Formação dos Estados Nacionais

237 visualizações

Publicada em

Resumo de Formação dos Estados Nacionais

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
237
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Formação dos Estados Nacionais

  1. 1. Formação dos Estados Nacionais
  2. 2. Fatores que contribuíram para a formação dos Estados Nacionais Modernos  A ideia de que os reis eram figuras sagradas cuja autoridade era concedida por Deus.  As constantes guerras entre os nobres feudais e as tentativas dos reis para consolidarem seu poder.  Fortalecimento do poder do rei e de seu Estado.  A organização de um corpo burocrático  O desenvolvimento das línguas Nacionais.
  3. 3. Crise Medieval  No desenrolar do século XIV, mudanças se sucederam em favor da revitalização comercial e urbana.  O soberano surgia então, como aquele que seria capaz de reorganizar as relações sociais e econômicas, confrontando o caos que caracterizou a Europa nesse período.
  4. 4. O Estado Moderno Absolutista  Com a crise do sistema feudal os Estados Nacionais Modernos são formados justamente a partir do fortalecimento do poder do Rei e de seu Estado.  Surgiam, assim, as monarquias absolutistas onde, seu governante era soberano.
  5. 5. Principais características dos Estados Nacionais  Formação de um exército Real permanente.  Centralização do poder nas mãos do Rei.  Arrecadação de Impostos.  Moeda unificada.  Eliminação da autonomia das cidades.
  6. 6.  O membro do clero francês Jacques Bossuet legitimava a ditadura monárquica como sendo fruto da vontade divina. Assim, o poder do rei não poderia ser contestado.  O próprio Luís XIV – O Rei Sol – explica o seu poder lembrando que: “aquele que deu reis aos homens quis que fossem respeitados como seus representantes; sua vontade é que todo aquele que nasceu súdito obedeça sem discernimento.”
  7. 7.  A estrutura da monarquia absolutista começou a ruir à medida que grupos sociais passaram a reivindicar o estabelecimento de organizações políticas mais liberais.
  8. 8.  Nesse processo, as Revoluções Inglesas do século XVII e a difusão dos ideais iluministas se apresentaram como acontecimentos fundamentais. E, como símbolo maior dessa crise, a Revolução Francesa (que veremos em outra aula).

×