Tela do Modelo de Negócio           Versão 2.1    Contact: alucenafaria@gmail.com      www.fabricadestartups.com
Direitos de Autor• A metodologia FastStart e a organização do  Bootcamp do Energia de Portugal é da  responsabilidade da F...
Instruções• Assinalar as alterações efectuadas entre  versões do Modelo de Negócios, riscando as  hipóteses invalidadas e ...
Versão: 2.1Tela do Modelo de Negócio:8. Parceiros                 7. Actividades Chave           2. Proposta de Valor     ...
ObservaçõesEm relação ao modelo negócio 2.1. definiu-se que:• O comprador do artigo de luxo, que é por definição diferente...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Modelonegocio3.0designlovesportugal48

447 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
447
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
260
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Modelonegocio3.0designlovesportugal48

  1. 1. Tela do Modelo de Negócio Versão 2.1 Contact: alucenafaria@gmail.com www.fabricadestartups.com
  2. 2. Direitos de Autor• A metodologia FastStart e a organização do Bootcamp do Energia de Portugal é da responsabilidade da Fábrica de Startups S.A. detendo esta empresa todos os direitos de autor e de propriedade intelectual. Copyright Fábrica de Startups 2
  3. 3. Instruções• Assinalar as alterações efectuadas entre versões do Modelo de Negócios, riscando as hipóteses invalidadas e utilizar a cor vermelha para assinalar hipóteses entretanto adicionadas ao modelo. Copyright Fábrica de Startups 3
  4. 4. Versão: 2.1Tela do Modelo de Negócio:8. Parceiros 7. Actividades Chave 2. Proposta de Valor 4. Relacionamento 1. Segmentos de Curadoria; Gestão da com Clientes Clientes marca; (publicidade)CO-PRODUÇÃO: Design NICHO DE MERCADO/ Investigação e gestão de Social MediaDESIGNERS, OUTROS B2C: CLASSE MÉDIA/ matérias primas, técnicas eARTISTAS Qualidade Co-criação ALTA que fale inglês, tendências; Design de acessórios de moda; português e chinês.ARTESÃOS Luxury /Affordable Mailing Personalizado Viajantes. Manut. site online; branding e packaging ; Luxury Qualquer outro clienteFabricantes Love Brand (independ/ classe Patentes; Procura parcerias Lifestyle/ moda social) que compraDistribuidores esporadicamente o 6. Recursos Chave Herança cultural 3. Canais produto.Lojas parceiras Apreciadores de Designers; Gestão; Revitalização de ofícios LOJA Online design/ moda e arteDHL $$$$$$; e tradições em geral Lojas parceiras Apreciadores de Design da marca Sustentabilidade Lojas próprias (longo tradiçõesB2B: EMPRESAS QUE (merchandising) prazo) Apreciadores daOPERAM NO Autores; fabricantes; Marca Portuguesa cultura portuguesaSEGMENTO DE LUXO Distribuidores Passa a palavra B2B: EMPRESAS Lojas parceiras Revistas da especialidade QUE OPERAM NO Força de Vendas SEGMENTO DE LUXO9. Estrutura de Custos 5. Fontes de ReceitasComissões de intermediação; Fabrico;Distribuição; Design de marca e Venda de ativosprodutos; Venda de produtosMarketing/ BrandingAluguer de atelier; Salários; Comissões de intermediaçãoManutenção de Site;Patentes; Custo da pré-coleção;Cost of goods soles; Adaptado pela Fábrica de Startups, baseado no Business Model Canvas disponível em www.businessmodelgeneration.com
  5. 5. ObservaçõesEm relação ao modelo negócio 2.1. definiu-se que:• O comprador do artigo de luxo, que é por definição diferente do artigo que é caro (Dr. António Moura), pode ser comprado por qualquer pessoa que esporadicamente, ou que apenas uma vez na vida tenha disponibilidade e apetência para comprar aquele artigo.• A investigação sendo uma das componentes mais fortes no trabalho da marca deve ser vincado como uma proposta de valor sob a forma de – herança cultural.• O valor de marca portuguesa mantém-se, todavia é colocado em último lugar por ser uma consequência geográfica. Copyright Fábrica de Startups 5

×