COMPANHIA de JESUS (ORDEM dos JESUÍTAS)A Companhia de Jesus ou Ordem dos Jesuítas foi fundada pelo ex-soldado espanhol Iná...
“Prometo e declaro que, entretanto, me é permitido figurar como membro de qualquerreligião herética com o fim de propagar ...
“Tudo o que jurei pela Bendita Trindade e pelo Bendito Sacramento que vou receber,executarei mais, e cumprirei esta ordem ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Juramento dos jesutas (completo)

4.385 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.385
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
92
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Juramento dos jesutas (completo)

  1. 1. COMPANHIA de JESUS (ORDEM dos JESUÍTAS)A Companhia de Jesus ou Ordem dos Jesuítas foi fundada pelo ex-soldado espanhol Inácio deLoyola, para combater as Reformas Protestantes, seguindo à risca todos os dogmas doConcilio de Trento, o que fez, desde a sua fundação oficial, em 1540. (Enciclopédia Britânica(9ª Edição.) Artigo - Jesuítas).Em 21 de Julho de 1773 foi extinta a Companhia de Jesus pelo papa Clemente XIV, sendorestabelecida em 7 de Agosto de 1814 pelo papa Pio VII.Este texto (Juramento dos Jesuítas) está razoavelmente divulgado, e se seguirmos as suasorigens iremos encontrá-lo nos Registos do Congresso dos E.U.A., bem como no romancede Charles Didier (1805-1864), Rome Souterraine. Além disso, Dr. Alberto Rivera, quedesertou da ordem Jesuíta em 1967, confirmou que na cerimônia de iniciação o texto dojuramento Jesuíta era o citado.Dito isto, vamos ao juramento. JURAMENTO dos JESUÍTAS“Eu ..., em presença de Deus Onipotente, e da Bem-Aventurada Virgem Maria, do Bem-Aventurado São João Batista, São Pedro e São Paulo, Superior Geral da Companhia deJesus, fundada por S. Inácio de Loyola, no pontificado de Paulo III, e continuada até hoje, peloventre da Virgem Maria, Mãe de Deus, e por Jesus Cristo, declaro e juro que SuaSantidade o Papa, é vigário de Cristo e único verdadeiro chefe da Igreja Católica ouUniversal em toda a terra, que em virtude das chaves para abrir e fechar, dadas a SuaSantidade por meio de meu Salvador Jesus Cristo, têm eles poderes para depor os reishereges, príncipes, estados, comunidades e governos e distribuí-los sem crime algum”.“Assim, pois, com todas as minhas forças, defenderei esta doutrina e os direitos e oscostumes de Sua Santidade contra todos os usurpadores heréticos ou autoridadesprotestantes, especialmente da Igreja Luterana da Alemanha, Holanda, Dinamarca, Suécia eNoruega e dos demais ramos da mesma especialidade estabelecidos na Irlanda ou nocontinente americano e de todos os aderentes a quem se considera hereges eusurpadores, inimigos da Santa Sé ou Madre Igreja de Roma”.“Renuncio e desconheço d’ora em diante qualquer compromisso como dever para comqualquer rei herege, príncipe ou estado, chame-se protestante ou liberal, e a obediência aqualquer de suas leis, magistrados ou oficiais”.“Declaro igualmente, digo, declaro mais que as doutrinas das Igrejas da Inglaterra e Escócia,dos Calvinistas, Huguenotes e outras de nomes protestantes ou maçônicas são condenadas eassim todos aqueles que não as abandonem”.“Declaro igualmente, que ajudarei, assistirei, aconselharei a todos e a qualquer agente da SuaSantidade em qualquer lugar onde esteja, seja na Suíça, Alemanha, Holanda, Irlanda ouAmérica ou qualquer outro reino ou território aonde vá e farei tudo o que puder para extirparas doutrinas heréticas, protestantes ou maçônicas e para destruir os seus pretensos podereslegais e de qualquer espécie que sejam.”
  2. 2. “Prometo e declaro que, entretanto, me é permitido figurar como membro de qualquerreligião herética com o fim de propagar os interesses da Santa Madre Igreja, guardareisegredo e não revelarei os conselhos dos agentes, seguindo suas instruções, não os divulgareidireta ou indiretamente por palavras, escritos, ou qualquer outro modo, não agindo senãopara ajudar tudo que me seja proposto, pedido e o que se me ordene, por intermédio de Ti,meu Santíssimo Padre ou por ordem desta sagrada ordem”.“Declaro mais e prometo que não terei opinião e vontades próprias; nem reserva mentalalguma; senão que como cadáver obedecerei incondicionalmente a cada uma das ordens quereceba de meus superiores da milícia do Papa e de Jesus Cristo”.“Que irei a qualquer lugar ou parte do mundo onde enviem-me, às regiões do norte, aosespessos montes da Índia, aos centros da civilização da Europa ou às Silvestres cabanas dosselvagens da América, sem murmuração ou queixa, serei submisso a tudo que me sejaordenado”.“Prometo e declaro que farei quando se me apresente oportunidade, guerra semquartel, secreta ou abertamente, contra todos os hereges, protestantes ou maçons, talcomo se me ordene fazer, extirpá-los-ei da face da terra, que não tomarei em conta,idade, sexo, ou condição, que enforcarei, queimarei, destruirei, envenenarei, cegarei,estrangularei vivos esses infames hereges; abrirei o ventre das suas esposas e batereicom a cabeça de seus filhos na parede, a fim de aniquilar execranda raça”.“Que quando não posso fazer isso abertamente, empregarei secretamente a taça deveneno, a estrangulação, a aço do punhal, a bala de chumbo sem ter consideração àclasse, dignidade ou autoridade das pessoas, quaisquer que sejam suas condições na vidapolítica ou privada, tal como me tenha sido ordenado em qualquer tempo pelos agentes doPapa ou pelo superior da irmandade do Santo Papa, Padre da Companhia de Jesus”.“Para isso consagro-lhe toda a minha alma e todas as minhas forças físicas e com aadaga que recebo agora, escreverei meu nome com sangue em testemunho destejuramento, se manifestar falsidade ou tibieza em minhas determinações podem meusirmãos camaradas, soldados da milícia do Papa, cortar as minhas mãos e meus pés,enforcar-me, abrir meu ventre e nele queimar enxofre e aplicar-me todos os castigosque se possam conceber e executar sobre a terra e que a minha alma seja torturadapelos demônios nas chamas infernais para todo o sempre”.“Que darei o meu voto sempre a um dos cavaleiros de Colombo de preferência a umprotestante, especialmente a um maçom, e que farei com que todo o meu partido faça omesmo, que se dois católicos estiverem contendendo, verei qual é o mais devoto a SantaIgreja e lhe darei meu voto”.“Não tratarei nem empregarei um protestante se estiver em minhas faculdades tratar econtratar um católico. Colocarei uma jovem católica no seio de famílias protestantes parasemanalmente prestar informações dos movimentos familiares dos hereges”.“Que me aprovisionarei de armas e munições a fim de estar pronto quando me seja ordenadodefender a Igreja, já individualmente, já na milícia do Papa”.
  3. 3. “Tudo o que jurei pela Bendita Trindade e pelo Bendito Sacramento que vou receber,executarei mais, e cumprirei esta ordem e juramento”.***Traduzido do “CONGRESSIONAL RECORDS” (REGISTROS do CONGRESSO) dosE.U.A., de Fevereiro de 1913, p.3263.

×