UNEB – UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E TECNOLOGIAS – DCHT CAMPUS XVI IRECÊ DISCIPLINA: ...
LITERATURA INFANTIL
MONTEIRO LOBATO
BIOGRAFIA
JOSÉ BENTO RENATO MONTEIRO LOBATO <ul><li>Nasceu em Taubaté, interior de São Paulo, no dia 18de abril de 1882. </li></ul><...
BIOGRAFIA <ul><li>As obras mais conhecidas são: O sítio do pica pau amarelo e Urupês (obra-prima) </li></ul><ul><li>Criou ...
BIOGRAFIA <ul><li>Participou da política no Brasil. </li></ul><ul><li>Era um nacionalista convicto. </li></ul><ul><li>Pion...
<ul><li>“ AINDA ACABO FAZENDO LIVROS ONDE AS NOSSAS CRIANÇAS POSSAM MORRAR” </li></ul>
<ul><li>“ UM PAÍS SE FAZ COM HOMENS E LIVROS” </li></ul>
OBRA: O SÍTIO DO PICA PAU  AMARELO
GOSTO DE INFÂNCIA
EMÍLIA
EMÍLIA <ul><li>Era uma boneca sabida gostava de inventar. Era alegre e desinibida vivia a brincar... </li></ul>
VISCONDE DE SABUGOSA
VISCONDE DE SABUGOSA <ul><li>Visconde lia muito todo dia Ele era muito prosa de tudo ele sabia ! </li></ul>
DONA BENTA
DONA BENTA <ul><li>Pra falar de Dona Benta vou abrir meu coração. Essa turma ela aguenta ela os ama de paixão...  </li></ul>
NARIZINHO
NARIZINHO <ul><li>Lúcia tinha um apelido bonitinho por causa do seu nariz arrebitado. Chamavam-na de Narizinho vivia um so...
TIA ANASTÁCIA
TIA ANASTÁCIA <ul><li>Era cozinheira estava sempre atarefada. De Dona Benta companheira adoçava a vida da molecada.  </li>...
SACI PERERÊ
SACI <ul><li>Moleque travesso no sitio a aprontar. Virava tudo pelo avesso mudava tudo de lugar.... </li></ul>
PEDRINHO
PEDRINHO <ul><li>Louco por histórias ouvia todas e nem piscava. Suas caçadas eram glórias nunca perdia só ganhava .... </l...
TIO BARNABÉ
TIO BARNABÉ <ul><li>Você já ouviu as historias do Tio Barnabé ?? Ele sabia tudo de assombração suas histórias não tinham v...
CUCA
CUCA <ul><li>Ai!!! que medo !!! a todos vivia assustando. Quem visse logo cedo passava o dia todo chorando!!! </li></ul>
<ul><li>“ QUANTO A MIM, CONTINUO A LER MONTEIRO LOBATO. ELE DEU ILUMINAÇÃO DE ALEGRIA A MUITA INFÂNCIA INFELIZ. NOS MOMENT...
CLARICE LISPECTOR
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS <ul><li>LAJOLO, Marisa, CECCANTINI, João Luis,  Monteiro Lobato Livro a Livro , São Paulo, Edun...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação m lobato

3.528 visualizações

Publicada em

1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.528
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
41
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
59
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação m lobato

  1. 1. UNEB – UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E TECNOLOGIAS – DCHT CAMPUS XVI IRECÊ DISCIPLINA: PRÁTICA PEDAGÓGICA I PROFESSORA: KÁTIA LEITE ALUNAS: GICÉLIA GONÇALVES MAURELICE FREITAS JAISSE MENDES NIVERCINA DE SOUZA QUEILA MONIQUE CLÁUDIA MACHADO FRANCISCA SILVA
  2. 2. LITERATURA INFANTIL
  3. 3. MONTEIRO LOBATO
  4. 4. BIOGRAFIA
  5. 5. JOSÉ BENTO RENATO MONTEIRO LOBATO <ul><li>Nasceu em Taubaté, interior de São Paulo, no dia 18de abril de 1882. </li></ul><ul><li>Foi escritor, romancista, jornalista, advogado (promotor público), fazendeiro e editor. </li></ul><ul><li>De personalidade forte, dizendo sempre o que pensava. </li></ul><ul><li>É considerado, no Brasil, o criador do gênero literatura infantil </li></ul><ul><li>Metade da sua obra é dedicada ao público infantil. </li></ul>
  6. 6. BIOGRAFIA <ul><li>As obras mais conhecidas são: O sítio do pica pau amarelo e Urupês (obra-prima) </li></ul><ul><li>Criou personagens inesquecíveis como: Emília, Visconde de Sabugosa, Dona Benta, Tia Anastácia, Narizinho... </li></ul><ul><li>Causou polêmica com o personagem Jeca Tatu ( preguiçoso, símbolo do atraso e da miséria que viviam os moradores do campo no Brasil). </li></ul>
  7. 7. BIOGRAFIA <ul><li>Participou da política no Brasil. </li></ul><ul><li>Era um nacionalista convicto. </li></ul><ul><li>Pioneiro na literatura paradidática, ensinando história, geografia e matemática de forma divertida. </li></ul><ul><li>Faleceu em 04 de julho de 1948 em São Paulo, capital. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>“ AINDA ACABO FAZENDO LIVROS ONDE AS NOSSAS CRIANÇAS POSSAM MORRAR” </li></ul>
  9. 9. <ul><li>“ UM PAÍS SE FAZ COM HOMENS E LIVROS” </li></ul>
  10. 10. OBRA: O SÍTIO DO PICA PAU AMARELO
  11. 11. GOSTO DE INFÂNCIA
  12. 12. EMÍLIA
  13. 13. EMÍLIA <ul><li>Era uma boneca sabida gostava de inventar. Era alegre e desinibida vivia a brincar... </li></ul>
  14. 14. VISCONDE DE SABUGOSA
  15. 15. VISCONDE DE SABUGOSA <ul><li>Visconde lia muito todo dia Ele era muito prosa de tudo ele sabia ! </li></ul>
  16. 16. DONA BENTA
  17. 17. DONA BENTA <ul><li>Pra falar de Dona Benta vou abrir meu coração. Essa turma ela aguenta ela os ama de paixão... </li></ul>
  18. 18. NARIZINHO
  19. 19. NARIZINHO <ul><li>Lúcia tinha um apelido bonitinho por causa do seu nariz arrebitado. Chamavam-na de Narizinho vivia um sonho encantado... </li></ul>
  20. 20. TIA ANASTÁCIA
  21. 21. TIA ANASTÁCIA <ul><li>Era cozinheira estava sempre atarefada. De Dona Benta companheira adoçava a vida da molecada. </li></ul>
  22. 22. SACI PERERÊ
  23. 23. SACI <ul><li>Moleque travesso no sitio a aprontar. Virava tudo pelo avesso mudava tudo de lugar.... </li></ul>
  24. 24. PEDRINHO
  25. 25. PEDRINHO <ul><li>Louco por histórias ouvia todas e nem piscava. Suas caçadas eram glórias nunca perdia só ganhava .... </li></ul>
  26. 26. TIO BARNABÉ
  27. 27. TIO BARNABÉ <ul><li>Você já ouviu as historias do Tio Barnabé ?? Ele sabia tudo de assombração suas histórias não tinham verdades mas assustavam de montão!! </li></ul>
  28. 28. CUCA
  29. 29. CUCA <ul><li>Ai!!! que medo !!! a todos vivia assustando. Quem visse logo cedo passava o dia todo chorando!!! </li></ul>
  30. 30. <ul><li>“ QUANTO A MIM, CONTINUO A LER MONTEIRO LOBATO. ELE DEU ILUMINAÇÃO DE ALEGRIA A MUITA INFÂNCIA INFELIZ. NOS MOMENTOS DIFÍCIES DE AGORA, SINTO UM DESAMPARO INFANTIL, E MONTEIRO LOBATO ME TRAZ LUZ.” </li></ul>
  31. 31. CLARICE LISPECTOR
  32. 32. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS <ul><li>LAJOLO, Marisa, CECCANTINI, João Luis, Monteiro Lobato Livro a Livro , São Paulo, Edunesp, 2008 </li></ul><ul><li>AMARILHA, Marly, Estão mortas as fadas?, Petrópolis, RJ:Vozes,1997 </li></ul><ul><li>INTERNET, www.wikipedia . org </li></ul><ul><li>www.proportoseguro.blogspot.com </li></ul><ul><li>www.projetomemoria.art.br </li></ul>

×