Grupo sanguíneo abo

2.309 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.309
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
773
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Grupo sanguíneo abo

  1. 1. Escola Secundária Dr. Augusto César da Silva Ferreira Disciplina de Biologia 12º ano 2009-2010 Incompatibilidades Sanguineas Unidade 3: Imunidade e Controlo de doenças Professora Cidália Santos de Aguiar
  2. 2. Introdução Importância Clínica (In)Compatibilidade Síntese Grupos Sanguíneos No inicio do Século XX foram descobertos os grupos sanguíneos Aglutinação quando combinado sangue de diversas pessoas… Algumas pessoas morriam após transfusões Cada pessoa possui um conjunto diferente de antigénios eritrocitários Karl Landsteiner (austríaco) Actualmente existem cerca de 27 sistemas antigénicos conhecidos!
  3. 3. Introdução Introdução Introdução Pigmentosde Metamorfismo Importância Clínica Factores Fotossintéticos Etapas daMetamórficas (In)Compatibilidade Rochas Fotossíntese Síntese Síntese Síntese Grupos sanguíneos Daí a possibilidade da presença, no soro, de anticorpos específicos dirigidos contra os antigénios que cada indivíduo não possui Estes anticorpos causam aglutinação quando ocorre uma transfusão incompatível (ou quando reagem com soros específicos em determinações laboratoriais)
  4. 4. Introdução Introdução Introdução Pigmentosde Metamorfismo Factores Fotossintéticos Importância Clínica Etapas daMetamórficas (In)Compatibilidade Rochas Fotossíntese Síntese Síntese Síntese Grupos sanguíneos Os diferentes sistemas antigénicos caracterizam-se por induzir a formação de anticorpos em intensidades diferentes; Alguns sistemas são mais comuns e outros mais raros Cada sistema tem uma determinada importância clínica! Os sistemas antigénicos considerados mais importantes são o sistema ABO e o sistema Rh
  5. 5. Introdução Introdução Introdução Pigmentos Fotossintéticos Importância Clínica Importância Clínica Etapas da Fotossíntese Rochas Metamórficas (In)Compatibilidade Síntese Síntese Síntese Grupos sanguíneos Atenção à terminologia!! Tipagem sanguínea- determinação dos sistemas ABO e Rh Aglutininas- anticorpos Aglutinogénios- antigénios Grupo 0 (zero) e não O!
  6. 6. Introdução Importância Clínica (In)Compatibilidade Síntese Importância Clínica O sistema Rh e ABO são os mais relacionados com as reacções transfusionais hemolíticas Reacções contra antigénios eritrócitários podem causas Doença Hemolítica do Recém-nascido (por isoimunização) Também pode ser importante noutras áreas como Medicina Legal (exclusão de paternidade ou de criminoso) ou Antropologia (estudo de raças e relações evolutivas)
  7. 7. Introdução Importância Clínica (In)Compatibilidade Síntese (In)Compatibilidade sanguínea Grupo AB: -têm antigénios A e B na superfície dos eritrócitos - o soro não contêm quaisquer anticorpos dos antigénios A ou B Quem tem o tipo de sangue AB: -pode receber sangue de qualquer grupo (receptor universal) - só pode doar sangue para outros com o tipo AB
  8. 8. Introdução Importância Clínica (In)Compatibilidade Síntese (In)Compatibilidade sanguínea Grupo A: -têm antigénios A na superfície dos eritrócitos - o soro contêm anticorpos contra o antigénio B Quem tem o tipo de sangue AB: -pode receber sangue do grupo A ou O -só pode doar sangue para indivíduos com o tipo A ou Ab
  9. 9. Introdução Importância Clínica (In)Compatibilidade Síntese (In)Compatibilidade sanguínea Grupo B: -têm antigénios B na superfície dos eritrócitos - o soro contêm anticorpos para o antigénios A Quem tem o tipo de sangue B: -pode receber sangue apenas do grupo B ou 0 -pode doar sangue para indivíduos com grupo B ou AB
  10. 10. Introdução Importância Clínica (In)Compatibilidade Síntese (In)Compatibilidade sanguínea Grupo 0: Curiosidade: - não possuem antigénios A nem B na - quando é necessária uma transfusão de superfície qual é considerado emergência, nados eritrócitos potencialmente prejudicial o tempo que seria - o soro contêm a tipagem contra os consumido a fazer anticorposdo sangue, é antigénios A ou B utilizado sangue do tipo 0- Quem tem o tipo de sangue 0: - só pode receber sangue do grupo 0 - pode doar sangue a qualquer tipo do sistema AB0 (dador universal)
  11. 11. Introdução Importância Clínica (In)Compatibilidade (In)Compatibilidade sanguínea Síntese
  12. 12. Introdução Importância Clínica (In)Compatibilidade Síntese (In)Compatibilidade sanguínea Sistema Rhesus - Classificação consoante a prensença/ausência do Antigénio D - Rh+ contém o antigénio D nos eritrócitos - Rh ausência do antigénio D nos eritrócitos O contacto de um individuo Rh - com o antigénio D leva à formação de Anticorpos Anti D: - as pessoas Rh + não formam anticorpos anti-D - os anticorpos anti-D IgG atravessam a placenta
  13. 13. Introdução Importância Clínica (In)Compatibilidade Síntese Sistema Rh - correlações clínicas • Isoimunização / Eritroblastose Fetal / Doença Hemolítica do RN ocorre quando uma mãe Rh- se encontra grávida de uma criança Rh+ (pai Rh+) e desenvolve anticorpos anti-D IgG A mãe é sensibilizada numa gravidez anterior ou numa transfusão de sangue, sendo nessa altura a quantidade de anticorpos insuficiente para provocar doença clínica Quando novamente exposta gera-se uma intensa resposta imunitária contra os eritrócitos do feto, causando anemia
  14. 14. Introdução Importância Clínica (In)Compatibilidade (In)Compatibilidade sanguínea Existem 8 grupos sanguíneos principais: - Os sistemas mais importantes são o AB0 (antigénio A e B) e o Rh (antigénio D) - No sistema AB0 existem 4 tipos e no sistema Rh 2 - Estes são herdados de forma independente! Síntese
  15. 15. Introdução Síntese Importância Clínica (In)Compatibilidade Síntese

×