<br />Nasceu: Lisboa, 31 de Outubro de 1345.<br />Morreu: 22 de Outubro de 1383.<br /> Era filho do rei D. Pedro I e sua mulher, D. Constança de Castela.<br />Subiu ao trono com 22 anos.<br />
  9. 9. D. Fernando I: resumindo<br />D. Fernando – O Formoso :devido à sua beleza<br /> Protegeu a agricultura, o comércio e a indústria<br /> Protegeu as cidades de Lisboa e Porto, construindo fortes muralhas<br /> Publicou a Lei das Sesmarias<br /> <br /> Tinha como objectivo combater a crise da agricultura<br /> Obrigava todos os que tivessem terras a cultivá-las<br /> <br /> Morreu em 1383 não deixando um sucessor para o trono de Portugal<br /> <br />A Crise de 1383 – 1385<br /> <br /> Após a morte de D. Fernando, foi a sua mulher que ocupou a regência do país, mas o povo, descontente, organizou uma revolta para afastá-la do poder. Para chefiar esta revolta, escolheram D. João, Mestre de Avis .<br /> <br />

×